TV pela internet é legal?

Open-Internet-Television_id653430_size485

Antes do Megacubo ou mesmo de outros programas de "TV pela internet", essa tecnologia já fazia sucesso em sites internacionais como o TV Tuga ou o Streamick. Muitas emissoras disponibilizam a transmissão ao vivo em seus sites oficiais e então sites como o Streamick apenas reuniam todas essas transmissões em um lugar só, oque realmente facilita muito a vida do internauta que pode alternar facilmente entre os canais ou mesmo conhecer mais canais sem precisar visitar dezenas de sites para isso.




As transmissões P2P

Essas transmissões por streaming no entanto tem um valor um tanto alto, quanto mais usuários simultâneos mais potente deve ser o servidor e consequentemente maiores são os gastos. Além disso, dessa forma seria impraticável por exemplo um canal ser assistido por milhões de pessoas em todo o mundo, pois haja servidor para suportar tantos usuários. Para resolver estes problemas surgiu as tecnologias de transmissão P2P, como o SopCast, o TV Ants, o TVU Player entre diversos outros. Eles criam uma rede onde a transmissão se espalha de usuário para usuário, ao mesmo tempo que você está assistindo você também está enviando o sinal para outra pessoa da rede, dessa forma com uma transmissão feita apartir de sua casa mesmo, você pode(ao menos teoricamente) ser assistido por milhões de pessoas em todo o mundo.

normal_News_redp2ptvrd4




Crie sua TV gratuitamente

Embalados com os conceitos da Web 2.0 e o sucesso dos sites de vídeos como o Youtube, logo surgiram sites como o Mogulus ou o Ustream.TV, onde você pode criar o seu canal com a programação que quiser e divulgar para seus amigos assistirem. Neles você pode transmitir ao vivo apartir de sua webcam, de sua placa de captura ou mesmo montar sua programação com vídeos do Youtube.

image-thumbnail-mogulus




Mas isso não é ilegal?

A resposta é: depende do que você está transmitindo! Existem canais muito legais na internet, como a All TV, TV Rock, Just TV ou a TV Café e Revista entre muitos outros que nasceram na internet e são canais com programação própria, e claro, absolutamente legais por produzirem sua própria programação.

DSC01187

No entanto muitas pessoas fazem também transmissões caseiras com conteúdo protegido por direitos de imagem, como filmes, desenhos ou mesmo retransmitindo canais fechados, isto claro é, ao menos eticamente, ilegal.

Conhecida no setor como Lei Geral das Telecomunicações, a lei número 9.472 de 16 de julho de 1997 prevê punição com prisão por até quatro anos e multa de até 10 mil reais para infração de artigos que prevêem o uso de espectro público para difusão de sinal de TV ou rádio fora da regularização do Estado.

A lei, no entanto, é válida apenas para o espectro usado para o sinal de TV e rádio sintonizado por aparelhos domésticos, não para um meio onde, teoricamente, a escassez do espectro não é sentida.

"Na transmissão pela internet, você faz algo de valor adicionado", o que não se configura como crime, afirma o presidente da consultoria Teleco, Eduardo Tude. "É claro que isto é uma zona cinzenta que cada um pode interpretar como quiser." Se alguém cobrasse pela transmissão dos canais abertos, argumenta, poderia haver a interpretação da sua ação como fornecedor irregular de TV por assinatura, o que poderia provocar punições segundo a Lei Geral das Telecomunicações.

Dos serviços aos programas que oferecem transmissão de TV no desktops, qualquer ferramenta de transmissão online sofre com a instabilidade ao sintonizar canais brasileiros. "Todo mundo sabe que isto é uma coisa que não dá pra controlar e não tem volume pra assustar os canais atuais", analisa Tude.
Enquanto a "zona cinzenta" citada pelo analista continua pela falta de regulamentação, internautas que estão longe da TV durante uma atração imperdível agradecem.




Mas se regularizassem isso tudo seria o fim do Megacubo?

Claro que não, o Megacubo sempre se preocupou em dar espaço aos canais e rádios com programação própria, e ficamos muito animados quando vemos que estas webTVs e rádios apoiam sua transmissão pelo Megacubo e vêem como mais uma porta de acesso para os internautas terem acesso às suas transmissões. Neste caso o Megacubo passaria a dedicar espaço somente a divulgação destas emissoras.

