Monte a sua matéria: O apocalipse de Nandy #20

Bom, galera, antes de tudo, gostaria de agradecer o carinho e a participação de vocês. Espero de antemão, que todos estejam gostando da seção, e mais do que isso, se divertindo ou aprendendo com cada post. Mensagem dada, vamos ao artigo desta semana. Escrito por Leonardo Martins, ele fala sobre a nossa querida e ilustre moderadora. Uma boa leitura!

                                                                   O apocalipse de Nandy

Por: Leonardo Martins

A história do Apocalipse de Fernanda Martins começou em uma manhã de outono quando ela aguardava ansiosamente a chegada do iPhone 4S que ela havia comprado pela Internet.

Mal sabia a humanidade que o Fim do Mundo começaria quando o correio chegasse. Se a encomenda tivesse demorado para chegar, talvez a sociedade tivesse tido mais tempo para poder ser avisada. Infelizmente, isso não aconteceu.

Às dez da manhã, na terça-feira, o correio chegou. Fernanda, conhecida pelo apelido Nandy, saiu de sua casa. Deu vinte passos, abriu a caixa de correio, pegou a encomenda, fechou a caixa de correio, deu mais vinte passos e fechou a porta.

Quando abriu a caixa, estava tão animada que poderia ter publicado, naquele dia, vinte postagens com imagens que fariam os visitantes do Minilua vomitar tantos arco-íris que suas mortes seriam denominadas como “Vômito excessivo de arco-íris. Seu rosto mudou rapidamente de expressão quando, no lugar de um iPhone 4S, havia recebido uma pedra.

A menos que aquilo fosse outro dos produtos “revolucionários” da Apple, sendo batizada de iStone, um mês de espera e US$ 499,00 caíram sobre os ombros de Nandy e ela jogou a caixa e a pedra no lixo. Mal sabia ela que aquilo não era uma pedra.

No momento em que o interior da lata de lixo tornou-se escura quando a tampa fora colocada de volta no lugar, uma luz vermelha piscou repetidas vezes no canto inferior direito da pedra. À 3.745.890 km de distância, no espaço, no meio do caminho entre a Terra e a incandescente e fonte de vida que nós, simples terráqueos, chamamos de Sol, uma nave alienígena recebeu um sinal.

Três segundos depois, Nandy pôde vislumbrar um feixe de luz azul projetar-se no meio de sua cozinha e, após uma série de processos de “rematerialização”, envolvendo milhões de partículas, um corpo foi projetado bem ali, no meio da cozinha, onde, quatro segundos antes, Fernanda derrubara um copo enquanto pegava suco de laranja.

Se aprendemos alguma coisa com os centenas de filmes e livros sobre encontros entre homens e alienígenas, é que, na maioria dos casos, o alienígena é mau e quer exterminar toda a raça humana.

Felizmente, aquele corpo projetado no meio de uma cozinha onde não caberiam mais de quinze pessoas carregava uma mente que passou 3.456.678.345 anos pensando em uma maneira de abrir um recipiente de “acronifonito”.

Um material tão resistente, mas tão resistente, que nem mesmo a supernova originada da morte da estrela Acto9-054, considerada a mais destrutiva de toda história dos arquivos Zumblker, poderia, sequer, causar uma rachadura. 87% do corpo do alienígena era revestido de “acronifonito”, incluindo seu cérebro, seu olho esquerdo e seu intestino.

Nandy esfregou os olhos. Olhou novamente para o alienígena. Esfregou-os de novo. Mais uma vez olhou para o alienígena. E, quando já havia esfregado pela terceira vez, o alienígena abriu a boca e de lá saiu uma voz que, se não fosse controlada por modeladores de voz electronátilos, teria feito os ouvidos de qualquer um sangrarem e os tímpanos e os nervos auditivos pegarem fogo e derreterem.

- Eu não sou uma ilusão.

Fernanda abriu a boca, mas nenhum som saiu. Seu cérebro tentava processar a informação. Certa vez um matemático alicroniano calculou que o cérebro de 26% das espécies da borda “cakinolini” do universo processava informações 1,5 vezes mais rápido que um “grenotilionino” demorava para andar meio quilômetro, sendo que 16 cekm (16 “cérequilômetros”) é a distância que cada neurônio tem de passar até conseguir obter uma resposta do cérebro. 1 cekm = 0,892323455322333245454 km.

Os grenotilioninos andam a uma velocidade de 37 m/h. A raça humana estava entre essas espécies. Quando Nandy abriu a boca, a primeira frase que disse se tornaria para sempre a primeira coisa que um ser humano disse ao ver e encontrar um alienígena:

- Q-q-quem é v-v-você?

Se o alienígena tivesse respondido aquela pergunta da maneira mais completa possível, ele teria contado toda a sua história de vida. E isso demoraria 127 anos lacitrômitos, e 1 ano lacitrônito = 36,5 anos terrestres.

E, como a expectativa de vida de um homem comum não é tão grande assim, o primeiro alienígena à fazer contato direto com um ser humano respondeu:

- Me chamo Zeniton.

Se ver o alienígena aparecer na sua frente fez com que o cérebro de Fernanda demorasse dez segundos tentando compreender a situação, antes que ele demorasse mais dez segundos tentando memorizar o nome do extraterrestre, Zeniton caminhou para fora de casa, à passos largos, mas não sem antes olhar para seu pulso, onde havia algo parecido com um relógio, embora não fosse propriamente um relógio.

