Minilua

O verdadeiro significado dos ditos populares segundo Prof. Pasquale

Dito popular 1: ‘Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho carpinteiro’
“Minha grande dúvida na infância… Mas que bicho é esse que é carpinteiro, um bicho pode ser carpinteiro???”
O correto é: ‘Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro’

Dito popular 2: ‘Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão.’
Se a batata é uma raiz, ou seja, nasce enterrada, como ela se esparrama pelo chão se ela está embaixo dele?”
O correto é: ‘ Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão.’

Dito popular 3:’Cor de burro quando foge.’
“Esse foi o pior de todos! Burro muda de cor quando foge??? Qual cor ele fica??? Porque ele muda de cor???” Eu queria porque queria ver um burro fugindo para ver a cor dele! Sério!
O correto é: ‘Corro de burro quando foge!’

Dito popular 4: Outro que no popular todo mundo erra: ‘Quem tem boca vai a Roma.’
“Bom, esse eu entendia, de um modo errado, mas entendia! Pensava que quem sabia se comunicar ia a qualquer lugar!”
O correto é: ‘Quem tem boca vaia Roma.’ (isso mesmo, do verbo vaiar).

Dito popular 5: ‘Cuspido e escarrado’
Quando alguém quer dizer que é muito parecido com outra pessoa. “Esse… Sei lá!”
O correto é: ‘Esculpido em Carrara.’ (Carrara é um tipo de mármore)

Dito popular 6: ‘Quem não tem cão, caça com gato.’
“Entendia também, errado, mas entendia! Se não tem o cão para ajudar na caça o gato ajuda! Tudo bem que o gato só faz o que quer, quando quer e se quer, mas vai que o bicho tá de bom humor!”
O correto é: ‘Quem não tem cão, caça como gato…. ou seja, sozinho!’

Agora me diz: Vai dizer que você falava corretamente algum desses?

Fonte: Copicola