Por trás da música: Love Will Tear Us Apart #21

214516

Ian Curtis, vocalista do Joy Division, era casado desde bem jovem com Deborah Woodruff, uma colega de escola. Porém viu seu casamento desmoronar após um caso extra-conjugal com Annik Honoré, uma jornalista belga a qual conhecera em um show em Bruxelas. Ian sentia-se dividido e confuso, ainda mais porque tinha uma filha recém-nascida com Deborah, Nathalia.

c5592b74

Além do remorso e culpa que assolavam sua mente, Ian também sentia sua saúde se deteriorando cada vez mais, por causa de seus constantes ataques de epilepsia, que costumavam aparecer mesmo quando estava no palco, e levou-o a amaldiçoar a incapacidade de controlar seu problema.

O Joy Division iria excursionar nos Estados Unidos e a carreira da banda prometia trazer muito sucesso e glamour para todos, mas isso não aliviava em nada as dores de Ian e assim a canção “Love Will Tear Us Apart” (“O Amor Vai Nos Separar”) foi escrita como um bilhete de despedida à sua esposa, Deborah.

Com um título que contradiz a canção “Love Will Keep Us Together” (“O Amor nos Manterá Juntos”) de Neil Sedaka, Curtis, canta em sua letra a história de um casal que começa a ver seu mundo dissolver e nada pode fazer sobre isso.

music-movies-noal-curtis-sound-shirt-big

Na manhã de 17 de maio de 1980, dias antes do início da primeira turnê do Joy Division nos Estados Unidos, Ian, aos 23 anos, se enforcou em sua cozinha, utilizando uma corda que sustentava o varal de roupas e, segundo se conta, ouvindo o disco The Idiot, de Iggy Pop.

“Love Will Tear Us Apart” foi o último single do Joy Division e seu maior sucesso, chegando ao 13º lugar no Reino Unido e 1º na Nova Zelândia. Mas Ian Curtis, o líder da banda, não viveu para ver o sucesso da canção, tendo se suicidado poucas semanas depois da música ter sido lançada.

ian-curtis-2

Ian foi cremado e as suas cinzas foram enterradas em Macclesfield. Sua esposa, Deborah, mandou gravar em sua lápide a frase “Love Will Tear Us Apart” como um epitáfio. A banda adiou sua ida para os EUA, realizou alguns shows e mudou o nome para New Order, um novo capítulo começava, mas tudo poderia ter sido diferente.

Alguns meses antes, Ian havia ingerido uma overdose de medicamentos para epilepsia e foi parar no hospital. Acredita-se que esta overdose tenha sido um “pedido de socorro”, mas Ian disse a seus companheiros de banda que não havia ingerido uma overdose. Na ocasião, Bernard Sumner, seu companheiro de banda o levou a um cemitério após sua saída do hospital, para lhe mostrar onde ele teria ido parar caso a overdose tivesse sido fatal.

Ian-Curtis-1979-©-Kevin-Cummins

“Love Will Tear Us Apart” tem mantido a sua popularidade ao longo dos anos e foi considerada pelo New Musical Express como a melhor de todos os tempos no ano de 2002, a revista também a classificou, em maio de 2007, como uma das 50 maiores canções indie. A música também aparece na lista das 500 melhores músicas de todos os tempos pela revista Rolling Stone, em 2005.




Love Will Tear Us Apart  (O Amor Vai Nos Separar)

When routine bites hard
Quando a rotina corrói duramente

And ambitions are low
E as ambições são pequenas

And resentment rides high
E o ressentimento voa alto

But emotions won’t grow
Mas as emoções não crescerão

And we’re changing our ways
E vamos mudando nossos caminhos

Taking different roads
Pegando estradas diferentes

Then love, love will tear us apart, again
Então, o amor, o amor vai nos separar, novamente

Love, love will tear us apart, again
O amor, o amor vai nos separar, novamente

Why is the bedroom so cold?
Por que o quarto está tão frio?

You’ve turned away on your side
Você se virou para o seu lado

Is my timing that flawed?
Será que só chego na hora errada?

Our respect runs so dry
Nosso respeito se acaba rapidamente

Yet there’s still this appeal
Mas ainda há esta atração

That we’ve kept through our lives
Que mantivemos ao longo de nossas vidas

But love, love will tear us apart, again
Mas o amor, o amor vai nos separar, novamente

Love, love will tear us apart, again
O amor, o amor vai nos separar, novamente

You cry out in your sleep
Você chora no seu sono

All my failings exposed
Todos os meus fracassos expostos

And there’s taste in my mouth
E há um gosto em minha boca

As desperation takes hold
Enquanto o desespero toma conta

Just that something so good
Simplesmente como algo tão bom

Just can’t function no more
Apenas não pode funcionar mais

But love, love will tear us apart, again
Mas o amor, o amor vai nos separar, novamente

  1. Carol Sparks

    25 de agosto de 2014 em 15:26

    amo demais Joy Division <3

  2. Vick Fernandes

    30 de março de 2014 em 20:43

    Corrigindo: A filha de Ian chama-se Natalie, e não Nathalia.

  3. Morgan Derelictum

    13 de junho de 2013 em 16:25

    Ian! ?

  4. Dark J

    12 de junho de 2013 em 21:50

    As vezes as coisas que são feitas acabam escondendo uma história ou fato curioso/trágico/pense o que quiser. Pois nunca se sabe se tem gente da CIA te observando atraves do PC/celular/tablet/televisão/coleira/o raio que o parta agora. A vida é um mistério… Mwahahahahahahaha. E eu posso está te observando agora.

  5. Fox Mulder

    12 de junho de 2013 em 21:14

    Essa música me lembra Donnie Darko

  6. Seth .

    12 de junho de 2013 em 19:58

    legal seria um por tras da música : vem todo mundo do grande Catra,Mr

  7. Lucas Rodrigues

    12 de junho de 2013 em 19:54

    Que história triste, mas a música tem uma letra bem legal, apesar de nunca ter escutado.
    Poderiam fazer um “Por trás da música: Alejandro” ^^

  8. Spike Spiegel (antigo Tyler Durden/Damien Thorn)

    12 de junho de 2013 em 19:46

    Ótima banda, ótimo música, pena que Ian Curtis teve uma vida trágica. Não sabia que o New Order era formado por ex-integrantes do Joy Division, já ouvi falar de New Order.

    • Spike Spiegel (antigo Tyler Durden/Damien Thorn)

      12 de junho de 2013 em 19:49

      Seria até interessante fazer também um post de por trás da música falando sobre a música Warsaw, também do Joy Division, pois tem um trecho que diz “3 1g” uma referência ás drogas.

  9. Thays Costa

    12 de junho de 2013 em 19:03

    😀 Joy Division !!!! Assistam Control 😉 é um bom filme !!

  10. John Rambo

    12 de junho de 2013 em 18:56

    Emocionante.

  11. Jolita Foltran Bim

    12 de junho de 2013 em 18:49

    AMO Joy Division.Vale a pena assistir ao filme Control sobre a vida do Ian Curtis!

    • Zé James

      13 de junho de 2013 em 14:53

      Com certeza foi muito bem feito

  12. Shun dlç

    12 de junho de 2013 em 18:32

    Tava ouvindo essa música hoje e não sabia disso…

  13. Anônimo

    12 de junho de 2013 em 16:24

    nunca tinha ouvido essa musica.

15 Comentários
mais Posts
Topo