O que procurava há tantos milhares de anos lacitrônitos encontrava-se na lata de lixo. Abriu-a, pegou a pedra que Nandy jogara, indignada por receber um objeto alienígena disfarçado de pedra no lugar de um iPhone, e olhou severamente para Fernanda.

- Por que você jogou isso fora?

Agora a mente de Nandy se acostumara mais com a situação e voltou a pensar direito. Seus braços e pernas puderam voltar a se movimentarem sem que parecessem estar sendo segurados pelo horizonte de eventos de um buraco negro, transformando-os em um milhão de átomos até serem sugados e desmaterializados.

Porém, Fernanda encarou aquilo como se fosse uma pergunta retórica e, antes que Zeniton tivesse tempo de dizer “não responda”, ela pegou a faca mais próxima, e foi logo se aproximando. Em sua mente, a decisão sobre matar ou não o extraterrestre.

Sem saber como agir, sua decidira o que dizer:

- Por que você está aqui?! - berrou tão alto que o vizinho acordou de seu sono e xingou-a ao abrir a janela e ver que estava atrasado para o trabalho, só que se acalmou ao lembrar-se de que estava desempregado.

O cérebro de Zeniton processava informações mais rápido do que qualquer outro cérebro humano. Seus neurônios mandavam informações e recebiam respostas à 45 cekm/h, enquanto o cérebro de um ser humano normal chegava até 23 cekm/h.

- É uma longa história. Aposto que você não gostaria que seus vizinhos vissem alguém como eu, não é?

Na verdade, a rua onde Nandy estacionava seu carro todas as manhãs já tinha visto coisas que deveriam ter ficado na primeira página de todos os jornais e revistas da cidade, mas que preferiram colocar como principal notícia o nascimento de mais um filho de alguma celebridade ou mais algum casamento de quinze minutos terminado em divórcio de algum casal famoso, também valendo a prisão de algum atriz ou ator por consumo excessivo de bebida alcoólica e/ou drogas.

Certa vez, um raio fez um cachorro de cinquenta tentáculos, e nenhuma pata, descer dos céus, entrar na casa de um dos moradores do bairro e sair de lá na forma de um gigantesco gorila de cinco olhos que desapareceu novamente por outro raio. Isto, porém, era assunto para outra hora.

Zeniton entrou novamente na casa e sentou-se no sofá da sala. Um sofá verde e gasto. Começou a contar, em poucas palavras, uma história que demoraria 127 anos para ser contada.

- Compreendendo os limites da mente humana e a sua atual incapacidade de compreender a complexa linha de eventos presentes no universo e os intermináveis cálculos que tentam tornar a compreensão desses eventos mais simples, sendo que nem a Grande Enciclopédia de Tharkglaaknaak conseguiu explicar até hoje, levando seu próprio autor à loucura quando este entrou em uma crise de identidade, eu tentarei resumir a história. Tudo começou quando há trinta bilhões de anos a divindade Kholuknaam decidiu criar o multiverso.

Cada universo foi criado para residir dentro de uma estrutura metálica circula gigantesca, similar à um CD, e todas orbitando o lar de Kholuknaam. O seu universo é considerado o Universo-1, por ser o universo que orbita mais próximo do lar de Kholuknaam.

Após a formação dos primeiros planetas e sistemas estelares e solares, a primeira das raças surgiu. Tratava-se de uma série de triângulos brilhantes multicoloridos chamados de Khaffernolks, capazes de calcular até mesmo quanta energia seria necessária para clonar o universo, mas incapazes de abrir uma porta.

Tomando conhecimento de suas limitações devido à falta de braços e pernas, os Khaffernolks escravizaram o povo dos Therominksis, habitantes da lua do planeta natal dos Khaffernolks, Trunimak. Os Khaffernolks usaram seus poderes para transformar os Therominksis em zumbis e retiraram deles seus cérebros, substituindo-os por aparelhos eletrônicos ligados às mentes dos Khaffernolks. Após terem construído e povoado milhares de planetas tanto artificiais como não artificiais, os Khaffernolks entraram em guerra civil após não conseguirem chegar à uma conclusão se deveriam ou não matar Kholuknaam e tomar-lhe o lugar.

Os Khaffernolks vermelhos, azuis e verdes - que não queriam matar Kholuknaam uniram-se contra os Khaffernolks amarelos, laranjas e marrons - que queriam matar Kholuknaam.

Quando a guerra já havia consumido e destruído quase uma galáxia inteira, os Khaffernolks azuis decidiram pôr fim à tudo aquilo e detonaram Trunimak, matando todas as outros tipos de Khaffernolks - exceto os amarelos, que sobreviveram. Os Khaffernols amarelos decidiram vingar-se e conseguiram prender os Khaffernolks azuis em uma outra dimensão e decidiram parar o fluxo do tempo, tentando mudar o passado.

Mas o problema é que o passado não pode ser alterado e, tomando o conhecimento de que o Universo-1 terminaria no Big Crunch, eles fizeram o tempo fluir para o futuro para alterar a linha do tempo da nova versão do Universo-1 que se formaria quando ocorresse o “Big Crunch”.

Nandy começou a sentir uma leve dor de cabeça.

- Mas os Khaffernolks azuis descobriram os planos dos Khaffernolks amarelos e decidiram construir uma última arma. Eles manipularam, também, o fluxo do tempo, e pegaram todo o conhecimento do universo e colocaram-no em um aparelho eletrônico indestrutível: uma xícara de café.

