Sistema prisional brasileiro: Existirá solução?

sistema prisional brasileiro

Uma das maiores mazelas de nosso país, seu sistema prisional, teve sua criação datada de 1769. A iniciativa, polêmica para a época, seu deu por intermédio da chamada Carta Régia.

Anos depois, em 1824, é definida a configuração das primeiras cadeias. Nelas, a separação de presos, de acordo com os crimes cometidos.

Já no início do século 19, um problema, bastante conhecido por nós, passa a ocorrer: a superlotação. No período, a Cadeia de Relação, no Rio de Janeiro, passa a contar com um acréscimo populacional.

A partir de 1890, os presos por bom comportamento, poderiam ser transferidos para unidades agrícolas ou industriais. A ideia, bastante inovadora, não lograria êxito. Tanto isto é verdade, que hoje, em 2011, são apenas 37 presídios no formato.

Em 1935, através do Código Penitenciário da República, é proposto o “sistema de regeneração do preso”.

Como se sabe, o projeto não atingiria seu objetivo, transformado bandidos de “pequena periculosidade” em “verdadeiros delinquentes”.

20 anos mais tarde, é inaugurada, na cidade de São Paulo, a Casa de Detenção do Carandiru. Em seu auge, ela ficaria conhecida como “barril de pólvora”. abrigando ao todo, o equivalente a 8200 presos.

presídio carandiru

O Carandiru, aliás, protagonizaria um dos mais tristes episódios de nossa história. Em suas instalações, no dia 02 de outubro de 1992, 111 pessoas seriam mortas, culminando em uma chacina de repercussão internacional.

-

Atualmente, a situação tem se agravado. Em diferentes estados, o número de presos é cada vez maior. Diante do quadro, inúmeras são as rebeliões realizadas.

Paralelamente a isso, poucas medidas são efetivamente tomadas, buscando, todavia, a reeducação dos detentos.

-

Por último, mas não menos importante, fica uma pergunta no ar: Até quando conviveremos com esse tipo de problema? O sistema prisional brasileiro tem solução? Não deixe de participar!

  1. tenjou utena a garota revolucionaria

    16 de junho de 2012 em 17:54

    a unica soluçao e matar os humanos

  2. Eduardo Mesquita

    14 de agosto de 2011 em 01:08

    Provavelmente este comentario nem ao menos sera lido, mas de qualquer forma fica aqui uma dica ao sistema prisional, com toda tecnologia que dispomos, acredito em uma forma facil de resolver o problema. O grande desafio seria realmente vencer os direitos humanos (que por sinal so ajudam nos direitos dos humanos indecentes). A grande populacao carceraria hoje e desprovida de qualquer atividade produtiva ou significante para a sociedade, o que estabelece um elo com o ocio e o de maus habitos, sobretudo ainda procuram de certa forma “inventar” uma certa comunidade bandida, alheia a sua situacao de preso. O grande problema e que esses presos nao tem o que fazer mas continuam pensando, e pensando justamente o que nao devem, e o pior aqueles que tem maior influencia ou instrucao cativam os de intelecto menos preparados e os tornam “coisas” piores do quando entraram no sistema. A solucao seria simples, ja que nao temos espaco nos presidios, ja que nao temos atividades para todos, ja que sua forca de trabalho estao estagnadas a reclusao, nada melhor que “literalmente” coloca-los para dormir, exatamente! Com a ajuda da ciencia, essa que mantem pessoas ligadas a aparelhos por anos em uma cama de hospital, ou induzidas ao coma profundo, podem e acredito realmente que ja exista droga especifica para isso, manter uma pessoa em estado de sono profundo por varias horas ou dias, alimentadas somente por soro, ou alguma coisa similar (alias acho soro chega ser mais barato que duas refeicoes) esses presos poderiam ser manipulados muito mais facilmente e sem absolutamente nenhum risco, com seus dias e horarios pre-definidos para tarefas pessoais, como suas vizitas semanais ou mensais, ou mesmo higiene. Penso que dormindo ninguem faz mal a ninguem, dormindo nenhum ser humano influencia o outro, e ainda nao gastariamos contruindo e reconstruindo presidios. 

    • SAMPAIO , Fábio

      21 de novembro de 2011 em 11:33

      sei… mais interessante ainda seria se fosse possivel “invadir” suas mentes e “colocar” lá algo util para a sociedade… como naquele filme “O Demolidor – Wesley Snipes – Sylvester Stallone”…

      • SAMPAIO , Fábio

        21 de novembro de 2011 em 11:35

        alias…quer saber…cadeia é igual coraçao de mae … sempre cabe mais um…

        e “direito dus manos” so serve para eles mesmo… bandido tem que virar escravo do Estado isso sim… coloca um chipe explosivo na cabeça,  uma enchada pra cada um e bota para abrir estrada hehe… quem sair das delimitaçoes… adios…

  3. Geraldo Rocha

    19 de junho de 2011 em 14:41

    TANTA DISCUSSAO E A SOLUÇAO É BEM SIMPLES É SÓ SOLOCAR UMA DESSAS EM CADA PRESIDIO E PRONTO
    http://youtu.be/_Y5Dt2xSXrA

  4. Claudinha

    17 de junho de 2011 em 21:45

    No Brasil, pena de morte só mesmo para as vítimas.

