Monte a sua matéria: Mitos e verdades sobre Sherlock Holmes #12

Sherlock Holmes é, sem dúvida, um dos personagens mais carismáticos da literatura. Criação de Conan Doyle, ele é ainda um dos mais prestigiados detetives. Sua importância é tal, aliás, que decidimos prestar uma breve homenagem a ele. Nesta, a apresentação de suas principais características e atitudes. Uma boa leitura!




Mitos e verdades sobre Sherlock Holmes

Por: Pedro Estrella

Olá galera, tudo bem? Então, no post de hoje, vou falar sobre um dos maiores, se não o maior personagem da literatura global: Sherlock Holmes. O detetive mais popular desde o século XIX até agora. Espero que todos gostem, até a próxima!

Para inicio de conversa, você que nunca leu os livros, já deve estar imaginando uma série de coisas, como por exemplo, a de um detetive alto, magro, narigudo e com cachimbo na boca. Bom, vamos deixar de lado o previsível. O que quero mostrar a vocês, é que ele era bem mais do que isso. Uma figura com diversas que, entre outras coisas, possui diversas facetas desconhecidas.

O personagem

Antes dos mitos e verdades, eu vou resumir brevemente o contexto da vida de Sherlock Holmes e seu inseparável companheiro Watson.

A história que vou contar se passa em Londres, na Inglaterra, na época da rainha Vitória. Sherlock era alquimista, e trabalhava no laboratório químico de um hospital. Além deste emprego ele também fazia “bicos” como detetive consultor.

Ele estava a procura de alguém com quem pudesse dividir os custos de um pequeno apartamento na rua Baker 221b. Foi quando apareceu o Dr.Watson, recém-chegado do Afeganistão, onde havia servido como médico do exército inglês.

Os dois foram apresentados e rapidamente Watson, que a esta altura ainda desconhecia a vida “agitada” de Holmes aceitou ser seu parceiro de residência. Não demorou muito para que ele percebesse que Sherlock recebia muitas visitas, e sempre passava horas conversando com pessoas dos mais diferentes tipos em sua sala/escritório. Além disto, o fato de que ele era um excelente violinista e pasmem perito em boxe e esgrima.

Na verdade toda a vida de Sherlock era um verdadeiro enigma para Watson. Suas esquisitices muitas das vezes chegavam ao ridículo de, por exemplo, ignorar o fato de que a terra girava em torno do sol. A explicação que ele dava para isso seria de que apenas as coisas importantes deveriam ser consideradas, o resto deveria se esquecido ou nem mesmo conhecido.

Dentro deste contexto de vida muitas aventuras se desenrolaram, desde os problemas mais banais, até os mais enigmáticos e insolúveis casos, onde nem mesmo a Scotland yard era eficaz o suficiente para resolver. Sempre acompanhado por Watson, Sherlock se aventurava pelas ruas de Londres no encalço dos mais perigosos meliantes, e de seu pior inimigo Dr. Moriarty.

Bem, para muitos, isso deve estar sendo uma chatice então vamos ao que importa. O que é real de o que é mito no mundo de Sherlock Holmes.

1- Sherlock Holmes existiu

Mito. (ah vá!) Sherlock nunca existiu, embora haja pessoas que realmente acreditem nisso. Ele foi criado pelo médico e escritor escocês, sir Arthur Ignatius Conan Doyle, que se inspirou em seu professor de medicina, Dr. Joseph Bell, o qual fazia deduções com base nas evidencias que via: Roupas, acessórios e aparência de seus pacientes (uma espécie de dr.House).

“A maioria das pessoas veem, mas não sabem observar”, dizia o dr. Bell aos seus convivas. “Olhando de relance um indivíduo, a gente pode identificar-lhe o país de origem por suas feições; pelas mãos, a profissão e os meios de vida; e o resto da sua história é revelado pelo modo de andar, os maneirismos, os berloques do relógio, e até os fiapos que aderem às suas roupas.”




