Minilua

Resta um mês para o Apocalipse Maia! Tá preparado?

Este sem dúvida é um tema que vem dando o que falar, sobretudo no decorrer deste ano. Assim como em outras ocasiões em que muita gente acreditava que o tempo da humanidade finalmente havia se findado, como em meados do início dos anos 2000.

O fato é que o suposto Apocalipse previsto pelos Maias divide opiniões, enquanto muitos acreditam veementemente no fim iminente, outros veem a data como o inicio de uma nova era, há também aqueles que não dão a mínima mesmo, pois para eles acreditar nisso é a coisa mais absurda do mundo.

De qualquer forma é interessante conhecer de onde saiu a real origem destas crenças: em suma, dois textos bastante antigos foram achados na América Central e ambos denotam um significado especial para a data, 21/12/2012.

De acordo com os historiadores, o primeiro texto fora encontrado em um monumento datado cerca de 669 a. C. em Tortuguero, no México, ele faz alusão a existência de um deus associada ao fim de um ciclo previsto no calendário maia.

Por sua vez, o segundo texto faz menção ao rei lorde 13 k’atun, este seria um personagem fundamental no 13º ciclo de k’atun, cujo fim equivale a 21 de dezembro de 2012, contudo nenhum dos dois textos apresenta quaisquer previsões apocalípticas.

 

Mas afinal de contas de onde surgiu o boato?

Segundo relatos de pesquisadores, o que houve foi que quando os ocidentais examinaram o calendário maia, acabaram por deturpar os seu significados misturando-os com a mitologia ocidental do fim do mundo, impulsionada pela ascensão do Cristianismo, gerando assim um novo mito.

É inegável que no decorrer dos anos, dezenas de centenas de previsões apocalípticas foram feitas e disseminadas mundo afora, algumas de grande destaque, outras nem tanto.

Muitos afirmam que dessa vez nós não nos salvaremos… Será mesmo?

Adaptado do: Hypescience

 

O que você achou do artigo? Sua opinião é muito importante para nós, ajudando a incorporar melhores conteúdos ao site.

Se quiser me adicionar no Facebook, é só clicar aqui: Aline Santos