Mulheres que venderam sua virgindade: Rosie Reid #2

Em mais uma parte da série “Mulheres que venderam sua virgindade”, vamos conhecer a história de Rosie Reid, uma jovem que se viu “obrigada” a colocar sua castidade a venda para poder angariar fundos e pagar por sua faculdade.

Em 2004, a jovem Rosie Reid, do Reino Unido, resolveu leiloar sua virgindade para que assim pudesse cursar a faculdade que tanto desejava. Após colocar o anúncio no ar, a moça recebeu mais de 2 mil propostas, todas elas dos mais diversos valores.

rosie

Ao fim dos lances, um engenheiro divorciado de 44 anos foi o sortudo e arrematou a virgindade de Rosie Reid por 8,4 mil libras, algo em torno de 35 mil reais. A jovem aceitou o ato, mas sabia que seria muito difícil, visto que a mesma é lésbica e possuía uma namorada.

Entrevistada pelo site da BBC, dias após a perda de sua virgindade, Rosie Reid declarou que sentiu como se não fosse ela durante o ato. “Fiquei aliviada quando tudo acabou. Estava desesperada para voltar para a minha namorada, porque fiquei muito desconfortável”, afirmou a jovem.

Confira abaixo, a ficha completa de Rosie Reid, mais uma das mulheres que resolveram vender sua virgindade com o objetivo de juntar altos valores em dinheiro.

Nome: Rosie Reid

Idade: 18 anos

País: Reino Unido

Preço: 8,4 mil libras (cerca de 45,9 mil reais)

Motivo: Pagar a faculdade

  1. Guilherme

    22 de novembro de 2015 em 16:40

    hmmm virgem o escambau, a namo dela com ctz ja meteu o vibrador nessa bucetinha ai kkkkkk

  2. Walkírio Silva

    26 de julho de 2015 em 07:54

    …quanta desculpas esfarrapadas para viver um momento de sacanagem…

  3. Greengineer

    24 de fevereiro de 2015 em 23:07

    Xerecard, o único cartão aceito no mundo todo!!

    [img]http://busaocuritiba.com.br/wp-content/uploads/2014/06/10303776_646055282138554_9067766165707792343_n-300×225.jpg[/img]

    • chapolim do mal

      24 de fevereiro de 2015 em 23:32

      Se eu fosse piadista, diria que não no RS mas como não sou, não farei.

      • Greengineer

        25 de fevereiro de 2015 em 08:30

        Considerando este fato fica uma curiosidade para ser solucionada. De onde vêm os gaúchos?

        • Alfred Edmund

          25 de fevereiro de 2015 em 20:43

          pergunta pra sua mae

          • Greengineer

            26 de fevereiro de 2015 em 00:35

            De onde você tirou que sou gaúcho rapaz?

  4. Karamelo

    23 de fevereiro de 2015 em 21:24

    O desespero é um ótimo motivador.

    • Mutley

      23 de fevereiro de 2015 em 21:41

      Só se for desespero do cara , porque a mina nem era lá essas coisas.
      (lá vem as feministas dizer que eu sou superficial)

      • Gabriel Frigini

        23 de fevereiro de 2015 em 22:02

        polêmica mode on

    • Gabriel Frigini

      23 de fevereiro de 2015 em 21:25

      rsrsrs!!

  5. Jeff Dantas

    23 de fevereiro de 2015 em 21:12

    Polêmicas a parte, se eh um desejo dela… 🙂

    • chapolim do mal

      24 de fevereiro de 2015 em 23:31

      Não acho que seja um desejo mas sim um jeito “fácil” de ganhar dinheiro ao invés de trabalhar.

    • Gabriel Frigini

      23 de fevereiro de 2015 em 21:24

      Pois é Jeff!

14 Comentários
mais Posts
Topo