2 - Sherlock Holmes usava drogas.

Verdade. De fato por mais estranho que isso possa parecer nos dias de hoje, era muito comum a utilização da cocaína e da morfina em suas formas injetáveis naquela época e de maneira legal. Sherlock por sua vez abusava destas drogas além do ópio e do tabaco, em seus momentos de ócio e quando trabalhava em algum caso que exigisse muito de seu raciocínio.

 “O meu cérebro se revolta contra a estagnação. Dê-me problemas, dê-me trabalho, dê-me o mais abstruso criptograma, ou a mais intrincada análise, e estarei no meu elemento. Detesto a rotina monótona da existência. Preciso ter a mente em efervescência. E por isso que escolhi a minha profissão especial, ou melhor, criei-a, porque sou o único no mundo a exercê-la” (o signo dos quatro)




3 - Sherlock era apaixonado por Irene Adler.

Mito. Uma mentira muito difundida entre os mais diversos leitores seria que Sherlock teria se apaixonado por Irene na ”história um escândalo na boêmia”. Isto nunca ficou provado e não há argumentos suficientes para embasar tal afirmação. O que se pode dizer é que de fato ele a achava uma mulher muito interessante e lhe admirava sobremaneira a ponto de guardar uma foto sua em seus pertences pessoais.

“Nunca se pode confiar demasiado nas mulheres… nem nas melhores delas.”

( O Signo dos Quatro)

“Eu não sou um fanático admirador da espécie feminina”.

(O vale do Terror)

“O coração e a mente de uma mulher são enigmas insolúveis para o homem”.

(O Cliente Ilustre)




4 - Sherlock tinha um irmão mais inteligente que ele.

Verdade – Muitas (muitíssimas) pessoas não sabem disso, mas realmente, Sherlock tinha um irmão mais velho e bem mais inteligente que ele. Seu nome era Mycroft Holmes, ele trabalhava para o governo e funcionava como uma espécie de arquivo, pois graças a sua memória quase interminável, conseguia processar dados e fatos ocorridos a médio e longo prazo, além de ter um senso dedutivo muito aguçado.




5 - Elementar caro Watson!

Essa é uma das frases mais famosas do detetive e é muito difundida mesmo entre os mais fanáticos leitores. Quanto a isso tudo bem, tirando o fato de que Sherlock Holmes em momento algum falou isso em nenhum de seus livros. Esta frase na verdade foi utilizada pelo ator e diretor William Gillette, em 1989, quando este interpretava o detetive no teatro. Desde então a frase ganhou muita repercussão e foi aderida ao vocabulário Sherlockiano.




6 - Sherlock foi assassinado.

Mito – Em nenhum lugar do cânone você vai encontrar algum relato sobre como Sherlock teria morrido, portanto todas as vertentes que tentam comprovar este fato não passam de teorias. Embora isso fosse possível, já que durante a carreira o detetive acumulou vários inimigos.




7 - Doyle não gostava de Sherlock e tentou matar o personagem.

Verdade – Pode soar estranho pra muitos, o fato de um autor não gostar de seu personagem principal. Seria como se J.K Rolling não gostasse de Harry Potter.

Acontece que Doyle não era um aficionado por esse tipo de romance policial, e na verdade não gostava de escrever as histórias do detetive. Ele tinha vontade de escrever outros segmentos de literatura, e resolveu que Sherlock morreria numa luta a beira de uma cascata com seu inimigo Dr. Moriarty.

