O que mais dói ao perder um bichinho de estimação?

Pois é, e quem me conhece, sabe o quanto eu gosto de gatos. O quanto eu cuido, converso, protejo… Com o Nevinha então, nunca foi diferente. Um gatinho calmo, tranquilo, afável. Sinceramente, sentirei muito a sua falta, Nevinha.




O que mais dói ao perder um bichinho de estimação?

nevinha

1 - A falta que ele faz: É, e já dizia a máxima: em poucas horas, tudo pode mudar. Em alguns casos, em questão de minutos!

2 - O carinho oferecido: E olha, que não apenas carinho né? Se pudessem, aliás, passavam o dia inteiro ao seu lado.

3 - A hora da ração: É, e por aqui pelo menos, era praticamente uma festa. Ou melhor, com muita ração, e claro, muitos alimentos diferentes.

4 - A felicidade em te ver chegando: Pois é, e nessas horas eu penso como não gostar de animais? O meu gatinho, por exemplo, me esperava até às 05 da manhã.

5 - Os passeios no veterinário: E sim, você não leu errado! Há quem, por exemplo, passasse várias vezes por semana. E o melhor: com vários brindes interessantes…

nevinha 2

6 - Os olhares de carinho: É, e não sei vocês, mas eu simplesmente não resisto. Ainda mais, pedindo um pouquinho de atenção.

7 - Ele subindo em cima da cama pra te acordar: É, e confessa: como não se apaixonar por eles? Neste caso, aliás, um dos momentos mais carinhosos possíveis.

8 - O desejo em fazê-lo feliz: E realmente, quem tem um bichinho, sabe bem do que estou falando. A saudade, como sempre, extremamente dilacerante.

9 - Vê-lo partindo em seus braços: É, e isso, aconteceu há poucas horas comigo. Sinceramente, um dos momentos mais tristes da minha vida. :'(

  1. Julia Noviski

    13 de julho de 2015 em 21:49

    Eh como perder uma parte do próprio corpo dói muito:

  2. Felipe Candido

    6 de julho de 2015 em 21:18

    Triste demais, tinah um gatinho de 6 meses, ele erá bem sapeca, quase u mcachorro, atpé boliha ele ia buscar… um dia saindo de casa pela manhã ele veio e endrou em baixo da roda do carro quando tirava da garagem, corri com ele mas infelizmente não pude salva-lo.

  3. Lucard Silva

    30 de junho de 2015 em 04:33

    sei como vc devia estar se sentindo…tive uma cadela por 18 anos…ela era a alegria da casa…sempre brincalhona parecia um eterno filhote…mais como dizem…nossos animais morrem cedo pois ja nascem sabendo amar

  4. jose cladio

    29 de junho de 2015 em 18:23

    se dói mais perder dinheiro do que perder uma vida come a ração.

  5. Kurama Youko

    29 de junho de 2015 em 00:06

    É como diz aquele rap: “só restou a lágrima e a dor da saudade”… 🙁

    • Kurama Youko

      29 de junho de 2015 em 00:07

      *dizia

  6. Lidya Hyuuga

    28 de junho de 2015 em 01:01

    ;-;

  7. Alceu de Souza

    27 de junho de 2015 em 12:30

    Cara, só um comentário construtivo.. Esses posts são bacanas e tals, mas dá uma corrigida. Toda vez que você começa uma fala, comete o erro de colocar: ‘É, e” “Pois é, e” “E”. Isso torna a leitura desagradável, e o texto deixa de ser tão interessante. Já venho analisando isso a um tempo. Se possível já comece falando diretamente, ao invés de se prender a: É, e nesse caso/Pois é, você…/ E confessa? Nós…
    Abraço!

    • André Silva

      27 de junho de 2015 em 15:46

      É o modo como ele escreve, estilo dele mesmo.

  8. AlmondegaVoadora

    27 de junho de 2015 em 10:55

    Relaxa, jeff você supera já perdi um cachorro meu no dia do meu aniversário.

  9. Clara Lopes

    27 de junho de 2015 em 01:10

    Eu já tive um peixe de estimação, e infelismente ele não está entre nós. Eu tinha uma amizade incrível com ele (pelo menos eu achava).Eu cuidava dele como se fosse um filho.Eu fui para a casa da minha tia e deixei os meus pais cuidando, mas quando eu voltei eu não o vi, em casa. Mas sim no meu quintal, com o cantinho dele, o verdadeiro cantinho para se descançar em paz.

