Monte a sua matéria: A eterna luta de classes #19

Socialismo x capitalismo. Sim, lá vamos nós de novo. Quem comenta agora, é Leonardo Martins. Uma boa leitura!

                                                      A utopia

Por: Leonardo Martins

Bom, antes de começar o texto, gostaria de pedir apenas uma coisa: Que a minha opinião fosse respeitada, da mesma forma, que respeitado a todos vocês. Mensagem dada, vamos ao texto…

Certa vez Karl Heinrich Marx dissera que o caminho do inferno está pavimentado de boas intenções. Durante a vida, nos deparamos com inúmeras situações.

Procuramos as mais diferentes e variadas respostas para cada uma delas. Para chegarmos a uma conclusão, precisamos escolher a resposta que mais nos agrada e usá-la naquele momento.

Quando se iniciara uma nova era de pensadores após as Revoluções Puritana e Gloriosa, os filósofos não só criaram uma forma de juntar todo o conhecimento e torná-lo acessível a tudo e a todos, sendo que tal forma foi chamada de Enciclopédia, mas como também substituíram o, considerado por muitos como sendo desprezível, mercantilismo.

Tal forma de ideologia econômica fora pregada na Era dos Descobrimentos, favorecendo os reis absolutistas. A burguesia era uma das classes sociais que não se beneficiavam com o mercantilismo.

Ele era tão desprezível que o próprio Estado estimulava que seus navios atacassem os de outro país, para que lucrasse com os produtos roubados. O rei era um dos poucos que se beneficiavam com esta repugnante forma de economia. A burguesia nada mais é do que a classe social que vive do comércio. O capitalismo, assim como o Liberalismo Clássico, foi imposto como meio de permitir o livre comércio e assim favorecer, principalmente, a burguesia.

De uma forma ou de outra, com o mercantilismo ou com o capitalismo, uma grande parte da população continuaria pobre. Por isso, com base nos conhecimentos de Karl Marx e Friedrich Engels, criou-se o socialismo científico.

Este afirmava que o capitalismo não passa de uma forma de economia que foi imposta para substituir o mercantilismo e que também será substituído por outra ideologia econômica.

Quando William Feather afirmou que, por causa da propaganda, criou-se dois homens em um mesmo corpo: o homem que ele é e o homem que gostaria de ser, descobriu-se as consequências do fato de atualmente o capitalismo ter se tornado global com a queda da maioria dos países comunistas.

Não importa o modelo econômico, se um país é o mais desenvolvido do mundo, em uma determinada forma de economia, como os EUA, o mais desenvolvido país capitalista, ou a URSS, que, embora seja um Estado extinto, já foi o mais desenvolvido país socialista; ele sempre tentará se sobrepor sobre os demais. Isso se chama controle de mercado.

Se um país assume o controle total do mercado que segue seu modelo econômico, então tudo se resume ao Imperialismo. No final do século XIX para o início do século XX, uma das causas que levaria ao início da Primeira Guerra era o Imperialismo.

Cada nação deveria concorrer com todas as outras para conquistar um número maior de territórios e aumentar sua esfera de influência. Um dos motivos pelos quais ocorreu a queda do Império Britânico foi o fato de os ingleses jamais imaginarem que sua industrialização se expandisse para outros países, fazendo com que a Inglaterra ganhasse concorrentes e perdesse o controle total do mercado mundial.

O mundo gira ao redor da publicidade. A propaganda tem como objetivo, em poucas palavras, mostrar todos os recursos de uma determinada coisa. Por isso, a publicidade é a propaganda. A propaganda, porém, mostra apenas o lado bom da coisa.

Não faria muito sentido uma empresa divulgar um produto e na propagando colocar os lados ruins, junto com os bons, pois isso desestimularia a venda. Quando ligamos a televisão ou usamos computador, somos rodeados por propagandas dos mais variados serviços.

Tal como William Feather citou, criou-se, na sociedade, dois tipos diferentes de pessoas em um mesmo ser humano: a pessoa que ela é (tendo consciência de todas as suas condições), e a pessoa que ela gostaria de ser (todos os bens de consumo que ela gostaria de ter, mas não pode).

Tudo não passa de uma simples jogada de marketing. Muitos dos produtos atualmente, até mesmo computadores, não duram um ano sem que comecem a quebrar e se tornem inutilizáveis.

Contudo, não é uma questão tecnológica, pois, pense bem, porque no final do século XIX inventaram uma lâmpada que está há mais de cem anos acesa e hoje inventam lâmpadas que duram, em média, mil horas?

Isso significa que já possuímos tecnologia suficiente para criar computadores que duram até quinhentos anos, mas não vale a pena, pelo menos, para as empresas.

Para as empresas vale mais à pena criar um produto que não dura nem doze meses, do que um produto que dura centenas de anos. Isso porque você é obrigado a comprar um novo produto, fabricado pela mesma empresa, com o mesmo preço, que, provavelmente, vai parar de funcionar dentro de alguns meses.

Se você levar para o conserto, por exemplo, um produto eletrônico, é comum dizerem para você que não vale à pena consertar tal produto, o que o obriga a comprar um novo. Isso nos leva a conclusão de que até mesmo coisas como impressoras são fabricadas para pararem de funcionar em um determinado período de tempo.

Se nossa intenção não fosse satisfazer as empresas e sim a população, um simples computador dos anos 90 teria a capacidade de um computador fabricado em 2010, possuindo tecnologias ainda mais avançadas.

Porém, como a publicidade criou duas pessoas em um só ser humano, a pessoa que este ser é que se contenta com os produtos que já possui e que pode comprar, tendo consciência do quanto será necessário para comprar algo como, por exemplo, um carro novo.

Mas e a pessoa que este ser gostaria de se tornar? Nesse caso, ele deseja acumular dinheiro suficiente para conseguir comprar todos os produtos que vê nas propagandas. Isso cega à pessoa de tal forma que ela não vê o dano que está sendo causando.

As empresas jogam para esta pessoa, que deseja enriquecer, um produto, que ela, provavelmente, viu em alguma propaganda, mas que não dura nem um ano, e a faz usá-la, sabendo que ela está cega pela propaganda e pelo fato de ter dinheiro suficiente para comprar tal produto.

Um ponto que raramente é destacado é o impacto ambiental causado quando este produto, comprado por uma pessoa qualquer, cega pela propaganda, se torna inutilizável e não pode ser consertado.

Com isso, contribui-se para a poluição. Sem falar a exploração humana nas fábricas, devido às empresas sempre preferirem escolher, como mão de obra, alguém que não receba muito dinheiro, mas que seja “escravizado” para beneficiá-las.

Qualquer um que possui dinheiro suficiente para comprar qualquer coisa cegamente, ganha dívidas e as empresas se beneficia com a sua pobreza. Existe, porém, a relação entre o consumidor e quem fabricou o produto que o consumir comprou.