“Finalmente, após ter escrito duas séries, percebi que corria o risco de forçar a mão e ser para sempre identificado com algo que a meu ver representava o nível mais baixo da criação literária. Consequentemente, como prova da minha determinação, resolvi pôr fim à vida de meu herói. A ideia já me ocorrera durante umas curtas férias na Suíça, quando conheci as maravilhosas cataratas de Reichenbach, um lugar terrível, e que se me afigurou um túmulo digno do pobre Sherlock, ainda que com ele eu enterrasse a minha conta bancária”

Doyle – Sobre a ideia de matar Holmes -

De fato você encontra essa história no livro “O Problema Final”, a questão é que Sherlock Holmes havia adquirido tamanha popularidade, a ponto de os leitores protestarem exigindo o retorno do personagem. Doyle então não teve escolha e voltou a escrever as histórias, lançando o “Cão dos Baskerville” e em seguida “O Retorno de Sherlock Holmes” sob o pretexto de que a queda da cascata teria sido fatal apenas para Moriarty.

Então é isso galera, vou parando por aqui, até  para o texto não ficar muito grande. Espero que todos tenham gostado.

Para os interessados, segue um link bastante interessante. Nele, muitas curiosidades e livros online. Até a próxima!

Mundo Sherlock: 

  1. Sarah julia

    28 de julho de 2015 em 19:48

    quem se colocou lugar de Arthur Conan Doyle (Sherlock Holmes) nos filmes ?Sendo que ele morreu dia 7 de julho de 1930.e quem foi aquele que se passou no lugar dele nos filmes ?

  2. Sarah julia

    28 de julho de 2015 em 19:00

    qual e seu verdadero nome??

  3. Ulquiorra Schiffer Henrique

    30 de agosto de 2013 em 15:10

    O Link ta errado fera.

  4. Lucas Alexandre

    30 de maio de 2013 em 21:15

    Sempre li o Minilua,porém nem sempre com vontade!
    Hoje,eu li e com vontade,até o final!
    Eu adoro os romances de Sherlock Holmes!
    Rezei (sqn) para que tivesse uma matéria sobre Sherlock! 😀
    Li alguns romances,e um que eu gostei foi “A casa da seda” !
    O romance fala de um tipo de organização grande o sulficiente para intimidar Mycroft!
    Com o filme,me aprofundei mais nas historia de Sherlock!
    Kkkkk…

    Quem percebeu que eu escrevi “Sherlock” na diagonal com todas as frases??? 😀

  5. Gabriela Pereira da Cruz

    20 de junho de 2012 em 13:44

    É Moriarty ¬¬
    Professor James Moriarty

  6. Psycho The Cat

    23 de maio de 2012 em 11:20

    Tá, então ta bom.

  7. Kurama Youko

    18 de março de 2012 em 19:52

    já ouvir falar muito sobre ele, principalmente nos livros e do filme estrelado pelo Robert Downey Jr., mas nunca tive a oportunidade de ler e nem de ver o filme…
    🙁

  8. Milla

    17 de março de 2012 em 14:56

    O fato 5 é realmente curioso… ele não fala “elementar” em nenhum momento, mesmo!
    Mas o que eu li da “morte” dele ( aspas, ja que ele não morre), foi que ele agarrou o professor Moriarty , e se atirou do penhasco, os dois caíram.

    E o Sherlock é o melhor personagem ja criado. Principal fato. xD

    • Pedro

      17 de março de 2012 em 15:44

      a morte que eu citei no texto, provem de uma tese que foi criada por teóricos de que sherlock teria sido assassinado em seu apartamento na baker street, já depois de aposentado…

      Foi essa que eu disse que era falsa, pois doyle não deixou relatos oficiais sobre como ele teria morrido de fato…apenas sabemos que ele se mudou pra um chalé em sussex lá ficou descansando, ..

  9. Neseni

    16 de março de 2012 em 15:50

    Sherlock tinha um irmão mais velho e bem mais inteligente que ele. Seu nome era Mycroft Holmes, ele trabalhava para o governo… 
    TRABALHAVA PRO GOVERNO PORRA NENHUMA! TÁ VENDO NÃO QUE ELE ERA PARTE DA MICROSOFT?? 

