Monte a sua matéria: O bruxo de Northampton #103

Sim, e para participar, não tem mistério. Para tal, envie o seu texto para: [email protected]! A todos, um excelente fim de semana!




O Bruxo de Northampton, Garth Ennis e Quadrinhos pra Gente Grande

Por: Vinícius Salfer

Gente que voa, mutantes que lançam raios pelos olhos, paraplégicos que leem mentes, nerds picados por aranhas radioativas entre outras coisas assim nos lembram muito os quadrinhos, pois é de lá que elas vêem. Aqui no Brasil o ato de ler um quadrinho, que não seja a turma da Monica enquanto usa o banheiro, é uma coisa muito rara, talvez pelo péssimo ato do brasileiro de não gostar de ler.

Quadrinhos a algumas gerações supriam a falta de ação que o cinema ainda não podia dar para essas pessoas que devoravam cada nova edição que Stan Lee mandava para as prateleiras. Primeiramente para enlouquecer crianças quando o super-homem levantava um carro com o minguinho esquerdo para salvar a mocinha, ou até mesmo para o governo mostrar o que era o certo para essas jovens mentes quando mostravam o capitão América limpando o pé depois de ter dado uma bela bicuda na bunda de algum comunista.

Quadrinhos sempre retrataram como uma geração pensava, o que estava acontecendo no mundo, o que os jovens deveriam julgar bom. Mas este texto vai lhes contar uma época onde não eram mais a crianças que enlouqueciam com essa arte, uma época onde sexo, drogas, violência gratuita saíram dos becos das grandes cidades e foram dividir espaços com os super heróis. Segue a história de dois carinhas que contribuíram muito para essa fase.

Alan Moore, O Bruxo de Northampton

pic 1

Expulso aos 17 anos da escola por uso de drogas, esse Inglês nascido em Northampton que é protagonista de diversas páginas de agradecimentos, tanto em livros quanto em quadrinhos, foi uma das principais causas pelo nascimento dessa visão mais adulta nos quadrinhos. Esse brilhante escritor, endeusado por seus companheiros de profissão, foi responsável por grandes títulos que começaram a aparecer depois de alguns trabalhos seus não tão brilhantes assim no início dos anos 80.

Foi apenas quando ele começou a contribuir para a revista warrior foi que ele começou a ter a liberdade que precisava para ser o que é hoje. Nessa época, duas de suas grandes contribuições foram: “Marvelman”, que depois passou a se chamar “Miracleman”, e “V de Vingança” que além de ser um historia brilhante virou um sinônimo de luta do povo contra os seu lideres. A primeira é uma releitura mais sombria de um super-herói clássico, enquanto a segunda já vai por um tema mais policial, com temas mais profundos, como injustiças e como governos ditatoriais podem ser.

Depois de verem do que Moore era capaz, a DC comics o convidou para fazer algumas contribuições, tudo começando escrevendo histórias para a criação de Len Wein e Bernie Wrightson: “O monstro do Pântano”, mudando aos poucos a visão inicial que seus criadores tinham. “O monstro do Pântano” não trouxe apenas popularidade e prêmios para a DC, mas também um personagem memorável para a cultura pop, John Constantine, que mais tarde viria a ter a sua própria revista como “Hellblazer”.

pic 2

Outras Obras

Watchmen: Não há como falar de Alan Moore sem citar a que talvez, para muitos, seja a sua obra mais importante. Considerada o divisor de águas dos quadrinhos, a série “Watchmen” nos trás super-heróis muito diferentes do que estávamos acostumados a ver. Supers que tem os mesmos problemas pelos quais sociopatas passariam nas situações apresentadas. Heróis que bambeiam o tempo inteiro sobre a linha que separa os mocinhos dos vilões. Com essa série Moore entrou no hall da fama definitivamente dos autores de quadrinhos.

pic 3

Do inferno: Narra a violenta e sangrenta história de Jack Estripador, trazendo o psicopata para a nona arte em uma série que demorou uma década para ser finalizada.