Quem tomasse o café produzido no interior da xícara iria adquirir todo o conhecimento necessário e poderes suficientes para vencer qualquer guerra. Quando os Khaffernolks amarelos ficaram sabendo disso, abriram uma brecha na linha que separava a dimensão dos Khaffernolks azuis do Universo-1.

Os Khaffernols azuis colocaram uma senha de acesso na xícara de café, e só quem soubesse a senha poderia ver a xícara produzindo, em seu interior, o café. Os Khaffernolks azuis fugiram de sua dimensão através da brecha criada pelos Khaffernolks amarelos e ambas as raças voltaram a entrar em guerra.

Enquanto os Khaffernolks amarelos criaram um robô - nesse caso, eu - para descobrir qual era a senha da xícara de café, os Khaffernolks azuis fizeram o tempo voltar a fluir. Um grupo de rebeldes dos Khaffernolks amarelos decide pôr fim à guerra de uma vez por todas e prenderam tanto os Khaffernolks amarelos como os azuis dentro de um campo que fez o tempo parar de fluir em seu interior e transformou todos os que ali se encontravam em estátuas. O grupo de rebeldes foi pegar a xícara de café quando foram atacados pelas tropas do Império Kranifornik…

A dor de cabeça de Fernanda aumentou.

- E, por fim, uma nova guerra começou. Enquanto eu tentava descobrir qual era a senha da xícara de café, os rebeldes Khaffernolks fugiram das forças dos Kraniforniks, que estavam dominando a galáxia, para construir um planeta artificial.

E para que um planeta artificial? Para que nesse planeta vivesse a única pessoa do Universo que tem gravado na memória a senha para desbloquear o acesso da xícara de café. Quem é essa pessoa?

Um robô orgânico criado pelos Khaffernolks azuis para que fosse o único, a saber, a senha, sendo que nem os próprios Khaffernolks azuis sabiam qual era a senha, pois não foram eles que a fizeram, e sim o robô orgânico.

O grupo de rebeldes Khaffernolks modificou o núcleo do planeta para que ele criasse vida e paisagens agradáveis para conviver com o robô orgânico capturado e o único ser do universo  a saber a senha. Quem é esse robô orgânico? É você Nandy.

Fernanda sentiu como se sua cabeça tivesse sido arrancada, desmaterializada, rematerializada e colocada de volta no lugar.

- Você foi quem criou a senha que impede que alguém use a xícara de café que retém todo o conhecimento do Universo, bem como é a única pessoa à saber a senha. Você foi construída pelos Khaffernolks azuis há bilhões de anos e foi capturada pelos Khaffernolks amarelos rebeldes e trazida até esse planeta.

Durante bilhões de anos você permaneceu dormindo enquanto eles tentavam invadir o seu subconsciente para ter acesso à senha.

Quando decidiram trocar de método, despertaram-na e forçaram o núcleo do planeta a construir formas de vida e todas as paisagens que você já viu, apenas para que, um dia, você se lembrasse de qual é a senha e dissesse para uma das formas de vida.

O planeta permaneceu camuflado e protegido por um escudo até que eu descobri uma maneira de violá-lo e resgatá-la para que você me trouxesse a senha que eu estou tentando descobrir a bilhões de anos.

A pedra que você jogou no lixo é um sensor que eu construí para que fosse enviado até o planeta e chegasse até você, para que eu descobrisse onde você mora.

Tudo o que eu preciso fazer é levá-la para a minha nave antes que o núcleo do planeta mande formas de vida para me matar e apagar da sua memória tudo o que eu lhe disse…

Um grande estrondo veio do jardim da casa.

Continua….

  1. Eduardo (Edward Mãos de Tesoura)

    17 de julho de 2012 em 13:36

    isso são dorgas……..e minilua…………..

  2. Glauciamor

    13 de junho de 2012 em 16:23

    Prefiro a estória da “Jeitosinha”.

  3. Thiago Centurião

    12 de abril de 2012 em 21:35

    Sei lá galera, acho que o Jeff aí deu um espaço pra galera (leitores do blog), me faz sentir que o blog também é um pouco nosso! se o conto é ruim ou não vai de cada um, mande o seu e aguarde os comentários

  4. Corey Taylor

    11 de abril de 2012 em 04:44

    que bagui chato véio…essa poha a única coisa que eu li foram os comentários u.u

  5. Karl Willmann

    10 de abril de 2012 em 18:05

    Por favor senhor autor do texto, dar uma conferida ao menos nas medidas utilizadas, e deixo o resto passar com nota 10 em escala de 0 a 10,1.
    Obrigado pela atenção.

  6. Rogérioo

    8 de abril de 2012 em 22:42

    É muito puxa-saquismo pra uma pessoa só…
    Será que só esse Leonardo manda as matérias? Tá na hora de diversificar um pouco em Jeff.
    Se não tem nenhuma matéria que mereça ser postada,é melhor fechar logo essa série.

    • Jeff Dantas

      9 de abril de 2012 em 00:13

      Foi o que eu comentei, Rogério. Procuro dar espaço a todos, mas você sabe, não é fácil. Nas últimas semanas mesmo, só tenho recebido textos com vídeos ou com imagens. :'(

  7. Bru No

    8 de abril de 2012 em 21:03

    Mas a Nandy nem ao menos é asiática para saber tantas coisas…

    • Bru No

      8 de abril de 2012 em 21:04

      Nem hacker para saber senhas.

