Minilua

Seres da mitologia que realmente existiram: Hobbits #4

Dando continuidade à série “Seres da mitologia que realmente existiram”, hoje abordo um tema que garanto ser um dos que mais me chamaram atenção desde que ingressei no corpo de editores do Minilua.

Sou fã assumido de Senhor dos Anéis, O Hobbit e tudo relacionado a essa incrível história que possui milhares de fundamentos puramente fictícios e fantasiosos, mas que também é composta por bases que realmente existiram.

 

Em busca de novidades para trazer a vocês, leitores, acabei por encontrar algumas informações que se davam contam de que os Hobbits realmente existiram. Não pense que Frodo, Sam, Pippin e Merry já correram pelo Condado, mas estiveram no planeta terra, em alguma época da história, alguns seres que podem ter sido os pequeninos da Terra Média.

Tudo começou, quando alguns escavadores e estudiosos encontraram 9 exemplares de crânios com aproximadamente um terço do tamanho de um crânio comum. As peças possuem mais de 12 mil anos e foram encontradas na Indonésia.

Inicialmente, os cientistas pensaram que se tratava de pessoas ou anões com problemas de crescimento, no entanto após muitas análises e pesquisas, acabaram por concluir que podem se tratar de crânios de uma espécie à parte, que supostamente disputou sua existência com o homem e que conheceu nossos ancestrais.

O exemplo mais real de competitividade é o do homem de Neanderthal que durante anos disputou a evolução com o Homo Sapiens e que acabou sumindo com o passar dos anos.

Não se sabe ao certo se os Hobbits realmente existiram, mas as escavações continuam e a expectativa é de novas partes do corpo desses pequeninos sejam encontrados, para enfim, confirmar se J.R.R.Tolkien realmente sabia que os habitantes do Condado existiram.

Assim que novas informações forem descobertas, trarei para você aqui na série “Seres da mitologia que realmente existiram”.