Minilua

Super prodígios: Taylor Wilson #1

Enquanto você está aí tentando decorar a fórmula de Bhaskara ou aprendendo a calcular a velocidade de um objeto, existem pessoas que, com a mesma idade, estão mudando o mundo e fazendo coisas incríveis, ou mesmo dando aula na faculdade. Duvida? Então conheça os super prodígios:

Taylor Wilson

Taylor era uma criança que dormia em todas as aulas e mesmo assim tirava 10 em todas as provas, sem nem ao menos se esforçar. Mas no meio dessa falta de vontade existia uma curiosidade enorme, voltada para um campo bem específico: Materiais radioativos.

Com falta de interesse nas matérias normais da escola e com a falta de desafio que ela proporcionava, Taylor começou um projeto na garagem de casa, algo bastante ambicioso, até mesmo para um cientista, e algo que todos pensavam ser impossível para um jovem de treze anos. Ele queria fazer um reator nuclear no lugar onde seu pai guardava o carro.

Brincando com radioatividade

Apesar de parecer um plano muito ambicioso para um adolescente, Taylor, incrivelmente, conseguiu criar um reator nuclear em sua garagem, tonando-se a pessoa mais jovem da história da humanidade a realizar tal feito.

Apenas isso chamou a atenção do mundo. E ele conseguiu uma bolsa na Universidade de Nevada, onde o programa com materiais radioativos é um dos mais importantes do mundo.

Contudo a genialidade do menino não parou por aí, ele ainda inventou um detector de radiação que deixou o mundo de queixo caído. Pois além de ser mais preciso e sensível, seu detector era centenas de vezes mais barato do que os que eram usados antes. Essa invenção lhe proporcionou diversos prêmios, com destaque para o Intel Internacional Science and Engineering Fair, onde deixou mais de 1500 concorrentes comendo poeira. Além disso, ele ganhou uma vaga no conselho nacional americano que trata de radioatividade, tudo isso com menos de 18 anos.

Reator de fissão

Para fechar, em 2013, o menino gênio da radioatividade apresentou no TED uma palestra sobre seu novo projeto, que promete mudar o modo de criação de energia nuclear no mundo.

Sua ideia é um reator de fissão nuclear, que promete usar armas nucleares desativadas para alimentar pequenas usinas que ficam em lugares subterrâneos altamente seguros contra desastres e ataques terroristas. Esse novo reator, que ele quer fazer, conseguirá fornecer energia por 30 anos com apenas uma carga de material.

Com essa idade eu ainda estava tentando montar um barquinho de Lego…

Siga Diego Martins no tumblr: Tumblr/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/