Piada Mortal: Claro que Moore também deveria ter metido um dedo num dos heróis mais famosos de todos os tempos: Batman. Considerada umas das melhores histórias do Batman, Piada mortal conta uma história onde, spoiler, o coringa com um plano que deixaria o comissário Gordon louco, atira em Barbara Gordon (Batgirl) a deixando paraplégica assim que ela atende a porta. Há boatos que após isso ela tenha sido violentada sexualmente enquanto o Coringa tirava as suas roupas e tirava fotos, mas nada certo ou claro enquanto a isso.

Garth Ennis

O que falar de Garth Ennis? Nascido na Irlanda do Norte, esse escritor ácido criou títulos clássicos para qualquer fã da nona arte. Começou a fazer história quando assinou com o selo Vertigo da DC, um selo mais voltado para o público adulto.

Seu primeiro trabalho para a indústria de quadrinhos americana foi um arco da história de “Hellblazer”. Também foi responsável por algumas histórias de Hitman. Conhecido por seu humor negro e banhos de sangue esse premiado autor se mostrou ao mundo com a sua polêmica criação: “Preacher”. 

Alguns títulos

Preacher: “Preacher” narra a história de Jesse Custer, um pastor com um passado traumático, que é possuído por uma entidade chamada Genesis. Junto com a sua namorada e um vampiro irlandês alcoólatra, eles viajam os EUA a procura de deus que fugiu do céu para dar um puta chute na bunda do Todo-Poderoso. Palavrões por todos os lados, sexo, índices absurdos de humor negro, atrocidades que seres humanos podem fazer, filosofia, rios de sangue, tudo isso e muito mais em uma série com 66 edições e mais 6 especiais. Essa série deu a Ennis o Eisner de melhor roteirista.

pic 5

The Boys: Umas das últimas séries escrita por Ennis e talvez a mais polêmica. Em um mundo cheio de super-heróis e diversos grupos deles, a Cia cria um grupo para cuidar para que os supers andem nos eixos. Uma história regada a sangue, humor negro e a sexo. As polêmicas de The boys são tantas que é muito difícil saber por onde começar.

Por exemplo: O líder do grupo, O açougueiro, está atrás dos “supers” por que eles fazem o que querem, a sua esposa foi estuprada por um super e o filho que nasceu dentro dela com super poderes acabou a matando quando ainda era um feto e claro, o açougueiro matou ele com um telefone depois de fazer isso.

Outro exemplo é o caso de uma heroína ser recrutada para o melhor time de supers da mundo, Os sete, mas para isso ela tem que fazer sexo oral com os homens do grupo, moral da história, ela entra para o grupo. Apesar das partes mais pesadas como essas, é uma ótima história, muito bem escrita e desenhada, vale muito a pena ler.

pic 6

Esses são alguns exemplos dos Quadrinhos para adultos, claro que aqui poderia ter sido citados mais nomes que fizeram parte dessa evolução dos quadrinhos, como por exemplo Frank Miller (Sin City). Muitos dos títulos citados aqui já saíram nas telonas e não deixaram duvidas das grandes historias que estão por detrás dos quadrinhos. O que resta agora e pesquisar e ler essas perolas que vale muito a pena.

  1. barroco bi-polar

    4 de dezembro de 2013 em 02:33

    me deu vontade de comprar um monte de HQ .

  2. Peter Potato

    26 de novembro de 2013 em 20:12

    Curti o post , poderia ter um segundo desses , ae ce podia falar do Frank Miller …

  3. Riddle Boy®

    24 de novembro de 2013 em 18:46

    Foi-se o tempo bom das HQ’s.
    http://imageshack.us/a/img197/1853/rl7.gif

  4. Little Uchiha™

    24 de novembro de 2013 em 11:59

    PQP, tá na hora do Minilua contratar uns karinha aí pra levantar essa bagaça, comecem pelos karinhas que fazem matérias como a de cima.