  10. Neseni

    16 de março de 2012 em 15:50

    Sherlock tinha um irmão mais velho e bem mais inteligente que ele. Seu nome era Mycroft Holmes, ele trabalhava para o governo… 
    TRABALHAVA PRO GOVERNO PORRA NENHUMA! TÁ VENDO NÃO QUE ELE ERA PARTE DA MICROSOFT?? 

  11. Lucas Nascimento

    16 de março de 2012 em 02:35

    Holmes e Watson. Grandes personagens da literatura, que nunca vão morrer, enquanto houver uma pessoa que goste de um steampunk misterioso. 

  12. Miguel Filho

    16 de março de 2012 em 00:30

    Sherlock Holmes foi inspirado em um médico escocês amigo de Conan Doyle,procurem no google e vão ver.

    • Pedro

      16 de março de 2012 em 00:34

      Sim Dr. Joseph Bell, e na verdade ele era professor de medicina de doyle ;D

      • Miguel Filho

        16 de março de 2012 em 11:47

        Ata,finalmente alguém que entende mais de Sherlock Holmes que eu!kkk

  13. Jim The Pathfinder

    15 de março de 2012 em 20:22

    Eu achava que ele era da Escócia ….
    ótima matéria o/

  14. Chérlida Oliveira

    15 de março de 2012 em 11:29

    Gostei da matéria XD

  15. yurimatsury

    15 de março de 2012 em 10:44

    a sempre gostei das investigações dele, ainda mais depois que vi o filme. esse post me interessa parabens. É verdade,dr. house se inspirou no sherlock, os dois são muito detalhista

  16. Connor

    15 de março de 2012 em 10:02

    Sherlock não existiu destrui minha vida O.o

  17. Jocélia Alves

    15 de março de 2012 em 02:56

    Acho que Sherlock poderia ser intelectualmente apaixonado por Irene.
    lol
    Não, na verdade ele só admitiu em algum ponto (minha memória é falha) que ela é uma mulher, ou a única mulher que ele admira. Alguma coisa assim.

    • Pedro

      15 de março de 2012 em 12:00

      é verdade ele só se referia a ela como “A Mulher” 
      rsrsrsr

      • Jocélia Alves

        15 de março de 2012 em 12:02

        Isso eu tinha esquecido.
        Meu cérebro de coala é meio tapadinho. XD

  18. Diego Oliveira

    15 de março de 2012 em 02:09

    AMEI… quem sabe com esse site, eu possa conhecer melhor o Sir Sherlock

  19. Leonardo Lsl

    15 de março de 2012 em 00:38

    esse post ficou muito bom! sou fanzaço de Sherlock Holmes

  20. Lucas Menchone

    15 de março de 2012 em 00:17

    pra quem já leu o livro, o caso que conta como Watson e Holmes se conheceram é o do livro UM ESTUDO EM VERMELHO não é?

    • Pedro

      15 de março de 2012 em 00:25

      sim, aliás esse é o primeiro livro de todos e narra o momento em que eles se conhecem, mas não é o primeiro caso de holmes, ele já era detetive consultor desde os tempos da faculdade 😀

  21. David FJR

    14 de março de 2012 em 23:28

    Mycroft Holmes…. juro que li Microsoft Holmes

  22. Rocky Jr.

    14 de março de 2012 em 22:43

    Holmes, Sherlock Holmes u.u

  23. Leonardo Prado

    14 de março de 2012 em 22:12

    bonus
    nos livros de sherlock holmes ,Canan doyle,morava em lomdres na Baker street,26.O endereço e real e la existe um museu dedicado a ele

  24. Rogérioo

    14 de março de 2012 em 21:51

    Muito bom…Sempre gostei das histórias de Sherlock.
    Meus preferidos são O Signo dos quatro e Estudo em Vermelho

    • Lucas Menchone

      15 de março de 2012 em 00:58

      Só queria me lembrar do frase secreta que os caras usavam no Signo dos quatro, Acho que era três por quatro e cinco por seis num é? nem  lembro