      • Bru No

        8 de abril de 2012 em 21:04

        Ou será que não?

  8. Angelo CaLi

    8 de abril de 2012 em 20:52

    Who the hell is Nandy?

  9. Bru No

    8 de abril de 2012 em 20:10

    Lol,deixa eu ver se eu entendi bem…
    Os Khaffernolks inventaram o café?
    Bem,quando eu li Khaffernolks,eu tinha entendido Café Norlks.
    LoL.

  10. Herikle Mesquita

    8 de abril de 2012 em 16:54

    Gostei não, é chato e confuso vey

  11. Altaïr

    8 de abril de 2012 em 15:06

    Se for um hentai, já sei o que os alienígenas vão fazer…
    PS: Primeiro texto gigantesco que eu não tive preguiça nenhuma de ler 😀

  12. Bruno Rock

    8 de abril de 2012 em 15:06

      Por que não criam uma seção pra ele?

  13. yurimatsury

    8 de abril de 2012 em 14:55

    Só com essa historia ai já da pra fazer uma trilogia ( não sei se é assim que se fala ) maior que a do harry potter. mas eu gostei da historia, bom mesmo

    • Pedro

      8 de abril de 2012 em 17:01

      trilogia = sequencia de três filmes…

      harry potter são 8 ou 9 sei lá….

      • Bru No

        8 de abril de 2012 em 21:08

        Nossa.Boa champz,trilogia maior que três?Agora só falta “matar” o português com “uma dupla de dois” erros.

  14. Kaio Felipe

    8 de abril de 2012 em 11:58

    Bem massa essa historia^^

  15. Jefferson Rox's

    8 de abril de 2012 em 11:04

    Que viagem !

  16. Anônimo

    8 de abril de 2012 em 10:09

    logo logo temeros “o apocalipse de Nandy 2:A Vingança da TPM” KKKKKKKKK

  17. TKD kyosanim

    8 de abril de 2012 em 06:03

    .. Boa maninho, vc quem escreveu isso tudo, sem ter feito nenhum plagio de outro doidao ?! … bom… primeiramente gostaria de te perguntar que erva tu usou mano? … q viajem,psicodelica eh esta ? ! … confesso q nao li esta porra toda, mas ate onte li, ficou bom …. o ponto negativo eh o fator EXTREMO !!! de puxa-saquismo,… nada contra … mas pega leve maninho ! … pois, puxar o saco da loirinha eh facil, agora se tu for puxar o saco de um homem peludo,fedorento, e cagado, a tarefa eh mais dificil!.. 

    Weed Life ! viva a erva natural ! … 

  18. Karen Rodrigues

    8 de abril de 2012 em 03:17

    Interessante mas…DORGAS!! Espero a continuação! 😀 Ficou boa parte do texto falando o quanto nós somos burros e a demora da Nandy pra entender o que estava acontecendo! hahahahahha

    • Moda Foca

      8 de abril de 2012 em 09:35

      Bem vindo, leonardo

    • Lucas Menchone

      8 de abril de 2012 em 03:26

      continuação?
       Isso é muito pra minha mente kkkkk

  19. Fernando San

    8 de abril de 2012 em 03:09

    Saudades da originalidade e dos não puxadores de saco, que pelo amor de Zeus HAHAHA!

  20. Adriano Hidden

    8 de abril de 2012 em 03:01

    espero que a Nandy nao tome banho de bacia…senao ela mata o Leonardo afogado

    • Lucas Menchone

      8 de abril de 2012 em 03:11

      O cara fica mó tempão só falando q a Nandy é lenta e demora pra entender as coisas kkkk 

  21. Patrick Lucena

    8 de abril de 2012 em 02:45

    Eu li tudo, achei boa, mas está muito detalhada, conta segundo por segundo, ai fica muito grande.
    Só os fortes leem até o final!!

  22. Lucas Menchone

    8 de abril de 2012 em 01:29

    DEIXANDO ALGUNS PONTOS BEM CLAROS:
    – Grande parte do início do texto é dedicado a grande demora de resposta da Nandy (ta dizendo q ela é lerda kkk)
    – Esses alienígenas tem nomes mais estranhos do que personagens de filmes medievais
    – “Nandy começou a sentir uma leve dor de cabeça” Ela não foi a única
    – todos os ET’s são infinitamente feios e inteligentes enquanto os humanos são burros pa kramba.
    – nem todos os ET’s são aliados, eles tb tretam entre si.
    – café tb pode ser a chave de uma raça alienígena
    – ET’s preferem mulheres (não me pergunte o pq)
    – ET’s são indestrutíveis
    – a narração de uma guerra entre ET’s é igual a narração de um jogo de futebol entre árabes
    – a Nandy não gosta de pedras q piscam

  23. David FJR

    8 de abril de 2012 em 01:12

    cara, que historia, muito boa mesmo, um belo script de filme pro steven spielberg…. mas essa da xicara de café nao deu pra engolir, sinceramente… 

    mas parabens pela sua fascinante obra literaria, aguardo a continuação!

  24. Pedro

    8 de abril de 2012 em 00:16

    E a senha é: 

    Feminista!!!!

    • Lucas Menchone

      8 de abril de 2012 em 01:36

      CERTEZA!!!

