Minilua

Seriados japoneses que marcaram época: Black Kamen Rider #5

Nessa série de posts, nós já falamos de Winspector, Solbrain, Jaspion e Jiraiya. Agora nós relembraremos de outro grande clássico que marcou uma geração: Black Kamen Rider.

Black Kamen Rider

Black Kamen Rider (Kamen Raidā Burakku, no original japonês) é mais uma série de sucesso produzida pela Toei Company. No Japão, ela foi ao ar em outubro de 1987 e teve seu fim em outubro de 1988. Aqui no Brasil ela foi exibida em 1991 pela Manchete.

O seriado se destacou por ter um roteiro mais adulto, sendo considerada a melhor produção do gênero tokusatsu por muitos fãs.

Essa é a única série da franquia Rider a receber uma continuação, chamada de Black Kamen Rider RX, que tinha como protagonista o mesmo ator da antecessora.

História

A série começa quando os irmãos Issamu Minami e Nobuhiko Aikizuki são levados para a base Gorgom, que é de uma organização que pretende dominar o mundo. Essa organização os captura por que eles são os “escolhidos”, que possuem o poder para se transformarem em “homem-gafanhoto”.

Felizmente, o pai deles conseguiu salvar Issamu Minami, mas o outro filho fica preso e acaba se tornando Shadow Moon, o grande inimigo de Kamen Rider.

Issamu Minami, antes de ser resgatado, já havia recebido a pedra Kingstone, que lhe dava o poder de virar o “homem-gafanhoto”, dessa forma ele poderia vingar a morte de seus pais biológicos.

Os principais personagens da série são: Issamu Minami que é o próprio Kamen Rider e Nobuhiko Akizuki que é Shadow Moon, o irmão de Minami e grande vilão.

Outros personagens importantes são: Kyoko Akizuki, Satie Kida e Professor Hideomi Kuromatsu.

O seriado teve 51 episódios, além de dois filmes que não vieram para o Brasil.

Para matar a saudade, fica um episódio: