Provas de que o “Lado Negro” não é tão ruim assim

Toda a Saga de Star Wars se baseia na luta entre o Lado Negro da Força e o Lado Luminoso da Força. Mas será que o “Dark Side” é tão ruim quanto os Jedis falam?




O Lado Negro é mais honesto

No primeiro filma da Saga, podemos ver que os Jedis, apesar de toda sua honra, são os piores mentirosos da galáxia. Obi-Wan conta diversas mentiras para Luke, tudo na expectativa de fazer o garoto lutar contra o Império e matar seu próprio pai sem saber.

Algumas das mentiras de Obi-Wan foram:

487068_v1

“Darth Vader traiu e matou seu pai”.

487086_v1

“Seu pai queria que esse sabre fosse seu quando tivesse a idade”.

487088_v1

“Eu não me lembro de ter um droíde”.

Já o Lado Negro se mostra bem mais honesto. Quando Luke aparece para matar seu pai baseado na informação mentirosa dada por Obi-Wan, Darth Vader conta toda a verdade a seu filho, o perdoa, e além de toda a verdade e amor, ainda oferece um bom emprego para seu filho que reapareceu.

Além disso tudo, quando o Conselho Jedi existia, eles faziam a mesma coisa que o Lado Negro. O conselho simplesmente ficava manipulando a República por “trás dos panos”, influenciado a política a fazendo o que bem entediam com a galáxia. O Lado Negro fez a mesma coisa, só que não ficavam atrás do palco “mexendo os pauzinhos”, eles simplesmente pegaram o poder, sendo diretos, sem as mentiras e manipulações dos Jedis.




O Lado Negro se importa com a inovação

lightsaber

O Jedi estão sempre fugindo de qualquer coisa relacionada ao Lado Negro e existe um grande medo do Conselho que os mais novos acabem sendo atraídos pelo Lado Negro, afinal ele é muito mais atrativo e criativo.

O Lado Negro usa a força indiscriminadamente, inclusive fazendo promessas de que Anakin poderia salvar a vida de sua amada com a força e não existe nenhum motivo para não acreditar nisso. O Lado Negro é capaz de usar raios, fazer sabres inovadores e foi capaz de construir a máquina mais incrível da Galáxia, que é a Estrela da Morte.




O Lado Negro aboliu a escravidão

200_s

Durante todos os filmes novos, nós temos uma clara visão de que a República Democrática gerida pelos Jedis é um governo que aceita escravos sem muitos problemas. Já nos filmes originais, parece que a escravidão não existia. Isso provavelmente aconteceu na gestão de Vader sobre o Império, afinal ele mesmo é um garoto escravo que se tornou chefe da Galáxia.

Tirando o Palácio de Jabba, onde coisas ilegais podem estar acontecendo, a escravidão parece ter sumido sob o governo imperial, e os robôs foram colocados para trabalhar. A própria família que cuida de Luke é de fazendeiros e não escravos, como era a de Anakin no passado.

No final das contas, o Império comandado pelo Lado Negro, parece ser um governo melhor para o povo. Sem mentiras, manipulações por trás dos panos e crenças antigas que não mudam, o Lado Negro não parece ser a pior coisa da galáxia.

  1. Bruno Pereira

    25 de dezembro de 2015 em 20:36

    “Darth Vader traiu e matou seu pai”. – pura filosofia
    “O Lado Negro é capaz de usar raios” – os jedi tb
    “República Democrática gerida pelos Jedis é um governo que aceita escravos sem muitos problemas” – Tatooine (planeta do anakin) esta fora da área regida pela republica tanto q não aceitaram o dinheiro do obiwan
    “(…)Vader sobre o Império, afinal ele mesmo é um garoto escravo que se tornou chefe da Galáxia.” – Vader não é chefe de nada alem de alguns soldados , quem comanda é o imperador “

  2. Wylliam Wagner

    22 de dezembro de 2015 em 21:26

    Viver no Lado Negro, significa viver em uma ditadura, vc não percebe? Claro que não afeta nenhum Jedi, afeta a população no mundo fictício.