  25. Antonio Terceiro

    7 de abril de 2012 em 23:44

    parece ate o enredo do guia do mochileiro das galáxias 2

  26. Victor

    7 de abril de 2012 em 23:30

    cara, esse leonardo martins precisa de um psicologo, poxa, coitada da Nandy, da ate dó
    e porra cara, pra que nomes tao estranhos, da vontade de parar de ler quando agente ve esses nomes

  27. Iron Man

    7 de abril de 2012 em 23:27

    Nuss veio amanha eu termino de ler.
    Mais só pelo comecinho, jah da pra ver o tipo de drogas pesadas que o cara que escreveu usou.

  28. From Hell

    7 de abril de 2012 em 22:57

    nossa tão falando que isso é plágio do Guia dos mochileiros O_O
    odeio esse livro
    fui obrigada a fazer um trabalho enorme sobre ele explicando o que eu tinha entendido em 50 paginas D:
    prof fdp T.T

    • Ernandes,Conde de Melo

      7 de abril de 2012 em 23:07

      serio q vc fez um trabalho sobre ele?aasuhsahsuahushashuashuahus,professor troll….

      • From Hell

        7 de abril de 2012 em 23:09

        eu fiz o trabalho sozinha…
        o resto da sala que fez em grupo fez mais folhas
        então pra mim foi um sacrifício u.u

        • edu cachopa

          7 de abril de 2012 em 23:16

          voce não reclamou com o trollfessor ?
          é sacanagem voce fazer um trabalho sozinha

          • From Hell

            7 de abril de 2012 em 23:20

            reclamar?RECLAMAR?
            vc não conheceu a peste
            o_O ele me encarava na sala,eu tinha até um certo medo
            só 1 pessoa na sala gostava dele…ou pelo menos fingia
            uma vez ele foi todo bonzinho pra escola,começou a elogiar os alunos por causa de uma prova que fomos bem
            mas a sala inteira ignorou ele
            fiquei com dó,mas foi uma vingança linda LOL

          • edu cachopa

            8 de abril de 2012 em 00:16

            se tinha que conhecer minha professora de biologia ela fala 10 minutos certinho sobre a materia os outros 35 ela fala a biografia dela

          • Misaki

            10 de abril de 2012 em 15:59

            uasahsuahsuahsuahsuahush , o marido da minha professora de espanhol ficou doente por um tempo . Aí quando era aula dela , a gente nem pegava material , ela já chegava falando sobre o marido , e era só a gente perguntar : ” Professora , mas vc ta bem ? ” e ela contava a história de como TUDO aconteceu .

            Aaah , na antiga escola , a gente tinha um professor de matemática que quando ninguém queria assistir aula , etc . era só perguntar : ” Professor , como faz pra criar uma galinha na lua ? ” , aí ele coontava tooooooooooooooooooooodas as teorias dele , era um sarro !

          • Misaki

            7 de abril de 2012 em 23:32

            Uma vez uma professora de Espanhol da minha antiga escola fez a gente ler um livro em ESPANHOL , ele tinha só 200 páginas , e era em ESPANHOL …
            No belo dia que ela marcou pra entregar , nós combinamos de cada um ler um certo tanto de páginas , explicar o que entendeu , e depois quando ela pediu os trabalhos , nós juntamos TODAS AS FOLHAS DE TODOS OS ALUNOS , e deu 1 trabalho só .

            Aí ela ficou louca da vida e tals , deu bronca … Depois veio toda ” Ai desculpa  ” e a gente fingia que ela nem tava na sala , quando ela chamou a diretora a gente ficou quietinho e disse ” Professora , o que você está dizendo ? Estamos todos tentando resolver a lição e você só pensa nesse livro , poxa né ! ” , e a diretora deu uma certa bronca na professora .

            TRUE STORY =)

    • edu cachopa

      7 de abril de 2012 em 23:04

      eu não  acho que seja plagio talvez influenciado. eu amo esse livro um dos melhores de ficção cientifica

      • From Hell

        7 de abril de 2012 em 23:05

        eu odeio o livro ¬¬ e odeio o filme ¬¬

  29. Pinto Demoniaco

    7 de abril de 2012 em 22:51

    semana que vem eu leio, muita preguissa =3

  30. Caio Amaral

    7 de abril de 2012 em 22:47

    achei a cara do guia do mochileiro das galáxias kkkkkk
    Mas realmente esse puxa-saquismo é desnecessário

    • Misaki

      7 de abril de 2012 em 23:26

      Aham , faltou falar que em vez de Nandy Martins era Nandy Dents .

  31. Shiryu De Dragão

    7 de abril de 2012 em 22:44

    Que chato colocar moderadores no meio das matérias, sem falar no puxa saquismo ¬¬

  32. Joey Jordison

    7 de abril de 2012 em 22:43

    Q-q-quem é v-v-você??

    Poxa, que orgulho do primeiro contato né Nandy?? xD

  33. edu cachopa

    7 de abril de 2012 em 22:38

    cara voces podiam respeitar um pouco ele .
    não gostaram tentem fazer melhor

    • Moda Foca

      8 de abril de 2012 em 09:26

      Estou fazendo uma pesquisa, então quero perguntar pra você
      Você acha que o Justin Bieber é um lixo? (pra você entender melhor, o titulo será outra coisa)

  34. Antonio Filho

    7 de abril de 2012 em 22:36

    Pra quem quer evitar a fadiga: O texto fala de um robô alienígena que veio atrás da Nandy por ela ser a unica que sabe a senha de uma xícara de café da sabedoria.

