Minilua

Seu travesseiro: um grande vilão

Você sabia? O travesseiro pode causar dores, alergias e doenças crônicas

 

Como?

Cerca de 25% do peso de um travesseiro velho é devido à peles mortas, ácaros e seus resíduos. Os ácaros, por sua vez, são os maiores causadores de doenças respiratórias e alérgicas, através de excrementos de seu corpo, e ainda que alguns sejam parasitas, os mais nocivos à saúde humana são os de vida livre, esses, que vivem entre nossos tapetes, cobertores, cortinas, travesseiros, bichinhos de pelúcia, enfim, por toda a parte onde tenha poeira e umidade. Cuide de sua saúde e bem-estar, trocando seu travesseiro a cada 2 anos, e antes da troca, leve-o ao sol sempre que possível.

O que mais?

Um travesseiro incompatível com suas necessidades pode trazer doenças crônicas resultando em curvaturas na coluna, que é um problema que atinge mais de 80% da população mundial. Noites mal dormidas, com dores na coluna, no pescoço, torcicolo e cansaço, podem apontar um vilão que dorme com você: seu travesseiro.

Escolha seu travesseiro ideal

O travesseiro ideal deve levar em consideração a sua posição de dormir, de modo que suporte a cabeça, mantenha a coluna cervical alinhada e promova o relaxamento dos músculos do corpo.

 

 

Para quem dorme de lado

Se você dorme de lado, escolha um travesseiro de suporte firme, que elimine o espaço entre o ombro e o pescoço, permitindo o alinhamento da coluna cervical.

 

Para quem dorme de costas

 

Quem dorme de costas deve optar por um travesseiro de suporte médio, que preencha o espaço entre a nuca e a coluna cervical.

 

 

 

Para quem dorme de bruços

Se você prefere dormir de bruços, o travesseiro ideal é aquele de suporte suave ou médio, mais baixo e macio, para reduzir a tensão dos músculos do pescoço.

 

 

E tenha sempre um bom sono e bons sonhos!