Monte a sua matéria: As principais causas da involução humana #167

Pois é, e lembrando que todos os temas são aceitos. Política, esporte, religião, enfim! Sinta-se à vontade ok? O e-mail de contato: [email protected]! A todos, uma excelente leitura!




Quais são as principais causas da involução humana?




Por: J.Wedder

evolucao

Em um primeiro momento, o dinheiro com certeza.  Como poderíamos viver sem dinheiro; como seria o sistema de obter materiais e bens?

-Primeiro cada um que quisesse obter algum bem, faria um favor ao próximo em troca desse bem (nada poderia ser doado, e sim obtido por favores) assim quando houvesse um roubo, por exemplo, o ladrão não poderia vender esse objeto por outro a não ser que ele fizesse um “favor” ao próximo.

O que envolve o ser humano na mesmice incapacitando de que ele busque resultados novos em outras áreas?

Primeiramente os bens de entretenimento; o que faz com uma pessoa se desfoque de coisas importantes, a transformando tão e somente em um ser um consumista.

Como poderíamos sair do sistema capitalista?

As pessoas tem que perceber que o dinheiro foi criado para ‘’manipular’’, e não para ganhar poder. Se as pessoas parassem de comprar coisas sem dinheiro ou não usassem nenhum sistema bancário, o governo não existiria, a miséria não existiria; porque as pessoa começariam a ajudar uma as outras em troca de um favor ou material. E assim, não existiria escravidão, mortes, guerras etc…

Então se as pessoas parassem de comprar, seria o maior passo para uma evolução que o humano já fez! Se é utópico ou não, fica aqui a minha opinião.

  1. Vinicius de Oliveira

    24 de março de 2015 em 11:08

    o funk tambem

  2. Manuel Ferreira Martins

    23 de março de 2015 em 14:25

    Brindes e especiais da vip, playboy e sexy envie para este post

  3. Marcoshhxx1

    22 de março de 2015 em 22:06

    O sistema funciona sim. O capitalismo é uma forma justa de conseguir o necessário para a sobrevivência. No capitalismo você só sobrevive se tiver dinheiro e pra ganhar dinheiro você precisa trabalhar. Isso é justo, né? Quer dizer, o seu trabalho é a sua contribuição para a sociedade. Existem trabalhos que são mais importantes como médico e engenheiro. O médico lida com a vida das pessoas e o engenheiro tem a responsabilidade pelos prédios e casas que ele constrói, se ele faz os cálculos errados e casa pode ruir e cair e matar uma família inteira, ou muito mais gente e é por isso que eles ganham mais que um trabalhador “comum”. Esse é, de certa forma, um meio de trocas de favores, a qual você defende em seu argumento, e o dinheiro serve como mediador.
    Suponhamos que eu tenho uma fazenda onde eu cultivo arroz. Você precisa de arroz, certo? Então você vai até minha fazendinha e compra sei lá quantos quilos de arroz e paga com dinheiro do seu trabalho. Esse dinheiro chega a mim como recompensa pelo meu trabalho cultivando e colhendo o arroz e eu, por consequência, vou dar esse dinheiro para alguém que produz algo que eu preciso, por exemplo, um trator, ou sei lá.
    Desse modo, o dinheiro gira beneficiando todo mundo, e todos podem comprar pelo menos o que é essencial. Um dos problemas é quando a pessoa não tem dinheiro suficiente e compra coisas que não precisa, ai fica endividada, cheia de problemas e reclama do sistema por isso. Isso não é culpa do sistema, é culpa da pessoa que não soube administrar o que tinha.
    Outro problema é a ganância do homem. As pessoas sempre querem mais. O dinheiro traz a sensação de poder e segurança e por isso elas sempre querem mais. Mas isso também não é culpa do sistema, é culpa das pessoas, de novo, e do instinto animal que ainda prevalece em nós.
    A má administração dos governos, devido muitas vezes à corrupção, que por sua vez é consequência da ganância, também influência nessa “vileza” do sistema. Países com bom um governo têm uma boa sociedade, mais justa e menos violenta, vide os países nórdicos. Dessa má administração surgem os problemas sociais. Um país com um mau governo faz com que seu povo viva com mais diferenças sociais e econômicas. Algumas pessoas ficam mais pobres ao passo que outras ficam mais ricas. Daí os pobres passam a roubar para sobreviver ou pela ilusão de que quem é rico tem tudo. Daí vão presos e se tornam raivosos na prisão, daí julgam que isso é culpa dessa sociedade desigual e passam a praticar crimes justamente pra ferrar com todo mundo. Vide Brasil.
    Os problemas de violência e pobreza só serão resolvidos quando as pessoas aprenderem que não precisam ter toda a riqueza do mundo em suas mãos para serem felizes e viverem bem, então teremos um mundo mais igual e justo.

