Países ricos escutam heavy metal

Muitas pessoas acreditam que o gosto musical de alguém revela muito sobre sua personalidade, mas o que o povo escuta parece mostrar também o desenvolvimento do país.




Da pobreza a riqueza

2012HeavyMetalPA-14227379211212

O heavy metal tem origem no lado pobre da sociedade, vindo de bairros operários, onde cresceu com um som pesado e letras que muitas vezes desabafavam sobre a situação ruim das pessoas e os problemas locais. Depois disso, o estilo cresceu e ganhou diversas ramificações e hoje é escutado em vários lugares do mundo.

Em 2012, uma pesquisa feita por Richard Florida revelou os lugares do mundo que possuem mais bandas de metal no meio da população. O mapa ficou famoso e chamou a atenção de muitas pessoas, pois, a primeira vista, podia-se notar que os locais com mais bandas desse tipo pareciam ser também algumas das nações mais desenvolvidas:

0b18e7af8

Vendo isso, o mesmo pesquisador foi atrás de mais dados para entender melhor essa conexão.




A riqueza do metal

heavy-metal-1

Os países nórdicos da Europa são reconhecidamente os locais com os melhores índices de qualidade de vida do mundo. Eles também são os que possuem o maior número de bandas de heavy para cada 100 mil habitantes, chegando a ter uma banda para cada 2 mil pessoas.

A conexão entre o heavy metal e a riqueza desses países é fraca, afinal poderia ser apenas coincidência. Só que a mesma coisa ocorre para quase todos os países do planeta. Ou seja, quanto mais metal um país escuta, mais desenvolvido ele parece ser.

Segundo o estudo feito por Richard, existem vários índices que estão relacionados com o gosto pela música pesada: Produção econômica per capita; nível de criatividade; empreendedorismo; níveis gerais de IDH e também o índice de bem-estar e satisfação com a vida.

Em praticamente todos os países, o número desses e de outros dados cresce da mesma maneira que o gosto por heavy metal, ou seja, quanto mais metal melhor é a vida das pessoas.

Claro que o fato das pessoas de um país escutarem um certo tipo de música não torna o local rico automaticamente, mas existe uma clara ligação entre o gosto musical e a riqueza local.

  1. Wander Wander

    17 de agosto de 2014 em 15:52

    sinais demoniacos sao vistos usualmente nos gestos dos roqueiros entao quem adora demonio herdarao este mundo e terao toda sorte de prosperidade mas na vida eterna as delicias e bonanças somente para quem serviu a Deus.diabo tentou Jesus a ter todas essas coisas boas que estes paises desenvolvidos tem ,as e como passagem de lazaro quem for vivo vera estas coisa.Rock e do demonio e suas vertentes.

  2. Priscila germanotta

    7 de junho de 2014 em 18:10

    eu gosto é de Black Metal

  3. Tony Iommi

    5 de junho de 2014 em 11:42

    Incrível como tem gente que se acha mentalmente superior aos outros por ouvirem um estilo de música internacional,sou um grande fã de heavy metal,mas respeito qualquer um desde funkeiro até rockeiro,não existe diferenças,desde que um respeite o outro,alguém que se acha superior a um funkeiro por ser “roquista” é na verdade um idiota,a inteligencia não esta no estilo musical,a inteligencia esta no bom senso.

  4. Rafaela Deacon

    4 de junho de 2014 em 16:39

    No Brasil se escuta o que mesmo ?

  5. Francisco Junior

    4 de junho de 2014 em 10:09

    De acordo com o mapa, o índice de bandas de heavy metal no Brasil não é nulo,ou seja,o Brasil tem ou já teve bandas de heavy metal,mas que bandas?

    • Priscila germanotta

      7 de junho de 2014 em 18:02

      Angra, Violator, Sepultura…

  6. Celsinho

    3 de junho de 2014 em 21:37

    A matéria tem em si um fundamento…mas gosto musical é algo inexplicável,eu sou do Maranhão(São Luís) e desde criança já sou acostumado a ouvir reggae,forró,”brega” e até funk as vezes,no entanto,a medida que fui ficando mais velho desenvolvi uma afeição por rock e sem influencia de ninguém (ninguém na minha família curte).
    Não sei explicar,não pelas letras e que tipo de mensagem passam mas sim pela melodia,eu gosto de simplesmente ouvir guitarra,baixo,bateria,teclado tudo num conjunto só…não necessariamente com vocal e por incrível que seja tem muitas músicas(rock) que me acalmam e são um tanto quanto “hardcore” kkk 😀
    Ah,e mais uma coisa…eu gosto de Rock e não punk,heavy metal,death,hard rock,black,”whatever” metal,etc.

  7. Elara Greenleaf

    3 de junho de 2014 em 09:46

    “Não importa quão delicada e frágil seja uma situação,sempre existem dois lados”-Verônica Shoffstall.Não,eu não gosto de funk-ao menos não o que chamam de funk atualmente-.Sim,eu curto Heavy Metal,mas acho infrutífero esse tipo de discussão.É simplesmente uma perda de tempo,pois,quem gosta de funk,obviamente irá defender o funk porque ele lhes parece mais aprazível,e igualmente quem curte Heavy Metal continuará defendendo seu ponto de vista,e todos tem sua porção de razão.Me parece razoável que aprendamos a convier pacificamente até porque ninguém deixará de gostar de determinado estilo musical apenas por que existem pessoas que discordam disso.Heavy Metal,ao contrário do que se imagina,não é só gritaria,e quanto aos funkeiros,continuo não gostando da música,mas preciso dizer que conheço muitos que são bem mais honestos,inteligentes e respeitosos do que muitos headbangers que conheci nesse-longo-tempo em que curto metal.Os cantores de funk fazem suas letras conforme pensam,e de acordo com o que lhes convém,mas nunca vi nenhum deles ‘amarrando’ seus fãs e os obrigando a fazer m**** em nome do funk.Da mesma maneira,acho RIDÍCULO pessoas que pensam que,por curtirem rock,punk,ou metal,tem que passar as 24 horas do dia de preto,de cara cheia,mudar-se para o cemitério e fazer pose de ‘fodão’,’adorador do diabo’ e brigando com Deus e todo mundo.Mais um ponto importante,no metal realmente as mulheres não exibem tanto o corpo quanto no funk(há exceções),mas um homem dizer que é feio ver mulheres mostrando os seios ou a bunda num show beira a hipocrisia.Também não gosto de músicas que explorem ou vulgarizem a imagem da mulher,mas eles-os funkeiros- tem o direito de discordar.O preconceito sempre existirá,independente do seu estilo musical,eu curto metal há 17 anos,meu filho de 9 também curte,e quando eu digo para alguém qual meu gosto musical, a reação é sempre essa:’mas você não se veste de preto,estuda,trabalha,é casada,vive bem com seu marido e filho,é voluntária,não bebe,não fuma,não usa droga e acredita em Deus!E é aí,que eu entendo como é ser julgada pela música que se ouve e não pelo seu caráter.

  8. Fabiano Lacerda

    2 de junho de 2014 em 20:17

    Deve ser um dos grandes motivos por ter tanto coxinha no ‘meio’.

  9. felipe oliveira

    2 de junho de 2014 em 09:21

    sinceramente, essas pessoas no minilua que comentam apenas para serem mais odiados que os outros,…isso acaba com os comentários…antes pessoas comentavam e debatiam pacificamente, agora só comentam para serem reconhecidos, além de achar em tudo um motivo para falar idiotices.
    Attwhore, minilua você está cheio de pessoas com baixa alta estima e com grande isolação além de muito insegurança que desrespeita os outros e no mundo de verdade fazem exatamente o que condenam.
    Sobre, o post, convenhamos entre nós, esse gráfico ai ta errado.O Brasil deveria ser bem mais claro
    ( ‘-‘)/ só dizendo

  10. OtakuSan

    2 de junho de 2014 em 00:18

    O link abaixo é uma reportagem sobre tribos musicais. Assistam a partir do do 5:14min que poderão ver os verdadeiros participantes desses movimentos falando realmente o que pensam, e tirem suas conclusoes sobre o que voces mesmos pensam, caso nao estejam jogando conversa fora por aqui.
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=ljbpeMWAgHo#t=312

  11. OtakuSan

    1 de junho de 2014 em 21:26

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    .
    Quando duas “forças” colidem
    .

    [img]http://fosfobox.s3.amazonaws.com/wp-content/uploads/2012/01/funk-rock-.jpg[/img]

    • Headpunker

      1 de junho de 2014 em 22:35

      Ué e só tem dj?

      • OtakuSan

        1 de junho de 2014 em 22:40

        Tres forças entao. Os DJs é que levam aos fãs seus ídolos preferidos quando os mesmo nao podem comparecer. Mas estamos falando da música e não dos músicos.