  5. Kira

    24 de novembro de 2013 em 11:43

    prefiro assistir anime de 100 episodio do q ler o mesmo de 500 edições,
    a nao ser inuyasha onde o manga é fundamental!

  6. Dr. Sheldon Cooper

    24 de novembro de 2013 em 11:36

    Poucas pessoas merecem tanto respeito dos fãs dos quadrinhos quanto esses caras.

    • Kira

      24 de novembro de 2013 em 11:44

      falou tudo e cuidado com a garota

  7. Isabela Mendonça

    24 de novembro de 2013 em 00:45

    Alan Moore é simplesmente genial! Watchmen está entre os meus livros favoritos, apesar de não ser um livro! F*da demais!

    • Little Uchiha™

      24 de novembro de 2013 em 12:02

      Gata, eu não sou o Dr. Manhattan mas vendo vc eu fiquei acesinho.

      • Isabela Mendonça

        24 de novembro de 2013 em 14:55

        huahuahua, Uchiha, você está mais para Comediante do que para Dr. Manhattan.

        • Little Uchiha™

          25 de novembro de 2013 em 00:05

          Já é um progresso =D

    • ultramen Tiga

      24 de novembro de 2013 em 06:33

      poxa nem sabia que tinha livro watchman.
      eu só vi o HQ e o filme no filme o dr manhatam parece o surfista prateado XD

      • Isabela Mendonça

        24 de novembro de 2013 em 14:52

        Não, não existe livro de watchmen, mas mesmo assim ganhou prêmios destinados somente à literatura, além de ser a única Hq a estar na lista dos 100 melhores romances.

  8. Luís Felipe

    24 de novembro de 2013 em 00:37

    Tem d graça na net?

  9. Garota Infernal

    23 de novembro de 2013 em 22:08

    E quando me dizem que Justin Bieber é um gênio eu penso nas seguintes pessoas: Stanley Kubrick, Pablo Picasso, Darren Aronovsky, Ludiwg Van, Anthony Burguess, David Lynch, Jonhy Depp, Fernanda Montenegro, Jennifer Connely, Monica Bellucci, Jared Leto, Chico Buarque, Vinicius de Moraes, Malcolm McDowel(O melhor ator de todos os tempos), Jim Parsons e Garth Ennis. E então eu dou um sorriso íntimo em solidariedade a todas as almas adolescentes e medíocres…

    • Garota Infernal

      23 de novembro de 2013 em 23:10

      Esqueci de mencionar Joseph Merrick, O Homem Elefante. Ele tinha deformidades físicas e era exibido no circo dos horrores como “o limite da degradação humana”, mas guardava dentro de si inteligencia acima da média e muita doçura e bondade. Em seus últimos anos de vida, foi bastante amigo da nobreza inglesa, amigo íntimo da Rainha Vitória.
      Mais o mais bonito nessa história, amigos do minilua, é sua morte. Há pequenos mistérios em torno dela, mas o que dizem é que algo aconteceu com Merrick, o que aconteceu foi tão especial que ele conseguiu se sentir um ser humano(algo que ainda não havia conseguido), ele dormiu de lado, quebrando o pescoço por causa do tamanho e formato de sua cabeça, ele morreu dormindo, morreu com a certeza que foi adormecida quando tinha 3 anos(com essa idade calos começaram a aparecer em seu corpo), ele morreu humano.
      David Lynch(outro nome da lista, para mim, um dos melhores roteiristas e diretores da sétima arte) fez um filme sobre sua vida, e a cena que mais emocionante/chocante/linda é a em que Joseph se encontra numa estação de trem, mas as pessoas sentem medo dele e querem lincha-lo, então ele se tranca no banheiro e começa a gritar “EU SOU UM HUMANO, EU SOU UM HUMANO, EU NÃO SOU UM ELEFANTE.”. Acho que o minilua deveria fazer um post sobre ele, se todos conhecessem a história dele as pessoas pensariam melhor na vida, em tudo…
      “De facto, a minha aparência é algo medonha, mas censurar-me é censurar a Deus. Pudesse eu recriar-me novamente, não te decepcionaria. Pudesse eu abarcar o mundo de pólo a pólo ou abraçar o oceano num amplexo, seria medido pela minha alma, a base da mente do homem.”
      E era com essa frase de Isaac Watts que ele terminava suas cartas…
      #facaadica

      • Lucas D

        23 de novembro de 2013 em 23:39

        Nossa… realmente é uma historia bem triste, ao menos ele teve alguns poucos amigos antes de morrer.

