Nós vivemos no passado

Muitos podem nem ter pensado nisso, mas tudo que vemos a nossa volta está de certa maneira no passado, afinal a luz não é instantânea e demora certo tempo para chegar a nossos olhos e ser entendida pelo cérebro.




Luz e o tempo

luz

Para facilitar o entendimento disso pode-se usar o Sol, que está a 150 milhões de quilômetros da Terra. A luz dele demora oito minutos para chegar aqui, ou seja, o Sol que vemos na verdade está no passado em oito minutos. Se ele explodisse, nós só veríamos a explosão oito minutos depois de ela acontecer, quando a luz chegasse aqui.

O mesmo ocorre com a Lua, que está a 380 mil quilômetros daqui, só que o tempo que demora para luz que bate lá chegar na Terra é 1,28 segundos. Se um dia ela desaparecesse nós demoraríamos 1,28 segundos para notar.

Um fato interessante sobre isso são as estrelas que vemos a noite, muitas delas estão a milhões de anos luz daqui. Então o que nós vemos na verdade são as estrelas como eram a milhões de anos atrás. Muitas delas podem nem mais existir ou podem ter explodido, porém só saberemos disso daqui milhões de anos quando a luz que ela esta lançando hoje chegar aqui.




Vida no passado

passado-no-presente

Por esses motivos, pode-se dizer que nós vivemos no passado, pois quando vemos alguma coisa a luz que bateu nessa coisa demora, mesmo que uma pequena parte de segundo, para chegar até nossos olhos. Assim tudo que nós vemos está alguns milionésimos de segundo no passado e o que chamamos de presente é uma mera ilusão.




Curiosidades curiosas

1 (1)

- A luz viaja a 299 792 458 metros por segundo;

- Ano-luz nada mais é que a medida de quanto espaço a luz percorre em um ano, algo em torno de 10 trilhões de quilômetros;

- Proxima Centauri é a estrela mais próxima do Sol e fica a 4,2 anos-luz, por isso o que vemos hoje era como ela estava a 4,2 anos atrás.

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/

  1. Luis Moraes

    7 de julho de 2015 em 21:18

    Segundo Einstein, quando um objeto chegar à velocidade da luz, a luz será mais rápida do que ele (objeto) aos olhos… “ele imaginava que se um objeto – no caso pensava nele – correndo junto à luz, ela ainda seria mais rápida.
    E um objeto desintegraria não por feitos místicos (não que você está falando isso) por causa do atrito e da velocidade, quanto mais rápido um objeto for, maior o seu peso, quanto maior o peso, maior a força aplicada para aumentar a velocidade, o que seria impossível qualquer nave e tals chegar a tanta velocidade.
    Tinha ou tem, um caça – pelo que me lembro – ele chegava a cerca de 20mil kmH. so que era tão rápido a resistência do ar contra o material feito quase o derreteu em pleno voo, oque faria muito fácil um objeto ser desintegrado realmente…

  2. Lucas Belasco

    1 de janeiro de 2015 em 02:43

    a luz das estrelas nao chega na terra vemos as estrelas como elas sao no momento

  3. Rafael Batista

    7 de agosto de 2014 em 15:15

    Na verdade tudo no universo acontece paralelamente.

  4. Diego Luis

    9 de junho de 2014 em 15:12

    Mais conhecido como LAG

    [img]http://media.moddb.com/images/downloads/1/25/24399/promo.png[/img]

  5. Vinicius Passos

    9 de junho de 2014 em 11:02

    Fontes são sempre importantes. Presente é em relação a vida, os movimentos, mas o contexto q vc deu faz sentido sim.

  6. Raphael Mendonça

    10 de dezembro de 2013 em 09:07

    Então em algum dia, podemos ir para o futuro!!

  7. Davi Perets

    28 de outubro de 2013 em 19:36

    cara, vcs ai do Minilua erraram, quando tu coloco que agente e a próxima Centaruro a 4,2 anos atrás, o anos luz é uma medida de distância e não de tempo, no meu livro de astronomia de Ronaldo Rogério de Freitas Mourão, que é um dos mais renomados astrônomos brasileiros diz que a próxima centauro está a 4,4 anos luz da terra ou seja: mais ou menos 500.000.000.000.00o quilômetros de distância. eu não to querendo ferra com vcs, so quero informar que a infirmação que vcs colocaram ta errada.

