Minilua

Seriados japoneses que marcaram época: Solbrain #2

Apesar de não ter o mesmo sucesso do seu antecessor, o Winspector, Solbrain também deixou sua marca na TV brasileira. Vale à pena relembrar esse clássico:

 

Solbrain

O seriado foi exibido em 1995, aqui no Brasil, e teve 53 episódios. Assim como eu antecessor, ele foi produzido pela Toei Company.

A história desse esquadrão high-tech, começa quando a antiga equipe que protegia o Japão é mandada para Europa, dessa forma surge a “Super Equipe de Resgate Solbrain”. Ela é outra criação do chefe de polícia Shunsuke Massaki, que desejava uma nova equipe, melhor que o antigo grupo Winspector.

O novo esquadrão contava com Daiki Nishio/SolBraver como líder. Ele usava a armadura chamada SolBraver, mas ela só podia ser usada por um tempo limitado. Daiki dirigia o carro Sol Líder e na hora da famosa transformação ele dizia: “Plus Up”. Sua armadura era azul.

Outro membro do grupo era Reiko Higuchi/SolJeanne, uma mulher que usava a armadura SolJeanne. Ela comanda o veículo chamado Sol Blaster e sua arma é um extintor portátil. SolDozer fecha o grupo dos que usam armadura, mas ele não é um humano como os outros. Seria mais ou menos o substituto do Biker e do Highter.

Outro membro do grupo é Jun Masuda, que está sempre junto com esquadrão, contudo ele não possui nenhuma armadura ou coisa parecida.

A série, mesmo com os fracos resultados, foi a de maior duração do gênero metal hero tendo 53 episódios e foi sucedida pela Exceedraft, que não foi exibida no Brasil.