    • mateus almeida da silva

      24 de janeiro de 2016 em 12:15

      sobre o fato dele não ter influenciado as crianças voce esqueceu da regra dos dois ( só pode haver dois sith um mestre e um aprendiz )

  3. Edson Nunes de Oliveira

    22 de dezembro de 2015 em 21:23

    É tipo evangélicos e católicos, cada um acha que tem razão dentro da sua crença.

  4. Eduardo Azrael

    22 de dezembro de 2015 em 12:44

    Ok, como diria Hanibbal Lecter, vamos por partes:

    – “O Lado Negro é mais Honesto” : Tão honesto que Palpatine escondeu durante décadas que era um Sith, que manipulava o Senado jogando planeta contra planeta em seu joguinho de xadrez pessoal, que infiltrou vários de seus discípulos (Darth Maul, Darth Tirannus e Darth Vader) entre as principais ordens da época, que não se importava em mentir para seus discípulos para arrastá-los para o Lado Negro (ou Lado Sombrio, nas dublagens atuais) com promessas de poder até legítimas mas sem revelar as consequências de tudo isso. Quanto às mentiras do Obi-Wan, tirando a questão do esquecimento dos dróides (um erro clássico dos filmes, mas que alguns dizem que pode ser meramente sinais de Alzheimer do Obi-Wan…), ele não disse necessariamente nenhuma mentira; em O Retorno de Jedi, o espírito dele e Luke conversam e Luke o indaga sobre a questão de ter dito que Vader traiu e matou e Obi-Wan explica o que quis dizer. Quanto ao sabre de luz, se bem me lembro da animação Guerra dos Clones, Anakin comenta com a Asoka que, se um dia tivesse um filho, gostaria que ele ficasse com seu sabre de luz. Não estou dizendo que os Jedis nunca mentiram, ao contrário, mas dizer que os Sith são mais honestos é pura piada. A questão é ter discernimento.

    – “O lado Negro se importa com a Inovação” : é como se dissessem que os Jedis nunca se importaram com a inovação, sendo que alguns dos melhores mecânicos e engenheiros da República eram Jedis (incluindo o próprio Anakin, e o mestre Zaifo-Vias/Syfo-Dias, que criou o exército de clones). Quanto à “criatividade” dos sabres Sith, vale lembrar que todos eles são monocromáticos (todos, quase sem exceção, têm a lâmina vermelha), enquanto os sabres Jedi variavam de acordo com a posição do Jedi; no Universo Expandido isto é ainda mais explorado, sendo que os Jedi Guardiões usavam Sabres Azuis, os Jedi Consulares usavam Sabres Verdes e os Jedi Sentinelas usavam os raros sabres amarelos, além de haverem outras variações de cores e formatos, como o sabre curto de Yoda (e outros Jedi e Sith de raças pequenas), o sabre com a empunhadura curvada (como o de Darth Tirannus, sendo que no Universo Expandido não era criação dele e sim dos Jedi), Sabres de Luz em formato de tonfa (cassetete de policial, difícil de usar), com lâminas múltiplas (o de Darth Maul era uma variação do modelo com quatro lâminas dos Jedi), o modelo chicote, o modelo faca, o modelo lança, o sabre de luz à prova d’água de Kit Fisto e muitos outros. Entre os episódios III e IV, os Sith teriam destruído a maior parte das reservas de cristais de Kyber, limitando os tipos de Sabres de Luz que poderiam ser feitos; no Episódio IV, o comandante das tropas imperiais zomba de Darth vader dizendo que não foram os poderes Sith e sim a tecnologia e criatividade que construíram a Estrela da Morte (e é esganado pelo Vader em seguida).