      • Headpunker

        1 de junho de 2014 em 22:36

        …Deve ser Rock industrial então!

    • Emmanov Kozövisck

      1 de junho de 2014 em 21:51

      DIABOS!

  12. Priscila Marinho

    1 de junho de 2014 em 20:26

    continuo detestando

    • Adriano Saadeh

      2 de junho de 2014 em 07:33

      Odeio esses rótulos que as pessoas adotam pra si, foi um dos motivos de ter abandonado a cena rock/metal aqui da região. O pessoal é deveras bitolado e alienado, como se ouvir uma coisa fosse delimitante para se ouvir só aquilo e saber tudo a respeito. Soam quase como religiosos fanáticos!

    • Priscila germanotta

      1 de junho de 2014 em 21:07

      Gentalha fedida,estúpida,se acham os fodões mas na verdade são uns estrumes da sociedade!

      E falam que quem ouve POP são “gays”
      Sendo que um dos maiores astros do “metal” queimava a rosca todo dia

      odeio headbangers e não o Heavy metal
      minha opinião emo e gótica

      • Kairos

        2 de junho de 2014 em 00:30

        tem uns q sao uns bosta msm
        mas as vezes zoar um pouco eh legal :v

      • Priscila germanotta

        1 de junho de 2014 em 21:10

        • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

          1 de junho de 2014 em 21:51

          Ainda fala isso com orgulho, tsc tsc tsc.

        • Gato Endiabrado

          1 de junho de 2014 em 21:44

          Não faça isso com o Lirous Monsters garota, você nos desonra
          Minha opinião Lourde e Avril

          • Priscila germanotta

            1 de junho de 2014 em 22:05

            eu sou lirou <3

          • Gato Endiabrado

            2 de junho de 2014 em 20:54

            S2 S2 ARTPOP

        • Marvelunatico

          1 de junho de 2014 em 21:16

          Da hora!
          Eu sou pop 😀

          • Gato Endiabrado

            1 de junho de 2014 em 21:45

            Não, eu curto Pop s2

          • Marvelunatico

            1 de junho de 2014 em 22:10

            Não, eu amo pop <3

          • Gato Endiabrado

            2 de junho de 2014 em 20:55

            Eu adoro POPs2 Lady GaGa s2
            wat
            wtf

          • Marvelunatico

            2 de junho de 2014 em 21:54

            Eu respiro POP <3 Backstreet Boys <3
            LOL
            HU3
            :3

          • Gato Endiabrado

            2 de junho de 2014 em 22:34

            Por favor, você nem sabe as últimas 3 músicas que fizeram sucesso. ¬¬

          • Marvelunatico

            3 de junho de 2014 em 00:44

            Tá de brincation uiti me?

            Do álbum Umbreakable de 2007:
            Inconsolable

            Do álbum This Is Us de 2009:
            Straight Through My Heart

            Do álbum In A World Like This de 2013:
            Show Em What You’re Made Of

            E tantas outras desde 1993 até hoje u_u

          • Gato Endiabrado

            4 de junho de 2014 em 07:39

            As últimas 3 músicas que pegaram #1 nos charts foi:
            Happy, Fancy e Problem

          • Major Bafo Mete

            6 de junho de 2014 em 00:58

            Os fãs da Lady Gaga são equivalentes aos fãs de JB em questão de boiolage.

          • Gato Endiabrado

            7 de junho de 2014 em 02:33

            Se uma belieber vê que ele postou uma foto no aniversário dela: AI MEU DEUS VOU MORRER
            Se um Littler Monster vê que ela postou uma foto niver dele: Finalmente

          • Major Bafo Mete

            7 de junho de 2014 em 03:52

            Ui Little Monster, com esse nome é capaz de ser mais viadage que as beliebers e directioners juntas.

          • Gato Endiabrado

            7 de junho de 2014 em 14:50

            ” As “? Então não vai ser viada.gem, vai ser vegonha alheia ou idiotice, e quem deu o nome Little Monster foi a própria Mother Monster.
            Nem fudendo que alguém consegue ser pior que esses dois juntos, por favor.

          • Major Bafo Mete

            8 de junho de 2014 em 00:37

            Você entendeu o que eu disse, e esse nome ai continua sendo via.dage, não importando quem deu o nome.

          • Gato Endiabrado

            8 de junho de 2014 em 01:59

            Mas é o que tem menos viadagem. u-u
            Rosqueiro

          • Major Bafo Mete

            8 de junho de 2014 em 03:18

            Fã de Lady gaga é tudo viado pô.

          • Gato Endiabrado

            8 de junho de 2014 em 18:02

            Quem curte rock também, pô.

          • Major Bafo Mete

            8 de junho de 2014 em 23:48

            Ta confundindo os bagui né cara, cara que gosta de POP que é viado, quem curte rock é macho.

          • Gato Endiabrado

            9 de junho de 2014 em 07:14

            Ri muito agora.

          • Coronel Lek das Cadeira

            9 de junho de 2014 em 21:22

            Rindo da propria viadage? Tem probrema não, Marcus Filicianu já ta procurando sua cura.

          • Gato Endiabrado

            9 de junho de 2014 em 22:51

            Rindo de você achar que rock é coisa de machão, ai, ai. Eu vou continuar gostando de POP e não importa quanto você diga que isso é gay, como se eu me importasse com a sua opinião.
            https://fbcdn-photos-h-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xpf1/t1.0-0/10441528_520973088028812_3402586119502112503_t.jpg

          • Comissário Lek das Cadeira

            9 de junho de 2014 em 23:53

            Tem probrema não cara, Marcus Felicianus já ta procurando tua cura, até la, tu pode só tentar se afastar do POP né, quebra todos os radios da sua casa, apaga todos os mp3 do PC, bloqueia os links das musicas de POP, etc.

          • Gato Endiabrado

            10 de junho de 2014 em 00:16

            Meu Deus cara, como você gosta de insistir em um assunto, por mais que ele não tenha a ver com você, você pelo jeito é mais um ” rosqueiro ” que se acha superior a tudo e todos.
            http://s16.postimg.org/txk35aekh/fodaci.jpg

          • Comissário Lek das Cadeira

            10 de junho de 2014 em 00:39

            Porra vei, não precisa ficar irritadinho porque o Felicianus ainda não achou sua cura, mas já disse, se isola do POP que a sua vida vai melhora, talvez tu ate deixe totalmente de ser viado.

          • Gato Endiabrado

            10 de junho de 2014 em 00:43

            Haha, o melhor tipo de pessoas é a com argumento, amo isso. <3
            E se você talvez abandonar o Ml seu ego diminua. “Irritadinho”
            Sim, estou morrendo de raiva

          • Comissário Lek das Cadeira

            10 de junho de 2014 em 01:05

            Só esqueci de citar que Felicianus ta fazendo tudo que pode pra achar sua cura, ok?

          • Gato Endiabrado

            10 de junho de 2014 em 21:48

            Deviam achar a cura pra rosqueiros que se cortam. ;3
            Eu mesmo que não tenho o ego inflado, não tenho nada de mais pra ter.

          • Comissário Lek das Cadeira

            11 de junho de 2014 em 01:37

            Pena que emos são do POP e do Emocore, e não do rock, né? fã de restart.
            E sim, você é o unico com ego inflado aqui.
            #NãoSePreocupeFelicianusJáTaBuscandoSuaCura

          • Gato Endiabrado

            11 de junho de 2014 em 19:22

            NÃÃÃÃO. Imagina, não existem emos no rock, com certeza não, existem machões que comem muitas ppks.
            KKKKKKKKKKKKKKKKKKK
            Eu tenho o ego inflado? Não! E se tivesse não seria o único, existe o Satirista aqui e ocê.

          • Comissário Lek das Cadeira

            13 de junho de 2014 em 20:00

            Você confunde Emocore com rock, mas não se preocupa que todas as bixas fazem isso, ta ligado? A, e Felicianus já ta quase achando a cura, só precisa de mais uns dias, o sinal de Cel do ceu ta um inferno, quase não da pra ouvir Gzuis no Cel…
            E não, não tenho ego inflado, o unico com ego inflado aqui é tu.

          • Gato Endiabrado

            14 de junho de 2014 em 21:37

            Sério? Por você acha que tenho o ego inflado.
            E calma, Jesus tá achando a cura pra vocês rockeiros que fazem pacto e fumam. Calma, calma…

          • Coronel Tretador de Tretras Tretadas Que Tretam Com Tretas

            16 de junho de 2014 em 21:14

            Seria uma pena se jesus não existisse, e seria uma pena se não existisse pactos com satã, e seria uma pena se todo rockeiro fumasse, e seria uma pena se todo fã de lady gaga fosse bicha, não, pera, esse ultimo ai é verdade, todo fã de lady gaga é bixa mesmo, e todo fã de pop é emo, isso não tem quem discorde, só as bixas emos que curte, né.