    • Luis Moraes

      7 de julho de 2015 em 21:20

      boa noite, eu li vários livros de astronomia, sempre divergem dados… mas sempre tem uma média correlativa entre elas…

  8. KáH .Roberto

    3 de outubro de 2013 em 18:14

    Entao se eu cair é pq ja havia caido no passado?? Kkkk

  9. Welliton Wagner

    18 de maio de 2013 em 10:44

    O ser humano acha q sabe tudo e num sabe de porra nenhuma!

  10. João Victor

    13 de abril de 2013 em 13:48

    Então se o sol morrer,nós só iremos ver depois de 8 minutos.

  11. CAssiano THomazini

    6 de abril de 2013 em 12:51

    Então se olharmos muito longe (tipo muito longe mesmo, só que mais longe ainda) poderemos ver o Big Bang?

  12. Vinicius Mlk Zuero Souza

    1 de abril de 2013 em 00:47

    Sobre as estrelas que vemos estarem a milhões de anos-luz daqui e já não existirem mais mentira. Pois as estrelas que vemos a olho nu estão a cerca de 2000 anos-luz da terra, e uma estrela tem uma vida útil bem mais longa que isso.

  13. Cibeli Silva

    30 de março de 2013 em 16:39

    Como sou fascinada pela Física!

  14. Adrielle Moreira

    29 de março de 2013 em 13:49

    resumindo:::: nada nessa vida faz sentido… 🙂

  15. Vinicius Thadeu

    21 de março de 2013 em 08:12

    Isso é o tempo de delay que Deus colocou pra censurar :/

  16. Rocker Roller

    20 de março de 2013 em 02:42

    Não vivemos no passado, podemos “enxergar o passado” de alguma forma, e isso só faz algum sentido se observarmos a luz de algo muito distante, mesmo assim estamos no presente!! O fato de a luz demorar um certo tempo para percorrer um espaço é uma regra do próprio espaço-tempo, não importa se a estrela existe no mesmo momento em que você vê a luz emitida dela, pois você está vendo a luz, não a estrela em si! E se viajássemos na velocidade da luz, veríamos todo parado, como se estivesse congelado no tempo. No momento em que se ultrapassa a velocidade da luz, as condições quantias convergem para a transformação da massa em energia, ou seja, iriamos virar energia!(e muita energia!). Agora, se supostamente pudéssemos viajar a uma velocidade superior a da luz sem sermos destruídos, provavelmente não enxergaríamos nada atrás de nós (pura escuridão), e a nossa frente enxergaríamos (em teoria) tudo muito rápido, em algo como o efeito Doppler (seria se considerássemos a luz como onda, e não partícula). Como nossos olhos funcionam pela excitação de algumas células especializadas, e estas tem um tempo de resposta definido, então enxergaríamos uma mistura de cores amorfas, resultado da soma de todas os feixes de lux que chegassem aos nossos olhos durante esse tempo de resposta da retina.
    Enfim, post mal feito, e ideia não passa de uma analogia bonita, pela forma que foi escrito deve ter feito muitos físicos chorarem…

  17. Wallysson Maia

    13 de março de 2013 em 18:11

    Entao o sol explodiu e ainda nao sabemos? o.O

    • Gabriel Ferrari

      9 de junho de 2013 em 23:56

      Não. O sol está apenas a 8 minutos luz daqui. Isso quer dizer que se ele explodisse agora, a gente só ia notar diferença daqui 8 minutos.

      • André August

        18 de dezembro de 2013 em 15:08

        se algum dia o homem tentar viajar a gliese algum numero la segunda terra,pode acabar se fudendo porque pode ter explodido a 20 anos ‘-‘

    • PATROCINADOR

      13 de março de 2013 em 19:59

      EXATAMENTE ISSO CARA.