    • Melhor Alone do Mundo

      7 de abril de 2012 em 22:40

      Resumindo o resumo resumido… com Antonio Filho.

      • Antonio Filho

        7 de abril de 2012 em 22:43

        O resto só fala de uma guerra alienígena entre alienígenas da mesma especie, mas de cores diferentes.

        • Misaki

          7 de abril de 2012 em 23:25

          São alienígenas triangulares de cores diferente =) . ashauhsuahsuas

  35. Ernandes,Conde de Melo

    7 de abril de 2012 em 22:36

    eu loguei so pra dizer q tudo isso ai é plagio,um plagio bem elaborado,NAO É SENHORA NANDY DENT,eu li tudo e isso ai é o guia dos mochileiros da galaxia inteiro….

    • Misaki

      7 de abril de 2012 em 23:22

      Ok … eu ia comentar exatamente isso  (: .

    • Anônimo

      7 de abril de 2012 em 22:39

      Eu me inspirei no Guia do Mochileiro das Galáxias. Mas não é plágio.

      • Ernandes,Conde de Melo

        7 de abril de 2012 em 22:40

        ta certo,kkkkkk,bom livro,um dos meus preferidos….

        • Anônimo

          7 de abril de 2012 em 22:41

          Também é um dos meus preferidos. Gostei muito do “Restaurante no Fim do Universo” e do “A Vida, o Universo e Tudo Mais”. O próximo a ler será “Até Mais e Obrigado Pelos Peixes!” ˆˆ

          • Ernandes,Conde de Melo

            7 de abril de 2012 em 22:43

            ja li todos os 5,o ultimo nao curti,sabia q artur dent nao morreria assim,entao estou a espera de q traduzam o sexto livro q foi feito pelo amigo dele(douglas adams)…

          • Anônimo

            7 de abril de 2012 em 22:45

            É o livro “E Tem Mais uma Coisa”? Outro dia eu procurei na Saraiva e apareceu lá, traduzido.

          • Ernandes,Conde de Melo

            7 de abril de 2012 em 22:46

            hum,me gusta…..

          • Anônimo

            7 de abril de 2012 em 22:48

            Nesse momento não posso terminar de ler a série  O Mochileiro das Galáxias, estou ocupado com As Crônicas de Gelo e Fogo. Assim que terminar os livros escritos por George RR Martin irei terminar de ler os de Douglas Adams e de Eoin Colfer. XD

          • Ernandes,Conde de Melo

            7 de abril de 2012 em 22:50

            eu ando ocupado com as leis e os concursos da vida,depois terminarei o silmarillion,livro q nunca acabo…..

          • Anônimo

            7 de abril de 2012 em 22:51

            O Senhor dos Anéis e Os Dragões de Éter estão na minha lista de livros para ler antes do final do ano.

          • Ernandes,Conde de Melo

            7 de abril de 2012 em 23:03

            dragoes de eter queria achar,dizem q é muito bom….

          • Anônimo

            7 de abril de 2012 em 23:07

            No site da LeYa:
            http://www.leya.com.br
            Tem a coleção dos Dragões de Éter

          • Ernandes,Conde de Melo

            7 de abril de 2012 em 23:13

            valeu mesmo….^^

  36. Leandro Nunes

    7 de abril de 2012 em 22:29

    Eu li dois parágrafos e desisti ¬¬ 

  37. ~Yao Ming~

    7 de abril de 2012 em 22:23

    Só eu num intendi muiiitas palavras ”nerds”?

  38. Torterra Crash

    7 de abril de 2012 em 22:21

    Quem fez esse post com certeza gosta de crepúsculo e star wars…

    • Anônimo

      7 de abril de 2012 em 22:23

      Não gosto de Crepúsculo. Mas sim de Star Wars e Star Trek.

  39. Luís

    7 de abril de 2012 em 22:16

    Alguém pode apresentar uma vagina para o Leonardo Martins. URGENTE!!!!!

    • Melhor Alone do Mundo

      7 de abril de 2012 em 22:28

      Uma mulher inflável caberia perfeitamente a ele…

      • TENSEI

        7 de abril de 2012 em 22:30

        inflada com hélio
        ai ela poderia voar

        • Davis

          7 de abril de 2012 em 22:35

          tipo ãhn?²

        • Melhor Alone do Mundo

          7 de abril de 2012 em 22:32

          Tipo, ãhn?

    • Adriano Hidden

      7 de abril de 2012 em 22:19

      aqui no minilua tem varias…é só ele tirar uma foto do corpo dele e postar…chove de vagaba

      • Fernando San

        8 de abril de 2012 em 03:05

        UHSAIUHSIAUSHAIUSHAIUSHAIUHSIUAHSAIUHSAIU Racharia demais! 

        • Adriano Hidden

          8 de abril de 2012 em 03:07

          levando em consideraçao a Nandy ter um saco,e nele estar pendurado o nosso caro amigo do post…mas que mataria, ah sim,mataria afogado 

          • Adriano Hidden

            8 de abril de 2012 em 03:08

            opa, respondi no comentario errado…era pra me auto responder la embaixo
            maldito sono

      • Melhor Alone do Mundo

        7 de abril de 2012 em 22:31

        Ele precisaria postar uma com um cheque de 10 milzão na mão esquerda… Aí sim ia chover mina…

    • Davis

      7 de abril de 2012 em 22:18

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  40. luizricardosousacruz

    7 de abril de 2012 em 22:14

    ÔÔÔ, viajem véi.