    • Lucas D

      23 de novembro de 2013 em 22:13

      Como pode não pensar em Leonardo Da Vinci? Eu sei que ele tem um nome meio assim, mas não é desculpa. :@

      • Garota Infernal

        23 de novembro de 2013 em 22:17

        Não sei muito sobre a obra de Leonardo Da Vinci, fale-me mais sobre ele.

        • Lucas D

          23 de novembro de 2013 em 22:53

          O carinha que pintou a Mona lisa, sabe.

          • Garota Infernal

            23 de novembro de 2013 em 22:55

            Sei.

          • Lucas D

            23 de novembro de 2013 em 23:02

            Que bom que sabe.

        • Terrorista

          23 de novembro de 2013 em 22:38

          Viciado que ajudou a inventar Jesus.

  10. Power Ranger Azul

    23 de novembro de 2013 em 21:59

    A garota infernal curtiu essa matéria …

    • Lucas Rodrigues

      23 de novembro de 2013 em 22:01

      Ela deve curtir esses quadrinhos adultos 🙂

      • Garota Infernal

        23 de novembro de 2013 em 22:09

        Eu não gosto de quadrinhos adultos.

      • Power Ranger Azul

        23 de novembro de 2013 em 22:04

        Ela prefere ser possuída pelo encubado do quer ler quadrinhos adultos …. Garota ele ta só te esnobando no fundo ele n quer nada com vc, a não ser brincar com sua alma …

        • Garota Infernal

          23 de novembro de 2013 em 22:10

          Eu não prefiro ser possuída, eu possuo as pessoas. Lucas é apenas meu amigo(?).

          • Power Ranger Azul

            23 de novembro de 2013 em 22:13

            Não sabia que sua alma, saía desse belo corpinho …. pensei q vc mandava outros espiritos entrarem no povo … interessante você ter mencionado isso …

          • Garota Infernal

            23 de novembro de 2013 em 22:16

            Você não entendeu, ter posse de alguém, ser dona, eu mando você faz. Entendeu?(Ter escravos )

          • Power Ranger Azul

            23 de novembro de 2013 em 22:17

            Eu entendi meu amor, o problema é que estou querendo ser ironico … ^^

          • Garota Infernal

            23 de novembro de 2013 em 22:21

            Desde que me apaixonei pelo Sheldon estou começando a ter problemas para entender sarcasmo, desculpa, por outro lado, agora consigo entender o termo “Doente de amor”…

        • Lucas Rodrigues

          23 de novembro de 2013 em 22:07

          Brincar com alma dos outros deve ser um passatempo preferido dela rsrsrsrsrs

          • Garota Infernal

            23 de novembro de 2013 em 22:11

            Brincar com as almas dos outros não é meu passatempo preferido, devo confessar que meu passatempo preferido é… nem sei o que é, minha vida é tão legal…

  11. Nameless

    23 de novembro de 2013 em 21:57

    Quando você começa a acompanhar autores como eles, percebe um outro nível de histórias. Nunca mais vai ver qualquer outra HQ com os mesmos olhos. Eles dão a você tudo o que os quadrinhos sempre deixaram devendo. Obras pra se pensar por horas e horas depois de ler.

    A passagem de Garth Ennis pelo Justiceiro, personagem da Marvel, é considerada simplesmente a melhor que o personagem teve até hoje. O seu período escrevendo o Motoqueiro Fantasma, incrível.

