Religiões geradas por obras de ficção

Todas as religiões do mundo têm suas histórias e mitologias inerentes, muitas dos quais já existem há tanto tempo que há um debate quase constante sobre o que é verdade e o que é ficção. Há muitas religiões, no entanto, que têm surgido tão recentemente que não há dúvidas de suas origens. Sobre as religiões que se seguem, algumas são sérias e algumas em tom de brincadeira, apesar do fato de que a origem da religião pode ser claramente atribuída a uma obra de ficção.




Dudeísmo de O Grande Lebowski

1-the-dude

Cult clássico dos irmãos Coen não era exatamente um sucesso de bilheteria, mas sua popularidade duradoura entre os fãs levou à desova de uma religião. Os aspirantes são convidados com o discurso “Venha se juntar a religião mais lenta de crescimento no mundo, o Dudeísmo. Uma antiga filosofia que prega o minimalismo e acima de tudo, uh… perdi minha linha de pensamento lá “.

Dudístas tomam uma posição um tanto ambígua quando se trata da seriedade de sua religião, dizendo na seção FAQ do seu site oficial, “Embora Dudeísmo faz uso de humor e sátira, somos totalmente sérios em nossa crença.”

Os devotos são capazes de juntar-se as 220 mil pessoas no mundo que tornaram-se ordenadas por padres Dudeístas. Sacerdotes dudeístas são capazes de presidir legalmente casamentos nos Estados Unidos.




Jediismo de Star Wars

2-jedi

Apesar de claramente ser inspirado na franquia de Star Wars, o Templo da Ordem Jedi recebe os visitantes em seu site com o seguinte aviso: “Nós não somos uma comunidade de RPG de Star Wars, mas uma igreja de uma religião genuína, Jediismo. O Jedi neste site não são os mesmos que os retratados dentro do Star Wars. Jedi são personagens fictícios que existem dentro de um universo literário e cinematográfico. ”

Obviamente, esta religião tem suas crenças levadas muito a sério, que são as seguintes: “Jedi acreditam na força e no valor inerente de toda a vida dentro dela. Na santidade da pessoa humana. Somos contra ao uso da tortura e penas cruéis ou incomuns, incluindo a pena de morte. Em uma sociedade regida por leis fundamentadas na razão e da compaixão, não de medo ou preconceito. Em uma sociedade que não discrimina com base na orientação sexual ou circunstâncias do nascimento, tais como gênero, etnia e origem nacional. Na ética da reciprocidade, e como os conceitos de moral não são absolutos, mas variam de acordo com a cultura, a religião, e ao longo do tempo. Na influência positiva de crescimento espiritual e consciência na sociedade. Na importância da liberdade de consciência e auto-determinação dentro das estruturas religiosas, políticas e outras. Na separação entre religião e governo e as liberdades de expressão, de associação e de expressão “.

Enquanto o Templo da Ordem Jedi faz o ponto imediato de dissociar da franquia de Star Wars, ele também admite que suas filosofias são muito semelhantes aos defendidos pelo Jedi imaginário que aparece no cinema e na literatura. O sistema de crenças delineado pelo Jedi são bastante abrangente, incluindo “Os três princípios”, “O código”, “Os 16 Ensinamentos”, e finalmente, “As 21 máximas.”

  1. FunkyMiniluaCat

    19 de janeiro de 2015 em 01:38

    jediismo é… sei…

    [img]http://www.loripalminteri.com/wp-content/uploads/2014/12/jesus_jedi_by_dart19-d3b90tb.jpg[/img]

  2. AnnieBitencourt

    18 de janeiro de 2015 em 15:12

    Só perda de tempo essas coisas.

  3. Wesley Ricce

    18 de janeiro de 2015 em 10:39

    HUAHUAHAHAHUAHAU E AS OUTRAS RELIGIÕES ? SÃO BASEADAS NO QUE ? NA VERDADE ?

    • Karamelo

      18 de janeiro de 2015 em 20:47

      Deve ser culpa da alucinação provocada por usos de substâncias ilícitas.

  4. Vinicius de Oliveira

    18 de janeiro de 2015 em 08:24

    e a cientologia ?

  5. Gabriel Frigini

    18 de janeiro de 2015 em 02:03

    polêmicos!