  41. Killua Zaoldyeck

    7 de abril de 2012 em 22:14

    “No momento em que o interior da lata de lixo tornou-se escura quando a tampa fora colocada de volta no lugar, uma luz vermelha piscou repetidas vezes no canto inferior direito da pedra”

    então ela começou a pisca porque tava escuro…..tinha uma lâmpada dentro da caixa que veio do correio ? …

  42. Anônimo

    7 de abril de 2012 em 22:10

    Ok. Muitas pessoas dirão que eu sou puxa-saco (não ligo para isso, pois não tenho que ficar me importando com os insultos de outras pessoas). Outras dirão que é tudo asneira, que perderam tempo de suas vidas. Saibam que isso era parte de uma história de Ficção Científica que eu havia bolado e modificado. Agradeço aos que gostaram, sinto muito aos que não gostaram.

    • From Hell

      7 de abril de 2012 em 22:13

      ‘-‘ que chato
      que porcaria
      pk não cria algo com menos minilua e mais ação?

      • Anônimo

        7 de abril de 2012 em 22:14

        Se você lesse a história original veria isso.

        • From Hell

          7 de abril de 2012 em 22:23

          se a historia original era boa,devia ter deixado ela
          e ainda seria legal se vc parasse de puxar saco u.u

          • Anônimo

            7 de abril de 2012 em 22:25

            O problema era que a história original era parte de um livro de ficção científica que eu estou escrevendo, e eu não poderia enviar um livro inteiro por e-mail para o Jeff postar no Minilua. Eu iria resumir a história em dois textos. O texto deste post era a primeira parte, e agora é tarde demais para enviar o texto original.

          • From Hell

            7 de abril de 2012 em 22:27

            vc vai escrever um livro 
            e resolveu por os moderadores como personagem pro seu texto poder ser postado no site? que mer.da

          • Anônimo

            7 de abril de 2012 em 22:32

            Está bem. Só uma coisa: sabe por que eu tenho parado de comentar no Minilua? Porque eu cansei nas discussões nos comentários, só comentei hoje por causa deste texto.
            Aparentemente, foi um erro colocar a Nandy na história… Espere, não foi um erro! Eu apenas modifiquei a história e coloquei um dos moderadores nela, mas acho que você não pode tentar ser criativo sem que te chamem de puxa-saco.
            Eu vou continuar escrevendo, independente do que as pessoas me chamem e chamem o meu texto. Pode chamá-lo de escroto e falar que é uma merda, pode me chamar de idiota, de imbecil, ou de qualquer outra coisa; mas eu vou continuar escrevendo.

          • Moda Foca

            8 de abril de 2012 em 09:21

            Colocar nome de moderadores é criatividade? você só coloca pra ser aceito, ou seja, puxa-saquisse

          • From Hell

            7 de abril de 2012 em 22:35

            não se irritetetete
            u.u
            só to dizendo que,se a história for boa,vc nao tem,vc não precisa modificar ela e por os moderadores,se a história é boa eles vão postar entendeu
            esse negocio q vc ta fazendo de por os moderadores é sim puxar o saco,se vc é bom no que faz,nao precisa incluir eles,crie seus personagens,faça uma hiatória legal,colocando eles,vc só nos faz pensar em puxa saquismo,criando personagens fictícios,podemos imaginar uma história “real” na nossa cabeça,isso seria legal

          • Anônimo

            7 de abril de 2012 em 22:37

            Irritar? kkkkkk Na boa, tô super calmo aqui pensando em um novo capítulo para o meu livro.
            É, acho que teria sido uma boa ideia mandar a história ORIGINAL para o Jeff postar no site. Mas sabe por que eu não fiz isso? Você pode me achar um tanto paranóico, mas tive medo que alguém roubasse a minha ideia.

          • From Hell

            7 de abril de 2012 em 22:43

            ENTÃO PARE DE TENTAR POSTAR SEU LIVRO NO SITE E CRIE UMA PORCARIA DE NOVA HISTÓRIA OK??

          • Anônimo

            7 de abril de 2012 em 22:44

            Okay. Acho que nada mais precisa ser dito nessa discussão.

    • Davis

      7 de abril de 2012 em 22:13

      cara tenta criar algo diferente é sempre esse negocio de dominar o mundo(eu acho),e sempre envolvendo as mesmas pessoas,sei lá fica meio escroto ser sempre assim.

      • Anônimo

        7 de abril de 2012 em 22:15

        Eu poderia ter enviado a história original, mas decidi modificar. Aparentemente, isso foi um erro.

  43. Super

    7 de abril de 2012 em 22:08

    realmente não tenho tempo para ler isso ‘-‘ 

  44. Kratos

    7 de abril de 2012 em 22:08

    Nunca leio essa série(fruto do prévio julgamento pelo título)mas geralmente vejo quem é o autor do post.Não tenho acessado muito o minilua ultimamente MAS esse Leonardo Martins não é o autor de +ou- TODAS as “matérias” do “monte a sua matéria”?