    Outros mestres que valem ser citados: Neil Gaiman e o seu Sandman. Grant Morrison, que teve passagem por vários personagens famosos, mas apenas vou dizer que transformou o mundo dos X-Men.

  12. Domyouji Dark

    23 de novembro de 2013 em 21:54

    legal

  13. Lucas Rodrigues

    23 de novembro de 2013 em 21:45

    Watchmen é um dos melhores quadrinhos adultos que existem. O filme então, é quase uma obra-prima, porque o longa é super fiel à HQ 🙂
    E como eu gostaria de ler “A Piada Mortal”, deve ser ótima, já que pelo o que foi citado é uma das melhores histórias do Batman 😀
    Enfim, como eterno amante de quadrinhos, eu afirmo que gosto destes quadrinhos adultos porque são histórias ousadas e muito bem elaboradas.

    • Arceus

      24 de novembro de 2013 em 00:20

      Eu já assisti o filme… (Mesmo sem nunca ter lido os quadrinhos) Cara depois de assistir aquilo… Eu nunca mais vi o superman do mesmo jeito, pensando bem…Nunca mais vi nenhum heroi do mesmo jeito…

      • Vinícius Salfer

        25 de novembro de 2013 em 12:26

        Leia The Boys então, essa sua visão sobre super-herois vai muito mais pro fundo do poço, haha.

  14. Terrorista

    23 de novembro de 2013 em 21:43

    Brasileiro não curte ler por causa da influência Marxista…

  15. Altair Ibn-La'Ahad

    23 de novembro de 2013 em 21:42

    Uma mistura de Sauron com mendigo
    ._.

  16. Wagner

    23 de novembro de 2013 em 21:35

    Jurava que era mindinho, e não minguinho…

    • Little Uchiha™

      24 de novembro de 2013 em 12:14

      No filme eu tbm ouvia mindinho lol

  17. lt.kun surge

    23 de novembro de 2013 em 21:29

    Is time to come together!

  18. Jeff Dantas

    23 de novembro de 2013 em 21:28

    Ainda deixo a minha barba assim…hahahah http://static.minilua.org/wp-content/uploads/2013/11/pic-1.jpg

    • Arceus

      24 de novembro de 2013 em 00:18

      Faça isso não cara… Pensando bem… Acho que ficaria ate legal…

    • Garota Infernal

      23 de novembro de 2013 em 22:12

      Vai tirar toda sua sensualidade de macho alfa(rsrsrsrsrs)!

      • Power Ranger Azul

        23 de novembro de 2013 em 22:14

        Desde quando ele foi macho ?? muito menos alfa … kkkkk
        No maximo beta ou gama … SQÑ

        • Garota Infernal

          23 de novembro de 2013 em 22:19

          Mais respeito, ele pode fazer um post dos 30 belos motivos para chutar seu saco(quem avisa amigo é).

          • Power Ranger Azul

            23 de novembro de 2013 em 22:21

            o Lukinhas é meu brother , ele pode chutar qnts vezes ele quiser ‘-‘

          • Garota Infernal

            23 de novembro de 2013 em 22:22

            Eu to falando do Jeff.

          • Power Ranger Azul

            23 de novembro de 2013 em 22:25

            Tanto Faz os 2 são meus amigos, se vc quiser tbm n tem problema … sou masoquista msm …

          • Garota Infernal

            23 de novembro de 2013 em 22:29

            Você é um menino estranho…

    • Lucas Rodrigues

      23 de novembro de 2013 em 21:40

      Jeff como eu faço pra colocar imagens enquanto eu tiver fazendo uma matéria?

      • Jeff Dantas

        23 de novembro de 2013 em 22:22

        Ah, vc anexa, e manda pra mim… 🙂 Se preferir, eh só colocar no texto, e depois eu seleciono… 🙂

  19. Lucas D

    23 de novembro de 2013 em 21:25

    Acho que prefiro os quadrinhos normais mesmo.

56 Comentários
mais Posts
Topo