  5. Diogo Nascimento

    16 de junho de 2011 em 00:54

    Um governo de mentalidade “centro-esquerdista democrático focado na economia” nunca aprovaria leis “extremas” para  os criminosos. Deveríamos ter um partido que defendesse os nossos interesses, os interesses do cidadão de bem, da família brasileira.Nunca bandidos (leia-se políticos) iriam aprovar leis que punam infratores das leis pois isso os prejudicariam. O povo clama por justiça.  

  6. Jonas Lopes

    15 de junho de 2011 em 18:26

    Eu não sei se vocês vão ler esse comentário, já que temos mais de 50, mas o artigo errou ao colocar a data do massacre com dia 2 de Julho, assim como também errou a reportagem da Gazeta. O massacre ocorreu na realdade no dia 2 de Outubro de 1992.
    Caso leiam peço que corrijam o texto.

    • Jeff Dantas

      15 de junho de 2011 em 18:30

      Jonas, obrigado pela informação. O período citado já foi corrigido! Abraços!

  7. Anônimo

    15 de junho de 2011 em 18:17

    Larga o dedo nesses filhos da puta. Se matassem esses bandidos iria diminuir a numero de filhos da puta no Brasil além de que iria desencorajar outros a seguirem o mesmo caminho.

  8. Cleverton Sulczinski

    15 de junho de 2011 em 18:10

    As prisões deveriam ser transformadas em grandes fábricas e regidas com severidade em regime de internato, assim os condenados teriam o que fazer em vez de imergir ainda mais no mundo do crime. Tambem deveriam trabalhar para custear suas próprias despesas e eventualmente de seus familiares dependentes fora da prisão. Sem contar com o benefício maior que seria aprender uma boa profissão e poder ingressar no mercado de trabalho com conhecimento e perícia funcional no final da pena, mais ou menos isso… Sem extremos e exageros, apenas o justo…

  9. Doppelganger copycat

    15 de junho de 2011 em 16:52

    sistema filha da pu#@

    enquanto existir o sistema sempre vai ter coisas absurdas como essa, isso não é nada perto do que ainda vai acontecer. São eles que aprovam desgraças como essas

    desgraçados egoístas sempre vão puxar a corda pro lado deles e deixar a gente cair, pelo menos enquanto eles lucrarem em cima da gente

    e o pior é a incrível frustração que da por não podermos fazer muita coisa útil pra mudar isso, já que a maioria do povo viro zumbi, ou não sabe da própria força

  10. Anônimo

    15 de junho de 2011 em 15:46

    Reparem que em momento algum eu falei da pena de morte que tanto discutiram aqui.

  11. Anônimo

    15 de junho de 2011 em 15:45

    Se alguém teve a paciência de ler aquela lei que eu tinha visto e postei aqui, meus agradecimentos.

    O que pude interpretar dali (resumidamente): Os presos serão soltos, e qualquer um que for pego, só passará UM dia preso e no dia seguinte estará livre, sob condições que não o impedem de repetir o que fez. Só prenderão por um “bom tempo” se a pessoa for pega DE NOVO.
    Resumo do resumo (LOL):, Soltam, prendem brevemente para servir de aviso, soltam de novo e se pegam de novo AÍ É QUE PRENDEM O INFELIZ “DE VEZ” – ainda por cima, não exatamente, afinal aqui não existe prisão perpétua. Parece até brincadeira de criança, né?

    O Brasil tem tudo, para ser um grande país sim, até uma potência, com um pouco de sorte. O que falta é uma boa administração do país, com a atual já tem gente que odeia a própria pátria.

    É como uma coisa que vi, mas agora irei modificá-la:
    Imagine a bandeira do Brasil, você deve saber o que representa, certo? O azul é o céu, o verde é as matas e o amarelo é o ouro. Roubaram nosso ouro e desmataram nossas matas. Ordem e Progresso está se deteriorando aos poucos, com o país na mão de certa corrupção e o Brasil caminhando para trás. Se roubarem nosso céu, ficaremos sem bandeira.

  12. Claudinha

    15 de junho de 2011 em 13:32

    Bandido bão é bandido morto.

    • Jeff Dantas

      15 de junho de 2011 em 14:19

      Grande Alborghettiii 🙂 xD

  13. Recruta

    15 de junho de 2011 em 13:21

    Pra mim é pena de morte e redução da maioridade penal.
    Assim eles pensarão duas vezes antes de cometer algum delito.
    E foda-se os direitos humanos que só protege o ladrão.

  14. Mario antonio ramos

    15 de junho de 2011 em 11:57

    kkkkkkkkkkkkkkk soluçao pra bandido e soltar todos os criminosos essa é minha opiniao, eu contra prisao Perpétua se nao vai ter mais super lotaçao na prisao, a unica soluçao é pena de morte só para q tem provas q nao é inocente ne!

