Minilua

O que não deve ser feito na hora H?

Como se portar durante uma relação sexual? O que falar ou não para sua parceira ou parceiro? Pensando nisso, e buscando esclarecer você, internauta amigo, separamos uma listinha do que deve ou não ser feito na “Hora H”. Boa leitura!

No caso dos Homens

Calcinha bege: Esta é uma das fantasias que permeiam o imaginário masculino. Muitos homens sentem verdadeiro fascínio por descobrir qual a cor da calcinha de sua parceira. Por outro lado, para muitos, é extremamente “brochante” que sua namorada esteja usando um modelito bege.

Tentar fazer fio terra: Bom, alguns homens até se interessam pelo chamado “fio terra”. Por outro lado, é sempre bom perguntar antes se seu parceiro é um adepto da técnica, e se sente prazer nesse sentido.

Apertar os mamilos dele: Diferente das mulheres, os homens não sentem tanto prazer quando são tocados na região dos mamilos. O máximo que pode acontecer, em alguns casos, é que seu parceiro reclame de dor.

Espremer a região do saco escrotal: Bom, é indicado cautela quando se trata dessa região. Um estímulo básico é sempre bem vindo, mais não pense que você está espremendo uma laranjada.

Despir-se de forma muito rápida: Cá entre nós, isso acaba com todo o clima.

Massagem grosseira: Utilize as mãos ou parte dos dedos para realizar uma massagem sensual. Nunca, jamais, joelhos ou mesmo cotovelos.

Perguntas em demasia: Não que sejamos insensíveis, mais é bom que se diga, a cama não é o melhor lugar para debater determinados assuntos da relação.

Sentar sobre o estômago dele: Bom, dependendo da posição, o risco de um machucado mais sério acaba sendo inerente.

Falar alto: Chega a ser desestimulante ter uma pessoa que fale alto, ou ainda, que grite com você antes, durante e após uma relação. Seja natural!

Dar instruções: Evite dar muitas instruções, apenas o necessário, sem gritaria. Lembre-se: Você não está disputando a final da Copa do Mundo.

Fazer sexo oral com excesso de gentileza: Tudo que é em excesso estraga. Por outro lado, se a sua parceira não colabora, sentindo nojo da situação, o tesão do momento pode diminuir de modo significativo.

Depilação: Essa é uma questão controversa. Alguns homens até gostam de um pouco mais de pêlos na região da virilha de suas namoradas. Por outro lado, é sempre bom manter uma certa higiene.

No caso das Mulheres

Espremer os seios da sua parceira: Não, você não está lidando com um par de melões, comprados em uma feira livre. Haja com cautela, experimente tocar de modo sutil os seios da sua namorada, afague-os, acaricie-os e alise-os.

Não fazer a barba: Isso é extremamente broxante para as mulheres, especialmente durante uma relação sexual. Portanto, antes de começar algo mais intimo, vá até o banheiro e tire o excesso de pêlos do rosto.

Dar um chupão na orelha: Outra questão controversa. Algumas garotas até gostam desse tipo de técnica, mais haja de modo natural, não pense que você está diante de alguém que necessite de respiração boca a boca.

Não beijar primeiro: Antes de qualquer coisa, opte por um beijo dado com amor e carinho. Lembre-se: Uma preliminar bem feita acaba sendo essencial para o sucesso da relação.

Ignorar as outras partes do corpo: Não, uma mulher não representa um par de seios ou bumbum. Experimente conhecer melhor o corpo da sua parceira.

Atacar o clitóris: Por se tratar de uma região bastante sensível, evite movimentos muitos bruscos.

Perguntar se a garota gozou: Em algumas situações, isso pode ser bastante chato. Tente perceber por si só.

Tentar fazer sexo anal: Custa perguntar? Algumas garotas podem se sentir ofendidas caso você insista.