Minilua

Os piores tipos de passageiros

Folgados: Entram no ônibus, metrô ou trem, e vão logo se esparramando. Dormem ainda, nos ombros dos demais passageiros, roncando, ou ainda, emitindo gases flatulentos.

Fofoqueiras: De fato, tem pessoas que não perdem a chance de falar mal de alguém. Isso, aliás, independe do horário ou do volume de pessoas no local.

Meninos ansiosos: Na certa, você já se deparou com um deles. De modo geral, passam boa parte do trajeto indagando “Mãe, já chegou?”, “Mãe, tá chegando”?

Amantes do celular: Desconhecem o significado da palavra educação. Em uma simples ligação, são capazes de gritar ou até mesmo “berrar” para que seja compreendido.

Tarados: Na menor brecha encontrada, vão logo “encoxando” as passageiras ou passageiros. Tudo é claro, dependendo da orientação sexual do indivíduo.

Doentes: Já saem de casa tossindo ou espirrando. Dentro do coletivo, a situação se agrava. Muitos, por sinal, são incapazes de carregar consigo, um simples lenço de emergência. Lamentável!