O fabricante entrega, em troca de dinheiro, o produto para o consumidor, de forma a beneficiar os dois. Conforme o fabricante acumula dinheiro, ele pode distribuir o mesmo produto para várias pessoas.

Um dos grandes problemas com isso é que, conforme o fabricante vai enriquecendo, outro aparece, com um produto parecido, alegando ter qualidade melhor, e tenta superá-lo, de forma a tomar o seu império econômico.

Se um dos fabricantes ganhar, o outro irá a falência e cairá na pobreza. Para que um fabricante supere o outro, ambos têm que montar indústrias que produzam cada vez mais.

O fabricante que possuir mais indústrias acaba tendo que contratar cada vez mais pessoas e gasta cada vez mais os recursos naturais de onde suas indústrias estão.

O problema é que se as indústrias já consumiram todos os recursos e já “escravizaram” toda a população do lugar onde estão, terão de se mudar para outro lugar, deixando para trás uma área devastada, poluída e uma população em decadência, ou cria mais indústrias que se instalam em outros lugares.

Não importa ambos os lados levarão à escassez de recursos e a crise em uma população “escravizada” pelo fabricante. Tudo porque as empresas se recusam a fabricar um produto que dure um longo período de tempo.

O dinheiro é colocado acima de todas as coisas. O acúmulo de capital se tornou mais importante do que o benefício da população. Mas se as empresas acumulam dinheiro e isso beneficia o país de onde elas provêm, o governo de tal país não gostaria que a população percebesse de tais crimes cometidos, o que levaria a uma revolta.

O governo tentaria reprimir tal manifestação, enviando tropas policiais para combater os revoltosos. Mas essa não é a única forma de um governo reprimir uma manifestação.

Toda organização, todo governo que vir uma revolta que vai contra os seus valores, tentará reprimi-la. Não só com violência, mas com uma forma bastante usada: a publicidade. O governo deseja pessoas “ignorantes”, não ignorantes ao ponto de não saberem avaliar e questionar algo, mas ignorantes ao ponto de não serem capazes de mostrar seus pontos negativos.

Inúmeras redes de televisão, que só funcionam por causa do dinheiro que recebem do governo, acabam sendo manipulados pelo próprio Estado. Por isso, elas evitam passar algo que questione os valores comuns da sociedade. 

Inúmeros países no passado já passaram por sistemas ditatoriais. Tais sistemas evitavam que o povo tivesse a liberdade de expressão. Se o povo fizesse uma crítica, mesmo que fosse simples, mostrando um lado negativo do governo, já seria reprimido.

O próprio George Orwell mostrou isso em sua obra literária: 1984, mostrando até onde o governo poderia ir para simplesmente impedir que alguém o criticasse.

Como grandes empresas estão sempre ligadas ao governo, elas jamais o questionariam. Por isso, a privacidade não existe, principalmente quando se trata de computadores.

Como atualmente o que mais ganha destaque no mercado é a informática, o meio mais utilizado pelo governo, ainda mais que a televisão, de alienar a população são os computadores.

Já fora provado inúmeras vezes que, se você utiliza o mundialmente conhecido navegador Google Chrome, a gigante Google tem acesso a todo o seu histórico.

Se você tem uma conta na Google e está conversando com um amigo seu pelo Gtalk sobre computadores, a Google envia para você um anúncio sobre uma loja de computadores. Também já foi descoberto que o, também gigante, Facebook permite com que a empresa criadora da rede social, a Facebook Inc., leia todo o histórico do seu navegador e seja capaz de ler todas as mensagens que você envia.

Não são só empresas que trabalham com a recente computação em nuvem (que armazena as suas informações, contando suas fotos e documentos, presentes em contas em sites como a ZOHO ou a Google), mas também empresas antigas como a Apple, foram criticadas quanto à questão privacidade. O mundo ficou chocado quando se descobriu que os dispositivos móveis fabricados pela Apple continham brechas de segurança que permitiam o governo indiano saber de tudo o que você fazia neles.

Não é só a Apple que entrega a privacidade de seus usuários, mas como a maioria das empresas. Tudo isso devido à existência do Carrier IQ, um programa que vem instalado na maioria dos celulares fabricados atualmente e que permite que as empresas que trabalham fabricantes de tais desportivos móveis saibam de tudo o que você faz no seu celular.

Mas por que elas fazem isso? Porque essas empresas que trabalham com computadores utilizam tais informações para determinar se você irá agir contra elas ou contra o governo. Se já estão inventando dispositivos para ler pensamentos, então quando tempo ainda falta para ocorrer uma nova ditadura?

Se perdermos toda a nossa privacidade, e se os governos são paranóicos ao ponto de evitar que qualquer coisa capaz de estimular uma revolta e fazer perceber que o governo não é perfeito, passe na televisão, então a situação só ficará pior.

Os EUA, com a queda da URSS, tiveram de compreender que ele perdera um concorrente, mas ganhara vários, devido à formação de um mundo multipolar. Se ele está perdendo espaço no mercado e influência política, então ele tomaria medidas desesperadas para não deixar de ser a superpotência mundial.

É frustrante para um governo como o dos EUA, que sempre teve o mundo à sua mercê, ver tudo isso ser perdido. Os EUA perderam grande quantidade de poder devido a duas crises econômicas que aconteceram em um pequeno período de tempo, sem contar que perdeu grande influência na política mundial com conflitos no Oriente Médio.

Todos esses fatores levaram à criação de teorias da conspiração que dizem que o “dono” do mundo tentará se reerguer em uma guerra, invadindo outros países e utilizando armas de controle populacional.

Mas, não se confunda. Existe o governo e a população. O governo tenta alienar a população para que ela se esqueça dos problemas do país passando imagens de que a vida é algo simples, sustentada por ele.

O Estado não deseja pessoas inteligentes que consigam questioná-lo, mas sim pessoas inteligentes que trabalham com as normas estabelecidas pelas regras sociais. Para o estado, seria mais benéfico ver pessoas experientes trabalhando com as normas estabelecidas, do que ver pessoas experientes criticando-o.

O Estado, através da publicidade, tenta agradar toda a população. Mas isso não é possível, pois não se pode agradar a todos. Existirá sempre um grupo de pessoas que não ficará satisfeita com as ações do Estado. Mas a interpretação é limitada. Do que adianta termos várias interpretações de uma mesma coisa, sendo que o importante é modificá-la? Assim como disse o grande filósofo Karl Marx.

No capitalismo, o importante é a luta de classes. A burguesia se favorecesse com o acúmulo de capitais enquanto a classe trabalhadora é a responsável pelos lucros, por ser a fabricante dos produtos. Existe o proletário (o dono), e o proletariado (os operários). Eles possuem interesses diferentes e por isso irão entrar sempre em conflito.

