Minilua

A origem de Godzilla

Agora, em 2014, o mais famoso monstro da história vai ganhar mais uma aparição nas telonas, exatamente quando ele completa 60 anos de história. Godzilla, que surgiu em 1954 e já tem 28 aparições em filmes, possui uma interessante origem e fundo crítico, que poucas pessoas conhecem.

A origem do monstro

Em 1954, quando Ishiro Honda resolveu rodar o filme, que teria como personagem principal um grande monstro – parecido com um dinossauro “bombado” –, o Japão ainda estava se curando dos males causados pelas bombas atômicas. Mas não foi esse acidente nuclear que realmente chamou a atenção do diretor.

No dia 22 de janeiro daquele ano, um navio chamado Daigo Fukuryu Maru, também conhecido como Lucky Dragon 5, zarpou da cidade Yaizu para fazer sua pesca cotidiana. Mas logo que partiu, diversos problemas começaram a atrapalhar a missão. A primeira complicação ocorreu quando as redes se enroscaram em um coral, o que ocasionou a perda de metade das linhas. Depois disso, o motor apresentou mal funcionamento, porém, não querendo perder tempo, a tripulação decidiu se infiltrar em alto-mar para tentar reverter o prejuízo.

Já no dia 1º de março, o Lucky Dragon 5 estava perto do Atol de Bikini, local onde alguns testes com bombas atômicas haviam sido feitos. Por problemas de comunicação, os tripulantes do barco nunca receberam um memorando no qual uma restrição de aproximação do atol havia sido expedida pelo governo japonês, após o anúncio americano de que pretendia testar uma bomba nuclear a hidrogênio no local.

As 6:45 da manhã, um enorme clarão surgiu no horizonte e, logo após, uma chuva de cinzas começou a cair sobre o barco. Apesar disso, os pescadores ignoraram o acontecimento e continuaram a pescaria. A “sorte” deles é que, naquele momento, o barco estava fora da zona de risco determinada pelos americanos, mas o que ninguém sabia era que a zona de risco havia sido muito mal calculada. Os americanos previam uma explosão de 6 megatons, porém a bomba liberou incríveis 15 megatons!

Sem saber de nada, os pescadores estavam expostos a uma radiação astronômica. No final da tarde, quando retornavam para a costa, os homens do mar começaram a sentir os primeiros problemas causados pela radiação. Todos se sentiam enjoados e não conseguiam comer. Em poucos dias, eles desenvolveram queimaduras em todo o corpo, as gengivas sangravam e os olhos estavam inchados, como se fossem cair do rosto.

No retorno ao Japão, o governo local colocou os homens em quarentena, porém o peixe acabou sendo vendido, o que ocasionou a morte de algumas pessoas em terra. O primeiro tripulante do barco a morrer foi o operador de rádio.

Por isso, em outubro de 1954, o filme Godzilla foi lançado no Japão, tendo como cena de abertura um barco sendo destruído pelo monstro que, em seguida, acaba matando o operador de rádio. No final das contas, todo o filme do Godzilla é uma grande crítica as armas nucleares e o que elas podem fazer a humanidade.