Minilua

Refrigerante da Universal quer acabar com a Coca-Cola

O refrigerante Leão de Judá Cola, criado em 1999 pelo empresário Moisés Magalhães em sociedade com a Igreja Universal do Reino de Deus quer desbancar o principal concorrente, nada mais nada menos que a Coca-Cola. No canal do Youtube da marca, o empresário diz que quer substituir a Coca-Cola pelo seu refrigerante.

Em um dos vídeos postados no YouTube (veja abaixo), o empresário diz que: “A Coca-Cola, escrita ao contrário, quer dizer ‘Alô, diabo'(…) Ela é a água suja do inferno, ela é a água podre do diabo para viciar a pessoa na cocaína", diz o empresário.

Na campanha feita pelo YouTube e Facebook, o empresário chama os membros da igreja a ser revendedores do refrigerante, a meta é chegar aos 7 mil distribuidores do Leão de Judá. Em outro vídeo publicado, eles comparam a “guerra” com a Coca-Cola como a de Davi e Golias.