  15. Ivan Rocha de Oliveira

    15 de junho de 2011 em 10:55

    Pensar apenas na prisão como solução do problema violência é nunca chegar a uma solução.
    Enquanto educação, saúde e dignidade não forem disponíveis a todos, não teremos paz.

  16. Paulo de Souza

    15 de junho de 2011 em 10:46

    Sou totalmente a favor da pena de morte! Tem muito bandido que foi preso e já ta souto, matando inocentes, resultando a pena de morte ao ar livre! e o pior matando inocentes!
    Quem é contra deveria parar e pensar um pouquinho, afinal se vc se tacar em baixo de uma carreta vai morrer não vai? Se vc se atirar de cima de um predio vai morrer não vai?
    A pena de morte não vai sair matando por ai. As pessoas terão que se consientizar, e controlar seus atos pois saberão que podem morrer! Assim como brincar de roleta russa!
    E quantos os inocentes que podem morrer com esta pena, Garanto que esta morrendo muito mais do jeito que esta! Esta é minha opinião!

     

    • K'

      15 de junho de 2011 em 11:25

      Eu vi que muita gente aqui é favor da pena de morte mas, vocês sabem os custos e a burocracia que isso poderia levar ??

      Se eu não me engano, em alguns estados em que  a pena de morte é usada nos Estados Unidos, UM preso condenado a essa pena custa mais de UM MILHÃO de dólares, e leva mais de um ano da condenação até a morte. É uma burocracia absurda. Se essa condenação fosse aplicada no Brasil e nos mesmos moldes que nos E.U.A, isso só serviria pra gastar mais dinheiro público e os políticos roubarem mais do povo.

      As coisas tinham que ser igual na China : Foi condenado ? Leva pro abate, dá um tiro na cabeça e a família do condenado paga a bala usada. 

  17. Anderson

    15 de junho de 2011 em 09:01

    Meus amigos tudo começa pela educaçao, pq vcs acham que paises europeus n possuem pena de morte pois la possuem boas escolas publicas la n existe escola particular n, la eles sao bem desenvolvidos, enquanto aki nossos pais literalmente se lascam para pagar uma boa escola para nos sairmos dessas porcarias q sao as escolas publicas, eu afirmo isso pq ja estudei mais de 12 anos da minha vida em colegio particular e no ensino medio q passei pra escola publica eu vejo todo dia como e ridiculo o ensino de colegio publico

    mas claro tudo isso se deve aos nossos politicos bando de incopetentes q n fazem nada por esse povo sofredor, vcs acham q os filhos dele estudam aki no brasil??? duvido se estudar, é nas melhores escolas do nosso país

    e sabe daonde vem tudo isso da nossa ignorancia em trocar nossos votos por miseros 10 reais e vcs acham q esses 10  reais saem do bolsos deles? n, sai do nosso, ou seja, eles nos roubam e nos “devolvem” para poder continuar a votar nesses incopetentes

    eu apoio  a pena de morte e tinha q ser = os arabes por apedrejamento ou fuzilamento, ainda vem uns idiotas que se definem “direitos humanos” defender essas merdas, na hora q eles matam, estrupam, fuzilam ve se eles ligam pra poha niuma

  18. Feeh Leonidas

    15 de junho de 2011 em 08:59

    Sou contra pena de morte. Se pegam o cara errado ae não te como voltar atrás. Perpétua seria ideal. 

    • Mauro ,,,

      15 de junho de 2011 em 09:24

      prisao perpetua, ia lotar as cadeias mais ainda, imagina aquele tanto de gentre entrando e muitos nao saindo… pena de morte deveria existir, mas com provas, e pesoas pressas em flagrante.

  19. Mauro ,,,

    15 de junho de 2011 em 08:49

    O sistema prisional brasileiro é uma vergonha, se voce mata alguem soh vai preso se eh pego em flagrante, se for reu primario, com poucas provas e um bom advogado nem preso vc vai…
    devia existir pena de morte para crimes graves, como estrupo,pedofilia, assassinato, mas claro , tem que haver provas, isso diminuiria um pouco a criminalidade,as pessoas pensariam duas vezes antes de estrupar ou matar alguem, e como as cadeias estariam mais vazias, caberia mais presos, e nao soh os que sao pegos em flagrante iriam pra la.
    aos que sao contra a pena de morte pois eh desumano, pense, o cara matar pessoas nao eh desumano, mas ele morrer eh…  ele estrupar meninas de 10 anos nao eh desumano( imagine essa menina sendo sua filha, ou sua irma)?!?  

  20. Ramon Gabriel

    15 de junho de 2011 em 08:15

    Devia ter pena de morte para os crimes mais graves sim. (Ex: Assassinato em Massa, Estrupo ,alguns casos de pedofilia)
    O Brasil não precisa ter dó desses vagabundos não.