O capitalismo cairá devido à luta de classes. E o socialismo também devido ao Estado não ser capaz de manter uma população igual e com os mesmos recursos. O anarquismo defende uma sociedade sem governantes, sendo contra qualquer tipo de governo que não seja livremente aceito. Ele foi associado muitas vezes ao caos que se formou ao longo do século XIX para o século XX, quando ocorreram inúmeras revoltas.

O capitalismo fora criado para substituir o mercantilismo (tal como o liberalismo clássico), por filósofos do século XVIII. O socialismo foi criado por Karl Marx e Friedrich Engels como o substituto do capitalismo, enquanto o anarquismo fora criado por William Godwin (embora ele não tenha dado nome às suas teorias, ele foi um dos expoentes do utilitarismo, que se baseia no princípio do bem-estar máximo).

Embora o capitalismo tenha tido diferentes interpretações, sendo elas o Keynesianismo (procurando criar um sistema de pleno emprego) e o Neoliberalismo (que é uma redefinição do liberalismo clássico, criado durante o Iluminismo, que defendia as liberdades individuais, a igualdade perante a lei, a limitação constitucional do governo, o direito de propriedades, os direitos naturais, a proteção das liberdades civis e as restrições fiscais ao governo), todos sabemos que uma hora ele vai cair, na chamada Crise Capitalista, igual o socialismo que caiu na maioria do Bloco Comunista Soviético na chamada Crise Comunista.

Se a humanidade não quiser ver o mundo que construímos ruir, devido ao fato de já termos chegado a um momento crucial na História onde o modelo que diz que o homem deve ganhar dinheiro pisando nas pessoas não pode mais continuar, o dinheiro precisa ser eliminado. Pois se a humanidade se mata por um simples pedaço de papel, então não há mais dúvidas.

PS: O texto acima foi escrito originalmente para a escola. Abraços a todos, e até mais!

  1. Marcel Cordeiro

    7 de abril de 2012 em 13:12

    Valeu à pena ler isto. Pena que nem todos pensem assim…

  2. Fulvio Tonani

    2 de abril de 2012 em 14:32

    Eu discordo com bastante coisas ae.
    O capitalismo é completamente necessario, ao contrario do socialismo que só é lindo na teoria(um mundo aonde tds tem dinheiro e são felizes) ou anarquia ( um mundo aonde ñ se tem regras!!), porem tem um abismo entre a teoria e a realidade…O capitalismo ñ poda o talento de uma pessoa, e uma pessoa ñ precisa necessariamente pisar em outra para crescer.
    E quando foi citado os computadores e celulares… eu cai na risada, pode sim haver um programa desses, mas para o governo saber d td o q falamos kkkkkk, por favor…. e se isso fosse verdade, vc acha q o governo iria supervisionar td mundo? e se fosse verdade ñ teria protestos, pq o governo iria ficar ciente e ñ deixaria as pessoas ao menos sair de casa.
    Isso pra mim é mania de perseguição, de achar q tudo e todos estão conspirando para conquistar o mundo (PARECE Q TEM GENTE ASSISTINDO MTO MATRIX) kkkkkkk.
    As pessoas estão alienadas sim! Porem ñ a ponto d virarem zumbis(pelo menos eu acho).
    E O MAIS IMPORTANTE!!!

    SE VC QUER MUDANÇA, PARE DE FIKAR MANDANDO ARTIGO NA INTERNET( QUE O É O VIRUS QUE TORNA AS PESSOAS ZUMBIS) E VÁ ORGANIZAR UM PROTESTO!!!!

    É UMA FORMA MAIS DESCENTE DE PROCURAR MUDANÇA.

    • lucas vaktare

      2 de abril de 2012 em 18:49

      Socialismo não é lindo nem em sua versão utópica. Sem iniciativa privada, sem avanços tecnológicos, e ainda continua sacrificando a liberdade individual pelo coletivo.

      Parece que 100 milhões de mortes não foram o suficiente para explicar o socialismo. E depois dizem que o nazismo é que veio do inferno…

      • Fulvio Tonani

        3 de abril de 2012 em 11:27

        Eu sei disso porem eu disse no sentido o qual eles “vendem”, o governo dando uma vida digna a todo o povo e assim o país fica meio que “nivelado” sem desigualdade social.Mas na pratica é um lixo, sem tecnologia, sem liberdade de expressão sem avanços econômicos, sem futuro.muitas vidas desperdiçadas, porem por outro lado, eu não acredito em mudanças sem sacrifícios. O ser humano é primitivo, não consegue entender seu erro e acerta-lo, só pela força, só sendo mais forte q ele( INFELISMENTE) o mundo de verdade é assim.NO PAIN, NO GAIN….

  3. lucas vaktare

    2 de abril de 2012 em 07:30

    Não consigo ver vantagem em socialismo, é um sistema que massacra minha liberdade individual em nome do coletivo, e ainda sou obrigado a isso, no capitalismo, posso começar um sistema de distribuição de renda se quiser, mas faço isso de livre vontade.
    Alguém aí citou a África, pois bem, capitalismo não é uma condição suficiente para a liberdade e a qualidade de vida (isso é mais importante do que distribuição de renda), mas é uma condição nescessária para isso. Você ver países ditatoriais e pobres com o capitalismo, mas nunca verá um país próspero, democrático e com alto padrão de vida SEM O CAPITALISMO.
    Sem o capitalismo, não estaríamos aqui, usando tecnologias e com toda essa liberdade de expressão.
    Agora, existe vários tipos de capitalismo, o que acho mais correto, é o Laissez Faire, ou liberalismo CLÁSSICO (que não tem nada a ver com o neoliberalismo) em que a ação do governo era limitada a aplicar a lei e a igualdade de todos perante ela. O neoliberalismo possui muitas medidas de controle, o que é condenável para um liberal clássico.
    Uns vídeos para refrescar a cabeça.
    http://www.youtube.com/watch?v=XdZI72-ugC0

    http://www.youtube.com/watch?v=jSRnbajRj7Q&feature=related

    http://www.youtube.com/watch?v=hLTgOgsGVyI&feature=plcp&context=C39b4be9UDOEgsToPDskK8xf_jjqgQNHxO4r8lWVX5

    http://www.youtube.com/watch?v=w4hLCl0oZEo

    http://www.youtube.com/watch?v=iXc28vcA7G4

  4. Shaka de Virgem

    1 de abril de 2012 em 22:43

    capitalismo é a maior merda já inventada pelo ser humano , eles colocam essas fotos aí mas duvido que els queiram pagar as contas de um vagabundo qualquer ou dar metade do seu salário pro governo ou pra outras pessoas que nem sequer trabalham pra conseguir . A Africa hoje está nessa situação de mizéria extrema por causa do goerno que não se importa com os cidadãos e estão em regime ditatorial e também RICOS. Agora não faz sentido apoiar o comunismo , que tira o dinheiro de um que trabalha e merece pra dar pra alguem que nem sequer trabalhou por isso , é a mesma coisa do hobin wood , que roubava dos ricos para dar aos pobres; ricos são ricos pois trabalharam e o conquistaram de algum jeito e quem é pobre é porque não conquistou a riquesa.

