Minilua

Recordes que ninguém quer bater

Bater um recorde e entrar para a história é a motivação que leva muitas pessoas a realizarem as mais loucas coisas, porém existem alguns recordes que ninguém quer quebrar.

Maior arremesso da natureza

O EUA sofre normalmente com tempestades, principalmente com furacões e tornados. Mas essas duas catástrofes da natureza são coisas bem diferentes. Os furacões são aqueles grandes sistemas de ar que duram dias, normalmente surgindo nos oceanos e migrando para a terra. Já os tornados são similares, porém são pequenos e localizados, afetando poucos quilômetros e durando pouco mais de 15 minutos.

Um desses tornados ocorreu em 2006 e acabou por causar um incidente inusitado. Matt Sauter, um garoto de 19 anos, estava na casa dos seus avós, quando começou a ouvir alguns barulhos estranhos na rua. Quando foi olhar, ele se deparou com uma grande tempestade, mas antes que pudesse se esconder, as paredes do trailer de sua família foram arrancadas e ele saiu voando junto com a casa.

Alguns minutos depois, ele acordou no meio de um campo a mais de 398 metros de distância de onde estava. Para sua sorte, Matt sofreu apenas um corte na cabeça e entrou para a história: O ser humano que foi jogado mais longe por uma tempestade e sobreviveu para contar o ocorrido. Antes dele, uma menina havia sobrevivido a um voo de 300 metros, mas agora ela é apenas a segunda recordista.

Ser humano mais pesado do mundo

A modernidade trouxe diversas facilidades para vida humana, mas também criou alguns problemas. Uma das principais preocupações é a obesidade, que aumenta a cada dia.

Porém, no passado, algumas pessoas entraram para a história com seu peso. Jon Brower Minnoch é uma lenda da obesidade, pois ele detém o recorde de ser humano mais pesado de todos os tempos. Com 12 anos de idade, ele já tinha 132 quilos. Porém nunca parou de comer tudo que desejava. Em 1978, ele foi internado tendo apenas 37 anos de idade, pois seu corpo não estava mais aguentando o peso, que já batia os incríveis 640 quilos! Nesse mesmo ano, além de ser tornar a pessoa mais pesada que se tem registro, ele também entrou para a história por fazer parte do casal que possuía maior diferença entre os dois, pois sua esposa tinha apenas 50 quilos.

Após essa internação, Jon entrou em um regime forte, chegando a perder 419 quilos, o que lhe deu mais um recorde. Em 1983, com apenas 41 anos, seu corpo não aguentou e ele morreu devido a complicações médicas.

O acidente

Donald Malcolm foi um grande recordista, que botou seu nome na história sendo um dos mais velozes homens de todos os tempos. Em seu nome, esse maluco tem mais de uma dezena de recordes que envolvem velocidade, tanto na água quanto em terra.

Em 1964, ele chegou a quebrar o recorde de maior velocidade registrada na água e na terra, tornando-se uma lenda no ramo.

Durante muitos anos de sua carreira, Donald disputou o título de homem mais veloz do planeta contra John Cobb. Em 1952, Cobb acabou morrendo quando quebrou o recorde de seu inimigo. Sem medo de sofrer com o mesmo destino, Donald partiu para a quebra do recorde, mas a morte mais uma vez estava rondando o lugar.

A 643 Km/h, Donald perdeu o controle de seu carro hiperveloz, fazendo com que ele se despedaçasse. Todos pensaram que ele havia morrido, porém acabou sobrevivendo com uma fratura no crânio e um tímpano estourado. Meses depois, Donald estava de volta, batendo novos recordes.