    Meu é o Lazaro Ramos Na Primeira Imagen???
    UHAUSh’
    :s

  21. Icaro

    15 de junho de 2011 em 00:33

    Pois é, isso é um caso sério. O mais interessante é que ele leva a outro assunto “polêmico”: a pena de morte.
    Vc poderia, se quiser, fazer um post discutindo isso. Só tome cuidado para não acabar tomando lado no post e sendo linxado dpois xD

  22. Andre Vargas

    15 de junho de 2011 em 00:25

    eder meu caro, se nao usam mais a pena de morte é porque nao precisam mais, pf me diga o indice de criminalidade da suecia? é…acho que as cadeias de la nao estao super lotadas nao é mesmo?
    E porque voce senhor falador nao para de reclamar e faz algma coisa, odeio gente igual voce, fiz uma redaçao sobre pseudo-intelectuais igual voce, RECLAMAM RECLAMAM RECLAMAM , mas nao levantam a bunda gorda pra melhorar nada. Se ta tao ruim. FAÇA ALGO AO INVES DE FALAR! eo pelo menos tenho a moral de admitir nao faço nada pra mudar, pelo menos nao reclamo. Aproposito to nem ai pra essas merda. Só vivo dia após dia como se fosse o ultimo ^^ pois vai q é.

    • Eder Bilela

      15 de junho de 2011 em 12:33

      O fato é q na China onde HÁ superlotação nas cadeias, Há pena d morte implantada (sendo o país q mais executa detentos), e ainda sim o índice de criminalidade dobra ano após ano: http://vistodedentro.blogspot.com/2008/06/pena-de-morte.html  ou seja, a cada ano as cadeias lotam mais e se executam mais pessoas. Do mesmo modo q nos EUA essa taxa nunca foi condizente com o fato de serem um país de primeiro mundo. Não sei bem ao certo como anda a criminalidade na Suécia mas sei q ela não usou a pena d morte para acabar com o crime. E quanto a NÃO FAZER NADA meu amigo, acho q estamos no mesmo barco, reclamando das mesmas coisas. Por q vc não levanta a bunda gorda da cadeira (a minha não é), e vai lutar por uma “Lei d pena d morte Justa”. rsrs, Hipocrisia e demagogia ae é mato, néh? Tbm não se pode esperar muito d alguém q diz: “Aproposito to nem ai pra essas mer*#$ . Só vivo dia após dia como se fosse o ultimo…” Queria ver vc viver dia após dia numa grande favela onde as leis são outras, a realidade é outra, ae vem um q não sabe o q é isso e tenta te condenar a pagar com a vida pelos erros q a mesma sociedade t mostrou q era certo cometer. Seu mundinho é bem pequeno, trouxa!

  23. Eder Bilela

    14 de junho de 2011 em 23:21

    O único país ocidental q ainda usa o método ineficaz de “manter a ordem” usando da pena d morte em seus domínios são os EUA. E todos sabemos como é justa aquela nação, néh? Por q na Noruega não se usa esse método? Ou na Dinamarca, Suécia, Suíça, Inglaterra, França, Itália, etc.. Por q temos q fazer justo como os ianques q carrega na sua história resolver as coisas desse jeito? Isso, vamos condenar o vagabundo a forca por ter nascido numa favela, crescido numa favela, rodeado de favelados. Pai, mãe, irmão, amigos, todos criados sem instrução alguma vendo o crime como uma saída dentro das raríssimas oportunidades de se dar bem na vida. É fácil falar pra quem tá de fora, néh? Alguém contrário a essa observação poderia me citar ao menos uma país q esteja com o índice de criminalidade semelhante ao dos europeus e q ainda usam o sacrifício dos seus detentos como uma saída para a superlotação em suas celas? Paquistão? Irã? Coreia do Norte? Ou USA? A indústria de criminosos das grandes metrópoles tem sede em brasília. E não vai ser esmagando o produto na ponta da sociedade q vão deixar de fabricar porcarias.

  24. Arthur Morto

    14 de junho de 2011 em 22:29

    A única solução tem o nome pena de morte

  25. leandro cesar ribeiro

    14 de junho de 2011 em 22:22

    Resposta pra pergunta do post : NÃO !!

  26. Rayane Natalia

    14 de junho de 2011 em 22:22

    eu sou até a favor da pena de morte, mas para esse método ser implantado o Brasil ainda precisa evoluir muuuuito  ..

  27. Alan Mariano

    14 de junho de 2011 em 22:14

    lugar de criminoso nao é na cadeia nem no presidio era pra ser como nas eras medievais  NO  CALABOUÇO no XADREZ ainda é bom nao erh pra melhorar coisa nenhuma pq o dinheiro  que o brasil gasta com bandido poderia ser gasto em coisas mais uteis como saude  e educaçao

  28. Icaro Freitas

    14 de junho de 2011 em 22:09

    Cadê a redução da Maioridade Penal— Guri que faz filho já pode ficar atrás das grades… Cria prisões especiais pra eles… Mas cria… Por que estão começando com a Miséria muito cedo.

  29. Anônimo

    14 de junho de 2011 em 22:05

    Meu comentário com a “solução” que falei que vi por e-mail está esperando aprovação…

    • Jeff Dantas

      14 de junho de 2011 em 22:21

      Prontinho, já foi aprovado. 🙂

  30. Joao Anfiloquio

    14 de junho de 2011 em 22:04

    Com tanta injustiça, a pena de morte só será usada para os in ocentes e pobres….