  5. Leonardo Barros

    1 de abril de 2012 em 22:16

    Muito grande cara…li uns tres paragrafos e deu sono… (pelo menos acabou com minha insonia por hoje)…
    Prometo que leio depois…

  6. Weon Kenedi

    1 de abril de 2012 em 13:48

    Beleza, quem não lê não quer reter conhecimento.
    Digo isso pq li o texto inteiro e entendi tudo, pq já havia visto várias partes desse texto em matérias do tecmundo (como a obsolência programada), mas o cara soube resumir tudo de forma brilhante e de maneira a mostrar, “na real”, o que rola no mundo de hoje. Meus parabéns.

    Como diz o ditado, as pessoas só veem aquilo que querem ver.

  7. Rocky Jr.

    1 de abril de 2012 em 09:32

    Em primeiro lugar gostaria de parabenizar o autor, um excelente texto, que apesar de longo, prendeu muito a minha atenção, em segundo lugar gostaria de fazer umas ressalvas, hoje as coisas são sim criadas para serem obsoletas em pouquíssimo tempo, vemos por exemplo um carro, meu pai dizia, q os carros mais antigos eram muito difíceis de ir para a oficina, e q um comprado passava até 10 anos com seu carro, hoje em dia, a cada 2 anos uma pessoa troca de carro, e p/ onde vai parar? muitas vezes em lojas de semi-novos onde quase ninguém compra mais, pois devido as facilidades de credito e o medo de se contrair dividas do antigo dono, afastam as pessoas da ideia de comprar um carro usado, as pessoas querem carros novos, sendo q existem muitos semi-novos do mesmo modelo, ou muito parecidos, outra coisa, é que a mídia tenta o tempo todo nos minimizar, passando a ideia de q o nosso valor está nos nossos bens materiais, isso é ridículo, eu também queria acrescentar a suas ideias, falando sobre desenvolvimento sustentável, estou a 1 ano cursando Tecnologia em Gestão Ambiental(antes que perguntem, é sim curso superior) mas dese pouco tempo, já conheço esse tema suficientemente pra dizer q ele é muito falho, e só serve p/ incentivar ainda mais as pessoas a alimentarem o monstro do capitalismo, e pra muitos pseudo-intelectuais achando q estão fazendo o bem para o planeta, não estou dizendo q é algo terrível, até ajuda um pouco, mas pensem comigo, não é melhor evitar a poluição ao máximo, do que criar soluções para poder alimentar e comprar sem parar, gastar muita energia e água, mas sem agredir ao meio ambiente? A resposta para isso é que como o autor disse, os políticos precisam de nossa ignorância, se as pessoas criassem consciência ambiental, o capitalismo perderia muito então é mais fácil criar soluções falhas pra alimentar o capitalismo sem agredir tanto o meio ambiente, do que fazer as pessoas criarem consciência ambiental. Em terceiro, eu só discordo em parte quando o autor fala no fim do capitalismo, é uma solução, mas creio eu que num mundo como o nosso, com 7 bilhões e pessoas, não seria uma solução muito viável, pois no caso, qualquer pessoa poderia caçar, e desmatar, e nunca existiria essa de distribuição igualitária de alimento e bens necessários, as pessoas sempre irão querer ter mais que os outros, então é utopia pensar num mundo assim, por isso acho que a única solução viável é cada um fazer a sua parte e minimizar ao máximo os impactos provocados pelo nosso atual estilo de vida, tentando ao máximo mudar isso e não virar escravo do sistema capitalista.

    • lucas vaktare

      2 de abril de 2012 em 07:34

      Na verdade, utopia é pensar que os homens irão sacrificar sua liberdade individual em troca de um mundo igualitário. Capitalismo (liberal) não é um sistema, mas a ausência de sistemas.

      Todos os países que mais progrediram no mundo foi graças a esse sistema, e quebraram justamente quando o abandonou. (Europa e EUA)

    • Doppelganger copycat

      1 de abril de 2012 em 11:16

      Rocky, achei bem interessante essa parte de ser impossível uma utopia

      na verdade, penso que até pode ser possível, vc sabe que no mundo acontece mais ou menos um “macaco vê, macaco faz”, pois se os países ricos dizem que é assim, todo mundo vai ser assim, e é por que tem pessoas egoístas no poder que a maioria são egoístas tb.
      Se por acaso, mesmo que seja impossível agora, os países ricos pregassem igualdade no mundo inteiro, e satanizassem o egoismo, então todo mundo seria assim sempre. Claro que aconteceria reformas gigantes, e esse países não seriam mais tão ricos, mas acho que não é algo impossível de acontecer algumas gerações pra frente.
      Pode parecer difícil de acreditar que o ser humana faça esse tipo de coisa, mas veja pela nossa historia, comparado com o que ja fizemos ou fomos, poderiam dizer que estamos muito melhor agora, pois fizemos muito mais atrocidades no passado, como escravidão(a escravidão dos primeiros seculos, eram horriveis comparadas a escravidão dos negros depois) exclusão social(BEM mais forte que hoje em dia), e outras coisas terriveis que hoje em dia é crime e tempos atras era diversão.

      • lucas vaktare

        2 de abril de 2012 em 07:38

        E servidão foi pior que a escravidão. Os escravos da antiguidade tinham vida digna nos palácios de seus senhores. Os servos não, eram separados da nobreza, impostos abusivos, falta de conhecimento…
        Mas agora, os países ricos são o que devemos imitar, eu queria que o Brasil tivesse a mesma política da Suíça, por exemplo, um sistema de saúde e educação igual o da Suécia, liberdade individual como a Holanda…

    • Rocky Jr.