      VC É ESPANTOSAMENTE UM GÊNIO
      • Gulherme Matos

        13 de março de 2013 em 20:59

        euri

  18. Cubo de Gelo

    13 de março de 2013 em 15:22

    ai ke massa

  19. Henrique Gonçalves

    13 de março de 2013 em 13:38

    Esse efeito se chama cone de luz…

  20. Psycho The Cat

    13 de março de 2013 em 10:51

    “…tudo que nós vemos está alguns milionésimos de segundo no passado e o que chamamos de presente é uma mera ilusão.” (Assustadora conclusão) 😎

  21. gato do apocalipse

    13 de março de 2013 em 09:45

    isso so é uma analogia, como ja foi dito.Algumas coisas a dizer, o sol nao vai ser uma estrela que vai explodir.

    “Estrelas como o Sol morrem menos catastroficamente. O Sol, daqui a alguns bilhões de anos, vai comecar e expandir suas camadas externas, que se extenderão até a distância de Marte, aproximadamente. Depois, o Sol vai perder as camadas externas, chegando na fase de nebulosa planetária. O que sobrar será uma uma estrela muito compacta, com cerca de uma massa do Sol e compactada num raio igual ao da Terra, a chamada anã branca.”

    e claro que sei que o autor so queria exemplificar, mas alguns parecem nao entender

  22. Yuri Soeiro Avelar

    13 de março de 2013 em 08:37

    ÓTIMA MATERIA, PARABENS

  23. Adilson Pereira

    12 de março de 2013 em 23:48

    Esqueceram de citar a teoria da relatividade né, sobre, espaço x tempo, Eu nao sou perito, mas isso ta errado, nóz vivemos no presente, o fato de a luz demorar é irrelevante neste caso nao conta como tempo, e sim distancia, se eu pegar algo que me leve a velocidade da luz eu posso chegar no local e nao ver a estrela, mas como ja disse Einstein tudo é relativo…

    • Júlio Ferreira

      19 de junho de 2014 em 00:08

      vdd Adilson,mas é fato que não podemos usar o mesmo sistemas de medidas de espaço e tempo,na atmosfera da terra e na do espaço,se viajar hipotéticamente à velocidade da luz,o objeto que o transporta terá obviamente luz própria,tornando o viajante visivel,e corpos estelares estarão lá,ja que a luz é mais rápida que o olho humano,o tempo de percurso esta ligado à distancia,os valores ai sim são relativos …^^

    • Hélio Mariz

      30 de dezembro de 2013 em 13:34

      Anos Luz é medida de distância não é? Se a luz leva tempo para chegar aqui é porque ela está percorrendo uma distância. Com certeza está errado

  24. João Fernandes

    12 de março de 2013 em 23:38

    Muito interessante.

  25. Weon Kenedi (It's a Lion! Get in the car!!)

    12 de março de 2013 em 23:16

    bom, quer dizer que se eu viajar para São Paulo… quando eu chegar lá as pessoas vão ver o meu eu passado?

  26. Shun

    12 de março de 2013 em 22:41

    Ótimo post, Dieguito 😉

  27. Pedro

    12 de março de 2013 em 22:34

    e nem por isso significa que a gente vive no passado.

    até por que isso seria relativo, vivemos no passado relativo a quê?
    a luz que chega aqui mesmo que ela demore é a mesma luz, que percorreu o espaço e o tempo, mas é a mesma luz, é a mesma coisa que eu jogar uma bola e dois segundos depois você pegar, por causa disso você pegou a bola dois segundos no passado?
    quanto as estrellas, vale lembrar que alguns dos brilhos que vemos são galaxias inteiras e não estrellas individuais, em uma galaxia morrem e nascem estrellas constantemente…
    • TENSEI

      13 de março de 2013 em 00:28

      NÃO PEDRO!

      sua comparação foi meio frustrada, o tempo
      do espaço é diferente do nosso tempo
      que vivemos na terra! comparar tempos medidas e dimensões
      astronômicas com o tempo terrestre é totalmente no sense,
      é tão lógico quanto cavar um buraco até a china com uma colherzinha de sobremesa!
      seria um basilhão de zeros totalmente abstratos
      • Pedro

        13 de março de 2013 em 00:39

        eu usei o mesmo critério que a matéria usou. se a comparação foi ruim a lógica do post tbm foi. 

