Minilua

Por que sacudimos a cabeça para afirmar ou negar?

Não se sabe bem o motivo de esses gestos serem assim. Mas é certo que tudo está ligado aos processos evolutivos de cada espécie, que determinam os tipos de comportamento e gesticulações. Até os animais desenvolvem e utilizam códigos para se expressar. “Aliado a isso, existem fatores culturais, que acabam diferenciando ou invertendo esses movimentos. Desde quando nascemos, aprendemos esses gestos observando nossos pais e outras pessoas”, explica Esdras Vasconcellos, professor de psicologia da Universidade de São Paulo. Ou seja, a maneira de gesticular é diferente em algumas regiões, porque vai de acordo com particularidades e com a cultura de cada país.

DIGA SIM, DIGA NÃO

Alguns gestos podem parecer universais, mas sempre existem aqueles que fogem à regra. Saiba como afirmar e negar em algumas regiões do mundo

NÃO PARA CIMA E PARA BAIXO

Em alguns países os gestos de sim e não são o contrário do que estamos acostumados. Para dizer que não, eles mexem a cabeça para cima e para baixo. Isso acontece na Bulgária e em algumas regiões do Japão, da Grécia, da Itália e do Irã. Na Turquia o gesto é semelhante, mas ao negar eles também fazem um barulho com a boca

SIM VIRANDO A CABEÇA PARA OS LADOS

Nas regiões onde dizer “não” parece um “sim”, o gesto para a afirmação também é invertido. Então, se quiser concordar com alguém, vire a cabeça para os lados, como se estivesse negando

SIM TOMBANDO A CABEÇA

Para dizer que “sim” na Índia, é bem diferente. As pessoas fazem um rápido movimento tombando a cabeça para os lados. Para fazer isso, eles mantêm os ombros parados e inclinam a cabeça uma vez ou mais para concordar

SIM ERGUENDO AS SOBRANCELHAS

É assim nas Filipinas. As pessoas erguem as sobrancelhas como sinal de acordo

Fonte: Mundo Estranho