Minilua

O que acontece com seu cérebro ao aprender coisas novas

O sistema nervoso central é responsável por receptar, analisar, comandar e processar toda e qualquer atividade exercida pelo organismo. Ao realizar algo o qual não estamos acostumados, inicialmente, encontraremos algum tipo de dificuldade, mas à medida que aprendemos coisas novas, regiões diferentes no encéfalo são ativadas e toda vez que praticarmos, o SNC tende a aperfeiçoar.

O que acontece então, dentro desse sistema tão complexo que conforme praticamos, tudo se torna mais rotineiro e fácil de fazer? Tudo isso é mérito de uma camada existente nos neurônios (não em todos), denominada mielina, que tem a propriedade de conduzir os impulsos elétricos de maneira coordenada entre um neurônio e outro, aumentanda ainda mais a velocidade, formando ainda novas sinapses entre estas células.

A mielinização, como é chamado esse fenômeno tem seu ápíce entre a infância e a adolescência, por isso, se diz que os jovens aprendem muito mais rápido que os adultos.

O SNC, quando estimulado a realizar atividades, as quais, necessitamos que sejam rápidas e precisas, aciona células denominadas astrócitos e oligodendrócitos, que recebem estímulos, liberando compostos que forçam a produção de mielina, sucessivamente. Sendo assim, os sinais elétricos são repassados aos neurônios toda vez que praticamos algo, aperfeiçoando-o ainda mais e conforme o tempo passa, células da glia são ativadas, mielinizando axônios, formando novas sinapses, dando um up na transmissão do sinal.

Assim também acontece com pequenos erros e vícios ao praticar as atividades, caso você não os corrija a tempo, seu cérebro irá “gravar” e mielinizá-los também, ficando cada vez mais difícil livrar-se deles.