Objetos que os cientistas usam para fins completamente diferentes

Pensamos que o único trabalho da ciência é realizar novas descobertas. Mas parte do trabalho dos cientistas, é olhar para o que já existe e pensar “O que mais eu poderia fazer com isso?”. Encontrar novos propósitos para velhas coisas é algo tão útil e inovador quanto realizar novas descobertas, principalmente em tempos de crise ambiental. Veja alguns exemplos de objetos que ganharam funções completamente diferentes daquelas que estamos acostumados a usar em nossa casa:




Sacos Plásticos

Sacos_plastico

Os sacos de plástico são notoriamente ruim para o meio ambiente. Eles são feitos de petróleo, difíceis e perigosos de fabricar e levam cerca de 20 anos para se decompor.

No entanto, alguns pesquisadores descobriram que os sacos plásticos podem ser convertidos em algumas coisas muito úteis.

Por exemplo, sacos de plástico podem ser utilizados para criar combustível diesel. Eles também podem ser convertidos em gás natural, gasolina, solvente, e alguns tipos de óleos. Como esses sacos são feitos de combustível, é possível recuperar quase 80 % deste combustível que foi usado em sua fabricação




Absorvente interno

8-tampons-467037208-632x421

As cidades geralmente tem dois tipos de sistema de esgoto. Um recolhe o esgoto das residências e os reserva em instalações de tratamento. O outro recolhe a água da chuva e a drena em córregos e rios. O problema é que muitas vezes o esgoto contamina a água recolhida, que, por sua vez, contamina a fonte de água doce para onde ela foi drenada.

Então é preciso descobrir se a água foi contaminada antes de jogá-la no rio. Uma maneira é com a instalação de cabos de fibra óptica, que são extremamente caros, ou ainda utilizando equipamentos chamados espectrofotômetros, que também são caros e difíceis de usar.

É aí que entram os absorventes internos. Como eles são fabricados com algodão sem tratamento, quando esse material entra em contato com produtos químicos contidos em sabão em pó, detergentes, etc, ele os absorve. O absorvente que entra em contato com este material brilha sob a luz UV até 30 dias após a exposição. O baixo custo e a alta eficiência faz com que esses produtos sejam a ferramenta perfeita para descobrir a contaminação de águas por esgoto.




Tinta de pena

6-pen-ink-488389279-632x371

Geralmente as tintas para penas são produzidas a partir de corantes a base de óleo feitos para fluírem bem, secarem rápido e não manchar. Cientistas descobriram que este tipo de tinta também pode produzir supercapacitores mais poderosos.

Supercapacitores são utilizados em todas as máquinas que precisam armazenar grandes quantidades de energia, como turbinas eólicas e carros híbridos. Uma equipe de pesquisadores chineses descobriu que um supercapacitor revestido com essa tinta forma uma camada externa muito fina e resistente, podendo conter até 10 vezes mais carga do que outros capacitores.




Gelatina

gelatina-sxc.hu_

A gelatina é uma substância praticamente insípida e inodora, que se pode obter fervendo certos produtos animais, como ossos e pele. A sua utilização mais comum é como alimento e em medicamentos. Mas ultimamente ela vem sendo estudada para servir a outro propósito.

Como essa proteína é fabricada com pó de subprodutos animais, isto a torna uma candidata perfeita para produzir materiais sustentáveis para a produção de roupas. Atualmente, o principal recurso para a produção de fios sintéticos vem do petróleo. Mas sabemos que este é um recurso limitado e precisamos encontrar alternativas para substitui-lo.

Os cientistas estão trabalhando para produzir tecidos a base de gelatina e vem obtendo sucesso. Pode parecer estranho agora, mas em um futuro próximo você andará por ai com meias de gelatina, camisetas de bambu e calças de leite azedo.

  1. Blue

    6 de agosto de 2015 em 00:58

    Finalmente uma maneira de se livrar das malditas sacolinhas, agora elas podem ser úteis ao invés de poluir o mundo.
    Interessante o fato de absorventes internos servirem para identificar água contaminada, infelizmente não existe muita preocupação com a poluição da água hoje em dia, só dão falta depois que acaba.

  2. Willyam Ricardo

    5 de agosto de 2015 em 22:14

    Cara ,Eu não sabia que existia absorvente interno ,caramba.Esse dia será lembrado pelo resto da minha vida cara,”o dia em que eu descobri que o absorvente interno existe”.

    Mas voltando ao tema ,muito interessante saber que alguns pesquisadores e cientistas estão se preocupando com a natureza e todos os seus recursos que obvio são de suma importância para a nossa sobrevivência,consertar a cagada que o homem fez com o mundo ao longo da história é tenso cara,mas ainda bem que existe pessoas boas no mundo que se preocupam com isso.O problema é que ainda falta muito pra mudar a situação atual (se é que pode mudar).Por isso vamos ajudar esses caras ae tbm fazendo a nossa parte que também é se preocupar com com esse lugar tão legal chamado Terra.

    A menor das ações vale mais do que a maior das intenções. 🙂

    • Vinicius N. Brasil

      6 de agosto de 2015 em 13:35

      Esse seu comentária tá parecendo propaganda do suco Tang.

      • Willyam Ricardo

        6 de agosto de 2015 em 20:25

        Tive um pouco de inspiração nele .