  6. Ivn K

    18 de janeiro de 2015 em 02:02

    Faltou o Gokuísmo, que a salvou a Terra não só uma vez como alguns messias e sim 4. Levantem as mãos para a Genki Dama, que Goku seja louvado.

    • FunkyMiniluaCat

      19 de janeiro de 2015 em 01:29

      \o/

  7. chapolim do mal

    17 de janeiro de 2015 em 22:42

    Galera gosta de perder tempo tentando influenciar outras a seguirem o que elas acham que está certo, o problema é que existem pessoas fracas que são influenciadas e viram Zumbis sem opinião que seguem cegamente algo apenas porque as reconforta e luta com garras e dentes para defende-las ao invés de abrir os olhos para realidade que as cercam.

  8. Doge

    17 de janeiro de 2015 em 22:35

    Será que alguém ainda vai criar o Miniluísmo?

    • chapolim do mal

      17 de janeiro de 2015 em 22:37

      Chama o Diego e diz pra ele criar uma pra mostrar como funcionam as religiões.

      • Doge

        18 de janeiro de 2015 em 16:52

        Sei lá acho que o Diego ia dizer que o minilua não existe xD

  9. Blue

    17 de janeiro de 2015 em 21:56

    A religião dos jedis poderia dar muito certo se não fosse diretamente ligada a Star Wars, é legal, boa, mas fica parecendo um daqueles nomes que você inventa pra dizer que é ateu.
    Imagina se fosse post do Diego…

  10. Miles Prower

    17 de janeiro de 2015 em 21:55

    Faltou o cristianismo.

    Hmmm, talvez haja tretas.

    • meu nome é um grande texto que não faz sentido e que faz apologia a drogas e sexo, mas nem todas as drogas, esse nome não faz apologia a droga que é o DC he-he-he, onde será? que eu posso chegar aqui no nome, pois é óbvio que em algum momento o esp

      18 de janeiro de 2015 em 07:56

      a sua treta foi bem sucedida. Eu só quero te animar

      • Miles Prower

        18 de janeiro de 2015 em 23:46

        A propósito, curti seu nick.

        • meu nome é um grande texto que não faz sentido e que faz apologia a drogas e sexo, mas nem todas as drogas, esse nome não faz apologia a droga que é o DC he-he-he, onde será? que eu posso chegar aqui no nome, pois é óbvio que em algum momento o esp

          19 de janeiro de 2015 em 21:12

          vlw, eu gostei da foto do sonic, sempre achei ele melhor que Mario

      • Miles Prower

        18 de janeiro de 2015 em 15:39

        Muito obrigado por sua bondade em ajudar o próximo. Agora voltarei a comer meu pão.

  11. Drogado Anônimo

    17 de janeiro de 2015 em 21:20

    Faltou Gokuísmo

    • chapolim do mal

      17 de janeiro de 2015 em 22:39

      Eu seria Gokuista, Goku abençoa a nós e perdoai os Majin Boos porque eles não sabem o que faz.

      • Ivn K

        18 de janeiro de 2015 em 02:06

        Majin Boo foi perdoado, meu amigo. Agora ele é um bom seja lá o que ele for.

        • chapolim do mal

          18 de janeiro de 2015 em 11:59

          Exatamente, ele é um Deus misericordioso.

    • Jeff Dantas

      17 de janeiro de 2015 em 22:19

      Hhahaha tai, não seria má ideia!! ^^

    • Kuzan

      17 de janeiro de 2015 em 21:53

      Relaxa que via ter mais.

  12. Kuwabara

    17 de janeiro de 2015 em 20:28

    Entrei aqui achando que iria encontrar a religião matrixismo

  13. DCemblemático

    17 de janeiro de 2015 em 20:21

    Eu tenho o livro.. Melhor eu tenho a bíblia do caminho do Jedi he-he-he

  14. André Silva

    17 de janeiro de 2015 em 20:05

    Não dá pra eu seguir o jediismo, sou a favor da pena de morte.

    • Gustavo Araujo

      19 de janeiro de 2015 em 10:20

      Pensei a mesma coisa :/ Mesmo assim continua sendo uma boa religião 😀

    • chapolim do mal

      17 de janeiro de 2015 em 22:34

      Eu também sou mas sempre se pode reconsiderar quando se há argumentos que sustentem uma opinião contrária.

31 Comentários
Topo