Minilua

Os sinais da mentira

Apesar de cada pessoa ser única, com suas próprias características e pensamentos, todos os seres humanos vem da “mesma fábrica” e possuem muitas coisas em comum, que estão além de nossas escolhas. Muitos traços de nosso comportamento estão embutidos no DNA e apenas muito treinamento e força de vontade podem fazer com que esses comportamentos não se manifestem naturalmente. Por isso, tirando um pequeno número de pessoas que realmente são treinadas na arte de mentir, todas as outras acabam se entregando sem querer:

 

Contato visual

Quem está mentindo tende a não manter contato visual. Contato visual entre duas cria um laço de confiança e faz com que o mentiroso tenha mais dificuldade para continuar em sua mentira, por isso, quem está mentindo sempre fica olhando para coisas em volta.

 

Pausas

O mentiroso tende a ter mais pausas prolongadas em suas falas. Durante a pausa entre as frases, quem está contando uma mentira normalmente usa sons para prolongar suas pausas, como o clássico “Hammm” e depois segue falando. Isso é feito para dar mais tempo para montar a mentira da melhor maneira, mas também acaba entregado o jogo.

Tom de voz

Quem está mentindo involuntariamente aumenta o tom de voz, deixa a mesma mais aguda do que o natural.

Palavras

Os mentirosos, para soarem mais verdadeiros, tendem a usar frases completas e também repetir as palavras usadas nas perguntas feitas. Por exemplo, alguém pergunta: “Você estragou o meu celular?”. E o mentiroso sempre vai responder algo do gênero: “Não, eu não estraguei seu celular”. Normalmente, a pessoa simplesmente responderia “Não”, mas quando está mentindo, ela tende a falar a frase completa e usar o mesmo verbo que apareceu na pergunta.

Outro sinal de mentira é uma resposta muito específica para uma pergunta simples. Por exemplo: “Você saiu com o João?”. E a resposta: “Não, eu não sai com o João quinta a noite, porque ele estava com seu cachorro doente”. A resposta para uma pergunta assim seria um simples “Não” ou “Não vi João”. O fato de ser dada uma explicação muito específica, faz com que o fato tenha tudo para ser uma grande balela.

Olhos

Os olhos são as melhores armas contra os mentirosos. Quando está mentindo, a pessoa para de piscar e assim que termina a sessão de mentiras, começa a piscar rapidamente. Outro ponto no qual os olhos entregam são as pupilas. Durante o “papo furado” as pupilas (partes pretas dos olhos) se dilatam involuntariamente, entregando o mentiroso. Apenas pessoas altamente treinadas são capazes de controlar esse tipo de reação do corpo, sendo assim, esse é o melhor jeito de detectar uma boa mentira.

 

Defensiva

Um mentiroso costuma ficar na defensiva quando questionado sobre a sua história, oposto de quem está falando a verdade. Digamos que alguém está falando sobre um acidente que supostamente teve e é questionado: “Que hora ocorreu?”. A resposta normal seria: “Perto das sete”, mas quem está mentindo sempre vai deixar espaço para erros e responderá: “Eu ACHO que era umas sete”. Expressões como “eu acho”, “se não me engano”, “me disseram” são fortes indicativos de mentira, ainda mais quando são usadas contra perguntas simples, como “em que hora”, “com quem” ou “em que lugar”.