          • Comissário Lek das Cadeira

            10 de junho de 2014 em 01:04

            Pena que não estamos em uma discussão pra usar argumentos, né? Irritadinho que nem sabe o que é um argumento.
            E HAHA, olha quem fala de ego inflado…

          • Major Bafo Mete

            6 de junho de 2014 em 01:06

            Aqui a fonte dessa pesquisa bit.ly/1awUW8c

          • Major Bafo Mete

            6 de junho de 2014 em 01:08

          • Gato Endiabrado

            7 de junho de 2014 em 02:32

            Nossa, muito grasa, mô susto

          • Marvelunatico

            4 de junho de 2014 em 09:08

            Eu tô falando de BSB cara .-.

          • Gato Endiabrado

            4 de junho de 2014 em 19:45

            E eu de POP

          • Marvelunatico

            5 de junho de 2014 em 14:26

            BSB = POP
            BSB >>>>>>>> ALL

          • Major Bafo Mete

            5 de junho de 2014 em 15:05

            Erro ai cara, o certo é:
            BSB = POP = Via.dage
            BSB <<<<<<<< ALL

          • Gato Endiabrado

            5 de junho de 2014 em 21:46

            vsf

          • Major Bafo Mete

            5 de junho de 2014 em 02:51

            Whatever, as duas coisas é viadage.

          • Major Bafo Mete

            4 de junho de 2014 em 01:35

            Com wikipedia é facil.

          • Marvelunatico

            4 de junho de 2014 em 06:34

            Pesquisa na Wikipédia então u_u
            BSB <3 4ever and ever *-*

          • Major Bafo Mete

            5 de junho de 2014 em 18:38

            Mas foi tu que usou wikipedia né.

          • Marvelunatico

            5 de junho de 2014 em 19:01

            Não, só pra esfregar os prêmios na cara do Gato Emboiolado

          • Gato Endiabrado

            5 de junho de 2014 em 21:49

            Pesquise da Lady então 😀

          • Marvelunatico

            5 de junho de 2014 em 22:11

            Não chegam nem perto de BSB 😀

          • Gato Endiabrado

            7 de junho de 2014 em 02:34

            Quantos prêmios?
            Quantos anos eles estão cantando? c:

          • Major Bafo Mete

            8 de junho de 2014 em 03:11

            Não é isso que define se uma banda é boa ou não, e alias, nunca me importei por isso, mas então vou dar uma pequena pesquisada pros fanáticos ai.

          • Major Bafo Mete

            8 de junho de 2014 em 03:15

            LOL O comentario do Gato Endiabrado sumiu, mas enfim, tudo que sei é que começaram em 1992, mas tiveram um pequeno hiato, mas então irei pesquisar de quanto tempo foi o hiato, e quantos foram os premios.

          • Major Bafo Mete

            8 de junho de 2014 em 03:16

            Nem sumiu, é que eu respondi a porra do comentario errado.

          • Major Bafo Mete

            8 de junho de 2014 em 03:16

            LOL, cabei de perceber que eu sou burro e ele tava falando do marvel.

          • Major Bafo Mete

            8 de junho de 2014 em 03:17

            Então nem vo precisar pesquisar porra nenhuma, que bom.

          • Marvelunatico

            7 de junho de 2014 em 03:01

            20 anos de carreira e estima-se que no total mais de 1000 prêmios recebidos até o momento, incluindo o Record no Guiness como maior boyband de todos os tempos e grupo musical que mais vendas conseguiu na história, sem contar a estrela na calçada da fama. 🙂

          • Gato Endiabrado

            7 de junho de 2014 em 14:48

            Em 6 anos ela conseguiu mais de 300 ._. Tá, você ganhou 😀

          • Major Bafo Mete

            8 de junho de 2014 em 00:38

            No final, SOAD RULES, e só isso que importa, e alias, POP SUCKS.

          • Major Bafo Mete

            6 de junho de 2014 em 01:09

            O que importa é que SOAD RULES.

      • Marvelunatico

        1 de junho de 2014 em 21:09

        [img]http://s1.postimg.org/yjfwsd7wf/iscunjura_jisuis.jpg[/img]

        • Elara Greenleaf

          3 de junho de 2014 em 10:11

          “Odeio rótulos” Pois é.. a pessoa não se situa na vida,e ainda se acha no direito de criticar os outros.Odeio “rockistas” que ouviram uma música do Nightwish e se acham ‘os góticos,fodões,satanistas”.Cresça querida garota ‘emo e gótica'(?) e depois,só depois,apareça.

        • Mirai Kuriyama

          2 de junho de 2014 em 17:12

          “odeio rótulos”
          “Gentalha fedida,estúpida,se acham os fodões mas na verdade são uns estrumes da sociedade!” “gays” “queimava a rosca todo dia”

          • Gato Endiabrado

            2 de junho de 2014 em 20:54

            Você não tá vendo que ela tá sendo zuera?

          • Priscila germanotta

            7 de junho de 2014 em 18:00

            eu queria msm era ver os headbangers vindo me xingar aqui

          • Major Bafo Mete

            8 de junho de 2014 em 03:10

            Odeia tanto rótulos que acha que todos que xingam ela são Headbangers.

          • Major Bafo Mete

            4 de junho de 2014 em 01:53

            Nem ta, “ela” que é hipócrita mesmo.

          • Gato Endiabrado

            7 de junho de 2014 em 02:33

            Uhum.

        • Near

          2 de junho de 2014 em 00:01

          gótica de batom vermelho : POSER

          • Marvelunatico

            2 de junho de 2014 em 08:26

            kkk Boa observação

  13. Litzen Vampiro

    1 de junho de 2014 em 20:13

    Já ouvi diversos estilos, mas para min o melhor é o metal…

    • Kairos

      1 de junho de 2014 em 20:16

      pra mim tb

  14. Anna

    1 de junho de 2014 em 19:27

    Não sei se só a riqueza que pode definir uma preferência musical,se dois fatores levados em conta ali na pesquisa são IDH e criatividade há de se considerar que um país que tem estudo prefira musicas mais elaboradas não só metal,por exemplo,uma pessoa sem estudo não consegue entender coisas mais complexas,assim é com a musica,tive um professor de musica que dizia “Quanto menor a complexidade sonora maior é sua propagação sobre as masssas”,o que explica o funk,quem não gosta de coisas como o funk provavelmente já está em um nível mais elevado e não se contenta com sons mais básicos,daí o preconceito. O problema é que nem todo mundo quer mudar,ou acha difícil aceitar outros estilos,o que é uma pena,porque a musica é rica,e sempre se pode ouvir de tudo um pouco e experimentar novos sons,mas invariavelmente depois de elevar pouco a pouco o conhecimento musical,dificilmente voltamos a gostar de certos ritmos que fazem sucesso com as massas.

  15. Kurama Youko

    1 de junho de 2014 em 19:25

    Tá explicado porque o Brasil é tão pobre, mas pobre de cultura… :’(
    #tristefato

    • Priscila germanotta

      7 de junho de 2014 em 17:56

      não sou fake, mas podem achar o que quiserem, Germanotta é pq spu fã da lady gaga e não gosto do sobrenome Marinho

      • Priscila germanotta

        7 de junho de 2014 em 17:59

        logicamente quase todo mundo aqui tbm é fake, já que são poucas pessoas que usam o nome verdadeiro, foto e tals

        • Major Bafo Mete

          8 de junho de 2014 em 03:09

          É fake sim, os fatos dizem que é.
          E mulher com fake aqui, é traveco, ta ligado?

    • felipe oliveira

      2 de junho de 2014 em 09:29

      O Brasil tem muita cultura sim, quem não tem cultura são os Brasieiros.

      • Priscila germanotta

        2 de junho de 2014 em 12:37

        exato,Felipe.

    • Priscila Marinho

      1 de junho de 2014 em 20:40

      Generalizou legal ai fera parabéns, vá pegar seu diploma de retardado.

      • Kurama Youko

        3 de junho de 2014 em 12:05

        1°: não insultei ninguém e por isso exijo respeito, que você infelizmente não demonstrou…
        e 2° não generalizei nada, apenas disse a verdade…
        de que adianta um país ter “cultura” como você diz, se o povo não liga o mínimo, rejeita a própria cultura?
        é como se o país não tivesse cultura nenhuma, claro que isso tudo é na minha humilde opinião…

      • Marvelunatico

        1 de junho de 2014 em 21:20

        [img]http://geradormemes.com/media/created/x0sb29.jpg[/img]

        • Gato Endiabrado

          1 de junho de 2014 em 21:48

          A garota (ou travesti) falou a verdade ( o Brasil não tem uma cultura ~exatamente~ ruim, é que a gente só vê o lado ruim e não liga pro bom). Isso é triste :\

          • Kurama Youko

            3 de junho de 2014 em 11:59

            cara, se você até hoje não sabe que Kurama é um homem, parabéns pelo seu nível de dedução…
            😛

          • Marvelunatico

            3 de junho de 2014 em 17:39

            Na verdade..ele tava falando da mina gótica/emo/satânica ali… .-.

