Minilua

Os mais odiados do país

Felizmente nós vivemos em um país livre, onde as pessoas podem escolher o que fazer, no que acreditar e o jeito de pensar, desde que essas coisas não afetem o direito dos outros. E cada um pode até mesmo odiar quem quiser, desde que não humilhe ou descrimine tal pessoa.

E para saber quem eram os odiados e sofriam com maiores preconceitos do Brasil, o governo fez uma pesquisa com um resultado para lá de inusitado.

 

Como foi feito

Para realizar a pesquisa, feita pela Fundação Perseu Abramo, foram entrevistados pouco mais de duas mil pessoas em 150 cidades diferentes em todas as regiões do país.

Apesar do número de entrevistados poder ser considerado pequeno, as entrevistas eram bem completas, com mais de 90 perguntas e normalmente ela durava mais de uma hora.

A pesquisa não servia apenas para descobrir quem eram os grupos mais odiados do país, mas também a orientação sexual, relacionamentos e outros parâmetros. Mas vamos ao que interessa:

 

Intolerância total

Primeiramente foi perguntado que tipo de pessoas os entrevistado não gostavam de encontrar. Em primeiro lugar ficaram os viciados, depois os criminosos e em terceiro as pessoas mais pobres (mendigos).

A coisa ficou estranha mesmo, quando foi perguntado o que os entrevistados sentiam quando encontravam-se com determinado tipo de pessoa. As opções de resposta eram ódio, antipatia, indiferença…

E os dez mais odiados do Brasil são (em ordem decrescente):

10 – Pessoas muito religiosos recebem ódio de 5% e antipatia de 17% da população;

9 – Gays com ódio de 8% e antipatia de 11%;

8 – Bissexuais com ódio 8% e antipatia de 11%;

7 – Lésbicas com ódio de 8% e antipatia de 12%;

6 – Prostitutas com ódio de 8% e antipatia de 14%;

5 – Travestis com ódio de 9% e antipatia de 13%;

4 – Transexuais com ódio 10% e antipatia de 14%;

3 – Garotos de programa com ódio 10% e antipatia de 16%;

2 – Usuário de drogas com ódio 17% e antipatia de 24%;

Você deve estar pensando que em primeiro lugar dos mais odiados do Brasil ficou para os bandidos, assassinos ou quem sabe políticos, mas as pessoas mais odiados do nosso país são os ateus. Isso mesmo, basta você não acreditar em Deus para ter ódio de 17% da população e ser antipatizado por 25% dela. Ou seja, as pessoas consideram o comportamento ateu pior do que o dos drogados, assassinos, corruptos e outros.

 

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/