A prática leva a perfeição: Desenhos e ilustrações #2

Tornar-se hábil em algo que você sempre acreditou ser difícil ou até mesmo impossível, é fácil e simples. O que determina o seu nível, é a prática assídua, que com certeza é demorada. Nada cai do céu, ninguém nasce com um dom impecável e lapidado. Tudo se molda, se constrói. Há pessoas com mais facilidade, sim, porém, não quer dizer que sempre serão melhores que você, mesmo você praticando severamente.

drawing-skills-before-after-15__880

Em diversas expressões da arte isso é percebido. Como na música, dança, lutas, etc. Porém, em nenhum lugar isso é mais evidente do que no desenho e ilustração, onde uma compreensão de proporções e técnica adequada pode transformar um círculo cru com linhas em um rosto detalhado.
Com isso, preparamos um lista de antes e depois mostrando que a prática faz uma grande diferença. No entanto, esta lista não é definitiva. Os artistas podem desejar redesenhar suas artes.




1 - Trabalho dos 14 aos 36 anos:

artwork-development-chart1__880




2 - Progresso de um auto retrato durante 2 anos:

Jessica-Mack-Drawing1__880




3 - Mesmo tipo de desenho, mas com diferença de 2 anos:

Progress1__880




4 - Progresso de 4 anos:

DrawingProgress__880




5 - 3 anos de prática:

8 My Drawing Progress




6 - Grande melhoria em apenas 6 meses de esforço:

15 Drawing Improvement Over 6 Months




7 - 2008 - 3 horas / 2015 - 15 minutos:

2008 – 3 Hours 2015 – 15 Minutes




8 - Evolução de 2007 a 2012:

My Drawing Progress 2007 - 2012




9 - 2013 vs 2014:

9 Works In 2013 And 2014




10 - Não tem nem o que falar...

20 My Progress




11 - Diferença entre dezembro de 2013 e fevereiro de 2015:

1 Difference From December 2013 And February 2015




12 - Dos 16 aos 27 anos de idade:

2 Age 16 To Age 27




13 - A mesma personagem com o passar dos anos:

Same Character Over The Years




14 - Progresso de 2006 a 2013:

My Drawing Evolution Between 2006 And 2013




15 - Dos 5 aos 21 anos de idade:

My Drawing Progress




16 - Apenas trabalhe dure e acredite em si mesmo:

just Work Hard And Believe In Yourself. 3 Years




17 - Mesma referência, 2013 vs 2015:

From 2013-2015 Same Reference

  1. Lee Le

    1 de março de 2016 em 18:31

    Tem certas coisas na vida que não adianta forçar. aquele papo de a gente poder ser o que desejar não é verdade, não adianta. O desenho é um exemplo..se nao tiver dom…nao adiamnnta..vai aprender algumas técnicas e zé fini….

    • Eduardo Azrael

      6 de março de 2016 em 23:05

      Errado. Eu não tenho dom algum, nem nunca tive. Aprendi a desenhar sangrando os dedos de tanto praticar (e ainda assim, tem muita coisa que preciso aprender, mas já sou bom o bastante para compensar a falta de talento). Há pessoas que nunca desenharam na vida, mas ao pegar num lápis e numa folha de papel, fazem obras incríveis sem nunca terem visto uma única aula sobre o assunto; um colega meu e o grande artista Alex Ross são exemplos disso. Excetuando pessoas com problemas específicos, qualquer um pode aprender a desenhar, se quiser, mesmo sem talento. Pesquise o trabalho de Betty Edwards (artista, psicóloga e pesquisadora) sobre o assunto; ela foi uma das autoras cuja obra me inspirou a tentar aprender.

  2. Eduardo Azrael

    22 de fevereiro de 2016 em 23:24

    No post anterior prometi que ia postar meus desenhos, mas estava upando os mais antigos no DeviantArt (pena que perdi muitos) e acabei demorando: http://eduardoazrael.deviantart.com/gallery/

  3. Lynn Rock

    22 de fevereiro de 2016 em 21:22

    Muito bons!

  4. KonaKona

    21 de fevereiro de 2016 em 16:04

    n sei pq mas essas postagens me deixam tao depre .-.

  5. Litzen Vampiro

    21 de fevereiro de 2016 em 04:28

    eu prefiro o estilo mangá mas quem sabe um dia eu tente me aventurar em realismo

  6. Alceu de Souza

    20 de fevereiro de 2016 em 20:58

    13 _ Yennifer do universo de the witcher

  7. Blue

    20 de fevereiro de 2016 em 18:26

    É, acho que está na hora de começar a praticar as coisas todas para sair desenhando e fazendo música no futuro, o problema é que é difícil vencer a preguiça -.-

  8. Adriano Hidden®

    20 de fevereiro de 2016 em 18:24

    Eu tenho alguns desenhos antigos que poderia usar como comparação com meus atuais, mas mesmo os recentes diferem em qualidade. Dependendo do dia que desenhava eu tinha alguma motivação, que acabava cedo ou tarde por causa de minha falta de concentração, entre outros problemas…
    Mas na verdade mesmo, eu estou esperando um segundo post com meus desenhos pro meu ego moribundo ficar feliz
    Eu pago um pão com vina e um ki-suco se precisar
    http://eccedentesiart.deviantart.com
    http://instagram.com/adrianohidden
    (pra quem se interessar)

    • Eduardo Azrael

      22 de fevereiro de 2016 em 23:32

      É normal isso, entre os anos de 2004 e 2010 eu estava muito ocupado com a carreira de militar e acabei parando de praticar (além de estar muito cansado do trabalho o tempo todo), por isso que meus desenhos nesse período são piores do que desenhos mais antigos.

