Minilua

A Terra pode congelar em breve

Todo mundo sabe ou já ouviu falar que de tempo em tempos o planeta Terra passa por Eras do Gelo, onde o frio toma conta de tudo e a vida fica muito mais complicada. Normalmente essas coisas acontecem com um intervalo de tempo enorme, mas agora acredita-se que o tempo do frio está chegando:

Lições do passado

As grandes Eras do Gelo costumam atingir nosso planeta em um intervalo que varia de 40 a 100 mil anos, algumas vezes elas são mais fortes outras mais fracas, mas sempre causam problemas. Pois a neve cai em todos os cantos, os alimentos ficam mais escassos, enfim, tudo fica muito mais difícil com um “frio sem fim”.

A última grande Era do Gelo, conhecida como Glaciação Wisconsin, ocorreu há mais ou menos 150 mil anos. Isso nos mostra que devemos estar chegando perto de uma nova onda de congelamento planetário, contudo o clima da Terra está esquentando em vez de esfriar. Então o que irá acontecer no futuro?

“Só um friozinho”

Os estudos mais recentes sobre as Grandes eras do Gelo mostram que ainda estamos longe de um congelamento para valer, porém existem um outro tipo de era do gelo, bem mais fraca, mas não menos ruim.

Basta voltarmos nossos olhos para o Século XVII, que notaremos algo estranho, pois naquela época aconteceu um fenômeno chamado de Pequena Idade do Gelo quando rios congelaram, países se tornaram inabitáveis e muitas pessoas morreram.

Naquele tempo todos os países dependiam, quase que exclusivamente, da agricultura, assim quando o frio inesperado os atacou a coisa ficou feia. Países Europeus como a Islândia e a Finlândia perderam quase metade de todo sua população. A crise econômica tomou conta de diversos lugares e os alimentos tornaram-se escassos.

Países cercados por águas ficaram rodeados por gelo. No mar era possível encontrar diversos icebergs. O rio que corta Londres gelou tanto que as pessoas podiam esquiar nele e ir de um lado para o outro sem problema.

E lá vamos nós

Agora vem a notícia ruim, pois uma nova Pequena Idade do Gelo pode estar por acontecer e ela poderá vir tão rápido que você mal terá tempo de comprar alguns casacos.

Segundo estudos feitos pelo Pulkovo Observatory, na Rússia, nós podemos estar entrando em um era de resfriamento que durara algo em torno de 200 anos. E isso acontecerá porque de tempos em tempos o sol fica meio folgado, deixando de emitir tanto calor, o que obviamente reflete aqui em nosso planeta.

“Evidentemente, a atividade solar está diminuindo. O ciclo de 11 anos (do Sol) não traz considerável mudança climática. O impacto do ciclo de 200 anos é maior, de até 50%. A este respeito, poderíamos estar entrando em um período de resfriamento que irá durar de 200 a 250 anos. O período de baixa atividade solar poderá começar em 2030/2040, mas não vai ser tão forte como no final do século 17.”

Só nos resta esperar e ir guardando dinheiro para o aquecedor e para os casacos.

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/