    – “O Lado Negro Aboliu a Escravidão”: Isso só pode ser piada. Para começo de conversa, a família de Luke (seus tios, o irmão de Anakin e a esposa dele) sempre foi uma família livre, sendo que o marido da mãe de Anakin foi quem comprou a liberdade dela, e isso ainda no Episódio II, muito antes do Império (sendo que Anakin é quem iria comprar a liberdade da mãe, mas chegou alguns anos atrasado). Boba Fett levou Han Solo para o Jabba sob a benção direta de Darth Vader (que o congelou pessoalmente na Carbonita), o que deixa mais do que óbvio que todas as atividades “ilegais” de Jabbba eram totalmente de acordo com Palpatine e Vader; se o Imperador se importasse com a escravidão, teria dado um corretivo no Jabba (ou até matado mesmo) muitos anos antes, sendo que Jabba já exercia suas atividades antes mesmo da República unificada! Podemos até dar um desconto neste caso e estimar que a escravidão seria autorizada para o caso de prisioneiros de guerra e rebeldes (e que a maior parte do comércio de Jabba era legalizado, excetuando-se contrabando e tráfico, sendo necessário para a Economia tanto da República quanto do Império), mas não justifica o fato de haverem crianças escravas no Império. No episódio IV vemos o total descaso de Palpatine e Vader para com a vida e a liberdade, sendo que eles não se importam nem um pouco em explodir Alderaan e seus mais de 4 bilhões de habitantes apenas para demonstrar seu poder à Leia (se se importassem poderiam ter destruído um planeta deserto em vez de um dos principais pólos habitacionais da galáxia).

    Seja como for, tanto o Lado Luminoso quanto o Lado Sombrio fizeram coisas questionáveis; como dito, Zaifon-Vias/Sifo-Dyas autorizou a criação de um exército de clones para lutar na guerra (antes de ser enganado e morto por Dooku/Tyrannus), em vez de dróides; ele fez isso para evitar as perdas de soldados, mas mesmo assim é um tanto de descaso com a vida em si, criando “gado” para o matadouro. O Império construiu duas imensas Estrelas da Morte para solidificar seu poder, desviando inúmeros recursos que poderiam ter sido usados para o bem do povo, mas também poderiam ter sido bem empregadas para evitar conflitos (exceto claro a destruição impiedosa de Alderaan), como é a questão das bombas atômicas no mundo real. Nos episódios I e II, o conselho dos Jedi tenta evitar entrar na guerra da República, dizendo que não são soldados (em geral, os Jedi eram simplesmente diplomatas, como memrbos do Vlero no mundo real), mas acabam fazendo para tentar evitar que a Guerra piorasse de vez (e um tanto por questões pessoais, ou seja, evitar o retorno da ordem dos Sith). Já os Sith, quando ascedem ao poder, não hesitam em massacrar todos os Jedi, até mesmo as crianças (por que Palpatine mandou Anakin executar as crianças, sendo que seria muito mais fácil tentar arrastá-las para o Lado Sombrio do que foi o próprio Anakin, que já era adulto quando virou sith, sendo que a mente de uma criança é muito mais influenciável?). Embora ambos os Lados da Força se valham muitas vezes de recursos duvidosos para seus próprios interesses, o Lado Luminoso costuma ser bem menos agressivo que o Lado Sombrio; os Jedi tentam evitar conflitos, os Sith criam guerras, os Jedi valorizam o equilíbrio e a preservação da vida e da integridade, os Sith não se importam em fazer sacrifícios, muitas vezes DESnecessários, para atingir seus objetivos pessoais. O Lado Sombrio é mais egoísta, voltado para a enaltação do “eu”, enquanto o Lado Luminoso tenta transcender os sentimentos, sacrificando o ganho pessoal e as próprias emoções para atingir a Harmonia. Sim, é muito fácil cair na tentação do Lado Sombrio, mas aí é que está a questão, vale a pena sacrificar tudo que acredita, correndo o risco de perder tudo o que ama para ganhar poder em busca de ganância? Vale lembrar que de todos os Sith que aparecem nas duas trilogias, o único que parece ter tido algo além de seus poderes (família, amigos, integridade) foi Anakin, e perdeu tudo quando foi para o lado Sombrio; ao ver que iria perder o filho, largou de vez o lado Sombrio para salvá-lo.

  5. Daniel Elizeu

    22 de dezembro de 2015 em 10:16

    Sobre a escravidão, o palácio do Jabba é no mesmo planeta onde o Anakin era escravo, também não ha indicios de escravidão em outros planetas. Os jedis temiam pelo lado negro pq o lado negro é opressor, lees destroem um planeta no primeiro filme, e quase destroem outro. eles chantageam indiscriminadamente e não comprem seus tratos, como o Darth e o Lando. O Darth Sidious ainda fala que os siths vão dominar mais uma vez, disso entendesse que eles já dominaram antes e que não foi bom; os jedis conseguiram recuperar a liberdade. A Rainha/Senadora Amidala diz, quando o Sidious provlama o império, que é daquela forma que morre a liberdade, se referindo a opressão intergalática que iria se instaurar. E nem se comenta sobre a construção da estrela da morte, só um pouquinho né.