      1 de abril de 2012 em 09:36

      PS: para os críticos de plantão, não me acho nem um pouco intelectual, só tenho algumas opiniões acerca de coisas que todos deveriam pensar, pois esse é o nosso mundo, e se não fizermos nada por ele, quem vai fazer?
      Outra coisa é que gostei desse meu texto, apesar de não ser grande coisa, vou botar no meu blog, kkk

  8. jamili pedrosa

    1 de abril de 2012 em 01:59

    Já tive muito aula disso nos tempos de colegio, a gente debatia isso durante horas com o professor xD

  9. Doppelganger copycat

    1 de abril de 2012 em 00:36

    cara, que otimo texto, como um monte de gente disse, um tanto grande huahusahusuhsa, mas muito interessante…

    pessoalmente acho que o socialismo seria perfeito no sentido utopico, acho completa ignorancia das pessoas quando elas criticam o socialismo ou outras formas politicas de forma como se ele fosse pior do que o capitalismo, usando como fundamental argumento, o fato de ter causado varias mortes, e fracassos como URSS e Cuba. O que essas pessoas esquecem, é que o capitalismo controla quase todo o mundo, e que uma revolução para melhor, vai, INEVITAVELMENTE, ter tragedias e derramamento de sangue, mas é uma luta para melhor, independente de ser socialista ou não. Por exemplo: se Spartacus tivesse vencido Roma, todo derramamento de sangue inocente causado por eles, seriam compensado mais tarde, com o MUITO maior numero de pessoas que seriam polpadas das mãos dos abusos romanos.
    e Como alguns ali em cima disse, fazer parte do capitalismo atual pode ser obrigatorio, mas ser escravo dele é opção. Não importa se vc é Socialista, anarquista, etc. Apenas não se limite a achar que isso é a realidade imutavel e que vc não pode fazer nada, pois as revoluções que regeram a historia até hoje, foram iniciadas por pessoas que não se calaram para o que esta errado.

    deixo esse video, muito emocionante e inspirador, mas infelizmente para poucos…
    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=pymXov1pMYM

  10. Lucas Menchone

    31 de março de 2012 em 23:54

    preguiça de ler xP mais parece que ta bacana

  11. Edward Elric

    31 de março de 2012 em 23:49

    nossa cara texto muito bom.
    ta de parabens msm,

  12. Iron Man

    31 de março de 2012 em 23:44

    Não é um pedaço de papel, mais o que esse pedaço de papel pode fazer.

  13. Adriano Hidden®

    31 de março de 2012 em 23:28

    os comentarios desse post é um oferecimento de:

    ~~FALSOS MORALISTAS E PSEUDO-INTELECTUAIS…OPINIAO FORMADA ATRAVES DA MIDIA~~

    • Um qualquer

      31 de março de 2012 em 23:39

      Tem algumas exceções aqui nos coments….

      • Adriano Hidden®

        31 de março de 2012 em 23:47

        eu nao gastaria meu tempo falando de um assunto tao complexo, num site onde os posts sao tao fracos e que atraem só seres acefalos, solitarios e sem opiniao propria (salvo excessoes)

        • Edward Elric

          1 de abril de 2012 em 00:03

          oq vc ta fazendo aki entao mano
          vejo um inveja ai em…

  14. Kurono Kei

    31 de março de 2012 em 23:07

    Cara, ótimo texto, ganhou um curtir. Ficou bem grande mas aborda o tema proposto de uma maneira simples porém o mais explícita possível, facilitando a compreensão. Parabéns Leonardo. Essa parte sobre a constante vigilância está bem exposta, mas muita gente não olha. Como você disse, todos os smartphones vem com o famigerado CarrierIQ, a única solução é a substituição de firmware do aparelho e não são todos os aparelhos que comportam essa ação. Para se ter um ideia de como isso é sério, até as teclas que você pressiona são registradas. E não preciso nem falar do Chrome (depois do post que eu vi aqui sobre a tentativa de dominação mundial pela Google, o Chrome tá dando vários bugs no Minilua). E ao meu ver sua conclusão foi muito boa (confesso que pulei algumas partes do texto), e eu acho que, diferente do que todos pensam, Rússia e Cuba nunca foram socialistas. Aquele sistema não poderia ser chamado de socialismo ou comunismo nem aqui nem em lugar nenhum [s]e foi ótimo ler um texto que aborda a dominação das massas sem ter nada de Illuminatti[/s]. Novamente, parabéns, e ignore os haters, tá cheio deles por aqui.

  15. Pedro

    31 de março de 2012 em 23:03

    eu já li o suficiente sobre isso e já to de saco cheio de história, sou capitalista e não acredito no socialismo nem como discurso de boteco….

    • Kurono Kei

      31 de março de 2012 em 23:10

      Eu também não acredito, afinal nunca tivemos um exemplo de tal sistema. Rússia, Cuba. Aquilo era só outro tipo de monarquia.

      • Pedro

        31 de março de 2012 em 23:17

        de fato, e olha o que aconteceu com a urss….

        • Kurono Kei

          31 de março de 2012 em 23:20

          Cuba também não tá indo muito bem. Mas é como eu citei, aquilo é só outra forma de monarquia, onde uma elite tem tudo á disposição enquanto a maioria menos privilegiada tá se fu.den.do recebendo o que os governantes querem dar para eles. Nosso capitalismo é falho sim, mas para o nível de desenvolvimento atual, se torna a alternativa “menos pior”, infelizmente.

          • Doppelganger copycat

            1 de abril de 2012 em 00:12

            discordo colega

            o socialismo utopico é perfeito e lindo, mas impossivel infelizmente, exatamente por causa do capitalismo.
            Acredito que existam formas perfeitas de governar na realidade, um governo não completamente socialista, mas com aspectos do mesmo…

            o atual capitalismo ja causou dor demais para a humanidade

          • Kurono Kei

            1 de abril de 2012 em 00:33

            Concordo com você. O problema maior é que as pessoas atualmente não têm o nível de desenvolvimento necessário para se chegar lá. O capitalismo vai acabar com o mundo, mesmo que não na nossa geração, mas as próximas serão mais afetadas. Eu ainda acredito no dia em que esse “socialismo utópico” será possível, mas não creio que eu vá presenciá-lo nessa vida. Mas não custa ensinar para os que virão depois de nós que isso é possível. Se você tiver interessado, procura por Zeitgeist Addendun, é um documentário de 2009 se não me engano, é bem interessante e acho que tem no Youtube.

          • Doppelganger copycat

            1 de abril de 2012 em 00:56

            concordo, e ainda acho fundamental ensinar para as proximas gerações que existem outros caminhos, afinal revoluções acontecem pq as pessoas que sabem a verdade, se multiplicam a cada geração, e (geralmente motivadas por alguem) se cansam de aceitar a realidade para então muda-la. Acredito que o capitalismo terá seu fim, da mesma forma.

            legal, vou assistir sim, é meio grande xD mas parece interessante

          • Pedro

            31 de março de 2012 em 23:23

            essa situação de cuba só dura até fidel castro morrer, eu aposto….

          • Um qualquer

            31 de março de 2012 em 23:38

            Cara, o irmão dele, o Raul Castro, tá no poder…..
            E não parece que ele vai morrer agora então…..

    • Anônimo

      31 de março de 2012 em 23:07

      Okay, mas eu não acredito no socialismo nem no anarquismo. Acho que o problema foi que o socialismo era uma filosofia, e muitos países imporam tal filosofia da maneira contrária que Karl Marx defendia.

      • Pedro

        31 de março de 2012 em 23:16

        é só questão de entender que mesmo no socialismo a igualdade social não existe, pois a classe operária sempre será a base da pirâmide enquanto o estado e suas “monarquias absolutistas” continuariam oprimindo o povo…

        mas você gosta de escrever hein hauhauhau

        • Anônimo

          31 de março de 2012 em 23:17

          Também, quero ser escritor.

