Monte a sua matéria: Segurança ou insegurança #74

E em tempos de violência, eu me pergunto: Até quando, senhores? Até quando viveremos assim? Com medo, com insegurança? Enfim, deixo a pergunta no ar. E-mail: [email protected]!




Segurança ou Insegurança?

Por: Rodrigo Ludwig

Milhares de pessoas buscam nos estabelecimentos que prestam serviços de entretenimento um lugar que proporcione divertimento e satisfação pessoal. Para muitos é a distração ideal após uma longa e cansativa semana dedicada ao trabalho. Trata-se do momento em que todos os problemas, ou grande parte deles, são temporariamente esquecidos e a diversão torna-se o foco principal. Apesar de esse ser o propósito, há acontecimentos que vão em direção contrária à finalidade a que se propõe oferecer ao público-alvo.

A responsabilidade e a obrigação de zelar pela integridade física e moral dos frequentadores são dos proprietários e administradores dos estabelecimentos. Tais possuem o dever de proporcionar condições para que seus clientes possam apreciar os momentos de lazer com tranquilidade. E para tanto, torna-se imprescindível que haja em suas dependências um esquema estratégico que objetive manter a ordem e impedir a prática de comportamentos violentos.

Assim sendo, é necessária a existência de uma equipe de segurança atenta e que atue com eficácia de maneira preventiva com a intenção de eliminar os possíveis riscos. Em especial quanto às casas noturnas, onde o perigo é inerente à atividade empresarial, visto que se trata de local em que brigas são previsíveis e acontecem com frequência.

Portanto, evidenciando-se a notável importância do segurança, visto que seu exercício profissional consiste, principalmente, na proteção daqueles que estão sob os seus cuidados. Utilizando-se de um conjunto de ações e de recursos que tenham por objetivo eliminar os riscos e os perigos suscetíveis de ocorrência.

O fato é que por negligência alguns estabelecimentos de entretenimento acabam não oportunizando ao público um lugar em que seja possível divertir-se sem que exista prejuízo aos frequentadores em virtude da inaptidão e despreparo de seus seguranças.

São comuns os relatos de situações em que houve excesso por partes dos profissionais que exercem essa função. Assim, permitindo-se afirmar que, em determinados casos, os referidos adotam uma postura irresponsável, desrespeitosa, agressiva e desproporcional, produzindo o efeito contrário ao seu propósito, causando apenas insegurança. E por consequência somente agravando o problema que deveria ser combatido, a violência.

Salienta-se que, em diversas ocasiões, os próprios frequentadores adotam uma postura agressiva que coloca em risco os outros clientes. De fato, pessoas que não conseguem se portar de maneira adequada em público devem ser contidas e retiradas do espaço em que estejam gerando confusão.

Nesses casos a atuação da equipe de seguranças é indispensável para preservar e garantir a integridade dos demais presentes. Sendo que o procedimento de abordagem àqueles que estejam praticando conduta imprópria deve ocorrer no âmbito da razoabilidade, de maneira a não causar mais danos. No entanto, a intervenção nem sempre acontece de maneira moderada e proporcional à situação.

Por vezes, verifica-se o abuso de poder dos ditos profissionais ao exceder o exercício regular de suas funções. A falta de moderação expõe o frequentador à humilhação perante aos outros, que por não terem consciência das peculiaridades que levaram à ocorrência, promoverão, inevitavelmente, pré-julgamentos acerca da índole da pessoa envolvida, causando-lhe graves prejuízos de ordem moral.

Caso a realidade fosse distinta, não existiriam tantas demandas judiciais em desfavor de diversos estabelecimentos, que foram propostas por pessoas com o intento de buscar a devida reparação em decorrência da violação de seus direitos. Diante da realidade fática apresentada, verifica-se a necessidade de que ocorra a correção dessa visível falha na prestação de serviço.

A solução poderá ser alcançada, inicialmente, através de uma melhor observância por parte dos responsáveis no que concerne à conduta moral, ética e psicológica dos profissionais que contrata para desempenhar tal função.E, por conseguinte, promover a adoção de medidas menos opressoras na abordagem aos clientes, evitando a incidência de atos abusivos e excessivos com a finalidade de efetivamente propiciar segurança, sem cometer exposições desnecessárias. 

  1. Marcos Metaleiro

    30 de novembro de 2013 em 18:20

    seguranças têm 4 palavras para a população: Não me importo contigo.
    eu tenho 2 palavras pra você: Se proteja!
    Quer proteção? Então crie sua própria defesa, afinal, se tratando das forças de segurança, estamos mais do que a sós, se não formos fonte de vantagens para elas…
    Essa é a verdade nua e crua.

  2. Rodrigo Ludwig

    16 de abril de 2013 em 00:15

    Agradeço aos que dedicaram o seu tempo à leitura do artigo, concordando ou discordando. Minha intenção é fomentar a discussão para, quem sabe, encontrarmos soluções para corrigir a falha na conduta de alguns profissionais que deveriam zelar pela segurança…

  3. Li Syaoran

    15 de abril de 2013 em 17:07

    Acho que o que relamente resolveria esse prolema seriam um policiamento maior (pois dependendo do caso o cara que foi expulso da boate podia ir direto para a delegacia), mais preparo para os seguranças e a própria mudança de mentalidade nas pessoas; parar de pensar que brigar é sinônimo de masculindade, por exemplo.