        eles nem especificaram em relação a que a gente estaria atrasado, as estrelas são por acaso um ponto de referencia espacial agora? onde no espaço seria o ponto 0 onde o tempo começaria a ser contado? 
        isso envolve muitas questões…
        • TENSEI

          13 de março de 2013 em 02:08

          a questão não se trata de algum ponto de referência(se bem que a maioria das estrelas
          representão identificação e localização na astronômia).
          em relação a que estamos atrasados???
          quando se fala em astronômia tecnicamente a TUDO!!!
          certo que o post não foi esclarecedor, mas não se trata de ponto 0 ou inicio de nada,
          mas sim a relação do tempo astronômico com o tempo terrestre,
          e o impacto dos acontecimentos nesse universo que se tem na terra e nas nossas vidas
          PS: acentuação e erros de ortografia por causa do celular sem corretor
          PS²: gostei quando você escreveu “estrellas” no primeiro comentário
          • Pedro

            13 de março de 2013 em 11:05

            eu acho que você ta meio certo, mas tem coisas na ciência que fica meio vago as vezes e eu tenho mania de questionar as coisas até o fim pra ver se elas estão realmente certas ou se não passam de conjecturas…

  28. Fernanda Baptista

    12 de março de 2013 em 22:19

    Essas curiosidades foram bem interessantes, mas eu não acho que isso leva à conclusão de que nós vivemos no passado, mas sim a de que nós vemos o passado…

    • Super

      12 de março de 2013 em 22:21

      isso tem muito mais sentido.. 

  29. Super

    12 de março de 2013 em 22:04

    (essa é pra todos os seres disponíveis a comentar..)

    .
    se Deus estivesse a sua frente.. (situação hipotética para ateus) 
    e deixasse fazer uma pergunta.. Qual seria? 
    .
    (todos podem responder, mas não vale perguntar por que o stan não pode menstruar..) 
  30. Kindle

    12 de março de 2013 em 21:11

    Vivemos com lag pq o servidor ta muito cheio. 

  31. Alex Santos

    12 de março de 2013 em 20:50

    Crl q coisa mais loka. O universo e uma coisa fantasticca. . .

  32. Mephisto Pheles

    12 de março de 2013 em 20:39

    Somos o passado do futuro, mas mesmo assim, o futuro do passado… então, significa que somos o passado mais recente? 🙂

    • Link Yuzuki

      12 de março de 2013 em 21:23

      Lag…

      • Ownador de Sasukes

        16 de março de 2013 em 20:37

        …no cérebro!

  33. Sir Von Bielefeld

    12 de março de 2013 em 20:08

    Disso eu já sabia.
    Mas amo esse tipo de post do minilua, sobre astronomia xD
    Será que se algum ser de outro planeta, a alguns milhoes de anos-luz daqui, tentasse observar a Terra por meio de uma tecnologia bem evoluída, observaria os dinossauros ? O_o

    • Diego Martins

      13 de março de 2013 em 16:20

      Sim, se ele estivesse na distância certa, ele veria o passado de nosso planeta, que poderia ser ele ainda com dinossauros. 

      • Mephisto Pheles

        13 de março de 2013 em 19:58

        Se um planeta a 65 milhões de anos luz da terra, com um telescópio ou qualquer tecnologia avançada mirasse para a terra, eles ainda veriam os dinossauros :).

    • gato do apocalipse

      13 de março de 2013 em 09:53

      curiosa a pergunta, mas precisariam estar a milhoes de anos luz, fora de nossa galaxia ja que a nossa deve ter em torno de alguns mil anos de luz de extenção), para que a luz que chegue la seja de quando os os dinossauros estiveram na Terra

  34. kratos aurion

    12 de março de 2013 em 19:58

    hoje é o amanhã de ontem que é o depois de ontem de 3 dias atrás que é a semana passada dessa semana que é a semana retrassada de daqui a duas semanas

    • Gulherme Matos

      13 de março de 2013 em 20:56

      lag no cérebro

  35. Bardock

    12 de março de 2013 em 19:37

    “Remember Yesterday; And think about tomorrow; But you have to live today”
    Lembrei dessa musica quando li o texto. =P
  36. Greg

    12 de março de 2013 em 19:32

    Pra mim isso não é viver no  passado! 🙂 acho que o fato de não sabermos se  a estrela explodiu ou não por que demora um tempo pra luz chegar aqui, não significa isso. rçrç

    • Riddle Boy®

      12 de março de 2013 em 19:57

      Concordo, a percepção de passado ou futuro só esta na nossa mente.