  16. Noob Saibot

    31 de março de 2012 em 23:02

    Nem fodendo que eu leio isso, mas pelo o que eu li no início, deve ser um textozinho chato de algum jovenzinho inconformado com o “sistema” querendo dar uma de rebelde socialista/comunista/anarquista. Se este for o caso, logo o autor está errado e não vale a pena perder tempo lendo algo que já se sabe que está errado.

    • Um qualquer

      31 de março de 2012 em 23:36

      Vale mais a pena criticar o trabalho dos outros por nada do que fazer melhor não é mesmo?

    • Anônimo

      31 de março de 2012 em 23:03

      Cara, eu apenas quis expressar a minha opinião.

      • Anônimo

        31 de março de 2012 em 23:04

        PS: não sou socialista, nem anarquista. Se você lesse até o final do texto perceberia isso.

  17. Messias Da Silva Camargo

    31 de março de 2012 em 23:00

    hahaha  o pessoal sacaneia mas vamos lá!!! se todo mundo tivesse paciência para ler textos úteis e inteligência e coragem para agir… talvez não estivéssemos vivendo num mundo em que ainda existe muita desigualdade e tudo mais… acho que se o povão tem que entender que é só correndo atrás e cobrando de governantes e exigindo um país mais justo ou um mundo mais justo é que conseguiremos isso!!! se não cobrarmos… ninguém fará isso por nós!!! pelo menos não sem alguma coisa em troca!!!

  18. Adriano Hidden®

    31 de março de 2012 em 22:49

    eu ja estudei sobre isso e tenho uma opiniao formada quanto aos sistemas socialista e capitalista..

    otima materia pra se postar num sabado a noite…vou pra balada, falar de socialismo, Karl Marx, e as mina vão pirar ….

    só tenho mais uma coisa a dizer….e mulher? ja ouviu falar disso? porque se teve tempo pra fazer algo desse tipo, mulher provavelmente nao esta em seus planos…zoa…

  19. John Lennon

    31 de março de 2012 em 22:44

    Excelente texto! Pena q a maioria aqui no Minilua não vai nem sequer prestar ao trabalho de ler o texto por ser meio grande, mas aposto q se fosse falando de algum assunto fútil já teríamos passado de 100 comentários. É realmente uma pena…

    • TEL :P

      1 de abril de 2012 em 09:53

      concordo!
      “é bem mais legal falar da crepypasta do bob esponja do que discutir sobre um assunto que poderia melhorar a vida da sociedade”(segundo eles)

      • John Lennon

        1 de abril de 2012 em 10:30

        Pois é…

    • Anônimo

      31 de março de 2012 em 22:47

      Obrigado. XD

  20. From Hell

    31 de março de 2012 em 22:42

    ‘-‘
    Desculpinha pra ganhar uma nota a mais na escola u.u
    (olha fessora,meu texto foi postado num site,AGORA EU MANDO AKI VADIA )

    • Anônimo

      31 de março de 2012 em 22:44

      Eu apenas quis expressar as minhas ideias.

      • From Hell

        31 de março de 2012 em 22:45

        vc devia conhecer o Italo
        aposto q vcs iam ser grandes amigos debatendo sobre essas coisaradas rsrs

        • Rocky Jr.

          1 de abril de 2012 em 09:12

          realmente é mto interessante as ideias dele, se a gente conversasse sobre isso duraria horas, kkkkk

  21. Zé Ninguém

    31 de março de 2012 em 22:42

    Um texto longo, chato e sem foco no título. Citar Marx e Engels, revolução técnológica, manipulação midiática e todo blá, blá, blá de sempre.
    Viva o Capitalismo, ah, você já faz parte dele.

    • Anônimo

      31 de março de 2012 em 22:47

      Cara, eu acredito que o mundo perfeito é o mundo sem dinheiro.

      • Kurono Kei

        31 de março de 2012 em 23:16

        Acredito que você está em parte certo. O problema é que se não houver dinheiro, sempre vai ter um FDP que vai achar algum tipo de “moeda”. Antes não tinham nada, daí vieram os animais. Como qualquer um podia criar animais, teve um que decidiu usar pedras e minérios. Daí vieram os gênios que decidiram usar papel, porque assim eles podiam “fabricar” sua “moeda”. E fazer parte do capitalismo é uma coisa. Ser escravo dele como muitos por aí fazem é outra. Acho que se você me entende, você concorda que estamos no primeiro grupo. Fazemos parte sim, mas dá para mudar algumas coisas para pelo menos amenizar a situação.

        • Anônimo

          31 de março de 2012 em 23:18

          Várias interpretações do capitalismo surgiram no passado. Como Karl Marx dissera: “De que adiantam várias interpretações, se o importante é modificar a coisa?”

  22. Jeff Dantas

    31 de março de 2012 em 22:32

    Pensando no post, me lembrei de uma situação nada engraçada. Certa vez em um shopping, uma pessoa foi simplesmente expulsa do lugar. E sabem pq? Pq ela estava usando short e sandálias havaianas.

    • Joey Jordison

      31 de março de 2012 em 22:52

      Presenciei uma cena parecida, o cara tava de bermuda e havaianas e queria comprar um tênis de 90 R$ e a atendente disse na cara dura: Você não vai conseguir pagar, posso te mostrar um mais barato
      No outro dia o cara chegou de terno, mostrou um cheque de 1200 R$ e falou pra ela: Você não vai ter troco, posso pagar no cartão. Eu ri tão alto que a mulher quase me expulsou da loja hahahaha

    • Black King Mello

      31 de março de 2012 em 22:45

      tem um shopping aqui que já vi pessoa passeando de roupa de banho… sério. kkk’

    • Anônimo

      31 de março de 2012 em 22:34

      Você está de brincadeira, né?

  23. AyBaby

    31 de março de 2012 em 22:26

    desculpe não vou ler tudo isso não, mais pelo jeito deve ser interessante 🙂

    • Zóio verde

      31 de março de 2012 em 22:28

      Se fosse realmente interessante vc leria

      • Joey Jordison

        31 de março de 2012 em 22:44

        FATALITY
        ….
        PRICIPE VEGETA WINS

  24. TEL :P

    31 de março de 2012 em 22:24

    o texto é longo mais  é muito interessante!
    minilua também é cultura ^^

    • Um qualquer

      31 de março de 2012 em 23:32

      Se este comentário for pros melhores da semana de novo……. nem sei…

    • Jeff Dantas

      31 de março de 2012 em 22:27

      Com certeza. E um salve para os fãs da Cultura. hahahaha

      [img]http://naldoo.files.wordpress.com/2010/05/tv-cultura.jpg[/img]

      • Kenshi Himura

        31 de março de 2012 em 22:29

        Vc fez eu voltar a ter 5 anos de idade PEQUENO URSO !