          • Major Bafo Mete

            4 de junho de 2014 em 01:43

            Deve se traveco tbm, como podem ver na imagem que deixarei abaixo, “ela” se trata de um perfil fake, e não duvido nada que seja um homem que esteja por trás da conta.
            Só consegui a imagem censurada, mas da pra ver claramente que se trata da imagem desse perfil, e podem ver que as descrições são praticamente iguais:
            [img]http://ovelhogaga.com/wp-content/uploads/2014/04/menina.jpg[/img]

          • Gato Endiabrado

            4 de junho de 2014 em 07:35

            Ela é traveco porque tem o nome Germanotta no nick :3

          • Major Bafo Mete

            5 de junho de 2014 em 00:29

            Opa, cabei de perceber, ela trocou de nome, outro fator que diz que “ela” é traveco.
            [img]http://prntscr.com/3psjtx[/img]

            [img]http://prntscr.com/3psjvt[/img]

          • Gato Endiabrado

            5 de junho de 2014 em 21:46

            Pra você que não sabe, ” Germanotta ” é o sobrenome do nome real da Lady Gaga

          • Major Bafo Mete

            6 de junho de 2014 em 01:01

            Então issai é traveco com 100% de chance.

          • Marvelunatico

            4 de junho de 2014 em 06:56

            Cara, ce tem que mandar curriculum pra NSA, CIA, FBI… o_o

          • Major Bafo Mete

            5 de junho de 2014 em 00:30

            HUEHUEHUE

          • Gato Endiabrado

            4 de junho de 2014 em 07:36

            Botão auxiliar do Mouse; Pesquisar essa imagem no Google.

          • Marvelunatico

            4 de junho de 2014 em 09:09

            Botão esquerdo do mouse > clica em responder > digita: “Foda-se” > clica em enviar

          • Gato Endiabrado

            5 de junho de 2014 em 21:45

            Mas você não fez isso. 😀 Pena.

          • Kurama Youko

            3 de junho de 2014 em 23:26

            ah tá…
            Eu cometi um engano…
            Pensei que aquele comentário foi dirigido a mim… 😛

          • Kurama Youko

            3 de junho de 2014 em 12:06

            *grande

      • Priscila Marinho

        1 de junho de 2014 em 20:44

        Brasil é o País mais rico em cultura, mas parece que só querem enxergar seu lado “inculto”

        • Kurama Youko

          3 de junho de 2014 em 23:35

          Eu só estou sendo realista, se o “povão” só entende-se por isso de cultura, o que eu posso fazer?
          É a mesma coisa de achar que torcer pra Seleção Brasileira é sinônimo de patriotismo, sendo que ser patriota é muito mais que apenas futebol… #fato

        • Senhor do Tempo

          2 de junho de 2014 em 00:12

          Pode até ser mas, do que adianta ter tanta cultura se ela não é valorizada?

        • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

          1 de junho de 2014 em 21:53

          Claro que nosso país é muito rico em cultura…

        • Thamara Thais Nunes

          1 de junho de 2014 em 21:42

          não acho que o Brasil seja cheio de cultura… temos sim uma base cultural muito boa, mas infelizmente só se enxerga no Brasil bunda, peito, futebol, axê… carnaval… entre outros..

    • Makarov Dreyar

      1 de junho de 2014 em 20:04

      Não entendi o que você quis dizer.

      • Kurama Youko

        3 de junho de 2014 em 12:08

        A nossa “cultura”parece que se resume em só aquilo, de carnaval, futebol, bunda, sendo que o Brasil deveria ser mais que isso tudo…

  16. Lucas Rodrigues

    1 de junho de 2014 em 18:18

    Então seguindo a lógica, se aqui no Brasil todos escutassem funk o desenvolvimento seria precário tanto intelectual quanto econômico. É fácil perceber através do mapa. Sei que atacar/citar o funk nesse tipo de matéria já tá manjado, mas é difícil resistir.

  17. Riddle Boy®

    1 de junho de 2014 em 18:10

    Mas nesses países há o maior índice de prostituição, de suicídios, de AIDS/SIDA de doenças sexualmente transmissíveis, de divórcios e de abortos.
    Os Estados Unidos vem à cabeça de todos eles.
    Mais de 1,6 milhão de abortos área cirúrgica só no ano de 2005.
    A Suécia tem um dos mais elevados índices de gravidez entre adolescentes.
    A Suécia está entre os países em que há mais crimes violentos no mundo.
    O índice de casamentos suecos é um dos mais baixos do mundo, e o número de divórcios vem aumentando.
    Na Suécia – O uso de drogas é abundante e o número de overdoses fatais dobrou nos dez anos passados.
    Os roubos são tantos que os cidadãos pararam de fazer boletim de ocorrência, pois a polícia sueca está sobrecarregada e não consegue investigar tudo.
    Só entre 1950 e 2000, o índice de roubos aumentou 3.604 por cento.
    A Suécia tem hoje um dos mais elevados índices de estupro do mundo.
    Entre 1950 e 2000, o índice de estupros na Suécia cresceu 356 por cento.
    No mesmo período, todos os crimes aumentaram 424 por cento.
    Está também aumentando o número de estupros cometidos por muçulmanos.
    um juiz do Supremo Tribunal da Suécia esteve envolvido num episódio escandaloso: Ele foi pego tentando pagar para ter sexo com um rapaz.
    A lei sueca é dura e inflexível contra os pais que tentam disciplinar os filhos, mas é tolerante com adultos que buscam sexo homossexual com rapazes.

    • Greg

      2 de junho de 2014 em 12:11

      É mais esses países não tem funk…

    • Eduardo Luiz

      1 de junho de 2014 em 21:25

      Cara, nossa, de onde você tirou essas informações? Os Países Nórdicos possuem o melhor bem estar social do planeta, e como assim a Suécia com os crimes mais violentos? Ou você tem algo contra a Suécia, ou achou essas informações em lugares (talvez) não confiáveis (ah, e também quero fonte dessas informações)

    • Emmanov Kozövisck

      1 de junho de 2014 em 18:45

      Maior índice de AIDS nos países Nórdicos?

  18. Dr.V

    1 de junho de 2014 em 17:37

    Interessante 😛

  19. Forasteira

    1 de junho de 2014 em 17:16

    Eu escuto heavy metal e afins e conheço muita gente que escuta heavy metal e afins. Somos desenvolvidos ou cabeças pensantes e com o mínimo de bom senso?
    Tem coisas que pesquisas não apontam. O censo crítico é uma delas.

    • Forasteira

      1 de junho de 2014 em 17:17

      E não é só de rock que vivem as pessoas, viu?
      Já me peguei ouvindo Adoniran Barbosa, Vivaldi e Iron Maiden.
      Onde está seu Catra agora?

      • Emmanov Kozövisck

        1 de junho de 2014 em 17:59

        Iron Maiden não faz parte de uma vertente do rock? Enfim… Adoniran Barbosa é um MITO da música brasileira. Gosto muito daquele velho, embora tenha poucas oportunidades de ouvi-lo. Entretanto, este belíssimo músico fez parte de minha infância…

        Além disso, mulher
        Tem outra coisa,
        Minha mãe não dorme
        Enquanto eu não chegar…

        • Adriano Saadeh

          2 de junho de 2014 em 07:29

          Adoniran é mito!
          Aquele velho boêmio compôs muita coisa boa

        • Forasteira

          1 de junho de 2014 em 18:09

          Eu quis dizer que escuto muito mais que só rock, vocês do ML estão de brinqueichon uite my feice.

          • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

            1 de junho de 2014 em 18:11

            Heavy Metal é um subgênero do Rock, apesar de que muitos digam que ele virou um gênero a parte, não entendo porque separa-lo do rock.

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:13

            Eu não separei ele. Tá fumando o que, amigo?

          • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

            1 de junho de 2014 em 18:18

            “E não é só de rock que vivem as pessoas, viu?
            Já me peguei ouvindo Adoniran Barbosa, Vivaldi e [b]Iron Maiden[/b].”
            Iron Maiden é Heavy Metal, a partir do momento que você disse que não escuta só Rock, e o citou, você estava separando o Heavy Metal do Rock, ou dizendo que a banda não se trata de Rock, e bom, na segunda opção você estaria agindo como o pessoal que você criticou anteriormente HUEHUEHUE

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:21

            Eu me expressei mal. Mas o que quis dizer é que escuto coisas [b]além[/b] do rock, entendeu?
            Não sou rockeira. Não sou indie. Não sou emo. Não sou da quebrada. Só sou eu e meu gosto eclético e maluco.