      • Super

        12 de março de 2013 em 21:58

        o que você disse é a chave do universo.. 

  37. Vini LP

    12 de março de 2013 em 19:19

    Estou comentando no passado 

  38. Li Syaoran

    12 de março de 2013 em 19:17

    Droga, agora eu sei que mesmo com a internet mais rápida do mundo a minha vida ainda seria cheia de LAG!

  39. 3 Hits

    12 de março de 2013 em 19:12

    A negada tem q entender, que esse viver no passado, foi uma simples analogia para se referir ao fato da luz das estrelas q chegam a nós terem se originado à anos atras.

    • TENSEI

      12 de março de 2013 em 19:25

      o povo só tá confundindo o tempo astronômico

      que é diferente do nosso tempo!
      vi em um documentário que se for comparar o nosso tempo
      com o resto do universo, estariamos em camera hyperlenta
    • Hideki Hinata

      12 de março de 2013 em 19:16

      Então, na verdade, vivemos no presente, mas o que vemos e sentimos é no “passado”.

      E essa diferença aumenta com a distancia. 
      • 3 Hits

        12 de março de 2013 em 19:22

        Exato. No caso do Sol, a luz refletida dentro do planeta, e etc. As distâncias são irrisórias. Por isso não somos capazes de perceber nada de anormal. nosso organismo se adaptou a esta condição. é tipo as leis da física classica. Einstein provou que estavam todas erradas, porem o referencial que temos é muito pequeno (pessoas, corros, avioes, etc. são pequenos em comparação com o universo), então as ultrapassadas leis da física, servem para serem utilizadas por nós. 

  40. Hideki Hinata

    12 de março de 2013 em 19:11

    Né que faz sentido?

  41. Riddle Boy®

    12 de março de 2013 em 19:09

    Se assim for todo o Universo vive no passado.

    • Dark Vampire

      12 de março de 2013 em 19:20

      Na verdade, só os seres que percebem a luz é que vivem no passado.

  42. Dark Vampire

    12 de março de 2013 em 19:05

    Bem legal, apesar de eu saber disso já, entretanto, isso tudo não passa de bobagem porque todos nós sabemos e conhecemos que o universo tem no máximo 12000 anos e uma estrela com mais do que isso de anos-luz de distância é produto da imaginação dos ateus.

    • gato do apocalipse

      13 de março de 2013 em 10:04

      cada um acredita no que quer e no que lhe covem

      voce acredita no criacionismo, mas o fato de voce achar que a terra nao passa dos 7000 anos (se voce for cristão ou judeu, é nisso que deve acreditar. Antes que alguem venha enxer, e so perguntar pro seu padre, pastor, rabino ou representante de sua igreja ou templo, que ele vai lhe dizer isso) nao nega o fato de que ha estrelas em distancias de bilhoes de anos luz, e a menos que voce consiga arrumar uma logica ( seja cientifica ou divina, mas que nao tenha “deus quis assim’)para explicar como a luz de algo tao distante esta aparecendo aqui, nao faz sentido acreditar que so temos 7 mil anos de existencia

      • Dark Vampire

        13 de março de 2013 em 21:23

        Nem, postei esse comentário só de zoa, é óbvio (pelas evidências) que não só a Terra, mas também o universo tem mais (muuuuuito mais) que 7000 anos, e mesmo que não tenha, nenhuma explicação de “deus quis assim” ou “porque sim” não são satisfatórias e não explicam nada. mas no geral, foi só de zoa.

    • PATROCINADOR

      12 de março de 2013 em 19:13

      rsrrssrsrsrsrsrsrsr
      • Dark Vampire

        12 de março de 2013 em 19:35

        O Morgan Freeman é muito daora! Ótimo ator.

    • 3 Hits

      12 de março de 2013 em 19:09

      12000?