    • Lucas Menchone

      15 de março de 2012 em 00:56

      Os meus tb, foram os mais lokos que eu já li

    • Rogérioo

      14 de março de 2012 em 21:52

      ” Um estudo em Vermelho “

      • Pedro

        14 de março de 2012 em 22:14

        realmente, um estudo em vermelho é essencial pra quem quer conhecer a história…

  25. Pedro

    14 de março de 2012 em 21:51

    minha matéria *.* vlw jeff…

    Histórias que eu recomendo, pros iniciantes:

    Um estudo em vermelho, (muito grande, mas vale apena)
    O Signo dos quatro,
    O carbúnculo azul,
    A tragédia do Glória Scott,
    O interprete grego,
    O Problema Final, (muito boa)
    O cão dos baskervilles, (sensacional)
    A casa vazia,
    O vale do medo,
    Os planos do submarino Bruce partington, (uma das melhores)
    O detetive agonizante,
    Seu ultimo adeus, (ótima)
    A pedra Mazarino,
    A juba do leão,
    O velho solar de Shoscombe.
    E todas as outras huahuahau

    • Milla

      17 de março de 2012 em 15:00

      O Cão de Baskerville é a melhor… amo todas, sem exceção, mas essa não tem comparação.
      Inteligentíssima.

    • Sherlock Holmes

      14 de março de 2012 em 21:55

      Pedro, não chegou o cheque com a apólice dos direitos autorais..

      • Pedro

        14 de março de 2012 em 22:02

        ah mandei pelos correios, senta e espera kkkk

        • Sherlock Holmes

          14 de março de 2012 em 22:04

          Ah, Pedro, você não disse que ele era um exímio lutador e que tinha fobia de cavalos.

          • Pedro

            14 de março de 2012 em 22:10

            disse sim que era perito em boxe lê la de novo..

            quantos aos cavalos….eu esqueci mesmo rsrsrsrs

          • Anônimo

            14 de março de 2012 em 22:07

            E as suas “criaturas da noite”, Sherlock?

    • Anônimo

      14 de março de 2012 em 21:53

      Vou acrescentar à minha lista de leitura. Quando eu terminar todos os trinta livros que pretendo ler antes do ano acabar (não, eu não acredito que o mundo acabe esse ano), eu lerei os de Arthur Conan. XD

  26. Leonardo Prado

    14 de março de 2012 em 21:51

    è´mesmo

    • Leonardo Prado

      14 de março de 2012 em 22:09

      post errado

  27. Davis

    14 de março de 2012 em 21:47

    eu assisti o filme dele é bem legal,mas alguem assistiu?

    • Anônimo

      14 de março de 2012 em 21:51

      Eu assisti, mas nada supera o livro.

      • Pedro

        14 de março de 2012 em 21:52

        pode crer, os livros tem a magia o/

  28. Wagner

    14 de março de 2012 em 21:40

    Se ele não existiu, como é que ele fumava, tinha irmão, era apaixonado…

    • Jasce Honorato

      14 de março de 2012 em 23:59

      O irmão dele é a prova de que ele não existia!!! Porque diabos alguém se chamaria Mycroft ? Realmente parece microsoft ¬¬’

    • Davis

      14 de março de 2012 em 21:46

      maldito,eu ia falar isso 

      • Wagner

        14 de março de 2012 em 21:48

        Às vezes leio mentes u.u

        • Bruno Machado

          14 de março de 2012 em 21:53

          Pô meus amigos ainda zoam de mim quando falo do minilua… Não tem jeito, eles sempre iram rir da gente =x E essa camisa ae ? foi melhores comentarios ou das tirinhas ? 🙂

          • Wagner

            14 de março de 2012 em 22:03

            Tirinhas… Ganhei duas lá…
            Meus colegas viram minha camiseta e perguntaram se eu comprei, já que eu falava direto do Minilua pra eles rsrs

