Porque rimos em situações totalmente inapropriadas?

A pessoa chega e um velório e do nada, começa a rir. Ou está sendo xingada pelo chefe e acaba caindo, sem querer, na gargalhada. Não é muito incomum as pessoas perderem o controle e caírem no riso no meio de uma situação tensa ou triste, mas por que será que agimos assim?




Rindo de tudo

man-laughing-with-hand-on-his-face

Existem diversas situações na vida onde nosso corpo assume o controle e faz o que bem entende. Quando vemos alguma coisa que revela um grande perigo, podemos ficar paralisados ou sairmos correndo, sem nem pensar. Esse tipo de comportamento, que não ocorre de maneira totalmente consciente, é apenas nosso corpo tomando conta de uma situação em que ele acredita ser mais esperto do que nós.

Por isso, rir atoa em uma situação triste ou de pressão, é apenas o corpo fazendo seu trabalho para criar uma situação mais amena, ou avisar os outros que tudo está bem. Quando vivíamos nas florestas e cavernas, os acidentes, com pessoas caindo e se machucando, eram extremamente comuns. E o riso se tornou uma ferramenta para avisar todos que as coisas estavam bem.

Imagine que alguém está subindo em uma árvore e leva um tombo. Nossa reação natural é tentar ajudar, mas assim que notamos que o caído não se machucou, começamos a rir da situação. Isso ocorre porque estamos programados para rirmos de situações perigosas, quando elas não causam grades problemas. Outro ponto de rirmos desse tipo de acontecimento é ajudar a vítima. Segundo uma pesquisa da University of Oxford, rir faz com que a dor diminua, pois uma boa gargalhada libera endorfina e nos deixa mais relaxados.




Rindo com os amigos

laughing_kid

Quem nunca teve um ataque de riso dentro da sala com algum amigo? Isso ocorre porque a maior parte de nossas risadas não tem nada a ver com algo engraçado. O neurocientista Sophie Scott revelou que na grande maioria do tempo nós rimos para firmar amizades e não por algo ser divertido.

Nós somos seres sociais e o riso é algo que une as pessoas. Por isso, nós rimos em diversas situações diferentes. Quando alguém faz um comentário, damos uma risadinha, ou quando cumprimentamos alguém e sorrimos. Todas essas interações, que não são raras, eram riso ou, pelo menos, sorrisos. Isso porque rir é uma das melhores maneiras de criar um laço de amizade com as pessoas. Rir demonstra que estamos do que foi dito e que concordamos, além de dizer para os outros que somos parte do grupo.

Por isso, se você conhece uma pessoa que ri de tudo, ela provavelmente deve ser bem sociável.

  1. Gabriel Dias

    12 de junho de 2015 em 14:19

    Dou risada em situações impropriadas pq sou lerdo mesmo huehuehue

    http://www.semsorte.com/

  2. Gazeta Geek

    10 de junho de 2015 em 18:50

    rsrsr assustei minha namorada e ela teve crise de risos.. .logo em seguida choro, e logo em seguida uns tapas uhashu SnowBall Efect!

  3. Gênesis

    5 de junho de 2015 em 17:00

    “Abra sua boca, feche sua mão, coloque na boca, comente no Minilua e diga 3x ‘Menina da cerca eletrica, faça meu comentário ser MDS.'”

  4. Gato Endiabrado

    5 de junho de 2015 em 09:21

    Quando a professora diz pra todo mundo calar a boca e você tenta não rir, é tão engraçado. HUEHEUHUE

    • Frank the Rabbit

      7 de junho de 2015 em 15:59

      Me lembrou de uma vez em que minha professora de Sociologia disse “quando eu era jovem, há muito tempo” e eu comecei a rir, só que ela é bem severa e eu tava bem na frente dela. Eu bati o caderno na cara, abri e comecei a rir dentro dele, na hora foi tãoooo engraçado, mas depois você percebe que não tinha graça nenhuma. Nem naquela idade. ‘_’
      Don’t fuck with me, brain.

      • Gato Endiabrado

        7 de junho de 2015 em 17:13

        Quando eu era jovem e tinha meu T-rex de estimação…

  5. Blue

    5 de junho de 2015 em 01:34

    Eu rio em várias situações, sou muito feliz e relaxado, então costumo rir de coisas engraçadas e sorrir o tempo inteiro quando me sinto bem, mas também rio em situações onde chorar ou ficar com raiva seria mais aceitável, já aconteceu de todo mundo na volta estar com raiva ou preocupado e eu lá rindo sem explicação alguma. E tem também aquela situação quando você pensa naquela pessoa e vem um sorriso bobo involuntário e inexplicável do nada.

