Minilua

Salário ideal é R$ 4 por dia, diz magnata

Gina Rinehart, a mulher mais rica de toda Ásia com uma fortuna de mais de 18 bilhões de dólares, vem causando polêmica após uma entrevista sobre a mão-de-obra da indústria de minério.

Atuamente o principal consumidor do minério da Austrália é a China, porém esse consumo caiu muito com o passar do tempo, fazendo com que o preço do minério de ferro também caisse consideravelmente.

"A evidência é indiscutível de que a Austrália está se tornando muito cara e muito pouco competitiva para realizar um negócio orientado para exportação", afirmou Rinehart em entrevista ao “Clube de Mineração de Sidney”.

"Os africanos querem trabalhar, e seus trabalhadores estão querendo trabalhar por menos de 2 dólares por dia, tais estatísticas me fazem ficar preocupada com o futuro deste país. Estamos nos tornando um país de alto custo e alto risco para investimento”, continuou.

Em maio deste ano, Rinehart conseguiu a aprovação do governo para a contratação de 1.700 estrangeiros para trabalhar na Austrália Ocidental.

As declarações de Rinehart receberam severas críticas da primeira-ministra Julia Gillard, que rebateu as declarações afirmando: "Não é o jeito australiano balançar 2 dólares às pessoas, jogar uma moeda de ouro e pedir que eles trabalhem por um dia. Nós apoiamos salários australianos adequados e condições decentes de trabalho."

As declarações de Rinehart não pararam por aí, na semana anterior ela afirmou na revista “Australian Resources and Investiment”: "Não há monopólio em se tornar um milionário. Se você é invejoso daqueles com mais dinheiro, não fique sentado reclamando, faça algo para fazer mais dinheiro você mesmo. Gastar menos tempo bebendo, fumando e socializando e mais tempo trabalhando”.

 

Adaptado de yahoo