          • Davis

            14 de março de 2012 em 21:57

            eles não sabem o que perdem não vendo minilua

          • Bruno Machado

            14 de março de 2012 em 22:12

            eles falam pra mim que eh um site onde só nerd entra e comenta.. vê se pode isso!!! LOL (eu num duvido nisso não) *-*

          • Davis

            14 de março de 2012 em 22:34

            e não deixa de ser verdade,mas não importa quem comenta,importa o site em si

        • Bruno Machado

          14 de março de 2012 em 21:51

          eu tenho Dejavus a cada 2 horas… u.U

    • Wagner

      14 de março de 2012 em 21:43

      E claro, belo post
      Parabéns ao Jeff e ao Pedro XD

    • Wagner

      14 de março de 2012 em 21:41

      E nem precisam falar “Ah, eram coisas do personagem”… Já sei disso

      • Anônimo

        14 de março de 2012 em 21:45

        O autor necessita que o leitor identifique-se com o personagem, dando-lhe emoções e características comuns presentes na época em que são criados.

  29. Anônimo

    14 de março de 2012 em 21:39

    Eu não sabia que Arthur Conan não gostava do próprio personagem que criou. Se bem que George R. R. Martin matou lorde Eddard no primeiro livro das Crônicas de Gelo e Fogo, e ele era um dos personagens principais do primeiro livro.
    Parabéns Pedro Estrella, sua matéria ficou ótima.

    • (Alone) Leonardo Bellini

      14 de março de 2012 em 21:47

      quando li The Lord of The Rings pela primeira vês, achei que Tolkien não gostava de Gandalf e Boromir, é, eu estava parcialmente certo.

  30. Sherlock Holmes

    14 de março de 2012 em 21:38

    Outra coisinha, sobre Irene Adler, podemos dizer que Holmes tinha suas paixões sobre ela, mas Doyle não queria uma amante para o detetive, assim como Agatha Christie fez com Hercule Poirot.
    Enfim, sobre o resto, está completamente certo. Só quem leu os livros sabem a verdade. 
    E pra quem não leu, leiam. É a melhor saga de livros do século XIX.

    • Pedro

      14 de março de 2012 em 21:55

      eu sabia que você iria discordar disso, muita gente pensa como você…]

      na verdade é questão de ponto de vista, uns veem ele como uma mente calculista que não se curva a sentimentos, como eu por exemplo.
      outros preferem acreditar que ele realmente se apaixonava talvez isso torne ele mais humano….
      ms o fato é que ele nunca declarou isso..

  31. Jeff Dantas

    14 de março de 2012 em 21:38

    Para quem gosta de mistério, também indico os livros da Agatha Christie. PS: E um salve para o detetive Poirot. xD

    [img]http://abracaocapeta.files.wordpress.com/2009/10/00888000-photo-hercule-poirot.jpg?w=490[/img]

    • Victor Ribeiro

      19 de abril de 2012 em 20:35

      Eu gosto dos dois, mas vale ressaltar a diferença entre os detetives: Poirot valorizava os mínimos detalhes, ao contrário de Holmes, que só se importava com o que era importante. Para ele.

    • Robert Campos

      15 de março de 2012 em 01:23

      Ja li todos os livros do Sherlock Holmes e varios da Agatha Christie, este tipo de suspense e o melhor. xD

    • (Alone) Leonardo Bellini

      14 de março de 2012 em 21:43

      Mistério é legal, mas …. sei lá … me indentifico mais com algo no estilo do Supernatural que mistura investigação com suspense, terror e de vez em nunca um pouco de humor.

    • Anônimo

      14 de março de 2012 em 21:42

      Porque não um post sobre alguns autores famosos? George R.R. Martin e J. R. R. Tolkien com certeza estariam na lista.

      • Sherlock Holmes

        14 de março de 2012 em 21:45

        Eles são demais mesmo. Mas meu caro Léo, Doyle foi um grande cara. 