    • Mutley

      23 de março de 2015 em 18:51

      Muito bom seu comentário .

  4. Mauro u_u'

    22 de março de 2015 em 20:04

    kkkk Cara, como assim sem dinheiro não haveria guerras, miséria,submissão… Meu filho… KKK loguei só pra comentar seu conto de fad..Ops, Teoria. Já ouviu falar sobre feudalismo? Sim, o sistema adotado na idade média, esse mesmo… Pois bem, a circulação de moedas e comércio não eram prioridades, a economia baseada na agricultura de subsistência e auto-abastecimento eram o forte da época. Ainda assim a sociedade era estratificada, com a nobreza no topo, é claro, e a base da pirâmide,adivinha? Miseráveis e submissos como sempre. Vocês que reclamam do capitalismo, vão passar um ano em Cuba, ou na Coréia do Norte quem sabe… O que vocês chamam de sociedade igualitária, sem opressão do dinheiro nem competições econômicas eu chamo de alienação. Mecham-se e vão trabalhar, porque é através disso que o dinheiro que você critica tanto vai parar na sua mão. Ah, mais uma coisa: Não tem essa de troca de favores, as pessoas tem que lucrar! Subir na vida! Ou você acha que fazendo favores você vai conseguir uma casa, um carro na garagem, estabilidade… -.-‘ Pior que pseudocomunista é leigo metido a pseudocomunista.

  5. Blue

    22 de março de 2015 em 19:40

    Sempre dizem “somos humanos, não animais, podemos viver sem tudo isso”, o que essas pessoa não percebem, é que somos animais, quer ver? É simples, o que o homem comum busca? Bom salário, boa família e boa casa para morar, o que um animal comum busca? Boa comida (dinheiro), reprodução (família) e abrigo (casa), o dinheiro apenas substituiu a comida, pois hoje é usado para conseguir a comida, ou seja, ainda somos animais, precisamos evoluir muito mais, precisamos entender que comida, reprodução e abrigo não são as coisas mais importantes.
    Nós deixamos nossa ganância tomar conta, sempre queremos ter mais que o outro, por isso não ajudamos o próximo, pela mesma concorrência, pelo mesmo motivo que um macaco não dá uma fruta para o outro, um homem não dá comida e abrigo para um mendigo, a maior coisa que nos faz humanos é deixada de lado, emoções, sentimentos, podemos ser felizes, podemos amar, então por que evitamos isso? Eu posso fazer aquela pessoa triste ver que existe esperança com um gesto simples, então por que não faço isso? Porque vou perder tempo e dinheiro fazendo isso e não ganhar algo em troca, esse é um dos maiores problemas da humanidade, paramos de nos importar com arte e conhecimento por causa do dinheiro, pois saber e sentir não dá dinheiro, fazer arte não dá dinheiro, saber, pesquisar e estudar não dá dinheiro, evoluir não dá dinheiro, toda vez que ouço alguém dizendo “quero ter um bom emprego, uma boa família e uma boa casa” eu sinto pena daquela pessoa, pois tendo a capacidade de ser grande, de pensar, de fazer diferença, a pessoa prefere comprar um caixão e se deitar dentro dele até morrer, para ver a humanidade progredir e evoluir, devemos incentivar os pensadores e artistas, devemos incentivar a capacidade humana de criar e fazer o certo, mas não fazemos isso, porque evoluir não dá dinheiro.

    • Mauro u_u'

      22 de março de 2015 em 20:10

      Sobrevivência pro mais forte meu caro. Se não fosse a ganância nem o egoísmo talvez não estivessemos aqui hoje… Quanto ao seu primeiro parágrafo gostaria de corrigir uma coisa: Quando você diz ”ainda somos animais, precisamos evoluir muito mais…”, não importa o quanto nossa ou qualquer outra espécie evolua, nunca deixaremos de ser animais. E não use o termo animais pejorativamente, não é porquê uma comunidade de golfinhos ou de chimpanzés não agem como humanos que podem ser tratados como inferiores. São apenas maneiras diferentes da humana de buscar pela sobrevivência e perpetuação da espécie, afinal, assim como nós resistimos a seleção natural até hoje eles também resistem.

      • Blue

        22 de março de 2015 em 21:02

        Eu sei, sobrevivência do mais forte e tudo mais, o que eu quis dizer com evoluir mais é parar de dar tanta importância a instintos, eu entendo que nós somos animais e sempre seremos, não acho isso ruim, existem muitos animais inteligentes e não me surpreenderia se um corvo falasse ou escrevesse algo, usei a palavra “animal” no sentido de animal selvagem e irracional, de que muitos de nós agem como animais selvagens que vivem por viver, seguindo os instintos cegamente, acabei me empolgando e não deixei isso claro, somos animais e sempre seremos, temos necessidades básicas e tudo mais, mas podemos evoluir e nos tornarmos humanos melhores, [i] Homo sapiens [/i] mais evoluídos intelectualmente, racionalmente, espiritualmente e artisticamente.

