Minilua

Pequenos erros que mudaram a história

A história é escrita tanto com erros quanto com acertos e, as vezes, apenas um ponto fora de lugar ou uma porta esquecida podem mudar o rumo da história:

O espinafre

Muito antes do Popeye fazer com que o espinafre se tornasse um alimento conhecido em todo mundo, existiu um pequeno erro que gerou uma lenda em volta dessa planta. Em 1870, um químico alemão estava trabalhando em diversos alimentos para mapear alguns de seus principais nutrientes.

Durante o processo, ele chegou a conclusão que o espinafre tinha 3,5 mg de ferro para cada 100 gramas do alimento. Até aí tudo bem. Mas na hora de publicar sua descoberta, o autor acabou errando o ponto de lugar e o que veio a público foi um valor de 35 mg por 100 gramas. Isso chamou a atenção das pessoas ao redor de todo o mundo e, do dia para a noite, o espinafre se tornou uma das comidas mais nutritivas do planeta!

O erro de lugar do ponto aumentou as vendas de espinafre, criou lendas e foi exatamente isso que determinou qual a comida preferida do famoso Popeye. Até hoje, muitas pessoas acreditam que o espinafre é uma comida extraordinária, mas ela tem os mesmos nutrientes de plantas similares.

Constantinopla

Constantinopla foi uma das principais cidades da história do mundo. Localizada em uma posição privilegiada, entre a Europa e a Ásia, a mesma ficou por mais de mil anos sendo o ponto de referência do mundo. Além de sua economia incrível, o local era reconhecido como uma das bem mais protegidas cidades de toda a história e ninguém conseguia passar por aqueles muros enormes e reforçados.

Foi somente em 1453, que o Império Otomano conseguiu fazer algo que todos pensavam ser impossível: eles derrubaram a grande cidade. O problema é que eles não venceram "as muralhas". Por algum motivo, um portão chamado Kerkoporta ficou aberto e, durante um ataque ao norte, os Otomanos conseguiram entrar na cidade e vencer a batalha, mudando o rumo da história. Tudo porque algum tonto esqueceu de trancar o portão.