      • Hideki Hinata

        12 de março de 2013 em 19:13

        Ele acredita no criacionismo,  que a terra têm uns 6000 e etc.

        • Dark Vampire

          12 de março de 2013 em 19:21

          Na verdade é só de zoa, mas saudavelmente, lógico. rsrs, espero que entenda e não venha com 7 horcruxes na mão pra cima de moi.

          • Hideki Hinata

            12 de março de 2013 em 19:59

            kkkkkkkkkk

            não sou religioso, na verdade…
            Mas respeito as pessoas…
            Enfim, ainda acho meio impossível a terra ter só 6000 anos.
            Primeiro pelos fósseis, e também porque houve várias outras religiões (muito parecidas) com o judaísmo antes dele…
      • Dark Vampire

        12 de março de 2013 em 19:11

        Estou chutando alto pra dar um pouco de moral pros ateus que pensam que o universo se desenvolve gradativa e lentamente num período de tempo enorme.

        • 3 Hits

          12 de março de 2013 em 19:13

          pois é cara, mas seria melhor chutar um valor um pouco maior, pq 12000 anos, ja até axistiam humanos, que estavam no processo de sedentarização ainda.

          • TENSEI

            12 de março de 2013 em 19:17

            se vc não reparou, ele provavelmente é cristão

            e provavelmente apoia o creacionismo
          • 3 Hits

            12 de março de 2013 em 19:24

            reparei, mas resolvi contestar mesmo assim. normalmente não gosto de confusão, mas não me aguentei desta vez

          • Dark Vampire

            12 de março de 2013 em 19:30

            Ih, cara, sem crise quanto a isso comigo, eu não me irrito com opiniões, exponho as minhas e comparo com as da outra pessoa sem exaltações, mesmo sendo tudo de zoa.

          • 3 Hits

            12 de março de 2013 em 19:34

            Eu também. Eu busco respeitar a crença de cada um, mesmo não concordando com ela. Respeito ateus e religiosos. Eu mesmo não sou ateu, mas tambem não sou cristão

          • Dark Vampire

            12 de março de 2013 em 19:46

            Sim, não há por que desrespeitar as crenças de ninguém, pois todos tem as mesmas chances de estarem certos ou não, não existe superioridade nem inferioridade entre nenhuma delas.

          • Vinicius Borges

            6 de junho de 2013 em 13:34

            Mesmas chances? Então papai noel tem a mesma chance de existir do que não existir, só porque milhares de crianças acreditam nele? O fato de usarmos a razão para analisar certas crenças muda muito essa balança de chances.

          • 3 Hits

            12 de março de 2013 em 19:56

            Exato

          • Dark Vampire

            12 de março de 2013 em 19:17

            Eu sei que isso é mentira, Pois nosso Deus disse que não! E quando ele diz que não, a frase “Tenho pena do otário…” ganha proporções divinas, meu amigo.

  43. 3 Hits

    12 de março de 2013 em 19:01

    Muito legal a matéria Diego. Amo a física, e apesar de eu ja saber isso tudo dai, nao me me canso de rever e readimirar a vastidão dos mistérios deste universo

  44. Wagner

    12 de março de 2013 em 18:58

    Acho que esse conceito pode ser um pouco errôneo. Os fatos ocorrem no mesmo tempo, horário, dia e tal’z em que nós estamos. Só demoramos para perceber o que acontece…

    Seria tipo um time jump ‘-‘
  45. Rôm

    12 de março de 2013 em 18:57

    “Então o que nós vemos na verdade são as estrelas como eram a milhões de anos atrás”

    Lag no cérebro .-.

    Então significa que nós vivemos no passado, e o presente não passa de uma ilusão?
    A próxima vez que eu for olhar as estrelas, vou me perguntar se elas já explodiram… 
    • Igor Henrique da Costa

      7 de julho de 2013 em 07:31

      Não vivemos no passado, vivemos no presente momento em que vivemos. O que o texto quis indicar é que a luz que vemos irradiando das estrelas não esta mais nelas, mas esta viajando no espaço, porque já se “desprenderam” de onde pertenciam. O mesmo ocorre com o nosso Sol, quando vemos a sua luminosidade, não estamos vendo a luz que ele esta produzindo naquele momento, mas a luz que ele produziu há alguns minutos. Só isso.

