Minilua

Sexo masculino entrará em extinção em 3, 2, 1…

Amigos, após receberem a notícia de que seu pênis poderá diminuir de tamanho, o que vocês achariam de saber que estão para entrar no hall de animais em extinção?

Homens, tremei!

É sabido que, geneticamente falando, indivíduos do sexo masculino são XY e femininos, XX. Acontece que a estrutura do cromossomo Y (masculino) está mais frágil em relação ao X (feminino). Em outras palavras, as características masculinas estão presentes no cromossomo Y e no X, as femininas, sendo assim, as mulheres demonstram uma quantidade a mais de genes em relação ao homem, pelo fato de possuírem dois cromossomos X e os homens, apenas um. Isso quer dizer que durante o pareamento cromossômico, o tal Y não será mais eficaz no momento de realizar alguns reparos necessários à formação de um novo ser e o X feminino executará a função em parceria com o X masculino.

Cientistas complementam a teoria dizendo que o cromossomo Y é inútil, pois passou por diversas transformações ao longo de milhares de anos, até chegar ao ponto de ter menos carga genética masculina atualmente.

No Japão, existe uma espécie de rato que vive sem o cromossomo Y e alguns pesquisadores acreditam que em grupos isolados de indivíduos, este processo já esteja em curso.

No entanto, isso não é motivo de pavor. Estima-se que só daqui a uns cinco milhões de anos o cromossomo Y se extinguirá de vez, dando lugar ao gênero feminino e até lá, as novas tecnologias permitirão a correção dessa falha genética.

Fonte: Hypescience