Minilua

Os motivos mais comuns para alguém perder a sua fé #2

Existem milhares de motivos que levam as pessoas a deixarem de lado suas crenças religiosas. Alguns usam a profunda reflexão para chegar a essa escolha, outros não encontram evidências necessárias, porém existem alguns motivos mais simples que fazem as pessoas perderem sua fé:

A intenção desse post não é desacreditar nenhuma religião ou crença, mas apenas expor alguns pontos de vista simplistas das pessoas que não acreditam em deuses e coisas do gênero.

 

Milagres

Um dos motivos que levam as pessoas a acreditarem no sobrenatural e nas religiões são os “milagres”. Em geral, as pessoas chamam de milagres eventos onde alguém muito doente se recupera ou quando há um sobrevivente em algum desastre. Esse tipo de acontecimento raro é tratado como milagre pelos religiosos, mas eles não seriam apenas um pouco de sorte e casualidade?

No exemplo do doente, na grande maioria dos casos onde as pessoas estão muito mal de saúde, elas acabam morrendo, independentemente de sua religião ou da força de sua fé. Porém uma pequena parcela se recupera, com a ajuda de médicos, medicamentos e de sua própria força de vontade em sobreviver. Não seria essa recuperação apenas algo espontâneo, que os médicos foram incapazes de prever? Afinal o conhecimento humano ainda não é completo.

Muitos acabam por acreditar que estes “milagres” envolvendo curas e sobrevivência contra doenças graves parecem mais ter a ver com a sorte do que com deuses, afinal não há um padrão, muitos, por mais forte que seja sua fé e por mais orações que hajam em seu favor, simplesmente morrem sem ver o milagre pelo qual tanto ansiaram.

Além disso, porque não vemos notícias como: “Pessoa vive sem cérebro por 10 anos” ou “Pessoa sem coração corre a maratona”. Pois se um deus é capaz de salvar alguém de um câncer terminal, porque não seria poderoso o bastante para fazer uma pessoa ter um braço que foi perdido crescer de volta? Afinal este tipo de coisa é de fato impossível, isto sim seria um milagre incontestável.

Já do lado filosófico dos milagres temos outro problema. Por exemplo, em um desastre morrem mil pessoas e uma sobrevive. Em geral, as pessoas clamam por um milagre. Mas se Deus gastou tempo para salvar uma pessoa, porque não salvou todas as outras, evitando o desastre antes mesmo de acontecer? Será que Deus tem seus preferidos? Afinal salvou um e deixou os outros morrerem…

A verdade é que nem mesmo os religiosos e estudiosos da religião sabem responder a isso, preferindo dizer algo vago como: “Os caminhos de Deus são misteriosos”.

 

Deuses e geografia

O Brasil é um dos maiores países cristãos do mundo, tendo mais de 150 milhões de fiéis. Já a Indonésia é o maior país muçulmano do mundo, tendo quase 200 milhões de fiéis. Os dois ficam em regiões do mundo dominadas por essas religiões, ou seja, deuses são geográficos.

Quando uma criança nasce no Brasil, ela provavelmente será cristã, o mesmo ocorre com um indonésio, que será muçulmano. Ou seja, religiões são fardos culturais passados de pai para filho e não convicções criadas pela própria criança.

O problema é que cada religião alega conhecer o Deus a que seguem através de seu próprio livro sagrado, seja a Bíblia, o Alcorão ou outros. Para alguns este “Deus” é amoroso, para outros ele é severo e vingativo, etc. Quando você pára e vê a diferença entre estas inúmeras crenças e percebe que cada pessoa passa a vida enclausurada na crença da religião de onde cresceu, ignorando e sequer querendo ouvir falar da crença de outras regiões, algo pode lhe parecer errado, muitas vezes lhe levando à descrença em todas estas religiões.

A palavra

Vamos supor que o Deus cristão seja real e que as regras propostas por ele na Bíblia sejam exatamente os seus desejos. Como ficariam as outras mais de 5 bilhões de pessoas no planeta que não acreditam nele? Iriam todas para o inferno? Afinal, segundo a Bíblia, um dos pontos importantes é amar Deus (e o deus certo, claro)! Como que ficam essas pessoas que “nasceram nos países errados”?

A verdade é que as grandes religiões do mundo alegam que seu deus criou tudo e tem poder para fazer o que bem entender com todo o Universo, porém nenhum destes deuses poderosos foram capazes de passar sua mensagem claramente, de forma que todo o mundo acreditasse somente nele, mais do que isso, nenhum deles conseguiu uma das coisas mais básicas: Provar sua existência.

Não poderia um Deus poderoso aparecer no céu e se revelar a todos, acabando com disputas, guerras e toda esta confusão de divindades e humanos crendo em coisas erradas? Bem, digamos apenas que: “Os caminhos de Deus são misteriosos”.