    • Jeff Dantas

      7 de abril de 2012 em 22:13

      Da minha parte, eu procuro dar espaço a todos. Entretanto, só tenho recebido posts com fotos ou com vídeos. É uma pena…

      • WolfPower

        8 de abril de 2012 em 04:27

        Para que um post seja aceito e postado no Minilua,ele teria que atender a quais requisitos?
        (Falei como um verdadeiro diplomata agora :P)

  45. Remu

    7 de abril de 2012 em 22:07

    Coincidência ter a Nandy no meio?
    Não

  46. Cathe

    7 de abril de 2012 em 22:06

    Eu me indignei quando começou o papo de ”vomitar arco-íris”, perdi dois minutos da minha vida  ‘-‘

  47. Adriano Hidden

    7 de abril de 2012 em 22:06

    Leonardo Martins, Nandy Martins…pra mim é nepotismo

    ou um puxa-saquismo nunca dantes visto na historia desse pais

  48. Adriano Hidden

    7 de abril de 2012 em 22:05

    Leonardo Martins, Nandy Martins…pra mim é nepostismo

    ou um puxa-saquismo nunca dantes visto na historia desse pais

    • Davis

      7 de abril de 2012 em 22:08

      faltou o Diego Martins

  49. Melhor Alone do Mundo

    7 de abril de 2012 em 22:02

    Só entendi o ”Continua…” no final do post ._.

    • Connor

      7 de abril de 2012 em 23:29

      Tomara que termine.
      Pois ninguém merece ver tanta puxação de saco.

  50. Cathe

    7 de abril de 2012 em 22:00

    Parabéns ! nunca tinha lido tanta asneira. E esse puxa saquismo é para poucos em  😀

    • Fernando San

      8 de abril de 2012 em 03:01

      Falou tudo em poucas palavras, e nem precisou de fazer um texto gigante ¬¬’

    • Misaki

      7 de abril de 2012 em 23:18

      Faço de tuas palavras , minhas =D .

  51. Kairos

    7 de abril de 2012 em 21:59

    cadê a tela preta? O.o

  52. News Shooter

    7 de abril de 2012 em 21:58

    Nem fudendo que vou ler isso -‘

  53. Renata

    7 de abril de 2012 em 21:58

    em 2016 eu termino de ler.

    • Lucas Menchone

      8 de abril de 2012 em 02:29

      cedo assim?

  54. TENSEI

    7 de abril de 2012 em 21:57

    SANTO ET
    que issu?

  55. Jeff Dantas

    7 de abril de 2012 em 21:57

    A ideia é interessante. Falta apenas, alguns ajustes no texto. xD PS: Por se tratar de um conto, não posso alterar parágrafos, ou até mesmo trechos. 

    • Kratos

      7 de abril de 2012 em 22:13

      A galera não tá te dando muitas opçoes?
      Pelo entusiasmo dos mlqs antes de vc da inicio a essa serie pensei q poderia sair coisas legais das mentes ociosas 

  56. Nosferatu Alucard

    7 de abril de 2012 em 21:55

    é ruim de eu ler tudo isso
    #vampirobebao 

    • Misaki

      7 de abril de 2012 em 23:10

      Nem vale a pena … A história é muito detalhada , muito absurda , muito comprida ! Ele conta os segundo , os passos , TUDO ! 

      E os objetos mais importantes da história , são uma pedra e uma xícara de café =/ .

      • Karl Willmann

        10 de abril de 2012 em 18:01

        E o que me diz das medidas? kkkk…

        Eu fui bem detalhista agora… as medidas utilizadas são bem absurdas para existirem neste universo.

        Talvez essa história se passe num universo paralelo… LOL kkkkkkkkk

        • Misaki

          10 de abril de 2012 em 19:53

          Na verdade , ele meio que plagiou ” Guia dos Mochileiros das Galáxias ” . kkkkkkkkkkkkkkkk’ 

          Lá isso é possível … kkk’

  57. From Hell

    7 de abril de 2012 em 21:55

    aff esse Leonardo é mow lambecu ¬¬
    essas histórinhas deles já encheram o saco

    • Fernando San

      8 de abril de 2012 em 02:59

      Muita lambeção de saco, aço que se a Nandy tivesse testículos, os dela estariam batendo na patela do joelho, que pelo amor de Deus, PQP!

    • Davis

      7 de abril de 2012 em 22:01

      concordo,não é que seja ruim é que sempre se trata da mesma coisa e sempre é muito longa

      • Cathe

        7 de abril de 2012 em 22:03

        Nem é por ser longa, é por ser puro puxa saquismo.

      • From Hell

        7 de abril de 2012 em 22:02

        o que irrita mais é que ele ta sempre puxando o saco falando dos moderadores,pqp pk não cria uma história sem puxar saco?

        • Davis

          7 de abril de 2012 em 22:05

          verdade,é puxação de saco pura 

  58. Majin Ramon

    7 de abril de 2012 em 21:54

    cade a graça?  uma historia ficticia e longa …

  59. Connor

    7 de abril de 2012 em 21:54

    Legal.
    PUXAÇÃO DE SACO

    • Super

      7 de abril de 2012 em 22:26

      jeff. vai sair aquela matéria que te mandei uns meses a traz?  

  60. Nice! =) #Parei com o Minilua

    7 de abril de 2012 em 21:53

    Mais que droga ‘-‘

  61. Davis

    7 de abril de 2012 em 21:53

    preguiça de ler 

    • Davi Rodrigues

      8 de abril de 2012 em 18:27

      eu tbm, fica pra outro dia kk

  62. Luis Felipe

    7 de abril de 2012 em 21:53

    é uma bela  historia gostei do post 

  63. ~Yao Ming~

    7 de abril de 2012 em 21:52

    Q legal ^.^

  64. camus de aquário

    7 de abril de 2012 em 21:52

    tudo verdade u.u

152 Comentários
mais Posts
Topo