  6. Jeff Dantas

    22 de março de 2015 em 11:03

    É, pensando bem, pode parecer utópico, mas.. 🙂

  7. André Silva

    22 de março de 2015 em 03:21

    Como alguém ainda pode ter um pensamento desse tipo? Nada a ver, numa sociedade atual é impossível as coisas acontecerem sem dinheiro, as pessoas seriam preguiçosas, por que alguém iria querer trabalhar se todo mundo seria igual? O cirurgião que passa horas fazendo uma cirurgia não teria nada de diferente de um gordo que passa o dia comendo biscoito no sofá, então ele não teria incentivo, não ganharia nada pra fazer aquilo. Não dá nem pra imaginar o mundo sem dinheiro, acredito que seria um caos, digamos que o dinheiro é como um incentivo, você estuda, faz faculdade, tenta fazer um bom trabalho…pra quê? Pra ganhar dinheiro, subir na vida. Afinal, pra quê eu iria querer trabalhar se não iria ganhar nada pra isso?
    ”a miséria não existiria” – Kkkkkkkkkkk.
    Quer viver sem precisar de dinheiro? Vai viver numa tribo cheia de índio então.

    • Mauro u_u'

      22 de março de 2015 em 20:14

      Concordo André! O estilo de vida indígena deu tão certo que eles estão sumindo kkkkk Nessa historinha de troca de favores eles, que por acaso estavam em quantidade muito superior aos portugueses e conheciam as matas como a palma da mão, perderam o Brasil e hoje vivem espremidos onde o governo quer… tsc..tsc..

  8. Greengineer

    22 de março de 2015 em 01:23

    A população está concentrada em cidades, que infelizmente nunca funcionariam sem uma moeda de troca. Na verdade muitos dos bens que utilizamos hoje não existiriam sem a grana. Me diga como você ia comprar um veículo na base da troca. O vendedor teria que negociar algo com o fabricante para ter o carro na concessionária. O fabricante teria que negociar uma troca com os fornecedores para ter a matéria-prima, sem contar o favor que teria que fazer para os funcionários montarem o veículo.

    Aí você pode me dizer que não precisaríamos de veículos, eletrônicos e outros bens industrializados. Mas como então ficaríamos sem isto tudo com a população atual? Como alimentar tantas pessoas?

    O dinheiro é tão antigo quanto o que nos conhecemos por civilização. Cada canto do mundo desenvolveu uma forma de valorar a compra e venda de bens e serviços. Por tanto podemos concluir que não é ele o responsável pelo consumismo.

    O consumismo é o resultado da evolução da ganância e da corrupção do ser humano, algo que só pode ser resolvido com o colapso da sociedade atual.

    Me desculpe cara, mas seu texto é um sonho. Como pode ver a civilização é altamente dependente do dinheiro e não tem como acabarmos com ele sem acabarmos com ela.

  9. Gabriel Frigini

    22 de março de 2015 em 00:05

    Boa matéria!!!

  10. Mutley

    21 de março de 2015 em 22:24

    Só eu que li ”comunista” ao invés de consumista ? mas emfim ;
    Numa época muito distante o trabalho já foi a moeda de troca para obter favores , creio que sua ideia não esteja tão longe disso , porém ela se aproxima muito mais das ideias do corporativismo , não sou a melhor pessoa pra falar nisso , na verdade estou engatinhando quando o assunto é sobre defender uma ideologia , por isso economizo em palavras para não falar besteira xD , mas concordo que o dinheiro criou diversos males da sociedade que conhecemos hoje , só que ele também evitou muitos outros , pense assim , os humanos são seres meticulosos , não tem como saber o que se passa na cabeça de cada um deles , quais são seus ideias ou sua forma de enxergar a sociedade , a qualquer momento eles podem se cansar da ”mesmice” e querer buscar novas formas de sobrevivência .

  11. Seth .

    21 de março de 2015 em 22:00

    …nao rolaria … nunca … isso ai … as pessoas sao gananciosas , uma sistema de trocas e falho nisso

    • mateus almeida da silva

      22 de março de 2015 em 12:59

      concordo pois o que aconteceria era todo mundo tentando conseguir as coisas na base da força

  12. Jeff Dantas

    21 de março de 2015 em 21:46

    E ainda sim, somos considerados “humanos”, vai entender… 🙂 http://cdn.minilua.org/wp-content/uploads/2015/03/evolucao1.jpg

17 Comentários
mais Posts
Topo