    • Augusto Andrade

      15 de junho de 2011 em 22:51

      concordo com vc, aqui no Brasil com os políticos roubando toneladas de dinheiro, e nada acontece.
      enquanto isso uma pessoa foi presa por roubar uma lata de leite ninho pra alimentar sua família.

      a corrupção no Brasil, existe desde os tempos de colônia, o Brasil foi “criado” por corruptos

    • Iron Man

      14 de junho de 2011 em 22:07

      acho que não.
      o brasil consegue até achar os culpados nós só não conseguimos punir com rigor.

  31. Daniel Falco

    14 de junho de 2011 em 22:03

    o Brasil e um pais que vai desabar em cima dos seus proprios pilares, não se enganem o Brasil nunca chegara ao patamar de desenvolvimento do 1º mundo…

  32. Jonathan Kelvin

    14 de junho de 2011 em 21:52

    mesmo colocando pena de morte, PODE melhorar, mas também tem que se pensar em todo o resto, o Brasil está muito desorganizado, o que falta é disciplina

    • Iron Man

      14 de junho de 2011 em 22:06

      concerteza “ordem e progresso” 
      sem ordem brazil=shit.

  33. Ravike

    14 de junho de 2011 em 21:48

    Cadeira eletrica e pena de morte pros bandidos mais Barra pesada !

  34. Joel Alvarenga

    14 de junho de 2011 em 21:28

    Se a maconha for legalizada, vai concerteza diminuir UM POUCO, mas solução eu acho um pouco de mais para o nosso pais.

    • Iron Man

      14 de junho de 2011 em 22:03

      Não vai mudar nada os maiores vendedores de maconha continuarão a ser os bandidos.
      Só que agora eles não vão poder ser presos por isso.
      Conclusão, vai ter menos bandido nas cadeias e mais bandidos nas ruas.

      • leosamuca

        14 de junho de 2011 em 23:41

        Maconha legalizada = Souza Cruz do futuro

    • Capivara Selestial

      14 de junho de 2011 em 21:35

      mas se eles liberarem naum vai ser so para a medicação a base de maconha?

      Mãããããããeee To doente quero maconha *-*

  35. Lucas Tadeu

    14 de junho de 2011 em 21:23

    Pena de morte.

    • Iron Man

      14 de junho de 2011 em 21:59

      Vou fazer uma comparação simples. 
      Na suipa(abrigo de cães) guando tem um excedente muito grande de cachorros( que são vitimas da ignorância das pessoas) alguns são sacrificados(condenados a morte). 
      Porque que um bando de vagabundos que tem todos os motivos do mundo para morrer não são sacrificados também.

      • Doppelganger copycat

        15 de junho de 2011 em 16:35

        otimo exemplo de ser humano vc

      • COLEGA

        15 de junho de 2011 em 01:01

        Ei…..não da pra comparar o valor da vida humana com a vida de cachorros………

        sim ….é revoltante ter que mante-los…..mas pior que isso é matar essas pessoas perdidas só por ser a opção mais fácil e barata,é desumano….
        alem disso nós não temos conhecimento e nem sabedoria minima necessária para julgar algo tão delicado que é a vida de um individuo. 

        • Iron Man

          15 de junho de 2011 em 12:35

          Quando uma “pessoa perdida” dessa te achar,só quero ver se você vai ter alguma compaixão dela quando ela estiver te estuprando, te esfaqueando, te roubando, te matando, te agredindo.

          • COLEGA

            15 de junho de 2011 em 13:31

            Coleguinha…..em nenhum momento disse que essas pessoas devem ficar impune e livres por ai cometendo atrocidades……ao contrario……quero justiça e segurança assim como você e qualquer cidadão de bem quer…..

            só defendo o ponto de vista que a pena de morte é um método que nos retrocede como humanos,não é a primeira,a unica e nem a solução certa a ser recorrida…..não temos justiça infalível e muito menos conhecimento e sabedoria necessária para definir se um homem deve morrer ou não….os EUA um país com uma grande credibilidade judicial ja condenou muitos inocentes….imagina o que não aconteceria aqui no Brasil que se prende um senhor que vende leite sem pasteurizar,enquanto “bandidos de terno” ganham milhares  e milhares roubando da população…..
            enfim não da para colocar todos os meus argumentos contra a pena de morte(são muitos mesmo)…..só quero dizer que é fácil e rápido sair exterminado essa pessoas perdidas(perdidas sim,na moral,cultura humanidade etc..),mas será que o foco da solução tem que estar ja nas cadeias superlotadas? porquê de não se procurar na raiz do problema…..porquê de não tornar nosso sistema judicial e penal eficiente e justo?     
            POR QUÊ?  
              WHY?  

          • Iron Man

            15 de junho de 2011 em 20:59

            vou dar um exemplo famoso: 
            Aquele guilerme de pádua que matou a garota com 18 golpes de tesoura hoje ele ta solto por ai!!!!
            Mais ai não pode mata o cara não. afinal ele não fez nada de mais.
            Eu acho que mata o cara com “injeção letal” ainda seria pouco porque ele matou a mulher com tesourada tinha que no minimo da um fatality nele.