    • Super

      12 de março de 2013 em 21:53

      acho que vivemos o presente, apenas algumas coisas vemos no passado.. 

  46. Altair Ibn-La'Ahad

    12 de março de 2013 em 18:56

    “quando espaço” quanto espaço..

    direi o mesmo que digo nas aulas de trigonometria..
    e qual a utilidade disso na minha vida ? ._.
    • Igor Henrique da Costa

      7 de julho de 2013 em 07:28

      O quê, você acha trigonometria inútil na sua vida?
      Espero que nunca tenha que contratar um engenheiro…

    • Super

      12 de março de 2013 em 21:52

      entender um pouco de como funciona nosso universo.. 

  47. Wagner

    12 de março de 2013 em 18:54

    Na verdade nós viemos do passado para viver nesse presente que pode ser classificado como imundo e extraordinário.

    Se vai permanecer do mesmo jeito, só saberemos no futuro.
    E o MR. Óbvio mandou um OI para todos =)
  48. Finn

    12 de março de 2013 em 18:53

    Bem legal isso aí o/

    bom, se o Çou explodir da para zoa bastante em 8 Mins… XD -q
    • Drubscky

      12 de março de 2013 em 20:36

      O/

      Zoar ? Tu iria é tentar tirar a virgindade em 8 minutos , SJFHUSAJDÇVFSDJAKVFJKLASLFBAHVBF.
  49. Yagami Light

    12 de março de 2013 em 18:52

    E por isso que se alguém viajar a uma velocidade mais rápida do que a luz, chegará no local supostamente invisível, pois a luz da pessoa inda não terá alcançado a mesma. Mas dizem que qualquer objeto que viaja mais rápido do que a luz se desintegra. Oh well.

    • Gustavo Ale

      23 de julho de 2013 em 11:24

      ou viaja para o passado

    • Gustavo Ale

      24 de março de 2013 em 18:14

      desintegra ou volta ao passado, que é meio paradoxal

    • Ex-Papa Bento XVI (Agora eu crio ChinchilasPeludas)

      14 de março de 2013 em 00:50

      Acho que não Yagami, procure no google Radiação de Cherenkov e veja que algumas particulas conseguem ser mais velozes do que a luz em certas condições.
      O que pode ocorrer é um aumento na massa da particula pois considerando a velocidade da luz intransponivel E=mc² onde c é constante da velocidade da luz, m é a massa e E é a energia logo, M=E/c² então quanto mais energia eu tiver (necessário para aumentar a velocidade) mais massa eu teria já que c não poderia mudar.
      Existe uma teoria de Einstein que diz que ultrapassar a velocidade da luz seria viajar no tempo, o que de certa forma faz sentido já que o tempo para uma pessoa que está em um avião o tempo passa mais devagar do que uma pessoa que está em um carro, procure no google “No espaço o tempo passa mais devagar que na terra?”, logo uma pessoa que viaja na na velocidade da luz ou acima dela tem tem o tempo passando mais lento do que as coisas que não estão, veja teoria da relatividade no google para entender melhor que eu não sou bom nisso não.

    • Mu de Áries (antigo light yagami)

      13 de março de 2013 em 21:09

      vc se chama yagami light mais nunca chamou o L de viado POSERRRRRRRRR

    • Super

      12 de março de 2013 em 21:50

      como a astrologia me fascina.. 

      muito loko isso.. 
      • Yagami Light

        13 de março de 2013 em 16:15

        física*

      • PATROCINADOR

        12 de março de 2013 em 22:05

        Astrologia? Tá sendo ironico né?!

        • Super

          12 de março de 2013 em 22:20

          a resposta é sim e não.. 

  50. I AM STRONG WITH DARKSIDE

    12 de março de 2013 em 18:51

    MUDA MUITA COISA…

  51. Eric Cartman

    12 de março de 2013 em 18:51

    Pretérito 

    #DeusDoNovoMundo
  52. Alguém Disse ^

    12 de março de 2013 em 18:50

    e no futuro tbm!!!

108 Comentários
mais Posts
Topo