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:23

            E eu sou ANGREIRO!!!

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:30

            SOU ANGREIROÔ, SOU GUERREIRO, TÔ SOLTEIRO, QUERO MAIS O QUÊ?
            Que bosta…

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:33

            Forgive us…
            Our father…

            E sim, foi uma grande, gigante, estratosférica bosta.

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:36

            Eu sei. T.T
            Só o que me resta é implorar por perdão.

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:41

            Implorar por perdão para quem?

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:42

            Você nunca saberá.

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:46

            Misteriosa…

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:48

            Você realmente acha que eu iria me abrir tão facilmente assim?
            Bem, se pensava, estava errado. Redonda e perfeitamente errado.

          • Marvelunatico

            1 de junho de 2014 em 20:47

            CALA A BOCA TODO MUNDO, A FORASTEIRA ESTÁ CERTA, VOCÊS ERRADOS U_U

          • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

            1 de junho de 2014 em 20:55

            Ela é só uma pseudointelectual de merda.

          • Lucas D

            1 de junho de 2014 em 21:01

            Não começa com isso de novo cara

          • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

            1 de junho de 2014 em 21:49

            Isso o que?

          • Priscila germanotta

            1 de junho de 2014 em 20:59

            tenente, Mulher intelectual?! Hahahahahaha

          • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

            1 de junho de 2014 em 21:49

            Pseudointelectual mesmo.

          • Senhor do Tempo

            1 de junho de 2014 em 21:04

            pseudo*

          • Marvelunatico

            1 de junho de 2014 em 21:03

            O__O

            [img]http://s1.postimg.org/yjfwsd7wf/iscunjura_jisuis.jpg[/img]

          • Jeff Dantas

            1 de junho de 2014 em 21:11

            Hummmmm, mais 1 gótica! Bem-vinda ao site!! ^^

          • Marvelunatico

            1 de junho de 2014 em 21:15

            Safadjeeeenho

          • Marvelunatico

            1 de junho de 2014 em 20:57

            Não fala assim da Forinha…respeita ela u_u

          • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

            1 de junho de 2014 em 21:48

            Não respeito pseudointelectuais hipócritas.

          • Lucas

            1 de junho de 2014 em 20:49

            Só que não….

          • Marvelunatico

            1 de junho de 2014 em 20:52

            Sóque sim…

          • Marvelunatico

            1 de junho de 2014 em 20:53

            ‘-‘
            O que a falta de um espaço entre duas palavras pode fazer….

        • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

          1 de junho de 2014 em 18:02

          Iron Maiden é Heavy Metal, ainda não entendi porque ela citou Iron Maiden ali HUEHUEHUE.

      • Forasteira

        1 de junho de 2014 em 17:18

        Antes que alguém faça a piada… Lá vamos nós:
        “Engravidando alguém”
        http://instantrimshot.com/classic/?sound=rimshot

        • DCemblemático

          1 de junho de 2014 em 17:34

          Funk e coisa do capeta he-he-he

          • Terrorista

            1 de junho de 2014 em 18:01

            O FUNK ENSINA A MALANDRAGEM
            O ROCK ENSINA A VIADAGEM

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:09

            E você ensina merda.

          • Terrorista

            1 de junho de 2014 em 18:17

            Olha o respeito.Quer falar mal dos funkeiros com uma atitude dessas?
            Que coisa feia…

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:32

            Respeito é bom e todo mundo gosta, mas para ser respeitado, temos de respeitar.
            E você quer dar lição de moral com uma atitude dessas?
            Que coisa feia…

          • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

            1 de junho de 2014 em 18:43

            A partir do momento que você falou mal de algo, tem que estar aberto a criticas, la em cima, você falou mal de funk, então não tem muita moral pra dizer o que falou ai.

          • Wagner

            1 de junho de 2014 em 19:09

            Existe um termo muito utilizado que é o “Não mexe no que é meu”.
            É de nascença criticar e não aceitar ser criticado, infelizmente.

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 19:14

            Eu aceito muito bem ser criticada. A questão é que o Satirista não sabe criticar as pessoas e depois quer respeito em troca.

          • Terrorista

            1 de junho de 2014 em 19:20

            A questão é que você é hipócrita.

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:46

            O tempo todo que eu critico o funk, eu estou criticando o funk atual. Então quem não tem moral pra me julgar aqui é você.

          • Kairos

            1 de junho de 2014 em 18:58

            ainda falou mal
            lol

          • Terrorista

            1 de junho de 2014 em 18:56

            Não deixa de estar criticando e ofendendo quem curte o gênero.Você é bem hipócrita até.Está no nível dos usuários.

          • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

            1 de junho de 2014 em 18:56

            Não faz diferença se você esta criticando o funk antigo ou novo, o que importa é que você o criticou o gosto musical de alguns, então tem que estar aberta a criticas sobre o seu gosto musical, seria diferente se você tivesse argumentado e ele tivesse só criticado sem argumentar nada, mas como nenhum dos dois argumentou nada, o errado daqui é você, por achar ruim que ele te critique.
            E bom, esse final foi meio repetitivo sobre meu comentário la em cima, mas pelo que parece tem um pessoal que não interpreta o que eu falo, ai tenho que ficar repetindo, né?

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 19:03

            O povo já vai começar a criar treta. Ai que delícia…

          • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

            1 de junho de 2014 em 19:07

            Bom comentário de quem percebeu que esta errado e não quer admitir, em forasteira.

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 19:15

            Se quer que eu admita que estou errada, se isso vai fazer você se sentir melhor, então digo: estou errada pois interpretei mal seu comentário, estou errada por ter continuado com a discussão e estou errada por ter sido “hipócrita e estou errada por não usar a ironia em meu comentário.
            Estou errada e admito.

          • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

            1 de junho de 2014 em 19:22

            Meu intuito não é fazer você admitir que esta errada, mas conheço pseudointelectuais do seu tipo, e sei como os comentários deles funcionam, ali você estava encurralada e foi obrigada a mudar de assunto, por isso que comentei aquilo.

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 20:51

            Tá legal então se você acha que eu sou pseudointelectual (pessoas cujas eu odeio), pense o que quiser de mim.

          • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

            1 de junho de 2014 em 22:28

            Suas atitudes dizem que você é pseudointelectual.
            E claro, pseudointelectuais nunca admitem ser, por isso que você diz que os odeia.

          • Terrorista

            1 de junho de 2014 em 18:41

            Não desrespeitei ninguém,apenas disse um fato.Uma frase memorável.

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 17:41

            Não cara, não. Nem o Capeta quer isso…

    • Forasteira

      1 de junho de 2014 em 17:16

      *senso crítico

  20. Gato Endiabrado

    1 de junho de 2014 em 17:16

    Escutam e apreciam*, não são só modinhas que pensam que são melhores que todos.

    • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

      1 de junho de 2014 em 17:50

      Não se tratam de modinhas, a competição de gostos é algo normal do ser humano, mas como hoje em dia tudo virou modinha né…

      • Gato Endiabrado

        1 de junho de 2014 em 18:17

        Ai, ai. É porque você nunca viu umas certas páginas do facebook.

        • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

          1 de junho de 2014 em 18:25

          Odeio facebook cara, só uso pra conversar com uns mano de vez em quando.

      • Forasteira

        1 de junho de 2014 em 17:53

        Na verdade é…
        Aí você pergunta pra mina e ela diz: “Sôl rosqueira, posrra. Gostu di Níquelbeque i di Évril Lavinhe.”

        • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

          1 de junho de 2014 em 17:58

          Nunca vi nenhum ser desses, o máximo que vejo é funkeira usando camisa de banda de rock, mas nesses casos elas não se auto-intitulam roqueiras, só se trata da ignorância delas contanto ao rock.

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:08

            Eu já vi vários desses seres, além de funkeira usando camisa do Ramones achando que é marca de roupa. Nossa sociedade está perdida.

          • Marvelunatico

            2 de junho de 2014 em 08:12

            Eu vi esse trocadilho aí e.e

          • Thiago.

            1 de junho de 2014 em 18:21

            Blusa jack daniel’s achando que é banda, também… 😉

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:23

            A música que eu mais curto é “Drinking All Night Long”
            #VaiTerShow

          • Gato Endiabrado

            1 de junho de 2014 em 18:19

            BLUSA DO RAMONES
            KKK
            RI MUITO AGORA

          • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

            1 de junho de 2014 em 18:24

            HUEHUEHUE Ramones é foda pô.

          • Gato Endiabrado

            1 de junho de 2014 em 21:42

            Não é isso, é que foto daquele gordinho ~provavelmente você~ usa a blusa do Ramones e ela estava falando disso com você. ._.