          • COLEGA

            16 de junho de 2011 em 00:18

            kkkkkentendo você….é claro que é revoltante uma pessoa dessa estar solta por ai,
            a culpa para este fato não é a inexistência da pena de morte,mas sim a falta de justiça….. não é preciso necessariamente ser resolvido com a morte desse individuo mas sim com  alguma pena judicial justa… até como você disse…uma morte com injeção letal não pagaria o que ele fez com aquela mulher……mas se houvesse uma pena realmente rígida sem envolver a pena de morte,ele sofreria muito mais,por exemplo : ter a liberdade completamente tomada e ser obrigado a trabalhar em beneficio da sociedade que ele afetou(ou seja…que não fiquem sem utilidade nos presídios,sendo mantido por nossos impostos…tem que colocar esse povo para trabalhar,nem que seja la dentro mesmo)ele sofreria e pagaria o que  ele fez (pagaria um pouco do minimo….pois é difícil pagar a vida retirada e a dor sentida por alguém….)

          • Eder Bilela

            15 de junho de 2011 em 13:41

            Ótima observação! Como eu disse antes: A indústria de criminosos das grandes metrópoles tem sede em brasília. E não vai ser esmagando o produto na ponta da sociedade q vão deixar de fabricar porcarias.

        • K'

          15 de junho de 2011 em 11:16

          É mesmo não compara os humanos com cachorros.

          Humanos são super especiais. Humanos traem, metem, matam, estupram e se acham o centro do universo. Enfim humanos são mais valiosos, porque sabem usar um computador, e os cachorros hein ? hein ??

          • COLEGA

            15 de junho de 2011 em 13:06

            SIM…não se compara o valor da vida de um humano com a de um cachorro….claro que cada animal tem sua função no mundo….mas, SIM somos mais valiosos que um cachorro,
            não por causa de saber ou não usar um computador (seu irônico)….e sim porque somos diferentes dos outros animais,somos racionais , possuímos  consciência e uma análise crítica própria do mundo ….(infelizmente existem os indivíduos que não utilizam de maneira adequada a sua qualidade de raciocínio,é o caso desses criminosos)

            ^^citei isso pois atualmente eu vejo muito a inversão de valores e PRIORIDADES….

            há uma relativização da dignidade humana… EX:Quando o homem passa a achar que vale tanto quanto um cachorro ou um jacarandá, passa a aceitar qualquer coisa e a defender algo que não precisa ser defendido, como ex :embriões de tartaruga, e deixa de lado as coisas mais importantes….enfim as coisas viram bagunça……

            “tendeu querido”?

          • K'

            15 de junho de 2011 em 14:32

            Aham, entendi !!

            Você escreveu : “…somos racionais , possuímos  consciência e uma análise crítica própria do mundo ….(infelizmente existem os indivíduos que não utilizam de maneira adequada a sua qualidade de raciocínio,é o caso desses criminosos)”

            Humanos são seres tão racionais, que destroem o próprio planeta, num ato que, com certeza, causará a destruição da sua espécie e de outras. Você que diz  criminosos não usam seu raciocínio, e você tá certa, mas e os grandes empresários que destroem a natureza em nome de dinheiro e poder ?? E os líderes religiosos e políticos que já causaram e causam inúmeras guerras por motivos, completamente, ridículos ?? 

            Não sei não, mas chamar um animal que só fez se odiar e destruir a própria casa, desde o início dos tempos de “racionais”, é forçar um pouco a barra.

            Na minha opinião, os humanos são animais CONSCIENTES, não racionais. E a vida de humano, a meu ver, em muitos casos, vale menos que a vida de uma mosca !

          • COLEGA

            15 de junho de 2011 em 15:04

            uaaalllll
            …..então a sua vida,a vida de sua mãe, de seus familiares,amigos…enfim…….vale menos que a vida de uma mosca??

            entendi o que te faz achar que nossas vidas não são tão valiosas assim….
            infelizmente é uma realidade que temos que enfrentar……enfrentar não apenas nos acomodar,reclamar e criticar….

            somos sim racionais,todos que possuem controle de suas mentes…tanto os bandidos como os corruptos engravatados são racionais,religiosos fundamentais ou liberais….o problema é que  quando é levado em conta vários pecados capitais ,poder ,a ganancia ,poder ,egoismo ,poder ,desrespeito a natureza ,poder ,insensibilidade ,poder , ódio, poder e o PODER, é fácil perder a razão……raciocinamos de maneira errada,mesquinha e prejudicial a nós e a tudo que nos cerca …..o que nos leva ao caminho que estamos hoje: degradação do planeta e da humanidade…..

            outra coisa …não generalize….temos muitos heróis por ai….que lutam,amam e se doam sinceramente  tentando alcançar o melhor para o mundo……

            sou consciente e racional e por isso amo e considero meu planeta,país e as pessoas,por mais pior que elas sejam….(EX:é claro que o sentimento que sinto por um assassino não é amor…..é uma mistura de raiva,indignação , dó e revolta….mas mesmo assim entendo que é uma pessoa tão falha quanto eu,e  tem direito a vida por mais podre que seja)

          • K'

            15 de junho de 2011 em 15:26

            Em nenhum momento eu generalizei, se você prestar atenção, eu escrevi :” E a vida de humano, a meu ver, EM MUITOS CASOS…” em relação com o que os humanos já fizeram com o planeta, e a si mesmos. E tbm, desde do início eu não dizer que os humanos eram inferiores a qualquer outro ser vivo, só quis dizer que não são especiais. 