        • Jeff Dantas

          31 de março de 2012 em 22:30

          Eu adorava “O Pequeno Urso”. Não só ele, “Os Camundongos Aventureiros”, “Doug”, “Rugrats”, “Tintin”. hehehe

          • Kenshi Himura

            31 de março de 2012 em 22:36

            Cara até hoje minha amada e querida mae me chama de pequeno urso 

          • Kenshi Himura

            31 de março de 2012 em 22:42

            jeff passa teu face que por aki vai demorar por causa da moderaçao

          • Jeff Dantas

            31 de março de 2012 em 22:46

          • Kenshi Himura

            31 de março de 2012 em 22:50

            Pronto

          • Kenshi Himura

            31 de março de 2012 em 22:50

            ta de sacanagem agora que eu te add liberou os link LOL

          • Kenshi Himura

            31 de março de 2012 em 22:36

  25. Joey Jordison

    31 de março de 2012 em 22:22

    E tem vezes que a pessoa gasta o dinheiro que nem tem pedindo emprestimos para compra uma coisa desecessaria, o shopping mesmo parece que te joga um pó de amnésia e assim que você entra esquece de todas as dívidas e volta a comprar coisas inúteis u.u
    Texto legal, acho que tirou a nota máxima xD

    • Anônimo

      31 de março de 2012 em 22:25

      Na verdade era um trabalho extra, então não recebi uma nota.

      • Jeff Dantas

        31 de março de 2012 em 22:28

        Eu gostei, Leo. Mas como disse acima, só evitaria algumas repetições. Por exemplo, em parágrafos próximos, tem vários termos semelhantes.. No mais, é só continuar treinando. Você escreve bem. xD

        • Anônimo

          31 de março de 2012 em 22:30

          Valeu Jeff. XD

  26. Rogérioo

    31 de março de 2012 em 22:22

    Caracoles , não tinha como dar uma resumida nisso não?
    É preciso ter paciência pra ler um texto de 194 linhas a essa hora.

  27. News Shooter

    31 de março de 2012 em 22:21

    [img]http://static.minilua.org/wp-content/uploads/2012/03/Antoine-532_1478895a_thumb.jpg[/img]

               POKER FACE !

  28. Zóio verde

    31 de março de 2012 em 22:19

    Chato…
    Parei no segundo parágrafo,já tive muita aula de história nos tempos de escola…

  29. Jeff Dantas

    31 de março de 2012 em 22:18

    Ah, antes que eu me esqueça, tenho recebido muitos textos só com imagens ou com videos. Nesse caso, sem chance de postar aqui. xD

    • Um qualquer

      31 de março de 2012 em 23:31

      A da pamela só tinha fotos e você postou mesmo assim…

    • Rogérioo

      31 de março de 2012 em 22:23

      Aí vc se revoltou e colocou esse mega texto kkkkkk

    • Kenshi Himura

      31 de março de 2012 em 22:21

      Jeff tem como dar uma olhada no meu blog to precisando de uma opnião de alguém experiente

      • Jeff Dantas

        31 de março de 2012 em 22:29

        Tem sim, manda o endereço. PS: Não tenho tanta experiência assim. hahahah

      • Kenshi Himura

        31 de março de 2012 em 22:24

        Eba primeiro vacuo que me dao no minilua hoje ( tava demorando)

  30. Um qualquer

    31 de março de 2012 em 22:16

    Caramba, texto grandeeeeeeeeeee.
    Só fui entender do que se tratava no meio……
    Parabéns, nos faz mesmo refletir sobre o modelo de sociedade atual…

  31. Maldito Jovem do Reggae

    31 de março de 2012 em 22:10

    Eu pensei que era sobre classes de MMORPG kkk

  32. Wagner

    31 de março de 2012 em 22:09

    Esse texto me fez lembrar minhas aulas de Historias… Ou seja, deu sono. Belo texto por sinal, me lembrou um texto gigante que fiz em uma dessas aulas…

    • Jeff Dantas

      31 de março de 2012 em 22:11

      Me lembrou também. Você lá, se matando, só pra ganhar 6 ou 7 de média. hahahahah

      • Wagner

        31 de março de 2012 em 22:50

        Soh passei em Historia no ensino medio pois fechava todos os seminarios… Em nenhuma prova tirei acima de 5

  33. Nosferatu Alucard

    31 de março de 2012 em 22:07

    ainda vou mandar minha materia
    #vampirobebao 

  34. Kairos

    31 de março de 2012 em 22:06

    vei nem fudendo q eu vou ler tudo isso ‘-‘

    • Super

      31 de março de 2012 em 22:12

      aprender aspectos sociais e estudar as classes é essencial para a vida
      (falei que nem minha professora de sociologia (preciso me internar))

      • Kenshi Himura

        31 de março de 2012 em 23:58

        Ee o kiko ?

        • Super

          1 de abril de 2012 em 10:47

          foi para a kikolandia 

  35. Nordeilson

    31 de março de 2012 em 22:05

    primeru eu temho qui sabe o que é Utopia, dispois eu temto imtende eça materia ai…….

    • Misha Collins

      31 de março de 2012 em 22:13

      Torcedor do Flamengo Detected!

      • Laharl, the Lord of Terror

        1 de abril de 2012 em 12:08

        Torcedor do Corinthians ‘-‘

  36. Connor

    31 de março de 2012 em 22:03

    Ele abordou.
    Meio que 3 temas em um texto só Parabéns.

    • Jeff Dantas

      31 de março de 2012 em 22:06

      Eu gostei da abordagem, só mudaria algumas coisas: A primeiras delas, sem dúvida, a duração do texto. Enorme, por sinal. hehehehe No mais, só trocaria alguns termos repetitivos, colocando sinônimos, por ex. 🙂

  37. Majin Ramon

    31 de março de 2012 em 22:02

    nao leio nada desse leonardo martins, so pelo sobrenome… 

    • Anônimo

      31 de março de 2012 em 22:38

      Leia cara, você não pode deixar de ler algo simplesmente pelo caráter da pessoa que a escreveu.

      • Kurono Kei

        31 de março de 2012 em 23:27

        Liga não, ele ficava pegando no meu pé quando eu falava alguma coisa que ele discordava. Mesmo eu sendo novo aqui, já tenho uma noção da personalidade dos que comentam.

        • Majin Ramon

          2 de abril de 2012 em 17:14

          nem sei quem é vc

          • Kurono Kei

            2 de abril de 2012 em 17:18

            Bom saber. Pelo menos descobri que você lia meus comentários e não ligava para meu nome. 

