Minilua

E se não precisássemos dormir?

Você já se perguntou o que aconteceria com seu organismo se não precisasse dormir?

Uma boa noite de sono proporciona ao ser humano a cura para o cansaço, acúmulo de energia e também o faz estar mais atento e comprender melhor o que lhe é explicado. Caso fôssemos programados para não dormir, iríamos compensar essas quase 214 mil horas consumindo energia a todo vapor.

Mas e que mudanças teriam que ocorrer para uma humanidade completamente alerta?

Bem, seria preciso que houvesse mais luz, aumentando o gasto com energia elétrica em mais de 22%, pois as madrugadas seriam comparadas a noites de sábado e para dar conta disso, seria preciso que fossem construídas mais 7 usinas de Itaipu. Haveria mais trabalho, a quantidade de comida consumida aumentaria, assim poderia-se viajar por vários lugares gastando pouco e com menos burocracia. Haveria menor privacidade com tanto tempo a mais.

Trabalharia-se até mais da metade do que o normal, as viagens tornariam-se mais frequentes, pois, se ninguém precisasse dormir, pra quê quartos? Simplesmente para guardar as malas, em qualquer lugar. Nas construções civis, não haveriam mais quartos, tampouco camas seriam comercializadas, tornando o espaço ocupado pelas casas, menor, pondo fim à privacidade e tornando a nudez e o sexo algo tão comum quanto escovar os dentes.

Talvez até os acidentes, de Chernobyl e o vazamento de óleo da Exxon, que aconteceram à noite, jamais tivessem acontecido. Pois se aconteceram, foi devido ao cansaço que causou a falta de atenção aos funcionários. Acidentes de trânsito devido a cochilar ao volante também reduziriam significativamente.

A indústria de café não seria tão importante em um mundo acordado e sem dormir, não haveria o metabolismo normal que faz com que o corpo reponha as energias necessárias para sua sobrevivência, em razão disso tudo, a população seria mais “fortinha”, pois teria que consumir 530 calorias a mais para poder produzir a energia gasta.

Interessante, não é mesmo?