Publicidades para jogos que não deram certo

A ascensão dos vídeo games tem sido tão meteórica nos últimos anos que deixou de ser vista como a busca preferida dos geeks e crianças para se tornar uma indústria multibilionária. Na verdade, o mercado de jogos é tão grande que a receita global supera o de outros meios de entretenimento. As campanhas de marketing para os próximos títulos evoluíram, mas, de vez em quando, uma idéia que é claramente muito estúpida é aprovada.




Nome do seu filho de Turok

1-turok-baby

Uma empresa cometeu erros quando foi anunciar o seu mais recente jogo. Aqueles com memória boa podem lembrar de Acclaim como sendo uma empresa que geralmente faz jogos bastante sólidos, sem nunca realmente ter se tornado maciça na indústria. O que você pode não se lembrar é que, até o final da existência da empresa, suas campanhas publicitárias cruzaram a linha de insanidade.

A primeira das três propagandas de Acclaim nesta série é talvez a menos ridícula. Em 2002, a empresa estava querendo relançar a popular série Turok. Os jogos tinham muito sucesso no Nintendo 64, mas o surgimento de uma nova geração de consoles deixou a empresa em busca de uma maneira de trazê-lo uma nova audiência.

Então, como a empresa faria para o púbico ficar animado sobre o próximo Turok: Evolution? Simples: Eles ofereceram US$ 10.000 para qualquer um louco o suficiente para dar “Turok” como nome de seu filho recém-nascido. Teve como intenção de convencer gamers céticos em relação à qualidade do título. E curiosamente o jogo não vendeu particularmente bem. Não se sabe se alguém realmente ganhou o prêmio, mas se há uma criança lá fora nomeada Turok, você pode apostar que ela passa a vida contando os dias até que tenham idade suficiente para obter uma mudança de nome.




Resident Evil

2-resident-evil

Em 2003-2004, a Capcom, empresa desenvolvedora de jogos, estava fazendo um movimento muito grande com a sua série Resident Evil. Antes do sucesso monstro de Resident Evil 4, a empresa decidiu que o caminho a seguir para a série era levar as pessoas a jogar online. O jogo em si trazia uma ideia decente. Não era o tradicional Resident Evil,  mas sim um desdobramento da série popular. E assim foi necessária uma campanha de marketing para aumentar a consciência.

A Capcom decidiu trabalhar com uma agência para criar um site que permitira aos usuários inserir o número do celular de um amigo, fazendo com que o site envie uma mensagem dizendo que eles tinham contraído o T-Virus. O T-Virus, para aqueles que não sabem, é o vírus que causa o surto de zumbis que é o centro do jogo. O texto ainda ia com um link para um site que oferecia prêmios para alguns sortudos.

Você já pode ter descoberto o que deu errado aqui. Resumindo, o site permitia que as pessoas inserissem qualquer número de telefone celular, que por sua vez fez com que milhares de pessoas recebessem mensagens de texto não solicitadas dizendo que eles tinham sido infectados pelo T-Virus. Aqueles que estavam familiarizados com o jogo simplesmente sorriram e ignoravam. Os que não estavam, foram em busca de apoio das empresas de antivírus perguntando como lidar com a “ameaça”.

  1. Rodrigo Sopadeletrinha

    4 de janeiro de 2015 em 12:08

    Eu tenho um amigo chamado Turok. A m~e dele deu o nome justamente por ser fã do jogo!!!

  2. Adriano Saadeh

    3 de janeiro de 2015 em 14:36

    Como os caras fazem uma coisa tão absurda como o do Resident sem mensurar os efeitos colaterais…
    tsc tsc tsc

  3. Gabriel Frigini

    1 de janeiro de 2015 em 12:24

    rsrsrsrsr! fail!!

  4. Jeff Dantas

    1 de janeiro de 2015 em 06:37

  5. Max_Power

    31 de dezembro de 2014 em 19:49

    Post legal,pena q foi curto demais.
    Então vou avaliar como “não gostei”.
    Se tivesse mais conteudo………

  6. Death

    31 de dezembro de 2014 em 18:35

    IMAGINA Q LOKO A PESSOA IR PERGUNTAR NO YAHOO: GENTE, SERÁ QUE O AVG DETECTA O T-VIRUS?

  7. Willyam Ricardo

    31 de dezembro de 2014 em 17:47

    Acho que resident 5 foi o jogo mais racista feito no mundo….e ainda na Africa…. O_O

    • Matheus

      9 de janeiro de 2015 em 21:10

      O jogo se passa na africa né
      e claro que a maioria dos zumbis
      são negros você queria que
      Na africa tivesse só brancos…

    • jose cladio

      1 de janeiro de 2015 em 23:41

      até porque ter negros na africa é algo bem bizarro, não, Resident Evil 5 com certeza é o jogo mais racista já feito.