        • Anônimo

          14 de março de 2012 em 21:46

          Tantos autores, tantas obras, ficaria um post grande demais.

          • Jasce Honorato

            14 de março de 2012 em 23:44

            Mas
            podiam fazer uma seção para falar de grandes autores, seria muito interessante
            e falando sobre um de cada vez dava pra abordar as melhores partes sem ser um
            texto extenso e maçante! (não sei se já fizeram isso antes, leio o minilua há pouco tempo)Sobre a matéria, mesmo sendo algo que qualquer fã sabe, eu não me canso de ler e reler matérias sobre o S.H. , afinal sempre tem coisa nova pra se ver! E ficou muito legal, parabéns XD …

    • Sherlock Holmes

      14 de março de 2012 em 21:40

      Poirot também é um dos meus favoritos. Ele e Hastings faziam uma dupla e tanto. É um detetive que eu admiro. Um detalhe é que enquanto eu levava 20 páginas para resolver um crime nos livros de contos, Poirot levava 150…

      • Paulo Alberto

        15 de março de 2012 em 00:42

        gosto da Miss Marple

  32. Fernanda Baptista

    14 de março de 2012 em 21:37

    Adorei a matéria! =DD

    • Jeff Dantas

      14 de março de 2012 em 21:38

      Valeu, Fernanda. Deu um certo trabalho para editar, mas até que ficou legal. xD

      • Bruno Machado

        14 de março de 2012 em 21:43

        Google pra que, vo mandar meus trabalhos de jornalismo pro minilua editar… uaheuaheu’ 
        zuera…. =p

        • Jeff Dantas

          14 de março de 2012 em 21:46

          Olha só, você faz jornalismo. Em que ano você está? Em breve, mais um colega de profissão. xD

          • Bruno Machado

            14 de março de 2012 em 21:50

            vishi estou tão entusiasmado que deu pra entender que já estou cursando jornalismo. Mas não vejo a hora de entrar na faculdade e quem sabe ter vcs como colegas!! rsrs ;D

  33. Majin Ramon

    14 de março de 2012 em 21:36

    qualquer leitor e sherlock holmes sabe disso ¬¬

    • Um qualquer

      15 de março de 2012 em 10:17

      Eu não sou leitor de Sherlock Holmes, pra mim foi útil.

    • Paulo Alberto

      15 de março de 2012 em 00:39

      Depois do cão dos Baskerville as historias começaram a ter enredos
      mais sobrenaturais mais holmes desmascarava tudo.

    • Pedro

      14 de março de 2012 em 22:19

      a matéria é voltada pra quem não conhece as histórias…u.u

  34. Paul McCartney

    14 de março de 2012 em 21:34

    Muito bom, sou apaixonado por S.Holmes.

    • Chuck Norris

      21 de março de 2012 em 20:15

      Paul vc apaixonado por um homen vish

  35. Sherlock Holmes

    14 de março de 2012 em 21:34

    Eu aprovo isso! E concordo 100% sobre tudo. 

    • Sherlock Holmes (detetive oculto da Minitsuki Zero)

      28 de outubro de 2012 em 03:52

      eu deus!um outro eu!

    • Dattebayo

      14 de março de 2012 em 21:37

      Eu não concordo e nem discordo, muito pelo contrário…

  36. Tsukamoto Yakumo

    14 de março de 2012 em 21:34

    Sherlock Holmes *-*

    • Lady Sally Bieber

      14 de março de 2012 em 21:35

      Maldito

      • Tsukamoto Yakumo

        14 de março de 2012 em 21:38

        é malditA, quantas vezes tenho que te dizer isso ¬¬

        • Lady Sally Bieber

          14 de março de 2012 em 21:41

          me chamam de biba e eu sou mulher, então aguente

      • Leon S. Kennedy

        14 de março de 2012 em 21:36

        é mulher

93 Comentários
mais Posts
Topo