  21. Senhor do Tempo

    1 de junho de 2014 em 17:09

    Modo Hue: ON

    A conexão entre o funk e a pobreza do Brasil é forte. Só que isso ocorre apenas com o Brasil pois aqui o funk domina. Ou seja, quanto mais funk o Brasil escuta, mais pobre ele parece ser.

    Segundo o estudo feito por um funkeiro qualquer, existem vários índices que estão relacionados com o gosto por funk: Pobreza nas letras; baixa criatividade; empreendedorismo no tráfico; e também o índice de mal-estar e problemas auditivos graves.

    [img]http://vivirahora333eugeniosar.files.wordpress.com/2014/03/atormentado.jpg[/img]
    “imagen de uma pessoa que alega ter ouvido funk uma semana atrás.”

    • Rafael Silva

      19 de junho de 2014 em 09:29

      Gênial hahaha…

    • Alucard1978

      11 de junho de 2014 em 13:50

      Nada conntra o funk. E nem contra a riqueza deles. Mas é um lixo de música, sem mais. Sério cada um ouve o que quer. Mas é lógico que a riqueza dos países nórdicos tem a ver com a manutenção de sua cultura.

      • Senhor do Tempo

        11 de junho de 2014 em 21:22

        Pois é né :3

    • OtakuSan

      1 de junho de 2014 em 21:23

      Pra mim os dois fazem o mesmo “barulho”. Mas pelos menos do rock ainda da pra tirar algumas pérolas raras.

    • eduardo (eduh)

      1 de junho de 2014 em 18:51

      muita letra em inglês por ai e mais escrota até mesmo pior do qe os funk daki, principalmente as de eletronico(baladinha)é só oc vê um video ”as merda que você escuta”, tem até rosque falando de vagina(mas musica até dahora)
      http://revista.cifras.com.br/noticia/baixista-do-red-hot-chili-peppers-flea-se-revela-fa-de-mc-guime-e-toca-musica-do-funkeiro_9252

      • Rafael Silva

        19 de junho de 2014 em 09:31

        Nesse exato m omento estou escultando essa música http://www.vagalume.com.br/iron-maiden/flash-of-the-blade-traducao.html,deixei até a tradução pra ver se a algo de escroto nela,se quiser olhar as outras tb va em frente…

      • Zeref

        2 de junho de 2014 em 13:54

        Aí sim fomos surpreendidos novamente

      • Senhor do Tempo

        1 de junho de 2014 em 19:23

        pois é velho e por isso que eu so gosto daqueles rock mais antigo 😀

      • Thiago.

        1 de junho de 2014 em 19:09

        Exemplo:
        http://letras.mus.br/torsofuck/
        E eu escuto. Valeu.

    • Senhor do Tempo

      1 de junho de 2014 em 17:10

      imagem

  22. André Silva

    1 de junho de 2014 em 16:57

    E o Brasil escuta funk. Agora pergunta se estamos ricos?

    • felipe oliveira

      2 de junho de 2014 em 09:36

      problema é o Funk carioca, as letras, as pessoas, os cantores, o que mais me irrita em uma música, independente de gênero é se faz alguma apologia à algo errado ‘-‘
      O que o funk faz é falar de coisas ruins, além de generalizar e ter letras que vão totalmente contra os princípios e o correto da sociedade, além de “Esculaxar” o ser humano por qualquer característica e realmente incomoda você ser obrigado a ouvir um som co uma batida chata, uma letra pior e um vocal para ferrar com seus ouvidos ‘-‘
      sem falar no estilo das roupas ouvidos por essas pessoas, e o estilo de vida-‘

    • Mirai Kuriyama

      1 de junho de 2014 em 20:36

      Ei, as vezes vocês falam de funk de uma forma tão generalizada que dá raiva. Funk é um estilo musical brasileiro, sim, mas se for seguir esse conceito, no Reino Unido já surgiu muita escória musical (no teu conceito), mas outros estilos que foram praticamente os pais da música. O Brasil tem música boa sim, e se eu fosse tu pesquisava e simplesmente deixava de ser um menino marrento que fica se mordendo pela vida alheia. Selvagens à Procura de Lei, Vivendo do Ócio… tem tantas boas bandas atuais…

      • André Silva

        1 de junho de 2014 em 21:14

        Aí cara, funk é uma merda sim!! Não vou nem perder o meu tempo pesquisando musicas pq já basta o que tenho que aturar na TV, na rua, no ônibus, na minha casa (eu tenho um vizinho chato que todo sábado coloca umas músicas chatas pra cacete no último volume, o que vai de tarde até a noite).
        Não sou marrento, só estou dando a minha opinião, e se você não aceita a opinião alheia o marrento aqui é você.
        Tenha uma boa noite e vá escutar música de verdade!

        • Mirai Kuriyama

          2 de junho de 2014 em 17:11

          Você leu metade do que eu falei? Em momento algum falei que funk é bom, e apenas comentei que o BRASIL tem músicas boas sim. Se tu é tão alienadinho nesse povo que fica “funk é uma merda” e acha que só tem isso no Brasil, o problema é teu, mas não generalize algo que não é da conta de muita gente.

    • Near

      1 de junho de 2014 em 19:52

      pelo o q o governo gastou na copa eu acho q o brasil n é pobre n

    • ultramen Tiga

      1 de junho de 2014 em 17:07

      nego é pobre, e acha que todo mundo também é .
      heuheuheuhe

      • Emmanov Kozövisck

        1 de junho de 2014 em 18:09

        Negro? RACISTA!

        • ultramen Tiga

          1 de junho de 2014 em 18:16

          heuheuheuhe eu sou negro então eu posso falar XD

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:18

            Quer uma bananinha, macaco? Brincadeira, pois eu não posso ser racista, já que sou miscigenado (caucasiano, negroide e mongoloide).

          • ultramen Tiga

            1 de junho de 2014 em 18:25

            kkk o legal é que mongoloide tem dois sentidos XD

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:30

            Mas você sabe o motivo pelo qual a palavra mongoloide tem dois sentidos? Não responda, pois eu irei explicar-lhe de qualquer forma, renegado imperdoável. Como mutos já sabem, aqueles que sofrem de Síndrome de Down apresentam uma característica em comum com os asiáticos: os olhos ligeiramente puxados. Assim, a palavra mongoloide se tornou um termo pejorativo para indicar baixo quociente de inteligência, algo deplorável.

          • ultramen Tiga

            2 de junho de 2014 em 00:11

            poxa nem sabia, malz aew
            agora a piada perdeu a graça D:

          • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

            1 de junho de 2014 em 18:23

            Cientificamente somos todos macacos, então sim, você pode chamar ele de macaco, assim como pode me chamar de macaco, ou chamar qualquer outro de macaco, não entendo porque alguns levam esse termo pro lado ofensivo.

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:27

            Oh, perdoe-me, eu me esqueci. Mas reconheço que o termo macaco se aplica ao gênero biológico; logo, todos os humanos são macacos. Entretanto, algum ser distinto utilizou este termo de forma pejorativa contra os negroides, ele foi popularizado e ainda hoje muitos o utilizam como forma de racismo.

          • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

            1 de junho de 2014 em 18:40

            Na verdade, não existe nenhum gênero biológico chamado macaco, e sim um chamado macaca, e não é pela existência do gênero macaca que só as especies dentro dele que devem ser chamados de macacos, acho difícil de explicar em muitos detalhes sem estar conversando com você na vida real, mas resumidamente, todos os animais da ordem dos primatas são macacos(humanos são primatas, caso você não saiba).
            E sim, eu percebi a ironia do seu comentário, só achei que seria bom dizer isso.

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 20:00

            E sim, eu já sei de tudo isso. O termo “macaco” é informal e utilizado pela população para indicar os animais do gênero primata. Como os humanos têm um descendente em comum da ordem dos primatas, somos primatas e, posteriormente macacos, independente da etnia.
            Eu não sou burro, rapaz.

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:24

            É como chamar um cara de gay.
            Ao invés de ele simplesmente dizer: “Não sou gay, mas não vejo problema algum em ser.”
            Ele responderá: “Para de putaria sua bicha loca, deixa de dar a bunda e vai procurar teu macho” ou algo do tipo…

          • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

            1 de junho de 2014 em 18:31

            Se quer saber a verdade, apesar de zuar os outros de gay, não vejo problema em alguém ser gay, pois ele nasceu gay e não pode fazer nada pra mudar isso, xingar gays por eles serem gays é tipo xingar negros por eles serem negros. E alias, mesmo se a pessoa não nascesse gay, e sim fosse uma escolha dele, eu ainda não veria problemas, afinal, o cu é dele, não meu.

