Minilua

Pessoas famosas com manias bizarras

Muitos famosos e gênios costumam ser um pouco excêntricos e acabam tendo manias para lá de estranhas:

Salvador Dalí

Salvador Dalí é um dos mais famosos artistas de todos os tempos. Sua pintura surrealista encantou o mundo, assim como sua personalidade incomum. Mas, apesar de ser um gênio com o pincel na mão, Dalí tinha uma mania muita estranha.

Na época, era muito comum que as pessoas usassem cigarreiras com pedras preciosas para carregarem seus cigarros, pois fumar era algo chique. Dalí também fazia a mesma coisa, mas dentro de sua cigarreira, ele carregava bigodes falsos e em todos os lugares que ia, saía perguntando: “Aceita um bigode? Você gostaria de um bigode?”.

Benjamin Franklin

Benjamin é um dos maiores nomes da cultura americana, reconhecido por atuar em diversos campos, desde a política até a ciência. Entretanto, ele acabou se tornando mundialmente famoso por causa de sua experiência com uma pipa em meio a tempestade. Foi graças a essa experiência maluca que ele provou que os raios eram fenômenos elétricos naturais.

Mas apesar de ser um cientista, Benjamin tinha algumas crenças malucas. A mais famosa delas é que “banhos de ar” faziam bem para sua saúde. Todos os dias de manhã bem cedo, ele se sentava pelado em frente a uma janela de sua casa, enquanto o vento frio passava por seu corpo. Segundo ele, aquilo era o que lhe mantinha bem de saúde.

Francis Bacon

Francis Bacon foi um artista Irlandês, famoso por seus quadros estranhos e bizarros. Muitas de suas obras mostravam rostos humanos distorcidos. Mas talvez esse gosto estranho tenha lá suas explicações. Segundo Bacon, a melhor maneira de se criar arte era estar de ressaca. Por isso, sempre que ia pintar algo, ele se embebedava na noite anterior, para estar de ressaca no outro dia e assim pintar algumas dessas obras:

Steve Jobs

Illustration by Pat Linse for Skeptic magazine issue 17.4

Steve Jobs, além de ser um dos nomes mais reconhecidos da revolução da informática, também era um completo maluco. Conhecido por tratar mal seus empregados, Steve tinha manias inacreditáveis.

Durante quase toda sua vida, ele foi um vegetariano ferrenho e, em muitas épocas, era adepto do frugivorismo (dieta apenas de frutas). Para deixar tudo ainda pior, ele possuía um cardápio estranho que variava por semanas. Durante algumas semanas, ele decidia comer apenas maçãs e cenouras, depois ficava um mês comendo apenas laranjas e melões e assim por diante.

Por algum motivo, Steve acreditava que isso lhe mantinha cheiroso, por isso, ele não usava desodorante e nem costumava tomar banho com muita frequência.