    • André Silva

      5 de junho de 2015 em 02:26

      Eu rio sozinho na rua quando vejo algum gato, dá vontade de pegar e levar pra casa.

  6. André Silva

    5 de junho de 2015 em 01:19

    Pior é ta andando na rua e lembrar de uma coisa engraçada, ou lembrar de uma coisa engraçada quando alguém tá dando uma bronca na gente, a pessoa acha que a gente ta debochando

  7. Caciano

    4 de junho de 2015 em 21:19

    Estão dizendo que, muitas vezes não possuo controle sob meu raciocínio, e sim meu instinto de sobrevivência e de interação para objetivos mutos da características do homem, como um controle de segurança da mente, buscando automaticamente saúde, segura e *estado de espirito *(é importante para saude), que evoluiu a muito tempo, de acordo da teoria da sobrevivência do mais apto de fukingDarwin?
    http://www.cameron.edu/~bmcdonal/pictures/pictures/darwin.jpg

  8. Elyane

    4 de junho de 2015 em 21:12

    Ás vezes estou sozinha é me recordo de algo e começo a sorrir o estranho que demora você perceber que está rindo antes que alguém te pergunta “De que está rindo”. Ai começa a vergonhosa explicação sem sentido.

  9. Greengineer

    4 de junho de 2015 em 20:25

    “Quando alguém faz um comentário, damos uma risadinha”, mas o cara só queria uma curtidinha…

  10. Mutley

    4 de junho de 2015 em 19:00

    Eu sou mais de sorrir por nada mesmo , as vezes alguém ta falando algo sério e do nada eu abro um sorriso bem largo e idiota sem razão nenhuma ‘-‘ , sei lá , só acho que isso é algum tipo de distúrbio por eu não sorrir quase nunca , agora pra eu rir não é tão difícil , eu geralmente dou risada com qualquer bobagem, mas nunca finjo rir falsamente .

  11. Wagner

    4 de junho de 2015 em 18:24

    Na 8ª série a professora dando um maior sermão na sala e eu comecei a rir incontrolavelmente. Eu tive que colocar a mão na boca pra não sair som e tentar disfarçar um pouco.
    Eu eu simplesmente tenho crise de riso e então eu não rio (eu mar, eu oceano, eu lago) apenas em situações inapropriadas, mas também do nada. Sei lá, às vezes na sala de aula, com o pessoal ou até sozinho eu começo a rir e durante uma meia hora fico assim. Às vezes me lembro de algo engraçado, mas na maioria das vezes começo a rir do nada mesmo. Já fui dormir 3h da matina porque não conseguia parar de rir ‘-‘

  12. chapolim do mal

    4 de junho de 2015 em 18:14

    Quando um amigo seu cai, claro que vc ri antes, depois vc pensa em ajudar.
    Eu não sou de dar muitas risadas mas quando acontece dura muito tempo.

    • Elyane

      4 de junho de 2015 em 21:15

      Deve ser mesmo instintivo não dá para segurar, mas quando é com a gente fico pensando quando este desalmado vai para de rir e me ajudar.

      • Gato Endiabrado

        5 de junho de 2015 em 09:22

        Primeiro vou filmar você quase tendo um derrame, depois te ajudo. Depois vamos rir muito, ou não.

      • chapolim do mal

        4 de junho de 2015 em 21:20

        Vc falando isso me lembrou que uma vez eu tava no colégio e tinha uns moleque só enchendo o saco e correndo, ai eu coloquei o pé pra um dos fdp cair e ele se estabacou no chão, eu ri demais e depois fingi que tinha esbarrado nele e saí de fininho rindo.

        • Elyane

          4 de junho de 2015 em 21:26

          Parabéns sempre tive vontade de fazer isso mas nunca tive coragem.

    • Cold

      4 de junho de 2015 em 18:22

      Eu sou daquele tipo que ri muito, mas sozinho, me lembrando ou imaginando coisas kkkkkk.
      Daí ganho fama de retardado/demente.

      • chapolim do mal

        4 de junho de 2015 em 20:57

        Infelizmente minha fama de retardado já foi ganha a muito tempo, essa eu não escapei.

21 Comentários
mais Posts
Topo