Minilua

Pessoas com relações sexuais fora do comum possuem melhor saúde mental

Os praticantes de sadomasoquismo e práticas íntimas consideradas ‘diferentes’ devem se alegrar! Os cientistas afirmam que pessoas que possuem esse tipo de gosto nas relações sexuais podem estar com a saúde mental em dia.

Essa informação é bastante controversa porque o Manual de Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, muitas vezes apelidado de “bíblia da psiquiatria”, mostra que pessoas com práticas sexuais excêntricas podem ter distúrbios psicológicos ou transtornos, classificando-os com fixação sexual incomum.

Os pesquisadores declararam ao portal LiveScience que acham a inclusão no Manual como algo estigmatizante. O novo estudo foi publicado no Journal of Sexual Medicine, onde os participantes responderam a questionários. Os participantes não sabiam a verdadeira intenção do estudo que fez inúmeras perguntas sobre a personalidade, sensibilidade à rejeição, estilo de relacionamento, bem-estar geral, etc.

O estudo mostrou claramente que os praticantes de relações íntimas excêntricas não eram diferentes do resto da população, apresentando um comportamento mais aberto, extrovertido e com experiências conscientes. Eles também demonstraram ser menos neuróticos, um traço que é bastante característico da ansiedade.

Os praticantes destes hábitos também mostraram grande tolerância à rejeição, algo que os paranóicos costumam sentir, pensando que as pessoas não gostam deles.

Quem busca práticas íntimas diferenciadas possui elevados níveis de bem-estar e segurança pessoal dentro dos relacionamentos, segundo os cientistas.

Os participantes mostraram-se mais saudáveis psicologicamente do que o restante da população, mas a pesquisa também relevou que a consciência por uma necessidade em práticas sexuais incomuns pode levar à frustração e menos relacionamentos emocionais.

Fonte: JornalCiência

E você, o que pensa disso? Construa uma opinião e deixe comentário! E não se esqueça de curtir nossa página no Facebook e nos seguir no Twitter!