  3. André Silva

    5 de agosto de 2015 em 20:09

    Eu já usei absorvente interno uma vez. Eu tava jogando bola e a bola sobrou sozinha pra mim, só eu e o gol, o resto tava tudo no ataque. Eu fui emocionado fazer o gol, corri com o vento como se não houvesse amanhã, e na hora de chutar, eu tropecei na bola e caí de cara no chão. O nariz não quebrou, mas sangrou como se tivesse menstruado. E o absorvente interno salvou meu rosto de ficar ensanguentado. Se eu tivesse lavado iria sujar toda a camisa de sangue, mas por sorte que uma garota sem vergonha de mostrar seus absorventes me emprestou alguns, porque tava sangrando muito. E para você que leu até aqui, saiba que eu to mentindo, a única verdade é da parte que a bola sobrou sozinha e eu caí na hora de fazer o gol, não bati a cara por sorte, só me ralei. Obrigado pela atenção, pode ler os outros comentários agora.

    • Aguiar

      6 de agosto de 2015 em 00:17

      Lecal.

  4. Frank the Rabbit

    5 de agosto de 2015 em 19:27

    Eu queria perguntar às poucas mulheres que acessam o Minilua: Qual a a sensação de usar um absorvente interno? Você sente alguma coisa ou nem percebe que tá ali? Puxar a cordinha é legal no fim do dia?

    • Lhama Charmosa

      5 de agosto de 2015 em 19:41

      dpois que vc acostuma não dá nem p/ perceber, e não é no fim do dia que puxa a cordinha, você troca depois de algumas horas por causa das bactérias q não podem ficar mt tempo em contato c/ o corpo e tal, que nem um absorvente normal, só que “dura” mais tempo.
      eu queria perguntar, pq a curiosidade? (carinha aquela) XD

      • Frank the Rabbit

        5 de agosto de 2015 em 19:44

        A curiosidade é porque eu não tenho um buraco adequado pra colocar em mim, e não sou um expert em vaginas C.C
        Mas obrigado pela explicação…

        • Lhama Charmosa

          5 de agosto de 2015 em 20:17

          Kkkkkk, tem razão… Então nesse caso me diga, cm é mijar em pé? Parece legal mirar o negócio na parede do vaso e atirar XD XD

          • Mutley

            5 de agosto de 2015 em 22:34

            Posso complementar ?, então , até que é , mas ele só acerta a parede quando esta no modo irrigador , mas se você controlar ele de boa acerta o vaso tranquilo , mas acho que o pior momento é no inverno , quando ele se ”encolhe”, ai entra em ação o modo ”pinga-pinga” , digamos que você urine o equivalente a uma colher de sopa , o que não leva mais que 5 seg , no modo ”pinga-pinga” vai levar uns 20 seg ,e ainda temos o modo chamado ”posição de guarda” , que é quando o amigo esta pronto pra ”batalha” , mas pode ser ruim na hora de urinar , geralmente acontece quando você acorda , vai correndo pro banheiro e negócio não vai , parece aquela mesma sensação de quando algo esta carregando , quando o loading já esta totalmente completo e geralmente esta ”cheio” , ele solta um jato que mataria uma mosca numa distância de 20Km , é isso vlw,flws

          • Lhama Charmosa

            6 de agosto de 2015 em 12:57

            Hahahahaha, ótimo complemento, q dureza so p soltar o caldo!

          • Frank the Rabbit

            5 de agosto de 2015 em 22:38

            Eita, sei não hein? Nunca fiquei nesse pinga-pinga, nem quando tá frio. Já foi num Urologista??? O.o
            Fora isso é assim mesmo, principalmente o maldito loading… ;/

          • Mutley

            5 de agosto de 2015 em 22:45

            Talvez seja comigo mesmo ‘-‘ , geralmente de madrugada eu vou bastante no banheiro e tem vezes que nem é aquele aperto todo , tu acha que vai lota o vaso e só cai uns pinguinho.

          • André Silva

            5 de agosto de 2015 em 22:49

            Esse jato hard é doido mano, fica preso por milésimos de segundo e quando vai, vai com vontade.

          • Frank the Rabbit

            5 de agosto de 2015 em 22:29

            Mijar em pé é uma bênção e uma maldição. Mijar fora é bom, em qualquer ligar: num beco, numa árvore, num bar esquisito, no shopping, etc. Facilita muito, mas em casa… O negócio é nível hard pra conseguir fazer direito sem sujar tudo, é duro fazer de manhã(ENTENDEU O TROCADILHO?).
            Eu sou fraco, admito, minha mira é péssima, minha mãe e meu namorado reclamaram tanto que eu agora faço sentado na casa deles ;-;

          • Lhama Charmosa

            6 de agosto de 2015 em 12:58

            Entendi, varia de homem p/ homem kkkkkkk.. Obg

          • André Silva

            5 de agosto de 2015 em 22:47

            Teu namorado? Cara, tu escreveu errado, né?

          • Frank the Rabbit

            6 de agosto de 2015 em 13:46

            Tá certo mesmo. ‘-‘

          • André Silva

            6 de agosto de 2015 em 19:20

            Acho que é o primeiro gay assumido do minilua.

          • Frank the Rabbit

            6 de agosto de 2015 em 19:29

            Música-reveladora-de-fundo.mp3

          • Vinicius N. Brasil

            6 de agosto de 2015 em 13:40

            O cara mija sentado, acho que não houve erro não! kkk

          • André Silva

            5 de agosto de 2015 em 22:07

            Nossa, pensei que a Lhama Charmosa fosse um cara.

23 Comentários
mais Posts
Topo