          • Majin Ramon

            2 de abril de 2012 em 19:34

            de boa nem sabia que vc existia ate agora, acho que pra vc se lembrar de mim deve ter um amor platonico por mim

          • Kurono Kei

            2 de abril de 2012 em 20:05

            Não isso. É só que eu costumo dar atenção á quem responde meus comentários. Vai dizer que você não do “vsf narutardado”. Eu lembro da maioria que me responde, só isso.

          • Majin Ramon

            2 de abril de 2012 em 22:52

            atah, narutardado lembrei agora, mas eu so falei 3 letras e depois narutardado, nao é muito grave tipo vsf pode se ler vai ser feliz e o narutardado pode ser que vc é tao fa de naruto que parece retardado

            PS: na verda vsf é de vai se f()dËr e narutardado pq naruto nao é um anime tao fods assim e vc é so mais um na modinha

          • Kurono Kei

            3 de abril de 2012 em 12:12

            Na verdade não. O meu caso não é “Gosto de Naruto” meu caso é mais tipo “Gosto de mangás”. Não é só uma modinha, tem gente que lê HQ’s, outros lêem revistas, outros lêem livros (romance, ficção, etc.). Eu gosto do estilo, como alguns artistas desenham, detalhes como as diversas expressões, efeitos de iluminação. Sem contar que o famoso sarcasmo americano é um grande clichê. E, como disse, não é só uma modinha que eu sigo. Tanto que eu não só assistia o Anime, como também leio o mangá. Assim como Bleach, Death Note, xxxHolic e Gantz.

          • Majin Ramon

            3 de abril de 2012 em 18:02

            nao, vc gosta de manga mas glorifica naruto, isso que eu odeio,  fica falando esqueceram do sasuke ( como fez em outro comentario) é ridiculo naruto nao entra nem em um top 10 de anime , tao pouco nesse

          • Kurono Kei

            2 de abril de 2012 em 20:06

            Faltou um “lembra” alí.

      • Wagner

        31 de março de 2012 em 22:45

        Ele disse que odeia o sobrenome, e ja percebi que ele eh de religiao… Logo ele nao gosta do Diego por ser ateu (nada a ver agora)

        • Majin Ramon

          2 de abril de 2012 em 15:01

           minha namorada é ateista, entao vc sugere que eu nao gosto dela? meu avo é agnostico por isso nao gosto dele, cara vc fala coisa com coisa

          • Wagner

            2 de abril de 2012 em 15:43

            E você lê de menos… Olha no final da frase…

          • Majin Ramon

            2 de abril de 2012 em 16:49

            nada a ver agora? isso nao muda o sentido da sua ideia, vc diz apenas que nao acredita em sua propria tese, mas nao muda nada antes

    • Anônimo

      31 de março de 2012 em 22:18

      Cara, você não gosta de mim?

      • Majin Ramon

        2 de abril de 2012 em 14:59

        nao sei, mas o seu jeito de se achar superior aos outros é irritante

        • Anônimo

          2 de abril de 2012 em 18:15

          Eu não me acho superior à ninguém.

          • Majin Ramon

            2 de abril de 2012 em 19:35

            vlw, ta bom cara , queria me dar sermao e ficou comentando a tarde toda um dia desses, nao esqueço quando alguem me ofende

          • Anônimo

            2 de abril de 2012 em 20:41

            Ok, você obviamente está se referindo à vez em que discutimos sobre o Minilua e sobre as suas postagens. Para mim, ofender uma pessoa é humilhá-la ou xingá-la. Nunca fiz nenhum dos dois com você. A maioria das pessoas que já conheci nunca fez algo que pudesse me ofender e, mesmo que elas tivessem me ofendido, não guardaria rancor, pois para que deveria perder o meu tempo sentindo raiva e ódio de alguém que não está nem aí comigo? Não tenho raiva de você, porque não o conheço e nunca fez algo que pudesse me ofender, tendo apenas uma opinião contrária.
            Muitos usuários do Minilua já disseram que eu me acho o dono da verdade e não passo de um moleque de 14 anos. Ora, apenas tenho uma visão de mundo diferente, e isso não me torna hipócrita.

          • Majin Ramon

            2 de abril de 2012 em 21:16

            nao to sentido odio, apenas nao queri ler, pois eu sei o seu estilo vc enrola, enrola para nao chegar em conclusao alguma. é normal pra quem tem 14 anos se achar o dono da verdade, mas vc exagera so uma dica aprenda a escutar…

          • Anônimo

            2 de abril de 2012 em 21:18

            Eu não disse que você estava sentindo ódio ou raiva de mim. Aprenda a escutar? Está falando isso para uma pessoa que prefere ficar a maior parte do tempo quieta e lendo.

          • Anônimo

            9 de junho de 2012 em 18:10

            *quieto

      • John Lennon

        31 de março de 2012 em 22:39

        Ele não gosta de ninguém.

        • Majin Ramon

          2 de abril de 2012 em 15:02

          eu nao gosto de ninguem? ja criei fama que legal… bom saber que vc´s definem uma pessoa por um simples comentario

        • Anônimo

          31 de março de 2012 em 22:40

          Eu só não entendi o que eu fiz com ele para que ele me odeie.

          • John Lennon

            31 de março de 2012 em 22:49

            Basta vc apenas discordar dele em alguma coisa.

    • Jeff Dantas

      31 de março de 2012 em 22:03

      O que ele te fez, Ramon?

      • Um qualquer

        31 de março de 2012 em 22:15

        Provavelmente nada, o Ramon é mais um dos haters do minilua…

      • Majin Ramon

        31 de março de 2012 em 22:04

        longa historia , deixa pra la

  38. Raposa Gelo

    31 de março de 2012 em 22:00

    nem a pau q eu leio tudo isso.
    se fosse uma creepy pasta tudo bem,mas esse assunto é muito chato…

  39. Jeff Dantas

    31 de março de 2012 em 21:59

    O texto é enorme, concordo. Por outro lado, ele debate um assunto bastante interessante. Mais do que isso, um tema que está sempre em voga. Parabéns! xD

    • Happy the cat

      31 de março de 2012 em 22:00

      jefferson, o que tu axa de eu fazer um post sobre os erros do servidor do minilua?

      • Jeff Dantas

        31 de março de 2012 em 22:02

        Pode até rolar. Ninguém merece, sempre trollando todo mundo. heheheheh

        • Happy the cat

          31 de março de 2012 em 22:04

          é, ou sobre o projeto que eu e 4 colegas minhas estamos tentando inserir no salao cientifico da ufrgs

  40. Super

    31 de março de 2012 em 21:57

    .-. não tenho tempo para ler tudo isso 

    • Happy the cat

      31 de março de 2012 em 22:01

      tem mais alguem aki?

      • Super

        31 de março de 2012 em 22:03

        tem 5 mil leitores que não querem comentar no post .-. 

        • Happy the cat

          31 de março de 2012 em 22:06

          exatamente

149 Comentários
mais Posts
Topo