  8. Robson X Estér

    31 de dezembro de 2014 em 17:12

    Digamos que no dia de hoje é comum publicidades sem noção alguma mas fazer o que o negocio é ganhar dinheiro não podemos negar que o jogos são muito bons…

  9. Willyam Ricardo

    31 de dezembro de 2014 em 16:22

    Resident 4 foi ”INCRÍVEL” e muito bem feito,mas depois a capcom mudou todo o gênero do jogo.O que antes era terror agora virou ”GUERRA” nada ver, o residente 6 e operation in raccoon city tava mais pra BF do que terror. Dead space 1,2 e 3 ficou muito melhor que os outros residents pelo simples motivo de ter muito terror e uma pitada de ação muito bom a serie na minha opinião.
    P.S: N estou dizendo que eu n acho ruim os residents sitados acima,só acho que a capcom fugiu um pouco do foco classico do jogo que era ”TERROR”.

    • Josh Giovanni

      31 de dezembro de 2014 em 17:01

      Dead Space me fez tomar muitos copos de água com açúcar na vida ‘-‘

      • Willyam Ricardo

        31 de dezembro de 2014 em 17:40

        kkkkkk tbm véi 1 e o 2 me deram um pouquin de medo,mas o 1 se destaca mais…kkkkk eu odiava aquelas quarentenas.

        • Josh Giovanni

          3 de janeiro de 2015 em 01:43

          Man…o DS1 me dá pavor até hoje ‘kkkk
          Agora eu estou jogando o 2 de novo e putz…tá feio o negócio ‘haha

  10. Rob Lucci

    31 de dezembro de 2014 em 16:06

    Me lembrou aquela promoção insana que a Bethesda fez com Skyrim: Se um garoto nascesse dia 11.11.11 (Dia do lançamento do jogo) e o nomeassem Dovahkiin, os pais da criança e ela ganhariam jogos grátis da desenvolvedora pelo resto da vida.
    Mas a diferença é que, além de Skyrim ser um jogo infinitamente melhor que Turok, Dovahkiin é muito mais FODASTICAMENTE BADASS que “turok”. Quem não queria ter um nome que significa “Nascido de um dragão?” xD

    • Max_Power

      31 de dezembro de 2014 em 18:28

      “Quem não queria ter um nome que significa “Nascido de um dragão?”….
      Mas isso seria chamar a propria mãe de dragão………

      • Rob Lucci

        31 de dezembro de 2014 em 22:05

        shuahsuahsauhusa, mas… tipo..
        Cara, você tem razão ‘-‘

        • Max_Power

          1 de janeiro de 2015 em 09:20

          Uuuué…….então curti ai irmão……

    • Hermann Delgado

      31 de dezembro de 2014 em 17:17

      put…. eu nasci 11//11/97…. e tenho um nome super estranho… eu quero meus jogos

  11. FunkyMiniluaCat

    31 de dezembro de 2014 em 15:51

    Há alguém chamado turok neste mundo…Espero pelo menos que seja um homem.huehue^^

    • Josh Giovanni

      31 de dezembro de 2014 em 17:05

      Ai você conhece uma garota e pergunta:

      Qual seu nome?

      – Turok

      Sério?…e como eu faço pra jogar você?

  12. Josh Giovanni

    31 de dezembro de 2014 em 15:46

    Eu colocaria o nome do meu filho de “Duke Nukem” ou “Rick Grimes” se fosse pra ganhar 10 mil dilmas ‘kkk

    • FunkyMiniluaCat

      31 de dezembro de 2014 em 15:50

      Como diz o ditado Antes tarde “duke nukem”…

      • Josh Giovanni

        31 de dezembro de 2014 em 16:59

        Puuuuutss….e eu vou terminar o ano com uma frase dessa vey? ‘kkkk

        • Jeff Dantas

          1 de janeiro de 2015 em 06:38

          Hhahahah falando nisso, feliz ano novo!! ^^

          • Josh Giovanni

            3 de janeiro de 2015 em 01:41

            Valew man…pra vc tbm =)

  13. Little Uchiha™

    31 de dezembro de 2014 em 15:34

    Como pode um jogo tão bom como Resident 4 marcar o começo da decadência da série? Aliás o T vírus foi o primeiro, hoje em dia tem um alfabeto inteiro de vírus.