Além do mais os maiores sites de TV online são internacionais, com milhares de canais de todo o mundo(inclusive do Brasil) e que não respondem à justiça brasileira, é o caso do Streamick, do TV Tuga, entre outras dezenas de sites do mesmo estilo. Quando estas transmissões saíssem do Megacubo automaticamente estes sites passariam a fazer sucesso com estas mesmas transmissões.

channelchooser

Não há motivos para o Megacubo ser visto como "vilão" uma vez que a equipe do Megacubo não só não realiza quaisquer transmissões, como também possui uma postura amigável estando a disposição para remover qualquer conteúdo reclamado de nosso banco de dados.

  1. Izabelle Anolin

    8 de outubro de 2012 em 22:04

    Legal? Que nada! É maneiríssimo! haha 😡

  2. Mauricio Cavalcante

    14 de setembro de 2012 em 11:11

    acessem mauicio-lanel.blogspot.com tudo sobre sexo fotos flagras e muito mais conto com o apoio de vcs

  3. cansei de ser fake

    1 de novembro de 2011 em 04:16

    Este MegaCubo é um dos melhores programas para assistir tv online só tem alguns problemas, tipo as vezes a programação que vc quer assistir esta fora do ar, oq acontece muito, e o outro lado ruim é que aparece muita propaganda e só clicar esc não tira todas!

    • Anselmo Jose Oliveira

      24 de março de 2012 em 00:10

      to  na  boa  e  vc

  4. Lord Bobby

    29 de setembro de 2011 em 15:45

    So 5 coments.?!
    Vem pra k galera
    (aposta quanto q vo sobrar?)

  5. Claudemir Oliveira

    28 de setembro de 2011 em 14:33

    semre asisto jogos e filmes pela tv,gostaria de ter essa novidade no meu pc e no meu notbook. para mim é novidade,gostária muito, mas não sei como proceder? 

  6. Waldick Victal

    3 de janeiro de 2011 em 15:37

    O povo consequiu ,e agora ,os sabiá tudo estão so na expleita para dizer que a mulher não conseque mas o homem pediu ,sera, quem vai ser o primeiro a roer a corda ,quem vai tentar jogar contra ,o povo tem que ser forte e sabio, pois as ovenhas negras e claras não estão dormindo apenas estão adormecidas ou anesteciada da forma que eles nunca esperava que o homem consequi-se eu tambem pensava ao contrario mas e ai ,o homem e o cara .valeu

     

    • cody

      27 de dezembro de 2011 em 17:11

      cara o que tem a ver isso ?

  7. Joel Hillesheim

    1 de janeiro de 2011 em 04:06

    Mesmo que não compreendamos tudo, sempre tem-se melhor noção e mais uma boa opção para buscar conteúdos de interesse particular como esportes, pesquisas por diversos motivos e, até mesmo pra entender e buscar interpretação LEGAL, sobre muitos assuntos que dizem respeito à qquer cidadão; a idéia parece ótima!!; com toda variedade possível então.!!!

    Feliz 2011 a todos, J.oel 

  8. paulo gustavo pinheiro antunes de siqueira

    26 de maio de 2010 em 21:30

    Pela matéria, parece que transmitir na internet é legal… Mas eu sempre assisto jogos transmitidos pelo pfc, da globosat por aqui sem nenhum custo. Isso não seria ilegal, visto que o PFC é pago, e quem transmite na internet via megacubo ou qualquer outro meio (Ex: justin tv) não estaria fazendo pirataria de sinal?

    De qualauer maneira, a matéria é muito boa, mesmno não esclarecendo o que eu estou falando acima.

    Abraço a todos, Paulo.

  9. Augusto Nascimento

    30 de abril de 2010 em 07:41

    Olá galera,

    Não sei de quando é esta matéria, mas é muito importante.

    Parabéns por toda a inicitiva que vocês tem tido.

    Augusto Nascimento

    • Kevin Hex

      25 de fevereiro de 2012 em 16:27

      “Second. Tv pela internet não é legal.”

      • Nate Haskell

        25 de fevereiro de 2012 em 16:28

        trhird

17 Comentários
mais Posts
Topo