      • André Silva

        1 de junho de 2014 em 17:22

        Claro que nem todo mundo é pobre no Brasil, assim como nem todo mundo em um país rico é rico, mas me refiro à maioria da população.

      • Forasteira

        1 de junho de 2014 em 17:19

        Você já viu algum rico, que mora em bairros nobres, frequenta lugares da mais alta sociedade e tem uma bolha de playboys ao seu redor ouvir funk? Se ouvem, não admitem…

        • ultramen Tiga

          1 de junho de 2014 em 18:09

          primeiro de tudo WHAT nigga?
          eu falei que o andré é pobre, e culpa o funk XD

          sim Forasteira eu conheço algumas pessoas que são ricas, mas nunca cheguei a falar com nenhum playboy
          “e desde quando ser playboy indica que esta pessoa é melhor entendedor de música? .-. ou melhor desde quando ser playboy significa que esta pessoa é mais culta?

          mudando de assunto… aqui perto estádio panetone(morumbi hue hue)tem muita gente que gosta de funk,
          E ao mesmo tempo que está tentando uma vaga na academia de musica de Londres.
          o funk não é pior ou melhor que outra musica qualquer é apenas mais uma, uma musica não faz uma população mudar, apenas reflete a mudança.

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:12

            É como eu sempre digo, o funk em si é um ritmo bom, as letras e as atitudes dos locais (lê-se baile funk) e dos artistas que o cantam é ó: uma bosta.

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:16

            O ritmo era bom, mas hoje é ridículo. A sonoridade é a mesma e pode ser feita por qualquer um que jamais tenha estudado música; eles plagiam ritmos de músicas pop de forma nojenta; as letras me deixam com extrema repulsa; os seus ouvintes me dão nojo. A única época na qual o funk era bom foi em seu nascimento no Brasil, no qual era produzido para denunciar as condições da pobreza da população brasileira.
            A música “Eu só quero é ser feliz” é um bom exemplo de um funk de qualidade.

          • Lucas Rodrigues

            1 de junho de 2014 em 18:25

            Exemplo de funk de qualidade é (era) Claudinho e Buchecha. Tinham um ritmo mais consistente, nenhuma apelação sexual e não tinha uma sonoridade de dar asco como essas que eu tenho o azar de ouvir atualmente em qualquer rua, esquina. Só tenho a lamentar que este tipo de funk jamais irá voltar a ultrapassar nossos canais auditivos enquanto esta merda de funk ostentação continuar espalhada por aí como um vírus ._.

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:18

            Saudades do:
            “Glamurosa, rainha do funk
            Poderosa, olhar de diamante
            Nos envolve, nos fascina
            Agita o salão
            Balança gostoso
            Requebrando até o chão”
            E sim, eu lembro dessa letra de cabeça.

          • Lucas D

            1 de junho de 2014 em 22:47

            “Eu to tranquilão
            To numa boa
            To curtindo o batidão”
            Essa é dahora tbm. =P

          • Major Bafo Mete

            8 de junho de 2014 em 03:07

            Esse ai é da venarkia…

          • Forasteira

            8 de junho de 2014 em 14:58

            Que nada. Venoninho Etstueme rules (pero no).

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:23

            Eu não gosto dessa, pois a partir daí a erotização das músicas começou. Gostava da época na qual as críticas sociais eram frequentes.

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:27

            Mas o ritmo é legal, poxa.
            Claro que as críticas sociais (seria um rap “otimizado”) sempre são melhores…
            “Eu só quero é ser feliz
            Andar tranquilamente na favela onde eu nasci,
            É
            E poder me orgulhar
            E ter a consciência
            Que o pobre tem seu lugar”

          • Lucas Rodrigues

            1 de junho de 2014 em 18:33

            A letra é até aceitável porque tem uma crítica, mas o ritmo é muito ruim… e daí foi pra pior ._.

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:36

            Ora, era este o ritmo que os desfavorecidos socialmente tinham. Eles não tinham grandes estúdios de gravação com tecnologia de última geração, mas sim poucos equipamentos que permitiam-lhes gravar uma música.

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:36

            E veja o tecnobrega hoje…

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:42

            NUSS!

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:32

            Sim, o ritmo é legal, não discordarei de você. Mas eu, particularmente, não gosto de músicas que visam a erotização.

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:12

            Discordo de seu último apontamento. O ciclo de mudanças é constante: a música muda a sociedade e a sociedade muda a música. A música me mudou como ser, e eu, hoje, mudo a música. É um ciclo vicioso.

        • Emmanov Kozövisck

          1 de junho de 2014 em 18:08

          Sinceramente, eu já vi. Como disse anteriormente, uma das escolas na qual estudo é particular e em alguns intervalos diversas músicas tocam com o intuito de entreter os jovens. E, curiosamente, no ano passado, houve um dia no qual funk foi tocado e, acreditem, muitas meninas e meninos se reuniram com roupas tipicamente ostentadoras para apreciar o lixo sonoro. E os ricos da minha escola são BEM ricos: meu professor de matemática disse-me, certa vez, que o pai de uma estudante do colégio era um dos grandes empresários do nordeste, que ganha milhões e milhões.
          Acredito que não há uma relação direta com a riqueza, mas sim com o desenvolvimento cognitivo. Eu jamais vi um leigo ouvindo funk. Ricos, já vi muitos.

          • ultramen Tiga

            1 de junho de 2014 em 18:14

            verdade, mas se você fala isto para alguém que não está vendo não acreditam .-.
            sei lá é como se fosse um mundo totalmente diferente para eles.
            acredito que eles tenham um preconceito muito grande quanto aqueles que tem um poder aquisitivo um pouco maior.
            tipo Rico=> inteligente, branco,playboy,apreciador de vinhos e champanhes,carros muitos carros e motos, escolas particulares.

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:22

            Esta é a visão da sociedade ignorante, pois trata-se de uma generalização.

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:11

            Bem. Se você diz, então está dito.
            Hoje fui fazer em uma prova preparatória para o vestibulinho para ETECs e pra Termomecânica (meu objetivo) e pensa numa escola de boy… Pelo amor do Universo, a riqueza exalava no ar.

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:14

            Por falar em provas a serem prestadas, você ainda não me solicitou ajuda com os documentos físicos que tenho. Ainda pretender ter acesso a tais informações?

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:17

            Eu estava esperando por um momento em que eu estivesse livre para tal. Durante esta semana, contactarei vosmicê.

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 18:21

            Oh, minha cara, devo avisá-la que será difícil contactar-me esta semana, pois estarei excepcionalmente ocupado. Manifeste-se comigo aos fins de semana, pois, nestes dias, tenho maior liberdade e controle do tempo. Vosmicê? Oh, eu prefiro utilizar Vossa Mercê.

          • Forasteira

            1 de junho de 2014 em 18:22

            Sem problemas, Vossa Mercê.

          • Kuzan

            1 de junho de 2014 em 22:25

            Você é = Vossa mercê porém abreviado, logo sua frase seria: Sem problemas, você?

          • Forasteira

            2 de junho de 2014 em 14:04

            Ele quer que o chame de Vossa Mercê, então vou chamá-lo assim, não importa se está de acordo ou não com a norma culta da língua portuguesa.

          • Makarov Dreyar

            1 de junho de 2014 em 20:02

            Enquanto eu falo “agente somos” tem gente falando Vossa Mercê no Minilua rsrsrrs

          • Francisco Junior

            4 de junho de 2014 em 10:41

            “A gente faz carro
            E não sabe guiar
            A gente faz trilho
            E não tem trem prá botar
            A gente faz filho
            E não consegue criar
            A gente pede grana
            E não consegue pagar…

            Inútil!
            A gente somos inútil!
            Inútil!
            A gente somos inútil!”

          • Forasteira

            4 de junho de 2014 em 14:32

            Ai, ai, me lembrou do último Dia do Rock que eu passei no Paço Municipal de Santo André num show do Ultraje… Tirando a brisa de maconha, foi foda.

          • Francisco Junior

            6 de junho de 2014 em 11:04

            E ainda tem gente que fala de Ultraje como se fosse apenas palavrões e putaria.Esses,sim,são pseudo-intelectuais

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 21:50

            HUEHUEHUE.