    • Blue

      21 de fevereiro de 2016 em 04:20

      Gostei do seu estilo, simbólico e escuro, a expressão da sua alma. Entendo isso de depender do momento, também sou sensível quanto a isso e acabo deixando muita coisa sem terminar, você é bom, continue desenhando. A areia das dunas do deserto flui eternamente e permanece se alterando, a tempestade apenas traz o vento para que a areia continue viajando, e a areia apenas se entrega ao vento para que o deserto seja renovado e todas as pegadas e cicatrizes se apaguem, se areia é o que compõem o deserto, você não é apenas areia, você é o deserto inteiro.

    • Mateus Daniel Caetano

      20 de fevereiro de 2016 em 23:47

      Pera ae, acho q eu já favoritei alguns trabalhos seus! Eu acho até q já te dei alguma llama, n me lembro agora 😛
      Tu desenha muito bem bro, gosto do seu estilo “dark”!!! Continue treinando q vc vai longe 😀
      Eu desenho mais mangá e às vezes cartoon , mas acho que eu deveria dar mais uma chance ao estilo realista.

      http://matmadness.deviantart.com/
      Tá aí o meu dA caso se interesse, quem sabe a gente pode conversar… ou não… sei lá :v

    • André Silva

      20 de fevereiro de 2016 em 18:47

      Pior que o Jeff sumiu, era ele que postava essas coisas. Sei como é isso de depender do dia, tem dia que bate uma vontade e uma inspiração que você produz trabalhos lindos que te deixa completamente orgulhoso de si mesmo, mas tem dia que bate uma má vontade que até o desenho mais simples sai uma merda.

      • Mateus Daniel Caetano

        20 de fevereiro de 2016 em 23:54

        Exatamente, por exemplo: faz umas duas semanas que eu não posto nenhum desenho novo na minha conta do DeviantArt, essas semanas foram de pura preguiça e total desanimo, com uma leve pitada de falta de criatividade. :v

      • Adriano Hidden®

        20 de fevereiro de 2016 em 18:56

        sim, é uma das razões pq eu não trabalho com desenhos
        notei que o Jeff sumiu, mas não falo sério quanto a um segundo post…
        o primeiro não fui nem eu que pedi

        • André Silva

          20 de fevereiro de 2016 em 18:58

          Mas uma segunda rodada seria uma boa, o primeiro foi demais!

          • Adriano Hidden®

            20 de fevereiro de 2016 em 19:01

            meu ego agradeceria, embora eu tbm ache que deveria se estender a outros usuários

  9. Kanya

    20 de fevereiro de 2016 em 16:56

    Adorei essa do Clint Eastwood.

  10. Willyam Ricardo

    20 de fevereiro de 2016 em 16:54

    Quero ser hardcore em inglês , mas eu não só melhor porque eu não estudo ,não me dedico, e reconheço isso .
    Precisamos sempre de uma motivação pra agirmos ….:/
    P.S não sigam meu exemplo 🙁

    • Adriano Hidden®

      20 de fevereiro de 2016 em 18:57

      treine seu inglês num site chamado Duolingo. Tem app de celular também
      Vale a pena.
      Treino meu ingles, frances e alemão la. Tô quase um troglodita.

      • Hisoka

        21 de fevereiro de 2016 em 16:48

        troglodita kkkkkkkkkkkkk

      • Willyam Ricardo

        20 de fevereiro de 2016 em 23:16

        Vou da uma olhada lá 😉 vlw ….

  11. André Silva

    20 de fevereiro de 2016 em 16:06

    3 e 7 – Adoro esse tipo de desenho, é nele e nos realistas que quero me aperfeiçoar.

    • Mateus Daniel Caetano

      20 de fevereiro de 2016 em 23:58

      Admiro e muito esse estilo de desenho, mas eu sempre curti mais as criações originais que saem da cabeça do artista, principalmente designs de personagens, tanto que maioria dos meus desenhos são personagens que eu mesmo crio.

      • André Silva

        21 de fevereiro de 2016 em 00:17

        95% do que eu desenho é coisa da minha cabeça, tanto que sempre quando mostrava o desenho de alguém a pessoa perguntava: “-Quem é?”, e eu respondia: “-Não sei”. Só nesses últimos tempos que tenho desenhado na base de outra imagem, porque pra aperfeiçoar e treinar tem que se basear em algo, assim que achar que tiver pronto vou voltar a reproduzir coisas 100% minhas.

26 Comentários
mais Posts
Topo