  4. miau³

    15 de abril de 2013 em 16:48

    é errado se me apaixonei pela garota da foto? Alguém sabe quem é ela?

  5. Washington Oliveira

    15 de abril de 2013 em 11:26

    Ai pessoal quem gosta e quem não gosta de RAP, tenho uma indicação a fazer, leiam o livro A GUERRA NÃO DECLARADA NA VISÃO DE UM FAVELADO do Eduardo do Facção Central um dos maiores grupos de RAP de todo território nacional(em minha opinião melhor que Racionais), Ele explica o porquê de tanta violência, razões da periferia…

    • Slim Shady (Eminem)

      15 de abril de 2013 em 16:08

      Cara eu queria ter comprado esse livro, os 500 primeiros exemplares vinham autografados… Mas eu perdi o lançamento… B.O.S.T.A!!!
      E agora eu to sem dinheiro, vou ter que ir la na casa do Eduardo pedir um pra ele, não queria incomoda-lo, mas vou ter que fazer isso, mas eu não sei onde ele mora, por isso vou ligar pro Mano Brown, ou perguntar pro Sandrão ou Helião Antes…
      (Quem vê pensa)
      Mas deve ser um livro massa mesmo… flw

      • Washington Oliveira

        16 de abril de 2013 em 09:14

        Realmente cara esse livro é loko de mais, vou encomendar via sedex hoje ao todo os 2 ficaram 73 R$.
        Pena que o Edu saiu do Facção….

        • Slim Shady (Eminem)

          16 de abril de 2013 em 09:41

          é… ele disse que vai continuar cantando sozinho… Mas quero só ver…

  6. WAAAZAAAP

    15 de abril de 2013 em 09:51

    gostei do texto…..

  7. lucas rodrigues

    15 de abril de 2013 em 06:35

    Excelente texto, é revoltante ver este tipo de situação, incrível e triste, ao mesmo tempo, como essa praga chamada violência toma grandes proporções a cada ano que passa.

  8. eduardo (eduh)

    15 de abril de 2013 em 01:18

    bem escrito esse texto me lembrou minha redação sobre avanços no século XXI no concuso 😀

    • Slim Shady (Eminem)

      15 de abril de 2013 em 10:30

      Eu levaria essa foto para fazer a redação, pq uma image valem mais que mil palavras…

      [img]http://www.onofre.com.br/BackOffice/uploads//Produto/Normal/089990.jpg[/img]

      Ba Dum Tiss…
      Obrigado, vocês foram uma otima platéia, voltem sempre!

      • eduardo (eduh)

        15 de abril de 2013 em 13:50

        [img]http://media.tumblr.com/tumblr_lrh92dw6VG1r0utvr.gif[/img]

  9. Greg

    15 de abril de 2013 em 00:04

    Precisa contratar seguranças para os seguranças…

    • Bardock

      15 de abril de 2013 em 06:45

      E pagar com palito de picolé…

      • Zeref

        6 de abril de 2014 em 18:28

        Ou com galinhas

  10. Noob Saibot

    14 de abril de 2013 em 23:19

    Novinha vê se não mexe comigo que meu estilo é neuróticão (8). hahahahahahahaha

  11. Slim Shady (Eminem)

    14 de abril de 2013 em 22:48

    Não só sobre o texto, mas sobre o tema em geral:
    Segurança na realidade não existe muito, existe medo…
    Se um dia você não e assaltado, não pq vc está em um lugar bom… É pq alguém está com medo de consequências por te assaltar…
    E quando esse medo não esta presente, ocorre estes atos considerados “cruéis” ou “absurdos”, por exemplo, esses dias vi uma reportagem de um cara que mora no Batel – Curitiba/PR, onde ele no meio de 5 policiais, uma camera e um cinegrafista, bateu na camera, ameaçou o cinegrafista, e chinou os policiais, foi “preso” por 30 min, quando seus 2 advogados o tiraram da cadeia… Agora imagine, se fosse um pobre, como eu, nunca ia nem pensar em fazer aquilo, até porque de boca fechada eu ja teria levado uns tapa…
    Pq o cara falou aquilo? Pq ele não tinha medo de ir pra cadeia, com advogados bons
    Pq a policia não bateu nele? Pq tinham camera e o cara era rico, eles podiam se dar mal
    Pq eu não falaria aquilo? Pq eles me quebrariam de porrada
    Pq eles me bateriam? Pq eu sou pobre, não tenho advogado, e ninguém estaria vendo, então dane-se…
    Não importa onde vc mora, sempre vai ter bandido, sempre vai ter pessoas “moralmente” falando, más…
    O fato de acontecer algo a você, ou não, não está ligado ao fato de respeito ou sei lao que, alias o que é “respeito”? Exceto exceções, é outra forma de chamar o temor, o medo…
    Dane-se o respeito, segurança e tudo nessa sociedade se compra com dinheiro… E não queram me falar que eu estou errado, pq todo mundo sabe…
    Respeito é dinheiro
    Poder é dinheiro
    Morte é causada por dinheiro
    Dinheiro é o problema de alguns e a solução de outros…
    Só isso que eu acho…
    Vlw Flw