  6. Atrelegis Valgard

    21 de dezembro de 2015 em 21:01

    Minilua lua esquerdando ate no star wars kkkkkkk

  7. MAX-is Couto

    21 de dezembro de 2015 em 19:39

    Sinceramente! Parei de ler já no começo!
    “No primeiro filma da Saga, podemos ver que os Jedis, apesar de toda sua honra, são os piores mentirosos da galáxia. Obi-Wan conta diversas mentiras para Luke, tudo na expectativa de fazer o garoto lutar contra o Império e matar seu próprio pai sem saber.”

    (Cara tu não sabe de nada mesmo hein!)
    No primeiro filme da saga “Luke” nem tinha nascido; seu pai ainda era uma criança.
    Os 3 filmes mais antigos são os 4, 5 e 6.
    Os 3 filmes mais novos são REMAKES do 1, 2 e 3. Esses Perdidos em um Incêndio a muito tempo!

    Meu Deus! Que erro mais grotesco!

  8. Rene Montgomery

    21 de dezembro de 2015 em 17:09

    Isso porqe vc nao tem a força de JESUS pra aguentar o lado negro por detras dos panos tentando acabar com os cristaos, os eleitos de DEUS o tempo todo antes do lado negro entregar o poder aos JEDIS,rsrsrsrs

  9. Juninho Cineasta

    21 de dezembro de 2015 em 11:44

    O Lado Negro evitar você não deve. Ir para o Lado Negro da força você deve ir

  10. Tyago Teoi

    21 de dezembro de 2015 em 02:29

    Pareceu aqueles posts ridículos de mentecaptos defensores da ditadura.
    Nota 10

  11. Willyam Ricardo

    21 de dezembro de 2015 em 00:36

    To assistindo todos de novo pra assistir o novo nos cinemas , até que os efeitos são bem avançados para aquela epoca , e aquele androide de ouro Ô bixo chato véi ,putz .

    • Juninho Cineasta

      21 de dezembro de 2015 em 11:44

      Só não é mais chato que o Jar Jar Binks

  12. Blue

    20 de dezembro de 2015 em 23:24

    Os filmes dão a entender que o lado negro é mau e o lado da luz é bom, mas a realidade não é bem essa. Na verdade, os jedi pregam paz, concentração, conhecimento e outras coisas de monges, já os sith pregam emoção, poder, paixão, ambição, e outros sentimentos do tipo. São apenas dois lados diferentes da força, um lado que acredita que a melhor maneira de alcançar o poder máximo da força é pela meditação e concentração, se libertando das energias negativas, e outro lado que acredita que é pela paixão e emoção, canalizando as energias negativas. No fim o melhor mesmo é virar um jedi cinza e mandar todo mundo se foder.

  13. uchiha madara

    20 de dezembro de 2015 em 23:03

    Vejo que o minilua se deixou influenciar pelo lado negro da força

  14. Caciano

    20 de dezembro de 2015 em 22:58

    “Darth Vader traiu e matou seu pai”
    não deixa de ser uma interpretação de verdade, o cara foi pro lado negro da força e traiu a sim mesmo <- mas isso na visão dos jedi eu ja tinha percebido a parcialidade dos dois lados, cada um tem seus podres, mas prefiro o lado negro [mas o que? estou discutindo sobre a merdice de star wars? }

  15. César Oliveira

    20 de dezembro de 2015 em 22:16

    devia ter dito que é uma tradução de um texto do cracked…

  16. Luisinho Silva

    20 de dezembro de 2015 em 21:26

  17. Gato Endiabrado

    20 de dezembro de 2015 em 20:37

    Venham para o Lado Negro, o lado dos gatos!
    Somos fodas. B)

19 Comentários
mais Posts
Topo