O sobrevivente solitário

O mundo é um lugar perigoso e a qualquer momento uma tragédia pode ocorrer. Seja um acidente, um assalto ou mesmo o ataque de um serial killer, qualquer coisa pode levar a vida de alguém, sem que haja nenhum aviso. Porém algumas pessoas conseguem sobreviver sozinhas a incríveis problemas:




Voo 203

1389205746001--lamson-11jpg-20140107

Andar de avião é extremamente seguro, porém acidentes acontecem. Em muitos casos, isso não passa de um grande susto, mas em certas ocasiões, mesmo com todos os níveis de segurança, algo crítico falha e tudo vai para “espaço”. Nesse tipo de acontecimento raríssimo, muitas pessoas morrem e raramente existem sobreviventes.

Foi exatamente esse tipo de tragédia que ocorreu com o Voo 203, no dia 21 de janeiro de 1985. Um grupo de viajantes, que tinha ido assistir ao SuperBowl, pegou esse voo para voltar para casa na madrugada. A bordo, estavam 71 pessoas, entre tripulação e passageiros. O avião decolou normalmente, mas apenas um minuto depois de ter deixado o chão, o copiloto anunciou problemas e pediu permissão para voltar ao solo.

Infelizmente, a manobra que foi planejada jamais aconteceu e o avião se despedaçou no ar. George Lamson Jr., que estava sentado ao lado de seu pai, viu a aeronave se partir a poucos centímetros de sua poltrona e ele acabou sendo arremessado para fora do avião.

Das 71 pessoas a bordo, 68 morreram instantaneamente quando o avião partido bateu no solo. George e seu pai sobreviveram, além de mais um homem. Porém, alguns dias depois, dois dos três sobreviventes não resistiram e apenas George acabou sobrevivendo a tragédia.

B9315942890Z.1_20150121155038_000_G1N9O6LGN.1-0

Em 2015, na data em que “comemorou” os trinta anos da tragédia, o incrível sobrevivente declarou: “Eu não quero ser lembrado como o menino que sobreviveu a esse acidente. Eu quero ser lembrado como o homem que viveu. A vida é um dom pelo qual sou grato para sempre.”




Grim Sleeper

a99315_3149723.t

Serial killers são alguns dos piores bandidos que podemos encontrar no mundo, pois além de matarem pessoas, eles normalmente são bons o bastante para não serem pegos por um grande período de tempo. Esse foi o caso do Grim Sleeper, um seral killer que matou mais de dez mulheres entre 1985 e 2007, antes de ser pego por um pequeno erro que cometeu há décadas.

Em novembro de 1988, Grim Sleeper estava na rua para fazer mais um ataque. Em sua busca, ele encontrou Enietra Washington, que na época tinha 29 anos. Após oferecer carona a moça, o assassino falou que pararia no caminho para pegar dinheiro, mas antes que a mulher notasse, o matador atirou nela.

Sem forças, ela foi abusada sexualmente e deixada para morrer no meio do nada. Mesmo nessa situação desesperadora, ela conseguiu ir até a casa de um amigo, sobrevivendo tempo o bastante para chegar ao hospital com uma bala alojada no peito.

Em julho de 2010, Grim Sleeper, identificado como Lonnie David Franklin foi preso e a bala retirada de Enietra, assim como seu testemunho foram algumas das principais evidências que colocaram o homem atrás das grades. Enietra ainda está viva, sendo a única mulher a sobreviver ao ataque do Grim Sleeper e poderá ver, em julho de 2015, o julgamento desse monstro.

  1. Leandro Nascimento

    13 de maio de 2015 em 12:44

    só uma observação ao sr [Mutley] avião não anda e sim voa

  2. VanDrak SubZero

    11 de maio de 2015 em 17:03

    Ambos os casos foram muito tensos :p
    pelo menos estão vivos que é o mais importante.

  3. Elyane

    10 de maio de 2015 em 13:15

    Este homem deve ter sofrido muito com pesadelos constantes tentando entender “porque somente eu deveria sobreviver”, chega a ser angustiante mesmo para quem esta de fora do acontecimento.

  4. Mutley

    10 de maio de 2015 em 11:17

    O que uma pessoa que costuma andar de avião leu :
    ”Andar de avião é extremamente seguro…”
    O que uma pessoa que tem medo de avião leu :
    ”…muitas pessoas morrem e raramente existem sobreviventes.”

  5. Miroslau

    10 de maio de 2015 em 10:49

    Que agonia :T

  6. maik silva

    10 de maio de 2015 em 05:35

    Num li

  7. Sadrak Lacerda

    10 de maio de 2015 em 00:28

    tenso.

  8. Greengineer

    9 de maio de 2015 em 19:12

    Estar num avião que está rachando ao meio deve ser tenso…

8 Comentários
mais Posts
Topo