Minilua

A terrível síndrome do vampiro

Quando se fala em uma pessoa que não pode sair ao Sol e que sangue pode lhe ajudar a viver bem, logo nos vem a cabeça os vampiros, afinal eles são criaturas mitológicas que se exposta a luz natural e a falta de sangue podem morrer.

Mas essa maldição vampiresca, também atinge pessoas normais e é uma doença chamada de Porfiria ou Síndrome do vampiro, pois ela faz com que quando uma pessoa portadora desse mal entre em contato com a luz solar, seu corpo fique cheio de bolhas e manchas.

Existem diversos tipos de Porfiria, porém a mais famosa é a cutânea, pelo fato de existir toda essa lenda em volta dela. Tanto que dizem que as histórias de vampiros podem ter surgido graças a pessoas que tinham esse problema no passado, pois os médicos dizem os enfermos precisam de mais hemoglobina, algo que pode ser conseguido bebendo-se sangue. E como não havia conhecimento da doença no passado, ela podia ser tratada como vampirismo e a lendas dessas criaturas podem nada mais ser do que uma doença mal interpretada.

Felizmente essa doença é rara e não é transmissível, pois é um problema genético.

Um dos casos sobre a síndrome do vampiro que chamou a atenção do mundo foi o de uma menina vietnamita, que desde pequena sofre com esses problemas e inclusive perdeu um irmão para a tal doença.

Infelizmente a doença não tem cura e só resta usar protetor solar e procura não sair ao sol forte. E se gostou do post não esqueça de curtir!

Me siga no Twitter: @Diego_minilua ou me adicione Face:http://www.facebook.com/diegominilua.