Minilua

E se todos na Terra fossem vegetarianos?

Ser vegetariano significa a prática de não comer carne animal e consumir alimentos de origem vegetal, podendo ou não consumir laticínios e ovos. Quem come muita carne tem mais chances de desenvolver câncer de boca, faringe, mama e próstata e sofrer um ataque cardíaco. Certamente, ingerir menos carne vermelha irá lhe deixar mais inteligente, e consumir mais frutas e vegetais o tornará mais saudável.

Mas e se todos resolvessem virar vegetarianos, como seria?

A OMS aponta que dietas à base de plantas podem beneficiar a saúde, reduzindo o número de doenças e consequentemente, diminuindo as mortes. Isso significa que até 2050, a redução da mortalidade cairá em até 10% da população global. Teremos mais pessoas habitando o mundo.

A criação de animais para consumo libera gases na atmosfera que contribuem com o efeito estufa (como o dióxido de carbono, óxido nitroso e o metano) e até 2050 estima-se que contribuam para o aumento da temperatura da Terra em até 2 graus (ou mais). Se parássemos de consumir carne, o impacto sobre o meio ambiente seria grande. Hoje em dia, 30% da terra é destinada à criação, caso não houvessem animais para consumo, teríamos muito espaço para o cultivo de plantas e haveriam melhores condições para a preservação da Amazônia, do cerrado e do Pantanal. Em contrapartida, o consumo de petróleo praticamente triplicaria, fato que desencadearia uma grande crise energética.

Haveria um abalo na economia mundial: Muitas pessoas trabalham em empresas que produzem itens de origem animal, cerca de 1,3 bilhão e dessas, 987 milhões são consideradas pobres, aumentaria o índice de desemprego.

A população seria mais magra. Pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade George Washington, publicaram no Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics, que se as pessoas deixassem de comer carne, e não aumentassem a frequência com que praticam exercício físico ou o número de calorias que ingerem diariamente, perderiam até 4,5 quilos.

Há mais ou menos 2 milhões de anos, nossos ancestrais iniciaram uma dieta à base de carne e isso possibilitou sua sobrevivência, pois, uma massa encefálica maior, consome mais calorias e necessita de mais energia, que é retirada da carne.

Se não tivéssemos iniciado a ingesta de carne, provavelmente ainda seríamos macacos? O que você acha? Realmente haveria chance de pararmos de consumir carne? O que iria mudar na sua vida?