  23. Marvelunatico

    1 de junho de 2014 em 16:49

    Enquanto isso no Brasil:

    [img]http://www.bastidoresdatv.com.br/site/wp-content/uploads/2014/04/mc-guime-funk.jpg[/img]

    [img]http://static1.purebreak.com.br/articles/6/44/26/@/24860-mc-gui-diapo-1.jpg[/img]

    [img]http://www.pop.com.br/arquivos/c/cat/catracelebridades080812/661502_catraINTjpg.jpg[/img]

    ¬¬

    • OtakuSan

      1 de junho de 2014 em 22:43

      Nao vou defende o outro lado, ma usar esse tipo de imagem eu tambem sei fazer:
      .
      Enquanto isso no Brasil:

      [img]http://i241.photobucket.com/albums/ff16/mafihotz/altele/altele2/body-piercing-1.jpg[/img]

      [img]http://s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2011/09/25/brazil-rock-in-rio_fran8.jpg[/img]

      [img]http://cartasparapi.com.br/userfiles/images/Serguei.png[/img]

      • Marvelunatico

        1 de junho de 2014 em 23:01

        Melhor que os funkeiros retardas mil vezes de tanga no sol

        • OtakuSan

          1 de junho de 2014 em 23:06

          kkkkkkkkkkkkkkkkkk. Gostei da sinceridade.

      • OtakuSan

        1 de junho de 2014 em 22:49

        E nao me desculpem os erros de portugues, todos fazem iço.

    • Tenente Istrumus Rorudos da roda dos paranaue/Ordem dos HUEBR

      1 de junho de 2014 em 17:59

      Esses não são os piores, acredite…

    • Kairos

      1 de junho de 2014 em 17:36

      e tem uns metal bao tb

    • DCemblemático

      1 de junho de 2014 em 17:29

      Tudo paulista, no RJ não tem isso he-he-he

      • Kuzan

        1 de junho de 2014 em 22:21

        É né? Até por isso que se chama funk carioca.

      • Marvelunatico

        1 de junho de 2014 em 20:44

        Tá bom…HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

      • Emmanov Kozövisck

        1 de junho de 2014 em 18:05

        Sim, claro…

    • Gato Endiabrado

      1 de junho de 2014 em 17:22

      Mr. Catra teve um banda de rock, e é formado em umas coisas aí…

      • Mirai Kuriyama

        1 de junho de 2014 em 20:29

        Além disso, Mr. Catra é pai de 25% da população brasileira (quase coloca inveja em Abraão) e pode muito bem ser seu parente e tu nem saber. ~zoeiras a parte

    • Repede

      1 de junho de 2014 em 16:57

      Não entendi do garoto com a banana?

      • ultramen Tiga

        1 de junho de 2014 em 17:07

        eu também .-.
        sei lá ele deve estar apoiando aquela campanha do somos todos símios .-.

        • Repede

          1 de junho de 2014 em 17:11

          Ou o marvel gosta muito de babana e fez uma hoMÉNAGE.

          • Marvelunatico

            1 de junho de 2014 em 20:51

            “hoMÉNAGE”

            [img]http://3.bp.blogspot.com/-gpvGG8JK51g/Ua8lSLfAXqI/AAAAAAAAAM0/6VhBzWcxikM/s200/400038_421626804574533_939848440_n.jpg[/img]

          • Gato Endiabrado

            1 de junho de 2014 em 17:21

            Eu chamo de suruba. ‘-‘

        • Senhor do Tempo

          1 de junho de 2014 em 17:11

          aquele é o mc gui .-.

  24. Giuliano Rodrigues

    1 de junho de 2014 em 16:49

    É de se imaginar que um país que gosta de funk e “sertanojo” esteja na m…

  25. Jeff Dantas

    1 de junho de 2014 em 16:47

    Olha.. com tanta coisa ruim, eu não sei o que é pior: se o funk, axé, sertanejo! Aliás, o que esperar do Brasil? Um país onde nada é valorizado! Ou melhor, apenas bundas, peitos, e futebol… http://cdn.elhombre.com.br/wp-content/uploads/2013/11/3041018.jpg

    • OtakuSan

      1 de junho de 2014 em 21:32

      Esse tipo de música sim gerou alguns gênios da humanidade, que contribuíram com seu belo trabalho.
      .
      Gritaria so traz insanidade.
      .

      [img]http://mais.selecoes.com.br/img/produtos/thumb_5genios_da_musica_classica.jpg[/img]

    • Emmanov Kozövisck

      1 de junho de 2014 em 18:04

      Não entendo o porquê do desejo sexual com seios e glúteos. Eu não vejo nada de atrativo nessas áreas do corpo feminino, e direi-lhes o porquê. Em minha concepção, os glúteos remetem ao ânus, e o ânus é o local no qual saem os excrementos humanos; logo, não há motivo racional para que eu aprecie esta região (chego a ter até repulsa). Em relação aos seios, os femininos não se diferem muito dos meus. A única diferença é que os seios femininos são volumosos par produzir leite, e os meus não. Se eu quero algo volumoso, basta eu me masturbar com um balão de hélio.
      Entretanto, não tenho nada contra com aqueles que têm tais desejos, afinal, a biologia e a psicologia são complexas…

      • DCemblemático

        1 de junho de 2014 em 19:06

        kkkk eu não paro de rir kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        • Emmanov Kozövisck

          1 de junho de 2014 em 19:57

          E o he-he?

          • DCemblemático

            1 de junho de 2014 em 20:19

            Depois dessa, so sobrou kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          • Thiago.

            1 de junho de 2014 em 20:44

            HUHAUHAUHAUAHUAHUAHUAHUA’

      • Terrorista

        1 de junho de 2014 em 18:08

        Pois é meu camarada…Você é gay!

        • Mirai Kuriyama

          1 de junho de 2014 em 20:27

          Não cara, se ele fosse gay ele não teria nojo do ânus, se tu me entende.

        • Emmanov Kozövisck

          1 de junho de 2014 em 18:34

          E você pegou seu exame de homossexualidade na mesma clínica que eu?

          • Terrorista

            1 de junho de 2014 em 18:44

            “Exame de homossexualidade”
            Eu tô sentindo aqui uma espécie de “homossexualismo é doença,cura gay eles,heil feliciano”

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 19:02

            A palavrada homossexualismo não deve mais ser utilizada, pois a homossexualidade não é uma doença. Vá estudar, vencedor do ENEM!

          • Terrorista

            1 de junho de 2014 em 19:06

            Você quem deveria ir estudar.Não consegue nem entender meu comentário…

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 19:58

            Silêncio, pois você mal sabe separar o ponto final de uma palavra.

          • Terrorista

            1 de junho de 2014 em 20:14

            Já voltou a fazer comentários pseudointelectuais?

          • Emmanov Kozövisck

            1 de junho de 2014 em 21:49

            Já voltou a ser tr00lzão?

    • Marvelunatico

      1 de junho de 2014 em 16:50

      Quem vê pensa você não curte umas bundas e peitos…
      Mas funk é um lixo escroto mesmo 😀

      • Terrorista

        1 de junho de 2014 em 18:03

        Rock também não é grande coisa.

        • Emmanov Kozövisck

          1 de junho de 2014 em 18:34

          Maior do que o seu ego não deve ser…

      • Jeff Dantas

        1 de junho de 2014 em 16:53

        Simmmm, mas não nesse contexto! Uma coisa, eh um ensaio, um projeto específico! Agora funk…

        • ultramen Tiga

          1 de junho de 2014 em 17:09

          hipocrisia do caraiba heuheuhe

        • Logan

          1 de junho de 2014 em 16:59

          Jeff, quando vc vai mandar algumas curiosidades sobre o Slipknot?? E o Big Hits??

          • Kairos

            1 de junho de 2014 em 19:52

            jah teve

          • Logan

            1 de junho de 2014 em 17:00

            O big hits do mesmo hein, antes que os trolls comecem a zueira!!

  26. Repede

    1 de junho de 2014 em 16:44

    ……quanto mais metal um país escuta, mais desenvolvido ele parece ser.
    ……quando mais Funk um país escuta, mais _ _ _ _ _ _ ele parece ser.

    • Gato Endiabrado

      1 de junho de 2014 em 17:20

      ostentação ele parece ser
      http://i1.ytimg.com/vi/pVmgQOvO33g/maxresdefault.jpg
      é nois
      http://i1.ytimg.com/vi/8VD3FI1Oxso/maxresdefault.jpg
      a noite é bela, pq é nóis que dormi nela – Lunático, Marvel

      • Marvelunatico

        1 de junho de 2014 em 20:48

        lol
        HUEHEUHEUHEUHEUHEUHEUHE

        • Gato Endiabrado

          1 de junho de 2014 em 21:51

          HUEHUEHEUHEUEHEUHEUEHUEHUE
          Meu Deus lol

      • Forasteira

        1 de junho de 2014 em 17:23

        Dickênis approves dis poste.

        • Gato Endiabrado

          1 de junho de 2014 em 21:51

          Quer usa o Dickênis é o Renan
          #acordabrasil

  27. Lhama Charmosa

    1 de junho de 2014 em 16:41

    e países sub-desenvolvidos escutam oq?

    [img]http://www.bemhumorado.com.br/wp-content/uploads/2013/05/risada-o.gif[/img]

    huehuebrbr

316 Comentários
mais Posts
Topo