Seriados japoneses que marcaram época: Jiban #8

Nessa série de posts, nós já falamos de Winspector, Solbrain, Jaspion, Jiraiya, Black Kamen Rider, Changeman e Lion Man. Agora nós relembraremos de outro grande clássico que marcou uma geração: Jiban.




Jiban

jiban (1)

Jiban (Kidou Keiji Jiban, no original japonês) é mais uma série da franquia Metal Hero, criada pela Toey Company. Ela foi exibida no Japão entre 1989 e 1990, chegando ao Brasil logo após seu término no outro lado do mundo. Hoje em dia pode-se assistir a série na Ulbra TV, um canal de região metropolitana de Porto Alegre.

A série conta a história do policial Naoto Tamura que quase foi morto por um grupo de criminoso chamado Biolon. Com a ajuda de um doutor ele foi salvo e se transformou em um ciborgue, virando o famoso Jiban.Jiban-Digital 1




Já com seu exoesqueleto metálico, Jiban inicia sua luta contra o crime, visandojiban principalmente os criminosos do grupo Biolon. Além de combater o crime, Naoto também pretende encontrar sua irmã desaparecida. Em suas aventuras nosso herói conta com a ajuda de Ayumi e um robô chamado Bóris.

Os principais personagens da série eram: Naoto Tamura que é próprio Jiban; Yoko Katagiri que é o chefe de polícia; Ayumi Igarashi que é neta do doutor que “criou” o Jiban, Seichiro "Seichi" Muramatsu que é o engraçadinho do seriado e muitos outros.

20070318-jiban2

Os principais inimigos eram: Doutor Jean-Marie que é o chefão do mal; Madogarbo que é um ciborgue semelhante ao Jiban em força; Marshall e Cannon irmã do vilão maior e mais alguns de menor importância.

Para quem não conheceu ou quer matar a saudade, vale a pena curtir um episódio:




  1. Ghost Shadow

    14 de abril de 2014 em 22:01

    Robocop japones. Assitia na extinta tv Manchete.

    • Jeff Dantas

      15 de abril de 2014 em 00:02

      Nossa, que estranhooooo! Um Robocop japonês!! hahahah

  2. Bardock

    18 de janeiro de 2013 em 16:02

    Te dou um queijo Jiban!

    • Ghost Shadow

      14 de abril de 2014 em 22:03

      Jibamn ficou feliz

  3. Ene Texeira

    1 de agosto de 2012 em 23:54

    adoreiiii,rever minha infância,queria que minha filha tivesse a mesma oportunidade que eu tive quando criança,porque esses desenhos e novela de agora não estão com nada,só queria poder assistir mais episodios,tipo de:chiquititas,luluzinha,doogfany e etc,para poder mostrar pra ela,por favor vê se consegue ai,para nossa alegria,obrigado pela oportunidade de relembrar as coisas boas da minha infância

  4. Psycho The Cat

    4 de junho de 2012 em 06:23

    Prefiro Jaspion

  5. Gabriel Holstein meireles

    8 de dezembro de 2011 em 12:01

    Seriados???? O Nome é Tokutatsu ¬¬

  6. charles lindberg

    2 de agosto de 2010 em 21:30

    vai sem infancia /\ menino orfao

    esse cara TODAAA COISAAAA que o minilua posta o cara critica ta puta ki pariu

    isso na epoca era mo sucesso e eu assistia seu sem infancia

    • charles lindberg

      2 de agosto de 2010 em 22:20

      o comentario foi pro vinicius martins e que eu esqueci de clicar no responder ‘-‘

      • Vinicius>Martins

        2 de agosto de 2010 em 22:31

        cara eu falo oque eu quiser. se eu acho isso uma m****, nao vai ser vc que vai muda oqque eu penso

        • charles lindberg

          2 de agosto de 2010 em 22:36

          se f*** entao seu sem infancia

          foi abandonado pela familia ai vem se revoltar aqui

          ki se f***

          • Vinicius>Martins

            3 de agosto de 2010 em 00:51

            ué cara eu falo oque eu quiser, me desculpe se oque eu falo seja o que vc nao pensa .-.
            oque isso tem a ver?? ”foi abandonado pela familia ai vem se revoltar aqui”

  7. Vinicius>Martins

    2 de agosto de 2010 em 00:44

    caralho mais que porra ruim na moral

    • Maurício Alves

      2 de agosto de 2010 em 22:10

      Sai fora Mané!!!
      Sem infância!
      se não gosta, vaza e cala a boca.

      • Vinicius>Martins

        2 de agosto de 2010 em 22:29

        problema e deu, eu falo o que eu quiser

15 Comentários
mais Posts
Topo