    • André Silva

      27 de junho de 2015 em 12:40

      Nem me fala em peixe cara, o meu morreu enquanto treinava pras olimpíadas :'(

  10. Qwer Gamer

    26 de junho de 2015 em 22:45

    O que mais dói também é a vontade de não ter mais um pet por causa do apego :/ … dói também lembrar daquele rosto feliz quando dava-se carinho nele :/ Espero que tudo acabe bem por aí…

  11. Blue

    26 de junho de 2015 em 21:11

    Meus pêsames, sei como você se sente, é como perder um parente muito próximo, admito que eu não chorei pela morte de meu avô e minha avó paternos, mas só de pensar em perder a amiga canina que está comigo desde que eu era criança lágrimas começam a correr pelo meu rosto, ela já está velha, com problemas de saúde, mas brinca como se fosse um filhote :’), animais de estimação são melhores que muitas pessoas.

  12. Greengineer

    26 de junho de 2015 em 19:41

    Você não merecia passar por isto Jeff, meus pêsames.

    É, o Gato Endiabrado tem que se cuidar…

  13. chapolim do mal

    26 de junho de 2015 em 19:27

    Pô Jeff, meus sentimentos.
    Eu tenho 4 cachorros e não imagino perder nenhum deles, mas infelizmente acontece, inclusive eu tenho um cachorro com 9 anos que eu ganhei aos 6 anos e que vai completar 10 mês que vem e sei que está perto dele ir.

  14. Elyane

    26 de junho de 2015 em 19:07

    Sinto muito pelo seu gatinho, perdi um papagaio a alguns anos, que estava a 13 anos na família é como perder um ente querido da família, só quem tem um bichinho sabe a dor da perda.

  15. Clara Lopes

    26 de junho de 2015 em 18:29

    O gato também é o melhor amigo do homem.

  16. Miroouuww

    26 de junho de 2015 em 17:50

    Certa vez roubaram minha gata que era adestrada e os 4 filhotinhos dela T^T
    Até hoje isso é triste T0T

  17. Mily-chan

    26 de junho de 2015 em 17:38

    Sinto muito pela sua perda, sei o quanto e doloroso, já passei por isso 🙁

  18. Felino

    26 de junho de 2015 em 17:25

    Sinto muito por você Jeff, eu já perdi gatos muitas vezes… Eu ja tive aproximadamente 7 gatos, quase todos morreram comendo comida envenenada do vizinho filha da put#. Hoje tenho 2, Nina e Nino. Na minha vida toda eu nunca fiquei por um período de mais de 1 sem um gato, quando acontecia algo com um gato, em 1 mês eu achava outro na rua para cuidar. É muito bom ter gatos em casa, é claro que quem nunca teve um gato sempre os crítica e os chama de frios, sem sentimentos, egoístas. Mas quem tem sabe que eles são muito adoráveis e deixam muitas saudades quando se vão :..(

  19. Wagner

    26 de junho de 2015 em 17:05

    Meus pêsames Jeff.
    Passei por um sufoco com a minha cachorra mais velha esses dias.
    Tinha acabado de dar banho nela e começou a ter uma crise de ar. Ela caiu, começou a gritar e começou a se contorcer toda. Peguei ela e a pendurei de boca pra baixo, pois parecia que ela tinha engasgado e eu fazia isso quando acontecia com ela. Comecei a chorar na mesma hora pensando que ela estava morrendo (principalmente quando ela começou a gritar). Daí aos poucos ela foi voltando ao normal. Isso já aconteceu mais duas vezes com ela.
    Tenho que monitorá-la praticamente o dia inteiro e me dá um aperto no coração ter que sair e deixar ela sozinha (junta da outra). Tenho que ficar monitorando como ela come também, já que se comer rápido acaba passando mal.
    E não, eu não ligo de perder meu tempo cuidando dela. Sei que pela idade dela (vai fazer 13 anos) e pelo estado em que ela se encontra (quase cega e bem magrinha) , já está nas últimas. Então aproveito meu tempo cuidando dela como se fosse o último.

    • Mutley

      26 de junho de 2015 em 17:20

      Putz cara , eu senti o desespero só de ler o teu comentário , uma vez um gato meu se engasgou com osso e eu tive que botar a mão lá dentro da boca dele porque o negócio tava preso num dos dentes , mas também teve vezes que esse desgrama comia uns passarinhos ai eu tentava salvar eles mas não dava tempo , ficava mal pra caramba , ainda mais que uma vez eu tirei um ainda vivo da boca dele e ele acabou morrendo depois 🙁

      • Wagner

        26 de junho de 2015 em 17:30

        Minha cachorra mais nova um dia tava com a lateral da boca toda machucada. De início, não reparei direito, então achei que fosse por ela ter mordido o portão na noite anterior, já que tinham soltado fogos na rua e ela tem muito medo disso. No mesmo dia vi que as unhas da ponta da pata dela (tipo o polegar), tavam quebradas estavam só o cotoco. Daí eu e meu irmão abrimos a boca dela e bem lá em cima, tinha um osso de costela grudado que só saiu depois de muito esforço. Fiquei muito pu­to, até porque ninguém aqui em casa dá comida caseira pra elas e muito menos osso.

