Minilua

Porque julgamos uma pessoa pela roupa que ela está usando?

Parece absurdo julgar a personalidade e a capacidade mental de uma pessoa pela quantiade de roupas que ela usa, mas é exatamente o que acontece, de acordo com um estudo realizado por pesquisadores das Universridades de Maryland, Yale e Northeastem (EUA).

Ainda segundo outros seis estudos realizados, a impressão que temos em relação a mentalidade e atitude de uma pessoa pode mudar instantaneamente quando esta tira a blusa ou revela parte de seu corpo.

Por exemplo, quando um homem vê uma mulher usando muito pouca roupa ele normalmente se concentra somente no corpo, não importando nada do que ela diga, isso acontece pois o homem olha para mulher em um contexto sexual.

Após este estudo verificou-se que este tipo de reação ocorre com ambos os sexos, quando vemos uma pessoa usando pouca roupa acabamos mudando a disposição mental que a atribuímos, isso acontece mesmo que a pessoa não tire a roupa, basta somente focar nos atributos físicos da pessoa.

Através deste estudo os pesquisadores perceberam que durante as experiências propostas, as pessoas que focavam no corpo tinham percepções como autocontrole e ação reduzidas, enquanto as de emoção e sensação foi aumentada. Ou seja, para os autores da pesquisa a capacidade de agir e de planejar estão ligadas à mente, porém a capacidade de experimentar está ligada diretamente ao corpo.

Curiosamente, descobriu-se que a roupa de uma pessoa pode aumentar a postura moral das pessoas em relação a esta.

“Os outros parecem ser menos inclinados a prejudicar as pessoas com a pele nua e mais inclinados a protegê-los. Em um experimento, por exemplo, as pessoas eram menos inclinadas a dar ​​pequenos choques elétricos em homens sem camisa do que naqueles que estavam vestidos”, explica o psicólogo Kurt Gray.

No ambiente de trabalho ou em contexto acadêmicos isso pode gerar efeitos negativos, pois dá a impressão de falta de liderança e incompetência.

E você, já julgou alguém pela sua “falta” de roupa?