Minilua

Personagens que foram salvos por seus fãs

Às vezes, o autor de algum tipo de história tem que fazer a escolha de matar um personagem ou dois para dar um drama maior a sua história. Mas nem sempre essas mortes são definitivas, pois, em alguns casos, os fãs podem ressuscitar o personagem a base da pressão:

Goku

Existem diversos rumores falando que Akira, criador da Série Dragon Ball, desejava encerrar o desenho na Saga de Freeza, mas teria seus planos cortados pelo sucesso do desenho. Depois disso, fala-se que ele queria mesmo era encerrar na Saga do Cell, tanto que teria matado Goku pela segunda vez exatamente para isso. Porém, como o manga estava vendendo 6 milhões de cópias por semana e enchendo os cofres da editora de dinheiro, ele foi forçado a fazer uma nova saga na sequência.

Como Goku tinha morrido duas vezes e era “impossível” que pudesse reviver, a pressão dos fãs por mais histórias do famoso Saiyajin de cabelo para cima fez com que Akira tivesse que continuar o manga, apesar da morte definitiva do herói.

Tommy

Tommy é sinônimo de Power Ranger. Ele foi quem interpretou o clássico Ranger Verde que, durante a temporada de sua aparição, acaba perdendo os poderes e deixa o seriado. Mas o grande sucesso do ator no seriado, fez com que ele acabasse sendo recolocado nas telas.

O Ranger Branco, que se tornou um dos símbolos de poder na série, iria ser interpretado por Brad Hawkins, porém a pressão dos fãs trouxe Tommy de volta, garantido mais algumas temporadas para o grande ator.

Optimus Prime

Em 1986, a Hasbro, dona dos direitos do “Transformer” e produtora de brinquedos, mandou que os roteiristas do filme matassem Optimus Prime, para que novos personagens fossem incorporados a série e assim eles pudessem vender mais brinquedos.

O tiro acabou saindo pela culatra, pois as crianças acabaram vendo seu herói favorito morrer e uma comoção enorme acabou atingindo a Hasbro que, em vez de vender mais, perdeu dinheiro. Não demorou muito tempo e a empresa acabou revivendo o clássico personagem, tudo devido à pressão dos fãs.