        • André Silva

          27 de junho de 2015 em 12:38

          Uma vez um cachorro do meu tio se engasgou, o osso ficou grudado na garganta e tiveram que sacrificar. Desde esse tempo aqui em casa a gente nunca da aqueles ossinhos de galinha por exemplo, que podem engasgar facilmente, só grandes mesmo.

        • Mutley

          26 de junho de 2015 em 17:48

          Acho que as vezes o cara tem que ter coragem e não só ficar no desespero , tipo , pra enfiar a mão lá dentro sem medo que o bicho te finque os dentes ,mas aqui eu to tranquilo , quando ponho a mão na boca dos meus , eles já sabem que é pra tirar algo , aqui é corriqueiro eles se engasgarem com alguma coisa ou ficar com algo preso nos dentes, sempre acham osso lá putaquepariu , meus pais até reclamam que eles tão sempre esfomeados e nunca se contentam com a comida que recebem hue , o problema é que aqui em casa guardam os ossos naqueles buracos dos tijolos manja ? , ai alguém arteiro como um gato escala a parede mete a pata e tira o osso dali , um dia desses caiu um gato lá de cima do telhado quase , porque estava tentando tirar um osso que tinham colocado na parede ‘-‘ .

  20. Greg

    26 de junho de 2015 em 15:53

    Sinto muito jefff, de verdade, eu tenho um cachorro e só de imaginar o dia de sua partida já me da vontade de chorar ;(

  21. Juninho Assunção

    26 de junho de 2015 em 15:35

    o meu foi tão triste lá em 2008 perdi o meu cahorrinho tinha uns 4 meses e morreu de envenenamento.

  22. Max_Power

    26 de junho de 2015 em 15:22

    Meus pesames,a morte de um gato é sem duvida um momento mto triste,lembro q eu tinha uma gata,ela tinha acabado de ter filhotes,ela tinha mania de passar por entre as tabuas do barracão do vizinho,um dia ela sumiu e deixou os gatinhos,nós pensamos q ela tinha ido embora,passou alguns dias eu estava indo pra escola e passei em frente ao barracão do vizinho e vi minha gata pendurada entre as tabuas,seu corpo já em decomposição foi a imagem mais triste q eu já vi,fui pra escola chorando naquele dia…..

  23. Jeff_Silveira

    26 de junho de 2015 em 14:44

    Nada melhor que ir no veterinário, não pera, vamos não vai doer nada…
    http://blogpetshop.com.br/wp-content/uploads/2011/03/cachorro+com+medo+de+veterinario.jpg

  24. Jeff_Silveira

    26 de junho de 2015 em 14:40

  25. Douglas

    26 de junho de 2015 em 14:28

    mano eu ja perdi um coelho e uma cachorra que morreu por causas naturais eu fiquei mais triste com a cachorra mais quem sofreu mais foi minha irma

  26. Sabrina

    26 de junho de 2015 em 14:24

    Meus sentimentos, Jeff.
    Sinto muito pelo Nevinha. Quem amamos sempre estarão vivos em nossos corações, independente se estiverem ou não em nosso plano material.
    Fique bem.

  27. Lucas Souza

    26 de junho de 2015 em 13:32

    =( é triste, muitos veem nos bichinhos coisas que não encontram em pessoas.
    https://www.youtube.com/watch?v=cHHLHGNpCSA

  28. Fabiano FAGS

    26 de junho de 2015 em 13:14

    Eu não sei vocês mais, mais para mim e como se estivesse perdido uma parte mim, querido Faísca, Caco,Frodo e Thony vocês continuarão vivos em meu coração nos meus sonhos.

  29. André Silva

    26 de junho de 2015 em 13:10

    Deve ser muito triste, eu tenho tres bichos: uma tartaruga, um porquinho-da-india e um cachorro. Eu ficaria triste pela morte de qualquer um deles, mas acho que sofreria mais pela do meu cachorro, que já ta comigo a 7 anos, desde que nasceu.

  30. Lucas Rodrigues

    26 de junho de 2015 em 12:36

    Sei bem como é (no meu caso foi um cachorro).
    Sinto muito pelo seu gato 🙁

  31. Jeff Dantas

    26 de junho de 2015 em 12:32

    No geral, eu sempre apareço brincando, feliz..mas hoje, eu estou arrasado!! http://cdn.minilua.org/resize/cache/c2l0ZTovLzIwMTUvMDYvbmV2aW5oYS5qcGd8NjUweDQyMC4zMDA3NTE4Nzk3.jpg

  32. Dyego

    26 de junho de 2015 em 12:26

    Dói que sobra um saco de ração inteiro que custou mais que minha própria comida

    • jose cladio

      29 de junho de 2015 em 18:24

      se dói mais perder dinheiro do que uma vida, come a ração.

40 Comentários
Topo