Minilua

Por que os videogames são tão caros no Brasil?

Todo mundo sabe que aqui no Brasil os impostos não são brincadeira, dessa forma qualquer coisinha custa os “olhos da cara”, mas você sabe realmente o quanto é abusivo o valor dos impostos sobre os videogames?

Bom, se não sabe vai ficar sabendo e certamente vai se apavorar.

Por exemplo: se comprarmos um videogame de R$ 100 no exterior e importarmos para cá, o produto vai ter um acréscimo de R$ 164 no seu preço final, ou seja, um produto que custa R$ 100 vai acabar custando incríveis R$ 264! Roubo é um elogio para um negócio desses.

A desculpa do governo para a cobrança desses impostos abusivos é que eles têm que manter a competição saudável entre os produtos que vem de fora e os produzidos aqui. Mas a pergunta que fica é: “Qual videogame de qualidade que é produzido no Brasil?” Nenhum… Não tem concorrência interna, se eles baixarem os impostos sobre os videogames importados não vai afetar a “indústria brasileira de videogames”, mesmo por que ela não existe.

Abaixo você pode ver a tabela de impostos cobrados e quanto custa cada “facada”:

E ainda existe outro problema: os produtos lá fora são comprados em dólares. Por isso o PlayStation 3, que atualmente custa 300 dólares no E.U.A, está sendo vendido por R$ 2.000,00 aqui na terra dos “bobos”.

A única esperança eu nos resta é que a Campanha Jogo Justo possa conseguir alguma coisa que nos ajude, pois se esperarmos pelo pessoal lá de Brasília nós vamos continuar jogando Nintendo 64, enquanto o mundo joga PlayStation 4.

Deixe seu protesto!