  12. Ponto.

    14 de abril de 2013 em 22:26

    Legal

  13. Jeff Dantas

    14 de abril de 2013 em 22:23

    Sinceramente, eu fico pasmo com esse tipo de situação.. É tanta violência, mas tanta violência, que já não vejo solução.. Com uma colega, por exemplo, um dos maiores absurdos que poderia acontecer.. E tudo pq… pela ganância de uma ksa noturna… http://sp1.fotolog.com/photo/33/3/85/xjisatsux/1252459817535_f.jpg

    • lucas rodrigues

      15 de abril de 2013 em 06:30

      Lamentável 🙁

    • Litzen Vampiro

      15 de abril de 2013 em 01:52

      Os humanos são assim mesmo, muito gananciosos, fazem de tudo pelo dinheiro…

      • Zeref

        6 de abril de 2014 em 18:24

        Dinheiro,poder,amor,ciúmes e o caralho a 4

    • Greg

      15 de abril de 2013 em 00:05

      realmente é muito triste isso

    • 3 Hits

      14 de abril de 2013 em 22:50

      um absurdo mesmo

  14. Shun

    14 de abril de 2013 em 21:45

    Negrigência tem em todo lugar, pessoal tá se fudendo pro nosso bem estar, seria pior se fosse nos recinto de grátis. Patifaria isso aí.

    • Jeff Dantas

      14 de abril de 2013 em 22:49

      Ah, isso com certeza! Só se pensa em estádios por aqui..Enquanto isso, a educação…

      • Zeref

        6 de abril de 2014 em 18:28

        Super estádios q só falta vira Transformers e,super faturação e qualquer imposto absurdo q vai aumentando e tudo sempre vai super fatura e foda-se aqui é Brasil país do Futebol e Carnaval! “Não se faz Carnaval com Educação e não se faz Futebol com hospitais” resumindo VAI TOMA NO CÚ BRASIL

    • Xion

      14 de abril de 2013 em 21:46

      *Negligência

      • Shun

        14 de abril de 2013 em 21:48

        Sumemo xD
        bem-estar*

  15. Dark Vampire

    14 de abril de 2013 em 21:41

    Concordo plenamente, muito bem colocado.

  16. 3 Hits

    14 de abril de 2013 em 21:38

    Gostei do texto. Concordo com o autor. a algum tempo eu fiz uma redação dissertativo argumentativo. As pessoas pensam apenas em ganhar o dinheiro delas e não se cuidam com a segurança de seus clientes. Muitos tentam apenas se divertir, mas acabam pegos por negligência de muitos.

  17. Xion

    14 de abril de 2013 em 21:38

    Interessante…

  18. Wagner

    14 de abril de 2013 em 21:32

    “Por conseguinte”, que expressão mais linda *o*
    E quanto ao texto, enquanto não imporem leis mega rigorosas e mostrar que elas funcionam, a violência diminuirá, mas não acabará.

    • Harry Alone Potter

      14 de abril de 2013 em 21:35

      Me explica como você lê um texto desse em menos de 3 mins.

      • Wagner

        14 de abril de 2013 em 21:42

        Lendo uai.
        Gosto de ler, nem percebi o tempo que gastei.

        • Harry Alone Potter

          14 de abril de 2013 em 21:46

          Então resume pra mim pfvr ._.’ Zuera, um dia eu leio esse Monte a sua materia…E todos os outros 73 que não li.

          • Slim Shady (Eminem)

            14 de abril de 2013 em 22:36

            Você viu como que do nada, aparecem uns Bolts da Literatura
            Humildade 100% dos leitores ai
            Vlw Flw

      • Xion

        14 de abril de 2013 em 21:42

        É só ler alguns livros e ir treinando que você lê bem rápido.

        • Harry Alone Potter

          14 de abril de 2013 em 21:44

          Eu leio rápido, leio bastante livros sim, só que menos de 3 minutos para esse texto achei muito pouco. Ainda mais que a mensagem seja pra refletir. u-u

          • Xion

            14 de abril de 2013 em 21:46

            Eu li em uns 3 quase 4 eu acho,mas demorei pra comentar.

      • 3 Hits

        14 de abril de 2013 em 21:41

        Eu li em aproximadamente 3 minutos.

      • Lucas

        14 de abril de 2013 em 21:40

        Cara , quem lê bastante livros consegue ler rápido. Bom , pelo menos eu consigo. .-.

        • Harry Alone Potter

          14 de abril de 2013 em 21:44

          Deixa de ser chato cara.

          • Lucas

            14 de abril de 2013 em 21:46

            Mas, o que eu fiz ? .-.

  19. Estudante

    14 de abril de 2013 em 21:31

    Insegurança

    • Slim Shady (Eminem)

      14 de abril de 2013 em 22:37

      “Se isso for insegurança tira do seu coração”. Pixote

47 Comentários
Topo