            Mas, pelo que parece, você tem muita fé na humanidade, e eu respeito isso. Só que, cuidado com essa sua “fé” na humanidade, pois quem passa muito tempo ao lado de serpentes, acaba sendo picado.

            Tenha um bom dia 🙂

          • COLEGA

            15 de junho de 2011 em 15:38

            desculpa,é verdade você não generalizou…..

            também em nenhum momento eu disse que somos especiais….só disse que nossas vidas tem mais valor que a de cachorros……

            a minha fé e esperança são as ultimas que morreram,ou melhor são os sentimentos que prevaleceram comigo até a morte…..
            valeu pelo alerta ,mas sei o grau de malicia necessária para viver entre as serpentes sem que o veneno delas me afete…..

            um bom dia pra você também 🙂 

    • Jeff Dantas

      14 de junho de 2011 em 21:30

      Pois é, Lucas.. E não são poucos os que defendem a “pena de morte”…

  36. Anônimo

    14 de junho de 2011 em 21:19

    Lei 12403 e o desabafo de um Promotor. Nada é tão ruim que não possa piorar. Caros colegas, após 15 anos de atuação na área criminal estou pensando seriamente em abandonar a área com a nova LEI 12.403/2011 aprovada pelo CONGRESSO NACIONAL e sancionada em 05/05/2011 pela Presidente DILMA ROUSSEF e pelo Ministro da Justiça JOSÉ EDUARDO CARDOZO. Quem não é da área, fique sabendo que em 60 dias (05/07/2011) a nova lei entra em vigor e a PRISÃO EM FLAGRANTE E PRISÃO PREVENTIVA SOMENTE OCORRERÃO EM CASOS RARÍSSIMOS, aumentando a impunidade no país. Em tese somente vai ficar preso quem cometer HOMICÍDIO QUALIFICADO, ESTUPRO, TRÁFICO DE ENTORPECENTES, LATROCÍNIO, etc. A nova lei trouxe a exigência de manter a prisão em flagrante ou decretar a prisão preventiva somente em situações excepcionais, prevendo a CONVERSÃO DA PRISÃO EM FLAGRANTE ou SUBSTITUIÇÃO DA PRISÃO PREVENTIVA em 09 tipos de MEDIDAS CAUTELARES praticamente inócuas e sem meios de fiscalização (comparecimento periódico no fórum para justificar suas atividades, proibição de frequentar determinados lugares, afastamento de pessoas, proibição de se ausentar da comarca onde reside, recolhimento domiciliar durante a noite, suspensão de exercício de função pública, arbitramento de fiança, internamento em clinica de tratamento e monitoramento eletrônico). Para quem não é da área, isso significa que crimes como homicídio simples, roubo a mão armada, lesão corporal gravíssima, uso de armas restritas (fuzil, pistola 9 mm, etc.), desvio de dinheiro público, corrupção passiva, peculato, extorsão, etc., dificilmente admitirão a PRISÃO PREVENTIVA ou a manutenção da PRISÃO EM FLAGRANTE, pois em todos esses casos será cabível a conversão da prisão em uma das 9 MEDIDAS CAUTELARES acima previstas. Portanto, nos próximos meses não se assuste se você encontrar na rua o assaltante que entrou armado em sua casa, o ladrão que roubou seu carro, o criminoso que desviou milhões de reais dos cofres públicos, o bandido que estava circulando com uma pistola 9 mm em via pública, etc. Além disso, a nova lei estendeu a fiança para crimes punidos com até 04 anos de prisão, coisa que não era permitida desde 1940 pelo Código de Processo Penal! Agora, nos crimes de porte de arma de fogo, disparo de arma de fogo, furto simples, receptação, apropriação indébita, homicídio culposo no trânsito, cárcere privado, corrupção de menores, formação de quadrilha, contrabando, armazenamento e transmissão de foto pornográfica de criança, assédio de criança para fins libidinosos, destruição de bem público, comercialização de produto agrotóxico sem origem, emissão de duplicada falsa, e vários outros crimes punidos com até 4 anos de prisão, ninguém permanece preso (só se for reincidente). Em todos esses casos o Delegado irá arbitrar fiança diretamente, sem análise do Promotor e do Juiz. Resultado: o criminoso não passará uma noite na cadeia e sairá livre pagando uma fiança que se inicia em 1 salário mínimo! Esse pode ser o preço do seu carro furtado e vendido no Paraguai, do seu computador receptado, da morte de um parente no trânsito, do assédio de sua filha, daquele que está transportando 1 tonelada de produtos contrabandeados, do cidadão que estava na praça onde seu filho frequenta portando uma arma de fogo, do cidadão que usa um menor de 10 anos para cometer crimes, etc. Em resumo, salvo em crimes gravíssimos, com a entrada em vigor das novas regras, quase ninguém ficará preso após cometer vários tipos de crimes que afetam diariamente a sociedade. . A Lei: . http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2011/Lei/L12403.htm

    Quem tiver a paciência de ler (peguei quase tudo), be my guest.
    Desculpe pelo comentário longo demais, mas achei que precisavam saber disso.