    • Adriano Saadeh

      3 de janeiro de 2015 em 14:37

      Pra mim a franquia começou a ruir no 4, mudando radicalmente com o que os título anteriores propunham.
      claro que um ótimo game, porém como uma outra pegada

    • Rob Lucci

      1 de janeiro de 2015 em 14:49

      Essa coisa de RE 4 ter sido uma decadência é coisa de babaca mesmo. Típico fã poser que acha que “susto” faz um jogo de terror.
      Não sei vocês, mas eu amo RE4. Você tá sozinho, a munição não é abundante como os outros (Se for sua primeira vez, nunca tem munição depois de uma luta contra chefe xD) e claro, você tem que se preocupar com você, milhões de fazendeiros, cultos satânistas, gigantes, motosserras, e com aquela vaquinha irritante.
      Para mim é um dos melhores da série, e jogos como a série Outbreak, Code Veronica, Zero, o maravilhoso Revelations e o futuramente maravilhoso Revelations 2 demonstra que a série ainda tem muita história, só falta a Capcom acertar mais na bola.

      • Little Uchiha™

        1 de janeiro de 2015 em 15:02

        [img]http://a0.twimg.com/profile_images/1717909131/meme-Ui.png[/img]
        Primeiro fã de cu é rola, segundo q Resident evil nem é mais lá essas coisa, o revelations foi legal pq trouxe um pouco do mistério e sensaçao dos antigos, mas achei bem ruim a história dele, os monstros e talz.
        Enfim, ainda é um jogo q da de jogar, mas não é obrigatório como era na época do ps1.

        • Rob Lucci

          1 de janeiro de 2015 em 16:05

          Também não é obrigatório a época do PS1. No máximo, um jogo indispensável é o Resident Evil 2, e só. Revelations, tudo bem, ele divide opiniões, mas não podem negar que ele não tenta trazer os bons e velhos momentos da época do PS1, e mistura um pouco da ação dos atuais. Mas, como opinião é que nem c#, você pode te-lô achado mediano, enquanto eu achei uns dos melhores RE que fizeram.

    • Josh Giovanni

      31 de dezembro de 2014 em 15:53

      Eu curti muito RE4 no tempo dele,lembro que foi um dos únicos jogos que zerei 100%…mas eu gostava porque naquele tempo do “play 2” não tinha muitos jogos daquele naipe,mas agora tem mais de 300 com a mesma engine,e por isso o jogo fica enjoativo e não ruim,o jogo RE6 eu zerei com a Sherry e foi legal,mas eu curti muito mais o RE Revelations por ser mais terror e mais tenso (lugares fechados e personagens clássicos),mas o que resta é esperar por RE7 e RE Revelations 2 pq vai ser melhor 🙂

    • Li Syaoran

      31 de dezembro de 2014 em 15:51

      O Resident Evil 4 já apresentava todas as características que viriam a marcar a decadência da franquia: câmera de TPS, ação de shooter, falta de puzzles, itens à beça e bem pouco terror. A única razão para ele ser considerado tão bom é que foi um dos primeiros grandes jogos do PS2 e portanto fez parte da infância de muitos; mas não é de forma alguma comparável aos bons jogos da franquia.

      • Little Uchiha™

        31 de dezembro de 2014 em 16:01

        Sim eu sei que o 4 foi o começo da revolução e os seguintes foram seguindo a fórmula, pode ser isso ae mesmo mas eu ainda acho q foi ficando mais ruim, e tipo ficou enjoativo, parece um jogo qualquer.
        Meu preferido é o code Veronica, nossa q jogão, pra c ter uma ideia nem pirata eu tenho vontade de jogar os novos.
        Mas eu acho q essa implicância da minha parte se dá muito pela minha preferência de fps online agora, cada vez mais jogos offline estão ficando sem graça pra mim.
        Eu montei um PC razoável e o q eu rodo nele? Crosshack um jogo q qualquer pc Pentium roda.
        Tenhoo q voltar a gostar dos jogos offline.

      • FunkyMiniluaCat

        31 de dezembro de 2014 em 15:54

        Concordo com vc. Agora os últimos jogos da série como o revelations estão bons, enfim a capcom aprendeu com os erros.

    • Lucas

      31 de dezembro de 2014 em 15:39

      é por que existem pessoas que não tem o que criticar aí ficam dizendo que residente evil era melhor com câmera antiga,jogabilidade antiga, etc

  14. chapolim do mal

    31 de dezembro de 2014 em 15:14

    As pessoas são muito politicamente corretas e isso me irrita, qualquer brincadeira pode e será levada a sério por algum babaca, as pessoas deveriam relaxar e curtir. Um exemplo do que eu digo é o bullyng, antigamente as brincadeiras não eram crime e nem te davam uma multa de processo tão grande.

    • Matheus

      2 de janeiro de 2015 em 23:20

      É mas se fizessem bullyng contigo VC não ia gostar.

  15. Caciano Genz

    31 de dezembro de 2014 em 15:00

    como já dizia de experiencias negativas em grande escala, faz uma propaganda dessas hoje em dia, que todo mundo surta achando que é o E Bola…

39 Comentários
mais Posts
Topo