    • Kat Inha

      18 de junho de 2011 em 08:09

      Então… Na verdade o Brasil tá agindo errado mesmo… Prisão em flagrante realmente não tem porque acontecer apenas em casos extremos, mas acho que deveriam estipular tempo de acordo com o delito… Realmente não faz sentido montar uma equipe pra prender em flagrante um “ladrão de galinhas” e levar 2 semanas pra decretar prisão em flagrante. Rola ai situações meio complicadas…
      O povo brasileiro não tem muito o que reclamar, afinal de contas, qualquer civil pode dar voz de prisão (logo, não precisa montar uma força tática com os melhores policiais pra isso… Passou na rua, viu, imobilizou o marginal?! Voz de prisão em flagrante), mas a questão é: coragem e possibilidade (dependendo do caso…). Eu mesma não tentaria prender em flagrante, por crime hediondo, um cara que acabou de esquartejar alguém (O.O)…
      Bem, um grande problema é o povo empurrar tudo pro lugar errado e esperar que tudo aconteça rápido! Brasileiro é assim! Claro que tem o desinteresse de certos funcionários que atrasam mais ainda (que não são poucos, na verdade). Mas, de fato, o povo tá sempre empurrando as coisas pra lugares diferentes e esperam resultados; a prisão preventiva é uma delas! 
      Prisão preventiva deveria ocorrer em casos de ameaça pública, não pra qualquer contraventor que aparece na rua… O exemplo mais limpo que se tem da situação “povo taca no lugar errado” foi o caso Nardoni (e claro também que o caso em questão não foi uma contravenção, mas acho que é o exemplo mais simples). Foi o povo ficar em cima, ameaçando, reclamando e tudo mais que foram pra preventiva. Não foram porque deveriam ter sido presos aquela hora, mas sim pra segurança deles. Eles não eram ameaça pública, não iam sair matando todo mundo, esquartejando e estripando, e até então estavam em inquérito policial. (PELO AMOS DE DEUS, EU NÃO TO DEFENDENDO ELES! Tava na cara que eram culpados, mas a questão é que ocorreu com a Isabela, não foi um atentado terrorista. Triste, sim! Mas deixando a hipocrisia de lado, casos como esse acontecem todos os dias o mundo inteiro, pra pior!). Só que o povo precisa parar de se fingir que sabe tudo, se metendo onde não conhece, atrapalhando o trabalho de quem sabe. Existe uma exaustão enorme da área judiciária por conta do povo que se mete a jurista. Não é ver o errado e deixar que aconteça, mas também não é ver o errado  e querer fazer justiça com as próprias mãos! Somos tutelados pelo Estado, então deixe que faça seu trabalho! Não estão satisfeitos? Tome consciência e escolhe direito seu candidato. Mas você faz isso?! Então desculpe amigo… Você tá no País errado…
      A grande verdade é que nos casos de regime aberto, é previsto em código, casa de albergado… Cara… Não foi construída uma casa de albergado em todo País… Por isso existe a famosa “prisão domiciliar”… No caso dos regimes semi-abertos, deveriam existir colônias agrícolas, industriais ou estabelecimentos similares, para o trabalho do condenado, além da possibilidade do trabalho externo… Não preciso falar nada…
      Não existem as possibilidades previstas em lei, isso é falha do Poder, sem dúvidas! Se houvessem essas possibilidades, as prisões não estariam superlotadas! Mas um erro não justifica outro!

      Bem.. Enfim… Meu coments ficou enorme (e ainda nem falei tudo que gostaria…), mas se dependesse de mim, ia longe isso aqui…

      Desculpem! =] 

    • Bruno Luiz

      16 de junho de 2011 em 10:37

      Tem verdades nesse teu texto ai huASHUhu, esses dias um cara “invadio” uma casa ao lado da minha, um pm estava fazendo umas perguntas a respeito do acontecido (como coisas estranhas na rua, motos passando de madrugada com frequencia essas coisas) e depois disso comentou sobre essa nova lei que entrará em vigor (acho eu, e tomara que não), então deve ter um pouco de verdade nisso.

      Att, Bruno;

  37. Anônimo

    14 de junho de 2011 em 21:17

    Pior é que recebi um e-mail falando da suposta solução que querem arrumar. Não sei se é verdadeiro, mas parece que sim. Já mando partes desse e-mail aqui.

68 Comentários
mais Posts
Topo